História Anônimo - Imagine Jungkook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 275
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom... Vou explicar o que aconteceu: Eu havia apagado essa fanfic por não saber como continuar, aí hoje eu estava bem plena arrumando a casa e pensei "Caraca, eu consegui 70 favoritos com apenas um capítulo". Aí comecei a pensar em algumas idéias e cá estou eu voltando a escrever essa fanfic. Espero muito que vocês me desculpem por ter apagado ela sem nem avisar a vocês e, que possam dar amor para a continuação dela❤️

Boa leitura🙋❤️

Capítulo 2 - Capítulo 2



Dia Seguinte - 08:30 A.M

Pov's Jungkook.

Assim que acordei, minha mãe entrou no quarto. Ela me ajudou a ir até o banheiro para que eu pudesse fazer minhas higienes diárias e logo em seguida me levou para a cozinha.

Tomei o meu café e logo em seguida dirigi minha cadeira para a sala, comecei a assistir algo na televisão, mas confesso que estava bem distraído pensando na garota S/n.

Jungkook: Mãe, pode pegar meu celular para mim?

Mãe: Claro, querido!

Minha mãe trouxe o celular para mim. Abri as mensagens e já fui logo procurando pelo perfil dela. Não aguentei por tanta ansiedade e mandei uma mensagem.

Jungkook: Oi... Bom dia! - [09:27 A.M]

S/n: Bom dia, AnônimoJJ! Acabei de acordar kkk - [09:30 A.M]

Jungkook: Fofa! Como foi a sua noite? - [09:30 A.M]

S/n: Aish, não sou fofa! Minha noite foi ótima, e a sua? - [09:30 A.M]

Jungkook: Também foi ótima. - [09:31 A.M]

S/n: Quando você vai me dizer quem é você? - [09:31 A.M]

Jungkook: Não sei se você gostaria de conhecer alguém como eu... Prefiro ficar em anonimato. - [09:32 A.M]

S/n: Bobo, seja quem for você, saiba que nunca irei te julgar. Por favor, estou muito curiosa para saber quem é você. - [09:33 A.M]

Jungkook: Uma dica: Tenho dezoito anos e meus cabelos são castanhos. - [09:34 A.M]

S/n: Seu nome?? - [09:34 A.M]

Será que falo?

Jungkook: Segredo. - [09:35 A.M]

S/n: Poxa, seu chato. - [09:36 A.M]

Jungkook: Desculpa kkkk - [09:36 A.M]

Deixei o celular de lado enquanto sorria feito um bobo. É bom conversar com ela, mesmo que trocamos apenas palavras simples eu me sinto muito feliz em poder trocar contado com ela.

Parei de sorrir assim que vi minha mãe parada com a vassoura em suas mãos me olhando. Fiquei meio sem jeito, era vergonhoso quando ela me pegava assim.

Mãe: Pensando nela?

Jungkook: Não... – Sorrio fraco.

Mãe: Bobo, você não engana ninguém, Kookie.

Ela tinha razão. Era inevitável não mostrar o quando eu estava apaixonado por S/n.

Jungkook: Aish, a senhora não tem jeito, em? Por que me deixa tão envergonhado?

Mãe: Mas eu não faço nada demais, é você que está apaixonado! – Falava enquanto soltava gargalhadas e passava a vassoura no chão da sala.

Jungkook: Será que ela pode vir aqui? – Perguntei enquanto brincava com meus dedos.

Mãe: Meu garoto! Esta tomando atitudes lindas ultimamente. – Disse enquanto apertava minhas bochechas. – Irei chamá-la.

Jungkook: Mas não diz que sou eu que estou chamando. Convida a mãe dela para vir aqui conversar com a senhora, aí pede para a filha dela vir.

Mãe: Tá bom! – Ela não parava de soltar gargalhadas. Era muito bom ver minha mãe sorrindo e feliz, me transmitia tanta paz. Ela caminhou até o telefone fixo e discou algum número, começou a conversar com a mãe da S/n.

Depois de um tempo, desligou a chamada e me olhou sorrindo, já até sei qual seria a resposta então simplesmente comemorei mentalmente.

Mãe: Ela virá! Por que não chama ela para ir ao jardim? Vocês podem se conhecer melhor lá.

Jungkook: Ela que teria que me chamar, mãe! – Falei meio sem graça. Como eu iria levar ela ao jardim se sou cadeirante? Não levo nem eu mesmo, imagina outra pessoa.

Mãe: Bobo. – Sorriu enquanto negava com a cabeça.

Jungkook: Deixa as coisas fluírem naturalmente. As vezes ela nem vai gostar de mim.

Mãe: Mas é claro que vai, você é um menino de tão bom coração, tenho certeza que ela irá de apaixonar por você.

Jungkook: Como é bom se iludir. – Solto um riso chateado. – Acho que preciso de um banho.

Mãe: Ok, vamos.

Ela me ajudou a ir até a minha suite, tirou minha roupa - menos a cueca - e me deu um banho demorado, pois lavou meus cabelos. Ela saiu do banheiro para que eu pidesse lavar minha parte íntima, assim que fiz, ela me ajudou a vestir uma roupa bem adequada, penteou meus cabelos e borrifou perfume em meu pescoço.

Respirei tenso assim que a campainha tocou.

Mãe: Boa sorte...

Falou antes de sair do quarto. Dirigi minha cadeira até a sacada do meu quarto, fiquei observando o céu e os pássaros cantando, a manhã era realmente muito bonita, mas nada superava a noite, a lua, as estrelas... A S/n!

Escutei algumas batidas na porta. Pedi para que entrasse, fechei meus olhos com força enquanto escutava passos vindo até mim, meu coração estava acelerado e minha respiração estava falha, será que era ela?

Mãe: Filho? – Abri meus olhos. Era ela, S/n. Ela estava tão linda. – Essa é a S/n, filha da minha amiga.

S/n: Olá, Jungkook! Sua mãe sempre fala muito de você quando vai lá em casa.

Jungkook: O-Olá! – Droga. Precisava gaguejar? Eu sou um bobo perto de Garotas.

Mãe: Irei deixá-los a vontade!

Minha mãe me deu uma piscadela e saiu do quarto. Voltei a observar o céu, não que eu esteja ignorando, era que simplesmente eu não sabia como agir.

S/n: Nunca havia te visto pelo bairro. – Falou enquanto se sentava em um banquinho.

Jungkook: Mal saio de casa. – Dei de ombros. – Minha mãe sempre disse para eu fazer amizade com as pessoas, mas eu não consigo.

S/n: Por que?

Jungkook: Tenho muito medo, nem todo mundo gostaria de ser amigo de um cadeirante.

S/n: Isso é mentira. Tenho muitos amigos deficientes!

Jungkook: Sério? Que legal! – Sorrio enquanto a olhava. Ela é realmente uma garota bonita, tão delicada e fofa.

S/n: Por que não me conta sobre você?

Jungkook: Por que não começa primeiro? Tenho certeza que sua história é mais interessante que a minha.

S/n: Bom... Meu nome completo é Parker S/n, tenho dezoito anos e minha maior paixão é cantar, tenho alguns amigos e... Recentemente conheci um garoto, ele é legal, e por mais que eu nunca o vi, gosto bastante dele, o único problema é ele estar em anonimato. Falando nele, irei mandar uma mensagem agora!

Engoli em seco. Ela pegou o seu celular e digitou uma mensagem, e assim que enviou, o meu celular apitou. Ela me olhou estranho. Droga, eu havia me ferrado.


Notas Finais


Espero que tenham gostado 🙋❤️

Até o próximo 🙋❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...