1. Spirit Fanfics >
  2. Annoying flirtation. >
  3. Capítulo 9.

História Annoying flirtation. - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


oi genteKKKKK
eu sei que eu devia ter postado ontem porém eu fiquei surtando pela caratworldtour com as meninas do grupo de carats e acabei esquecendo...

penúltimo capítulo, nenês :(

boa leitura☆

Capítulo 9 - Capítulo 9.


Fanfic / Fanfiction Annoying flirtation. - Capítulo 9 - Capítulo 9.

                   Seul - 15:30pm



Mingyu estava com os nervos à flor da pele naquele sábado. Na verdade, após o Jeon ter aceitado ver o filme consigo, não teve um dia em que o Kim não ficou imaginando todas as situações possíveis ao lado do mais velho.

Pensou nas coisas mais românticas e fofas e até nos piores cenários possíveis – onde ele vomitava de nervosismo no sofá do Jeon. É, Mingyu tinha uma tendência bem pessimista quando ficava ansioso ou nervoso.

Quando faltavam alguns minutos para as 16:00h começou a se arrumar. Tomou um banho demorado, escolheu uma roupa casual porém que lhe deixasse apresentável. Se perfumou e por fim arrumou o cabelo, partindo-o para que ficasse no topete que usava sempre.

Faltavam vinte minutos para as 17:00h quando ficou totalmente pronto. Era mais ou menos esse o tempo que levava a pé da sua a casa até o prédio onde o mais velho morava. Resolveu ir andando como forma de tentar dissipar o nervosismo que ainda lhe afligia.

A usual mochila nas costas, com o dvd e os doces dentro lhe acompanhava fielmente em rumo ao apartamento de Wonwoo. Mingyu se perguntava como o Jeon estaria naquele momento.

Será que ele estava nervoso também? "Sem chances" o Kim pensou.



                                       [•••]



Wonwoo estava nervoso pra caramba!

Sentia que iria desmaiar de irritação consigo mesmo por estar se sentindo dessa forma por algo tão normal quanto assistir um filme com alguém.

Tudo bem que esse alguém era afim de si e extremamente gostoso...

Espera, gostoso? Ele não devia estar pensando nisso! Não agora.

Já havia recebido dezenas de mensagens de Jeonghan lhe dizendo para se acalmar e não fazer nenhuma besteira, tipo expulsar Mingyu do apartamento caso ficasse constrangido ou sem assunto.

"Eu me odeio" O Jeon pensou após checar a própria aparência em frente ao espelho pela segunda vez. Pegou o celular e viu que já eram 17:00h em ponto.

Foi para a sala, sentando-se no sofá e respirando fundo pela última vez. Estava ok, o resfriado havia passado e não precisava se preocupar com nenhuma possível crise de espirros ou tosse na frente do Kim.

Mais alguns minutos distraído em seu celular e finalmente ouviu a campainha tocar, logo se pondo de pé e indo atender o outro.

Felizmente Wonwoo era bom em controlar as próprias reações, porquê senão Mingyu teria o ouvido suspirar assim que pôs os olhos nele.

"Desgraçado bonito do inferno" Wonwoo praguejou mentalmente enquanto dizia para o Kim entrar e ficar a vontade.

— Como foi a sua semana, hyung? — Mingyu perguntou assim que ficaram lado a lado no sofá.

— Tirando o estresse e cansaço pelo resfriado, foi normal. Pelo menos fiquei de folga a semana inteira. — Wonwoo respondeu encarando discretamente cada detalhe do rosto alheio.

— Que bom. Eu também pude ficar mais tranquilo em relação a escola agora que as provas acabaram. — O Kim deu um suspiro aliviado.

— E você se saiu bem? — O mais velho perguntou ainda meio envergonhado.

Era estranho para si estar perguntando isso ao maior.

— Sim! Eu acho que até te falei por mensagem. Tirei notas boas em todas as matérias. — Mingyu contou e abriu um sorriso orgulhoso de si mesmo.

E foi aí que Wonwoo confirmou o quão ferrado estava. Porquê o jeito que seu coração pulsou forte no peito apenas por ele estar vendo o Kim sorrir daquela forma, com certeza significava algo.

— E você não está, hm... Se forçando demais, não é?! — O Jeon indagou sem olhar nos olhos do maior.

