1. Spirit Fanfics >
  2. Another Love - Jasper Hale >
  3. Jealousy and teasing

História Another Love - Jasper Hale - Capítulo 5


Escrita por: Annah_salvatore

Capítulo 5 - Jealousy and teasing


Fanfic / Fanfiction Another Love - Jasper Hale - Capítulo 5 - Jealousy and teasing

            Pov Stella Mikaelson

- Não morde meu sapato! Cachorro mau! - acordei com a voz de Damon no andar de baixo ecoando em meus ouvidos sensíveis e gemi manhosa me cobrindo até cabeça com os cobertores quentinhos.

- Morde ele, Dean! - Kat atiçou.

- Não seja mau, Dean! Eu alimentei você! - Damon argumentou.

Como se o cachorro fosse responder a ele.

Eu não havia dormido direito a noite pois o filhote não me deixou dormir lambendo meu rosto querendo brincar. Rolei na cama e levantei indo em direção ao banheiro fazer minhas higienes enquanto os dois vampiros velhos discutiam no andar de baixo.

Assim que sai do banheiro foi em direção ao closet escolher uma roupa digna de atrair todos os olhares possíveis. Coloquei uma blusa branca de lã e mangas compridas, uma meia arrastão preta, uma saia preta rodada e uma botinha de salto. Escovei meus cabelos e fiz alguns cachos nas pontas, passei mascara de cílios, fiz um delineado e por último passei um batom vermelho digno de uma Mikaelson.

Peguei minha bolsa e meu celular descendo as escadas em direção a sala principal onde eu ouvia as gagalhadas de Kat e os resmungos de Damon misturados com rosnados agudos e falhados do Dean. 

- Faz ele parar, Stella! - o Salvatore resmungou enquanto o filhote morida a barra de sua calça.

- Dean. - chamei chamei e o filhote veio até mim abanando o rabinho. - Ele está com fome, idiota. - falei como se fosse óbvio e peguei o filhote no colo o levando em direção a cozinha.

Coloquei Dean no chão novamente e peguei uma vasilha pequena colocando um pouco de leite dentro e dei para o filhote beber, apenas leite não iria satisfaze-lo por muito tempo mas por enquanto é o que tínhamos.

Preciso comprar algumas coisas para ele hoje.

- Ontem ele parecia me amar e hoje ele me odeia. - meu melhor amigo resmungou mostrando sua camisa rasgada com marcas de dentres nela.

- Ele só estava querendo brincar. - defendi enchendo meu copo térmico com café e duas doses de whisky.

- Inacreditável. - o vampiro resmungou novamente subindo as escadas.

- Esse cachorro é maravilhoso. - Kat comentou irônica sentando-se na bancada.

- Damon e eu vamos para escola. - informei. - E você fica de babá do Dean. - falei antes de sair da cozinha.

- Boa sorte, Kit Kat! - o Salvatore desejou irônico. 

Entramos no carro e Damon deu partida em direção a escola, em poucos minutos nós chegamos na escola novamente atraindo vários olhares dos humanos. Saí do carro graciosamente junto com meu melhor amigo e caminhamos até os Cullen.

- Será que esses humanos nunca viram um vampirão super gostoso e uma híbrida mais que gostosa? - Damon indagou irônico.

- Esse é um dos momentos em que eu odeio meu dom. - Edward resmungou. - Pelo amor de Deus, Jasper! - o vampiro reclamou indignado encarando o empata que tinha seus olhos cravados em mim.

- Bom dia! - Alice comprimentou animada.

- Ótimo dia. - falei animada igualmente a Alice.

- Devo dizer que está deslumbrante, Srta. Mikaelson. - Jasper elogiou depositando um beijo nas costas da minha mão e eu sorri de lado.

- Eu sei que estou, Sir. Hale. - afirmei convensida e vampiro deu um sorriso torto.

- Devo dizer que sua mente é pervertida demais! - Edward expôs o major que abaixou a cabeça sorrindo envergonhado enquanto Emmett, Damon e Scott gargalhavam.

- Está tendo pensamentos impuros, Sir. Hale? - indaguei irônica. - Mas que pouca vergonha. - zombei e o empata ficou ainda mais envergonhado. 

- É como assistir o filme do século de camarote! - Alice exclamou animada acompanhando cada movimento nosso com seus olhos ágeis. 

- Eu quero ser o padrinho do casamento. - Emmett falou animado e eu gargalhei.

Ah se ele soubesse que eu não sou capaz de amar ninguém...

- Pensei que a vidente fosse eu. - Alice zombou semicerando os olhos na direção do grandão. 

- Mas que merda! - Damon resmungou vendo que sua camisa estava rasgada na manga, provavelmente obra do Dean.

- Por um lado eu te entendo. - comentei sorrindo divertida. - Dean não me deixou dormir a noite querendo brincar. - falei dando de ombros e um rosnado saiu da garganta de Jasper.

Por que tudo nesse homem tem que ser tão sexy?

