História Annoying love! (BTS)EM HIATUS - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, HyunA, Pentagon (PTG)
Personagens E'Dawn, HyunA, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Romance, Suga
Visualizações 45
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nao vai ter foto hj gente... não achei nenhuma que definisse bem o sentimento que eu quero passar nesse cap... bom! Espero que gostem!
B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
!

Capítulo 20 - Cap 20- no more dreams...


 

                   POV’S S/N

 

                  ~sonho on~

 

Eu estava lá de novo, naquele maldito beco, o homem ao qual não conheço estuprando outra menina inocente, e eu olhando de cima toda aquela cena, ele a cortando com o canivete, rasgando seu vestido com suas mãos imundas, estocando sem dó aquela pobre menininha que não tinha culpa de nada...

 

-PARE! VOCÊ ESTÁ MACHUCANDO ELA!- grito com força mas ele não parece me ouvir- ELA NÃO TE FEZ NADA! DEIXE ELA EM PAZ!- eu berrava com toda a minha força e ele nem excitava em estocar outra vez 

     Me aproximei do mesmo e empurrei contra a parede, olho para a menina e vejo... vejo a mim mesma quando era apenas uma criança, o homem ri de meu olhar de nojo 

 

-como pode? Eu era só uma criança!- ele ri e eu começo a dar socos no homem 

   Ele me joga no chão e sobe em cima de mim 

 

Homem- agora é sua vez!- ele começa e me beijar e lamber meu rosto, tento de todas as formas fugir mas é impossível 

 

-PARE! ALGUÉM! ME AJUDA!!!- a menininha ainda fraca e sem ânimo empurra uma faca

    Eu não queria fazer aquilo, não queria matá-lo, não sou uma assassina...

 

-não posso fazer isso...- cochicho para a menina enquanto ele continua a beijar meu pescoço 

 

Menina- é a única forma, ele não vai parar s/n..-olho para o homem que babava, aquilo me dá ânsia 

     Pego a faca e enfio na garganta do monstro em cima de mim 

 

-me perdoe!- começo a chorar e o sangue do mesmo escorre por todo o meu rosto e corpo, começo a me afogar num mar de sangue, não havia como fugir daquilo, eu morreria ali, sem ar... como uma assassina 

 

??- s/n? Acorda! S/N!-

 

                 ~sonho off~

 

     Acordo assustada com jin do meu lado de olhos arregalados...

 

Jin- você tava tendo um pesadelo...- começo a chorar lembrando do sonho e o abraço 

 

-eu matei ele jin... ele estava me estuprando de novo... e eu o matei!- eu falava tudo muito engrolado pelo choro 

 

Jin- já passou... ele não pode mais te machucar... vai ficar tudo bem...- ele me abraçava muito forte, me sentia protegida, amada, como se nada pudesse me atingir 

   Olho para o outro lado do quarto e emi está dormindo pesado na poltrona 

 

-ela não consegue ficar acordada...- falo rindo 

 

Jin- é... ela quase morreu quando tudo aconteceu, nunca vi ninguém tão preocupado... nem minha mãe...- percebo uma certa tristeza em sua voz, percebo que ele nunca recebe carinho de sua própria mãe 

 

-ela já te deu algum tipo de carinho?- o olho e ele corresponde entendendo de quem eu tava falando 

 

Jin- não- fala simplista e seco- nunca demonstrou o mínimo de amor que uma mãe demonstraria... nunca a ouvi dizer um “eu te amo”, ela nunca me elogiou, ou se orgulhou de mim para os amigos!- 

 

-e nem precisa! Você é maravilhoso! E eu te amo, você é a melhor pessoa que já conheci, não sei o que seria de mim sem você!- ele chora silencioso, apenas algumas lágrimas caindo de seu rosto 

 

Jin- s/n... amanhã a polícia vai vir pegar o seu depoimento...-

 

-hmmm- aonde ele quer chegar?

 

Jin- não fala nada sobre a minha mãe? Por favor...- eu não acreditava no que estava ouvindo, ele queria proteger a mulher que me fez sofrer tanto assim? 

 

-que!? Não! Jin, ela tem que pagar pelo que fez!- ele me olha sem expressão 

 

Jin- ela é minha mãe s/n, você faria o mesmo pela sua! Se fosse a emi? Você faria não faria?- comecei a pensar no que ele estava dizendo, não podia negar, eu realmente faria o mesmo pela emi....

 

-eu não sei... preciso pensar... chama a maria por favor?- ele confirma e sai do quarto 

 

Emi- vai fazer o que ele pediu?- ela agora se senta melhor me observando 

 

-v-voce tava ouvindo?- 

 

Emi- sim, não consigo dormir... pretende?- 

 

-eu não sei emi... eu faria o mesmo por você...- 

 

Emi- se eu fosse você não falaria nada!- fico assustada com isso, emi sempre optou por dizer a verdade, sempre...

 

-e-eu... acho que já sei o que vou fazer...- maria entra e pergunta o que eu queria- posso ouvir o bebê?- ela arregala os olhos 

 

Mah- claro!- se deita e levanta a camisa 

   A barriga já estava bem maior, começo a deslizar o dedo pela mesma e maria se arrepia 

 

Mah- sua mão tá gelada kkkk- 

 

-desculpa- continuo passando a mal lentamente, desenhando corações imaginários

   Mah e emi conversam sobre hope, e os preparativos do casamento, maria diz que amanhã vai fazer o exame para ver o sexo do bebê, mas que ela ainda pretende fazer um chá revelação... aproximo a boca da barriga e sussurro 

 

-você não faz ideia do quando nós te amamos e estamos ansiosos pela sua chegada!- dou um beijo e maria arregala os olhos se levantando rápido 

 

Mah- SE MEXEU! AÍ MEU PAI! SE MEXEU!- 

 

Emi- SÉRIO?-

 

Mah- EU TENHO CERTEZA!- ela abre a porta e grita por hope, o mesmo entra desesperado do quarto- O BEBÊ! SE MEXEU!- 

 

Hope- AÍ MEU DEUS!- ele encosta a mão na barriga e da oi pro bebê, maria da um pulo pra trás 

 

Mah- DE NOVO!- começamos a rir e comemorar até a enfermeira reclamar do barulho, maria sai com hope e emi indo avisar o pessoal do acontecido... depois de alguns segundos maria abre a porta de novo- obrigada s/n! Obrigada mesmo!!!- sorrio e ela sai do quarto 

 

Hoje tomei a pior decisão da minha vida... a decisão que mudaria além da minha vida, o meu futuro com jin... hoje decidi esconder da polícia que aquela mulher, não! Aquele monstro, quis me matar


Notas Finais


Vou postar mais 2 amanhã (se eu conseguir e claro) love u♥️♥️💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...