História Anjos e Demônios- Jikook- Hiatus - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Anjo, Demônio, Jikook
Visualizações 165
Palavras 2.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Inferno...


Fanfic / Fanfiction Anjos e Demônios- Jikook- Hiatus - Capítulo 18 - Inferno...

o inferno é um termo usado por diferentes religiões, mitologias e filosofias, e representa a morada dos mortos ou lugar de grande sofrimento e de condenação. A origem do termo vem do latim "infernum", que significa "as profundezas" ou "mundo inferior". 

P.O.V Jimin.

Acordo em um lugar familiar, mas ao mesmo tempo estranho...

- Onde é que eu estou?- Pergunto para mim mesmo, sabendo que ninguém me responderia pois estava sozinho... Ou pelo menos eu achava que estava sozinho...

Me sento na grama escura que estava em volta de mim, para tentar lembrar de tudo... Mas de tudo o Que? Percebo Que, eu não sei meu nome, não sei quem eu sou, não sei quem são meus familiares, não sei da onde eu vim, não sei onde estou...

Me levanto com dificuldades pois meu corpo estava doendo, como se eu tivesse caído de um lugar muito alto. Olho para os lados... Somente o nada... Eu estava cercado de mato, árvores e outras plantas, jugo estar em uma floresta. Ou Talvez um mato. Levanto sentindo meus pés na grama úmida... Eu estava descalço. Começo a andar pelo local, vendo que ao meu lado tinha uma maçã. Como poderia ter uma maçã ali sendo que nenhuma daquelas árvores davam frutos? Estranho... Caminho ao longo daquela mata fechada, escutando a batida de um sino a frente dela. Caminho naquela direção, logo vendo o final da mata, percebendo que ela ficava atrás de uma igreja. Percorrendo aquele local, sinto alguma coisa gelada em meu ombro. 

???- Prazer, meu nome é Taemin.- Fala a pessoa que colocou as mãos geladas em meu ombro, sorrindo amigavelmente. 

Fico sem saber o que falar, encarando-o com um olhar de medo.

Taemin- Qual é seu nome?

- M-meu nome... An... E-eu não sei.- Falo a última frase baixinho.

Taemin- Você não sabe, ou não quer me dizer?

- Eu realmente não sei... Eu não me lembro de nada...

Taemin- Oh, está sozinho?- Me pergunta com uma expressão indecifrável, e eu não sabia se falava que sim, ou não...

- An... -Travo no lugar.

Taemin- Ei... Não precisa ter medo de mim. Olha vamos fazer o seguinte, eu te levo para minha casa, e você fala o que aconteceu, e eu ajudo você a achar algum familiar. 

- T-tudo bem.

[...]

Descobri que Taemin é bem religioso, sua casa Era cheia de miniaturas de anjos, cruzes, quadros das passagens de Jesus, tinha uma pedra com os dez mandamentos na Porta, etc...

Ele havia me contado que sua família era muito religiosa, pois seu pai era um padre. Sua mãe havia morrido de causas naturais, apesar de falecer muito jovem. Descobri que ele era um garoto muito legal, e que não havia motivos para ter medo dele... Taemin me encheceu de perguntas, até perguntou por que eu havia pintado meu cabelo de loiro, e eu respondi que meu cabelo era assim naturalmente, o que ele achou estranho por eu ser de origem coreana. Ele me perguntava sobre minha familia, amigos etc, mas eu nao sabia responder, pois não lembrava de nada. Não lembrava minha idade, meu nome... 

Começou a escurecer e nós dois ainda não tínhamos descoberto nada sobre meu passado. Taemin disse que era melhor eu dormi na casa dele já que estava tarde. Ele deixou eu dormi no quarto de hóspedes, e deixou uma peça de pijama para dormir. Tiro minha calça logo vestindo outra de pijama mais confortável, e tiro minha blusa, logo pegando a outra para vestir. Mas quando eu vou vesti-la Taemin entra no quarto e me olha assustado.

Taemin- O que é isso em suas costas?

Olho com cara de quem não entendeu nada, logo seguindo ao espelho que havia no quarto e virando de costas. Tinham duas cicatrizes na vertical, uma um pouco afastada da outra...

P.O.V Jungkook.

Eu não podia perder o Jimin... Eu tinha que ficar com ele... Ele tinha que voltar para meus braços... Eu não podia perder mais uma pessoa.

- Nós temos que trazer o Jimin de volta.- Falo a Jin, Namjoon, Yoongi, Hoseok e Taehyung, que estavam em volta do corpo sem alma de Jimin.

Namjoon- Como? Ele tá morto Jungkook, ele ta sem a áurea... Você vai ter que aceitar que não vai ver o Jimin tão cedo...