- Quem é Dean? - o empata indagou tentando controlar seu tom de voz mas era perceptível que ele estava claramente irritado.

- Dormi com ele ontem. - informei deixando a frase com duplo sentido no ar e troquei olhares cúmplices com Damon.

As narinas no Hale inflaram e sua mandíbula ficou tensa em claro sinal de raiva, o loiro saiu do estacionamento e foi em direção a escola a passos largos enquanto Damon e eu gargalhavamos.

- Por que estão rindo? - Scott indagou confuso.

- Dean é o cachorro que Stella adotou. - o Salvatore contou em um sussurro e os Cullen gargalharam junto com nós.

O sinal para o intervalo já havia soado e eu estava esperando o Hale na porta de sua sala apenas para perturba-lo. Não vi mais Jasper desdo estacionamento mas tenho certeza que ele ainda está irritado. Mas algo que me intriga é o motivo dele estar irritado, não consigo compreender.

- Olá, Sir. Hale. - comprimentei assim que o vampiro saiu sala com a feição séria e incrivelmente sexy. 

- Srta. Mikaelson. - comprimentou sem me encarar começando a andar em direção ao refeitório me deixando pra trás com um sorriso divertido.

- Não que seja da sua conta mas... - comentei casualmente andando um pouco mais rápido para conguir acompanha-lo. - Dean é o cachorro que eu adotei. - informei e o deixei pra trás. 

- Adotou um cachorro? - o loiro indagou me alcançando com facilidade. 

- Não, adotei um pônei, Jasper. - respondi sarcástica. Essa era a primeira vez que eu pronunciava seu primeiro nome. 

- J'ai hâte de t'entendre gémir mon nom. (Mal posso esperar para te ouvir gemendo meu nome.) - o major comentou em francês pensando que eu não entenderia, quase gozei ouvindo ele falar palavras tão sujas.

- O que disse? - indaguei fingindo que não sabia a tradução e ele deu um sorriso torto.

- Talvez algum dia eu te conte, princesse. (Princesa.) - o empata falou calmamente colocando as mãos nos bolsos da frente de sua calça com uma postura relaxada.

- Ah! Não seja mau, major. - falei manhosa e outro rosnado saiu de sua garganta me fazendo morder o lábio inferior.

- Vamos fazer compras hoje! - Rosalie avisou surgindo ao nosso lado e Jasper revirou os olhos. - Alice disse que você precisa comprar algumas coisas pro Dean. - a vampira comentou.

- Ótimo! - respondi animada entrando no refeitório junto com os dois Hale.

- Pourquoi est-ce que quelqu'un doit toujours gâcher quand je suis avec mon petit ange? (Por que alguém sempre tem que atrapalhar quando eu estou com minha anjinha?) - o empata resmungou em francês novamente e eu dei um sorriso irônico quase imperceptível. 

Ele não irá me achar um anjo quando conhecer o monstro que eu realmente sou.

- Posso levar uma amiga? - indaguei para Rosalie.

- Claro. - a loira acentiu sentando-se ao lado de seu marido.

- Quem é a mulher que você irá levar? - Alice indagou com o olhar perdido, provavelmente tendo uma visão.

- Katherine Pierce, ela também é uma vampira. - informei e Damon revirou os olhos.

- Vai levar a cadela para passear? - o Salvatore indagou irônico.

- Está com ciúme? - indaguei sarcástica e o Hale passou seu braço pelos meus ombros.

- ...Não entendo o que o Jazz viu nela. - ouvi o comentário de uma garota com belos loiros escuros sentada em uma mesa com mais quatro pessoas.

- Tudo. A garota é perfeita. - a menina de óculos elogiou enquanto a outra me olhava com nojo.

Sorri perversa e peguei os amendoins da bandeija de Ememtt, fiz o vento no lado de fora aumentar gradativamente a ponto da porta do refeitório abrir abruptamente atraindo a atenção de todos os alunos no refeitório.

- Scott. - chamei e o vampiro me encarou interrogativo. - Vá um pouquinho para direita. - pedi e o Cullen obedesceu inclinado-se levemente na direção de Edward. - Ulcus. - sussurrei o feitiço ficando meu olhar no refrigerante da garota que anteriormente estava me criticando e agora estava com sua atenção voltada para porta do refeitório onde o vento entrava trazendo alguns folhas secas do lado de fora.

Abri o pacote de amendoins e quando o a latinha de refrigerante estava quase explodindo por gás acumulado eu dei um peteleco em um amendoim usando força sobreumana fazendo ele atravessar a latinha de refrigerante da garota e a sujar inteira atraindo agora todos os olhar para ela.

O refeitório todo começou a gargalhar e zombar da humana que tentava inutilmente limpar-se enquanto eu sorria diabolicamente trocando olhares cúmplices com meu melhor amigo.

- Eu te venero! - Rosalie afirmou sorrindo.

- Já estava na hora de alguém dar uma lição na, Stanley. - Emmett comentou tentando conter suas gargalhadas.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...