Mingyu sorriu novamente, mas dessa vez foi um sorriso cheio de significados envolvidos. Nesses dias que esteve conversando com Wonwoo, percebeu que ele sempre evitava desmonstrar os próprios sentimentos, mas mesmo assim ainda era possível perceber quando o menor estava preocupado consigo.

— Não, hyung. Eu relaxei um pouco após de ver minhas notas, não se preocupe. — O Kim disse com um sorrisinho passeando pelos lábios.

Wonwoo apenas assentiu, envergonhado por ser pego pelo outro.

— Então, qual filme vamos ver? — O Jeon perguntou enquanto ligava a televisão.

— "Me Before You", conhece? — Mingyu disse pegando o dvd de dentro da mochila.

— Já ouvi falar, mas eu nunca assisti. Não sou muito chegado em filmes de romance. — O mais velho contou já colocando o filme para rodar na tela.

— Ah, mas esse é legal. Eu chorei muito quando assisti pela primeira vez. — O maior falou entregando uma barra de chocolate nas mãos do Jeon.

— Você tem cara de que chora por qualquer coisa. — Wonwoo debochou do mais novo.

— Ei! Eu sou só um pouco emotivo, ok?! E chega de falar que o filme já começou. — Mingyu rebateu com um biquinho emburrado moldando os lábios levemente avermelhados.

Wonwoo apenas riu achando adorável a expressão irritada do maior. Iria lembrar de provocar o outro mais vezes, apenas para o ver fazendo aquela carinha novamente.

O filme se passou tranquilamente e lá pela metade os dois já se encontravam bem mais confortáveis na presença um do outro. Tão confortáveis que Mingyu apoiou a cabeça no ombro do menor, enquanto choramingava sobre alguma parte triste do filme.

E como se não pudesse ficar melhor, Wonwoo criou coragem e vergonha na cara para entrelaçar a mão do outro na sua, enquanto usava o polegar para fazer carinho no maior.

Mingyu sentiu que podia sair pulando de felicidade – o que ele provavelmente faria em seu quarto — mas se manteve calmo e aproveitou para se aconchegar mais ao lado do Jeon.

Ao fim do filme o Kim já deixava algumas lágrimas rolarem pela sua pele amorenada enquanto Wonwoo fazia carinho em seus cabelos de forma lenta e delicada.

— Ah, eu gostei do final. — O mais velho comentou após Mingyu se acalmar e parar de chorar.

— Ai hyung, como você consegue não chorar? Ele morreu e agora eles não podem mais ficar juntos. — O Kim manhou de forma triste pelo fim dos personagens.

— Eu já chorei demais, Gyu-ah... — Wonwoo disse perdido na face do maior, sem se dar conta do que havia acabado de dizer.

Mingyu ficou parado ao ouvir a resposta do Jeon. Sentia que se prolongasse aquele diálogo iriam chegar em um assunto delicado para o universitário, e o mais novo realmente não queria deixar o clima pesado ou triste.

Estava tão imerso nos olhos alheios que nem ao menos se deu conta do apelido dirigido a si. Era a primeira vez que Wonwoo o chamava daquele jeito, e se fosse em outro momento Mingyu com certeza teria aberto um sorriso do tamanho do mundo.

— Wonwoo hyung, você quer dar uma volta? — Perguntou se levantando do sofá e estendendo a mão para o mais velho.

— Quero. — O Jeon aceitou e segurou na mão alheia.

Estavam no caminho certo, ambos sentiam isso.

Ambos queriam isso.




                                        [•••]




Os dois caminhavam lado a lado pelo parque, já era noite e apenas alguns poucos casais transitavam por ali, deixando o clima mais ameno e silencioso.

Não haviam falado mais nada desde que saíram do apartamento do Jeon, apenas trocavam olhares e sorrisos de vez em quando.

Sentaram-se em um banco de frente para o lago, tratando de unirem as mãos novamente, em um pedido mudo para que ficassem próximos um do outro.

— Eu tive um namorado, há um tempo atrás. Nós namoramos por um ano e terminamos ano passado... — Wonwoo começou a falar, encarando a água quase que imóvel a sua frente.

Mingyu permaneceu calado, apenas esperando o mais velho dar continuidade.

— O nome dele era Soonyoung, e eu o conheci quando tinha vinte anos. Ele tinha dezesseis na época, e por mais que Jeonghan tivesse me dito para não me envolver com alguém mais novo, eu acabei me deixando levar. No início era tudo mágico, ele era adorável e sempre se mostrava preocupado comigo. Vinha me ver na faculdade e na biblioteca sempre que podia.