Jungkook- Aceitar? Nunca, o lugar do Jimin é aqui no reino dos anjos, não lá na terra. E o Reino dos anjos como vai ficar? O Rei e a Rainha estão mortos... Só tem o Jimin.- Falo misturando nervosismo com raiva.

Jin- Espera... O pai e a mãe do Jimin estão mortos?

Jungkook- S-sim...- Conto toda a história de como o Jimin morreu para eles, que ficaram boquiabertos.

Yoongi- Olha... Se vocês querem o Jimin de volta... Pesam para Deus o trazer a morte novamente... 

Hoseok- Não vai funcionar. Deus é justo... Se Jimin está vivo, ele permanecerá vivo...- Fala já se molhando com as lágrimas.

Namjoon- Mas tem outra entidade que não é justa.- Fala com um sorriso que eu sei muito bem o que significava.

Taehyung- Não... Você não tá pensando em irmos para o inferno, pedir para o Jimin morrer... Não é?

Namjoon- É nossa única opção.

Jin- Não. Ninguém vai ir pro inferno.

- Eu topo.

Jin- O que? Você não pode Jungkook, o diabo é perigoso.

- Eu Fasso qualquer coisa para trazer o Jimin de volta...

[...]

Depois de umas 4 discussões com o Jin, é de o convencer que iria ficar tudo bem, Eu, Namjoon, Yoongi é Taehyung, fizemos um acordo de ir para o inferno juntos. Jin é Hoseok iriam ficar por lá, pois o inferno poderia ser muito perigoso para anjos, e também Hoseok estava morrendo de medo.

Para ir ao inferno, precisaríamos morrer, mas depois de ficar 2 horas lendo livros sobre isso, Jin descobriu que existia um ritual para irmos lá sem nesseceriamente morrer.

Depois de tudo pronto e de algumas palavras ditas, só sinto meu corpo bater contra o chão gelado é logo tudo ficar escuro. 

Namjoon- Jungkook? Jungkook? Jungkook acorda. Jeon Jungkook? JUNGKOOK? - Acordo com os gritos de Namjoon no meu ouvido.

- O que aconteceu?

Namjoon- Olha em volta cara.

Me levanto meio tonto logo olhando a minha volta.

Fogo, muito fogo. 

Escuridão. Muita escuridão.

Um cheiro horrivel.

Tudo naquele lugar era ruim. Tudo era assustador. O ritual deu certo... Estávamos no inferno.

- O-onde será que o Diabo está? - Pergunto com medo da resposta.

Yoongi- Algo me diz que ali...- Fala apontando o dedo para um lugar alto, onde existia uma espécie de torre. 

[...]

Medo... Medo era tudo o que nós 4 sentíamos. Aquele lugar causaria arrepios a qualquer um. Nós estávamos no Portão do Inferno. A entrada começava em uma selva escura e cheia de feras . Na entrada do inferno, sem portas nem cadeado, há uma advertência: “Deixai toda a esperança, ó vós que entrais”

•X• 

Depois de algumas horas passamos pelo Portão do Inferno. Não com muito sucesso, pois Yoongi saiu de lá com um braço quebrado, e nós com vários arranhões. Fomos para o 2° "Desafio"

A Antessala Do Mal. 

"Indecisos e covardes não podem ir para o céu nem para o inferno e agonizam por aqui. Picados por enxames de vespas, eles correm sem parar. O sangue que sai das picadas mistura-se a lágrimas e escorre até os pés, que são roídos por vermes"

•X•

Depois de passar por essa etapa(e de ganhar várias doenças por causa dos insetos e vermes que ali habitavam) fomos para o último lugar o Rio Aqueronte. 

"Os condenados cruzam um rio pantanoso e cinzento, conduzidos por Caronte – o barqueiro dos mortos na mitologia grega. “Almas ruins, vim vos buscar para o castigo eterno!”, anuncia, descendo o remo nos que hesitam em embarcar. Começa a descida pelos nove círculos infernais!"

O inferno é dividido em nove circulos.

CÍRCULO – LIMBO
Aqui não há sofrimento nem lamentação: apenas suspiros e desesperança. Este é o lugar das almas que, em vida, foram virtuosas, mas que tiveram o infortúnio de não ser batizadas. Os que viveram antes de Cristo também habitam o limbo

2º CÍRCULO – LUXURIOSOS
O monstro Minós dá as boas-vindas enrolando a cauda no corpo dos pecadores – o número de voltas do rabão indica o círculo que o condenado vai habitar. Neste nível, os que pecaram por luxúria são jogados de um lado para outro por fortes redemoinhos

3º CÍRCULO – GULOSOS
Os glutões ficam afundados na lama, sem poder falar com os vizinhos, e são açoitados por uma chuva de neve e granizo. Para piorar, sofrem com a assombrosa presença de Cérbero, o cão de três cabeças da mitologia grega, que os morde sem dó

CÍRCULO – AVARENTOS E ESBANJADORES
Quem foi pão-duro demais ou gastou além da conta fica por aqui. Numa analogia à roda da fortuna, a pena de quem não soube lidar com as finanças é passar a eternidade rolando grandes e pesadas pedras e colidindo incessantemente uns com os outros.

