História Anjos Rebeldes (CNCO) - Capítulo 5


Postado
Categorias Ashley Benson, CNCO, Demi Lovato, Kylie Jenner, Lily Collins, Lucy Hale
Personagens Ashley Benson, Christopher Vélez, Demi Lovato, Erick Brian Colón, Joel Pimentel, Kylie Jenner, Lily Collins, Lucy Hale, Richard Camacho, Zabdiel De Jesús
Tags Ashleybenson, Christophervélez, Demilovato, Erickbriancolon, Joelpimentel, Kyliejenner, Lillycollins, Lucyhale, Richardcamacho, Zabdieldejesús
Visualizações 67
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capitulo 4


Fanfic / Fanfiction Anjos Rebeldes (CNCO) - Capítulo 5 - Capitulo 4

Ariel e Erick olharam para os lados e saíram andando pelo corredor

Ariel: Vocêcê entra na sala do velho e eu cuido a porta

Erick: Fechado

Eles chegaram em frente à sala do diretor e Erick entrou. Ariel se encostou no lado de fora da sala observando os movimentos.

Erick começou a procurar nos papéis que estavam sobre a mesa mas não encontrou. Ele olhou em uns papéis que estavam em cima de um balcão e nada. Erick olhou o relógio e faltavam apenas 10 minutos para o diretor chegar, ele mexeu em todas as gavetas daquela mesa e nada. Depois de muito olhar, percebeu um envelope amarelo em cima do armário com chave. Ele colocou a cadeira embaixo e subiu pegando o envelope e na frente dizia o nome de Zabdiel, Erick sorriu e colocou embaixo da camisa o envelope.

Ele saiu da sala e encontrou Ariel os dois correram até a sala dos computadores e fizeram uma cópia do papel dizendo que Zabdiel não foi aceito. Eles imprimiram a folha e colocaram no envelope pegando a original e guardando. Ariel colocou na sua cintura embaixo de sua camisa.

Erick pegou o envelope e juntos eles foram até a sala do diretor e colocaram o envelope no armário. Algumas vozes no corredor

Ariel: Vamos Erick

Erick desceu rapidamente da cadeira e eles saíram da sala caminhando pelo corredor. Uma professora estava andando pelo corredor

Professora: O que vocês dois procuram?


Ariel olhou bem nos olhos da professora

Ariel: Estávamos

Erick abraçou Ariel e sorriu

Erick: Estávamos conversando , queríamos falar sobre nós

Professora: Vão para suas salas faltam alguns minutos para o sinal

Ariel: Estamos indo professora

A garota disse num tom irônico e Erick ficou rindo.

Eles olharam para trás a professora havia entrado na sala dos professores. Erick e Ariel desceram correndo as escadas para o andar do porão onde havia somente salas vazias com mesas, produtos de limpezas, arquivos velhos.  

Erick começou passar pelas portas e mexer nas maçanetas procurando uma que estivesse destrancada até que ele achou.

A sala havia mesas redondas antigas e alguns armários velhos com um pouco de ferrugem .Erick trancou a porta e olhou para Ariel, ela entregou o papel e ele foi ler

Erick: O otário foi aceito

Ariel: Imagina a cara dele quando ler aquele

Erick: você foi genial

Ariel sorriu e procurou algo para queimar aquele papel. Ela encontrou um balde de ferro antigo e colocou no chão. Erick pegou o papel e isqueiro acendendo na ponta do papel e o segurando rindo muito. Ariel se encostou numa mesa olhando.

Erick queimou todo o papel e jogou as cinzas atrás de um dos armários  velhos.

Erick se aproximou de Ariel sorriu e ela olhou

Erick: Prontinho fizemos a boa ação do dia

Ariel: Nem aprontamos tanto assim

Erick levou a mão em seu rosto e se aproximou

Erick: Fica comigo?

Ariel sorriu e o puxou para um beijo. Ele levou uma de suas mãos em sua cintura e a outra em seu rosto. Ela levou as mãos em sua cintura. O beijo foi ficando mais intenso e quente. Ela levou as mãos embaixo de sua camisa e ele mordeu seu lábio com força. Erick apertou seus seios por cima da blusa e foi abrindo botão por botão até a jogar sobre a mesa. Erick beijava seu pescoço e ela tirou sua camisa passando as unhas naquele peitoral .

Ela desceu a mão passando por sua barriga e passou por sua calça. Erick sorriu um sorriso muito malicioso e voltou a beijar apertando suas coxas e posicionando no meio delas.

Erick levou a mão em seu cabelo puxando de leve e ela abriu sua calça a descendo um pouco. Erick mordeu sua orelha

Erick: Que safadinha pega nesse p ..

Ela sorriu mordendo o lábio e apertou por cima de sua cueca. Erick soltou um gemido.

Ariel: Deixa eu chupar todinho

Ela falou em seu ouvido deixando Erick todo arrepiado. Ele sorriu e a beijou um beijo quente e se afastou.

Ela desceu da mesa e se ajoelhou descendo sua cueca e pegou em seu p..

Ariel começou o chupar e olhar nos olhos de Erick.  Ele mordia o lábio com força. Ela sorria e o provocava lhe deixando com muita vontade de gritar.

Erick a puxou lhe encostando na mesa e subindo sua saia

Erick: Não se pode aguentar desse jeito

Ele foi descendo sua calcinha e a penetrando um dedo . Ela mordeu o lábio e sentou sobre a mesa . Erick se encaixou em sua frente a beijando e esfregando seu p.. Em sua entrada

Ariel: Não provoca

Erick: Você fez isso comigo

Ariel mordeu o pescoço do garoto e começou arranhar suas costas. Erick estava completamente maluco por aquela garota e não esperou mais .

Ele se começou se mover devagar mas era impossível aguentar ficar assim por muitos segundos. Ariel provocava mordendo seu lábio e puxando seus cabelos. Erick estava totalmente entregue aquela garota.

Longos minutos depois os dois estavam ofegantes e cansados.  Ele a puxou para um beijo bastante demorado levando a mão em seu rosto

Erick: Você era virgem princesa?

Ariel: O que isso importa garoto? Você já comeu a sobremesa

Erick sorriu e mordeu seu lábio a beijando novamente.

Em seguida os dois se vestiram e subiram para o andar de cima.


A sirene tocou e todos começaram se levantar,  a aula havia acabado.

Megan sempre muito organizada começou juntar por parte seus materiais. Richard se aproximou de sua classe

Richard: Olá

A garota ficou sem jeito , Richard nunca havia falado com ela em público. Megan olhou um pouco corada

Megan: Olá

Richard:  Você é muito inteligente

Megan: Nem tanto assim

Richard:  Olha essa prova

O garoto pegou a folha que estava sobre a mesa prova de matemática ela havia acertado todas as questões e tirou nota máxima 10 já Richard havia tirado 1 ponto. Megan olhou para o garoto.

Richard: Eu não sei nada disso daqui

Megan: Não é muito difícil

Ele lhe entregou a folha e ela colocou em sua pasta de provas e trabalhos.  

Richard: Bom, vou indo

Megan: Até mais

O garoto moreno caminhou até a porta e voltou novamente até a classe de Megan que estava fechando sua mochila. Ela olhou para ele

Richard:  você me explica essas contas?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...