Acontece que ele na verdade estava apenas me usando o tempo inteiro. Algum tempo antes do nosso término eu descobri que ele namorava outro garoto do colégio dele, e só continuava comigo porquê ficou com pena de me dispensar. — O Jeon soltou uma risada sem humor.

— Chamei ele para conversar e exigi uma explicação. E foi aí que ele me contou que quando me conheceu, havia acabado de terminar com o namorado e estava abalado. Mas aí o tal de Jihoon resolveu seguir em frente rápido demais e logo na outra semana apareceu com outro cara. Soonyoung ficou com raiva e quis se "vingar" dele. No fim, os dois ainda gostavam um do outro, mas foram idiotas demais para fazerem as coisas do jeito certo e eu saí com o coração partido pela infantilidade de dois adolescentes. — Wonwoo terminou de falar e encarou Mingyu, querendo ver a reação do maior.

O Kim não disse nada, apenas retribuiu o olhar intensamente. Levou a mão livre para a lateral do rosto alheio, acolhendo-o na sua palma em um carinho singelo.

O mais velho fechou os olhos e inclinou o rosto na direção da mão de outrem, se permitindo sentir mais daquele calor que ele emanava.

Mingyu o puxou para um abraço calmo porém apertado. Acolhendo o menor em seus braços como se ele fosse a coisa mais preciosa do mundo para si. O que não era uma mentira.

— Eu sinto muito por isso. Agora eu entendo o porquê de você sempre querer me afastar... Mas, eu te prometo que não vou partir seu coração. Na verdade, se você me der uma chance, eu te mostro o quanto gosto de você, hyung. Eu sei que sou mais novo que você e que comecei da forma errada, mas tudo o que eu te digo é verdadeiro. Meus sentimentos são verdadeiros! Eu só preciso que você confie em mim e aguente minhas cantadas mais um pouco. — O moreno riu ao final da própria fala, arrancando pela primeira vez, uma gargalhada de Wonwoo.

— Quando eu penso que você está sendo romântico, você vai e muda totalmente o rumo da situação. — O Jeon arqueou a sombrancelha e estalou a língua no céu da boca, em falsa desaprovação.

— Acha que eu estaria sendo romântico o bastante se eu te beijasse aqui e agora? — O Kim indagou com um sorrisinho de canto moldando os lábios.

Em resposta, Wonwoo o puxou pelo pescoço e uniu ambas as bocas em um selar calmo e macio.

Estavam apenas curtindo o momento, aproveitando um ao outro sem pressa.

Mingyu separou os lábios e começou a distribuir beijinhos pelo rosto alheio, fazendo o universitário achar graça e o chamar de meloso.

— Você precisa se acostumar, hyung, porque eu ainda vou te mimar muito e te encher de carinho também. — O Kim disse enquanto segurava o queixo do mais velho, fazendo-o lhe encarar fixamente.

— Acho que posso lidar com isso. — Wonwoo disse roubando um selinho do maior.

— Acho que posso lidar com essa sua mania de querer sair por cima sempre. — Mingyu roubou um selinho também.

E ficaram nessa troca de beijos e carinhos por mais um bom tempo, até o Kim dizer que estava ficando tarde e precisava ir para casa.

Wonwoo concordou sem reclamar, por mais que seu interior gritasse para que dissesse para Mingyu dormir consigo em seu apartamento, o Jeon achou que era cedo demais para isso.

— Tchau, hyung. — O Kim disse em frente ao apartamento do mais velho, já que precisou subir para pegar a mochila – e darem mais uns bons beijos também.

— Tchau, Gyu-ah. — Wonwoo pronunciou o apelido de forma arrastada, como se provocasse o maior.

Em troca Mingyu o segurou firme pela cintura e deixou um beijo estalado em seu pescoço, aspirando o perfume do mais velho no processo. Saindo logo em seguida, deixando um Jeon Wonwoo ainda meio tonto pelo ato anterior no batente da porta.

Ok, Wonwoo podia se acostumar com aquilo também. Ah, se podia.



Notas Finais


agora vocês sabem o porquê do wonu ter tentado afastar o gyu daquela forma sempre.

e meanie finalmente se pegaram, amém!!!!!!!!

obrigada por lerem, nenês~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...