5º CÍRCULO – IRADOS E RANCOROSOS
O suplício de quem não controlou a raiva é viver mergulhado na lama nojenta do rio Estige. Lá, os irados ficam batendo, chutando e mordendo uns aos outros. No fundo do rio, os rancorosos, que nunca externaram sua ira, suspiram borbulhas fedorentas

6º CÍRCULO – HEREGES
Atrás das muralhas da “Cidade da Dor Eterna”, os que não acreditaram na existência de Deus queimam em brasa dentro de tumbas abertas. Aqui fica a fronteira entre os pecados cometidos sem intenção e os executados conscientemente

CÍRCULO – VIOLENTOS
Assassinos, tiranos e assaltantes levam flechadas no rio de sangue fervente. Na floresta, suicidas viram plantas devoradas por harpias, enquanto blasfemos, sodomitas e agiotas se “refrescam” na chuva eterna de brasas, em pleno deserto

8º CÍRCULO – FRAUDADORES
São dez valas circulares, uma mais profunda que a outra, onde são punidos os enganadores – de ladrões a puxa-sacos. Eles levam surras de demônios chifrudos, são enterrados de cabeça para baixo, fervem na lava e são picados por cobras

9º CÍRCULO – TRAIDORES
No fundo do inferno, ficam os que cometeram o pior dos crimes: a traição. Eles mergulham num lago congelado, chamado Cócito, ficando só com a cabeça e o tronco de fora. Os queixos batem de frio e suas lágrimas congelam, levando-os ao desespero. No centro do nono círculo, o próprio Lúcifer se encarrega de torturar os que traíram os próprios benfeitores. O coisa-ruim tem três cabeças e em cada boca tritura um traidor: Judas – que traiu Jesus -, Brutus e Cássio – traidores de imperadores romanos..

Pessoas iam descendo de acordo com seu pecado. Nós fomos até chegar no 9° Circulo. Nós não descemos em nenhum, pois nos não estávamos "mortos", assim a gente ainda nao pertencia ao inferno.

Se alguém te pedisse para imaginar o diabo, provavelmente viria à mente um demônio com um tridente nas mãos não é? É se eu te dissese que ele não era bem assim? 

Ele é mil vezes pior. 

Ele tem forma de seu pior pesadelo. Por exemplo: ali em enxergava meu pai. Enxergava a amargura, o rancor. Eu enxergava através dele, todas as decepções da minha vida. Tudo o que me deixava triste. O Jimin sendo atropelado... A morte da minha mãe... Meu pai me batendo... Tudo.

Satã- O que trás 4 jovens aqui?- Essa voz me causou arrepios. Ele me encarava como se estivesse lendo minha mente, descobrindo meus segredos mais obscuros.

Namjoon- Nós queremos trazer uma pessoa de volta ao Reino dos Anjos.

O satã Riu e logo falou:

Satã- E porque eu ajudaria vocês?

Jungkook- O que você quer em troca? - Respondi a pergunta com outra pergunta.

Ele pareceu pensar um pouco.

Satã- A pessoa que você querem trazer ao reino dos anjos de novo é um anjo?- Concordamos com a cabeça.- Então, eu quero a alma dele. 

Não, eu não poderia fazer isso com o Jimin. Ele não poderia ir para o inferno. Mas eu não tenho escolha...

- Aceito.- Falo o encarando fixamente.

Do nada surge um papel em minhas mãos parecendo um acordo.

Satã- Assine. Isso é um acordo sobre eu ficar com a alma dele, em troca ele volta ao céu. E mais uma coisa, eu não posso traze-lo diretamente, você terão um dia para traze-lo de volta. 

Taehyung- E como nos vamos fazer isso?

Satã- Simples, vocês ficaram um dia na terra, onde vão procurar o Jimin, e fazê-lo assinar esse outro papel.- Fala apontando para outro papel.- E depois disso terão que mata-lo. Assim vocês voltam para o Reino dos Demonios, e o anjo para o reino dos anjos.

Pego o papel em minhas mãos e uma caneta. Mas o papel é tirar o bruscamente de minhas mãos.

- Mun-Hee?





















Notas Finais


Brotae !!!!

O que vcs acharam? Ali eu expliquei (mais ou menos) o que era cada um dos circulos, e dos caminhos para chegar até o inferno... Espero que não tenha ficado complicado de se entender...

O que será que tem aquela maçã?

O que será que o Taemin vai fazer ao longo da fic?

O que será que a Mun-Hee vai aprontar?

Até o próximo cap :3♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...