1. Spirit Fanfics >
  2. Anjos Sombrios (Jenlisa) >
  3. Capítulo 53

História Anjos Sombrios (Jenlisa) - Capítulo 53


Escrita por:


Capítulo 53 - Capítulo 53


"Pov Lisa"

Lisa- Que bom que veio, Kai. 

Kai- Eu sempre venho. Cade Jennie?

Lisa- Saiu com os nossos filhos.

Kai- Nossos- Resmungou

Lisa- Sim, nossos. Eles me contaram algumas coisas, porque traz presentes a eles?

Kai- E isso importa?

Lisa- Claro que sim, ainda mais quando se trata de um estranho, eles não precisam de brinquedos, ainda mais vindo de você. E ainda mais, porque fica falando que eles são parecidos co você?

Kai- Porque é verdade, acho muito estranho Jennie ter sumido, e só retornado três anos depois, e é mais estranho ter retornado com dois filhos, com essa mesma idade, não é?

Lisa- Bom, não sei porque se dói tanto, Kai. Edward e William, são nossos filhos, se quer tanto filhos, adote, ou adote um cachorro, mas para de colocar coisas na cabeça dos meus filhos, ou se não, vai se arrepender pro resto da vida.

Kai- Está me ameaçando?

Lisa- Sim, estou te ameaçando, e se voltar a retornar aqui, nunca mais verá a luz do sol.

Kai- Me escuta aqui, quem você acha que é pra falar assim comigo?

Lisa- Eu sou a esposa da Jennie, mãe dos filhos dela, e eu não exitarei em acabar com a sua vida caso se meta com eles de novo!

Kai- Eu quero um teste de DNA!

Lisa- Vai ficar querendo, amado.

Kai- Eu quero um teste de DNA!- Não respondi, apenas tranquei o maxilar segurando para não matá-lo ali mesmo- Eles são meus filhos, não são Lisa?

Lisa- Não, eles não são seus filhos... Eu se fosse você, sairia daqui agora...

Kai- Se eles não são meus filhos, eu quero um exame de DNA.

Lisa- Tudo bem, Kai. Vamos fazer um teste de DNA. 

Assim que se virou para porta, eu sorri e assim fiz quebrar seu pescoço, caindo no chão no mesmo minuto, é, menos um lixo na sociedade...

"Pov Jennie"

Edward- Você gosta quando nos vestimos iguais, mamãe?

Jennie- Gosto sim meu amor, mas sem mancha de sorvete na blusa!

William- Porque a mamãe não pode vir tomar sorvete com a gente? Ela já teve que voltar pro trabalho?

Jennie- Não filho, ela teve que resolver algumas coisas, mas quando chegarmos, ela estará lá.

Edward- Vamos levar uma flor pra ela? 

Jennie- Eu gostei da ideia, podem escolher, a mais bonita!

Esperei eles escolherem e assim seguimos para casa, eles estavam alegres, animados, carinhosos, tudo para verem Lisa, como se não a vissem a muito tempo, sendo que dormiram agarrados com nós duas, na nossa cama, não dando espaço para matarmos a saudade, mas não achei ruim, eles sentiam muita falta dela.

Edward- Mamãe, mamãe, chegamos!

William- Trouxemos flores pra você! Sentiu nossa falta, mamãe?

Lisa- Uau, que lindas!- Observou o buquê de rosas brancas- É claro que senti a falta de vocês! Tomaram muito sorvete?

Edward- Três bolas de morango!

Depois que eles subiram para brincar com os seus novos brinquedos do Toy Story que Lisa havia dado de presente, a segui até a cozinha, coçando a língua para saber sobre a sua conversa com Kai.

Jennie- Será que eles vão nos incomodar mais tarde?- Sussurrei ao pé do seu ouvido, beijando sua nuca, de um jeito envolvente e provocante, passando a língua em toda sua extensão, vendo seus pelos arrepiados 

Lisa- Não... Não vão... Eu acho...

Se virou para mim, me agarrando fortemente contra o seu corpo, colidindo nossas bocas, em um beijo afobado, intenso, seus dentes prendendo meus lábios entre eles, abrindo os olhos, para encarar a divindade um pouco mais alta que eu. Suas mãos descaradamente por dentro dos meu short's massageando minhas nádegas, me fazendo arfar pesadamente entre o beijo.

Edward- OH MAMÃE! O WILLIAM QUEBROU O MEU WOODY!

Ouvimos seu grito vindo das escadas, juntamente aos passos a descendo. Dei um pulo, fingindo lavar a louça, enquanto Lisa, arrumava os cabelos, e assim normalmente, Lisa atendeu o garoto, levemente corada.

Lisa- O que foi meu filho?

Edward- Olha só, olha o que aquele garoto fez com o meu Woody!

O menino chorava e mostrava a ela seu boneco sem a cabeça

Lisa- Vem, eu arrumo pra você, para de chorar.

Logo Lisa fez eles dormirem, antes, os fez gastar toda a energia, brincando de tudo quanto é coisa, me perguntei se ela não ficaria cansada, mas aquilo era uma forma deles dormirem a noite toda e não aparecer no nosso quarto, quando Lisa estava preste a fazer um fodido e maravilhoso oral em mim. Lisa trancou a porta do quarto, me colocando em cima da escrivania, derrubando algumas coisas, e como resposta, entrelacei  minhas pernas em sua cintura, a puxando para mais perto, se é que fosse possível claro.

Jennie- E sobre sua conversa com o Kai?- Perguntei tombando o pescoço, enquanto ela deixava beijos e chupões ali 

Lisa- Sério que quer falar sobre isso agora?- Murmurou 

Jennie- Talvez...

Lisa- Talvez...- Mordeu o lóbulo da minha orelha- Posso matar a saudade antes?

Ela logo perguntou tirando minha blusa, apertando vagarosamente meus seios por cima do sutiã

Jennie- É... Acho que pode...

... 


Notas Finais


pra felicidade de vcs, ta ai a morte do Kai ksksksk
oq acharam?
espero que tenham gostado!
Desculpem qualquer erro e até mais!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...