História Anne - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assacinato, Céu, Histórias Originais, Inferno, Omicídio, Terra
Visualizações 0
Palavras 838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Bem vinda a terra


Ei ja ouviu falar que você é quem escolhe sua vida? Se você vai ser uma boa ou má pessoa, se vai trabalhar no que sonha ou no que ganha mais ou se vai ajudar a todos ou não? Bom eu não tenho essa escolha. Infelizmente por conta da fama do meu pai tive que virar o que sou.

23/12/2019 

Estava escoando meus longos, negros e cacheados cabelos quando chegou vic minha amiga. Uma garota de olhos castanhos e cabelos ruivos (tenho uma leve quedinha por ela)

 - Preparada para ir para terra Anne?

 - Não muito vic, estou com medo dos humanos. Os unicos que nonheco dizem que lá é bem melhor que aqui mas não sei se acredito.

 - Acredite eu vivi lá por 25 anos quando fui para cadeira elétrica. Só não estou sendo torturada porque você me vio e implorou para o seu pai para que eu ao invés de sofrer virasse sua empregada. E me sinto muito grata por isso. 

 - Bom obrigada por me tranquilizar vic. 

 - De nada Anne. Vamos esta na hora de te levar ao portão do inferno.

 - Você tem razão. Vamos 

Prendo meus cabelos com Marias Chiquinhas, arrumo meu vestido preto que tinha a altura um pouco acima dos joelhos e um par te obras pretas. Caminhamos até Cérbero o cão de três cabeças que fica no local dos pecadores que pecaram com a gula. Em cada boca avia um pedaço de pecadores aleatórios que era a punição. Passo pelo Cérbero sem problemas mas vic não poderia passar por estar condenada la dentro.

Chegando na terra me assusto com onde estava. Era um local totalmente quebrado e estranho. Caminho pela rua. Estava muito frio eu até tremia (não sei se é porque estava acostumada com o calor do inferno ou se realmente estava frio). Vejo um morro co  uma árvore no topo e subo até a árvore e me sento ão pé da árvore me encolhendo de frio.

Eu durmo lá e então começo  a sonhar. Era tudo cinza claro então vejo Josh meu primo/irmão filho do meu pai com a irmã da MInh mãe (meu pai dis se que minha mãe e minha tia eram anjas)

 - Josh !!!!

- Anne !!!!

Corro até ele

- O que faz aqui?

- Bom vou aparecer nos seus sonhos para te ajudar com dicas afinal já vim na terra antes

- Obrigada primo

- De nada agora acorde... Acorde... Acorde...

Eu acordo com um garoto com um garoto entre 17 e 18 anos, cabelos azul (obviamente tingidos), um casaco azul, calças jins, tênis vermelhos e pele clara me chaqualhando 

- Eu garota acorde! Será que ela ta viva?

- Olá. Quem é você?

- Scott. E você?

- Anne

- O que faz aqui?

- E-eu não me lembro

- Putz... você deve estar com amnésia 

- Deve ser. Eu realmente não me lembro de nada só meu nome

- Que pena. Posso te ajudar de alguma forma?

Meu estômago ronca de fome. Scott rio aposto que ele avia ouvido. Ele me estende a mão 

- Vamos é plena vespera de natal e não é justo que tenha uma garota aqui no frio

Eu não sei se deveria mas aceitei a ajuda e fui para casa do garoto. Lá tinham algumas pessoas. Um menino com o cabelo Preto com as pontas vermelhas, roupas pretas e um  tênis vermelho, uma garota com roupas vermelhas e cabelos rosas, um garoto ruivo com um casaco amarelo e calças Jens e um garoto de cabelo vermelho e roupas vermelhas (me pergunto se eles estavam voltando de um evento de anime).

Scott então fala

- descobri quem estava no morrinho na frete do nosso quintal

Ele me puxa e me coloca no meio deles

- Essa é Anne. Anne esses são Silver, 

O garoto de Preto e vermelho disse 

- Oi.

Ele continua

- Esse é a Alice

- Oiiiii!!!!

Diz a garota de vermelho e rosa 

- O ruivo baixinho é o Tata 

- E ai Anne 

E por último apontou para o de vermelho 

- E esse é o Nicolas

- Oi garota

Eu aceno para todos com a cabeça um pouco abaixada e meio tímida. Um tempo depois vejo todos se divertindo mmas não estava muito afim. Então me cento na escada e fico olhando a lareira da casa.

Dando meia noite todos começam a se abraçar dando "feliz Natal". Então o Silver vai até mim

- Porque não está lá?

- Não estou muito afim de festa hoje.

- Hahahaha

- Porque está rindo?

- Você é a primeira pessoa que não gosta de natal

- Haha...

- vim te chamar para a ceia de natal. Vamos la

- já estou indo

Ele sai e eu vou atrás. Era a primeira vez que vi Mais de duas pessoas juntas sem serem torturadas. Pelo contrário todos estavam rindo e se divertindo em quanto comiam, enquanto eu me sentia deslocada la no meio.

Depois de algumas horas todos tinham saído da casa de scott ficando só eu e ele.

- Vou te mostrar o quarto de ospedes

- Obrigada 

Ele me mostra o quarto. Eu então entro lá, me deito e durmo




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...