1. Spirit Fanfics >
  2. Anpanman- será mais difícil do que imaginava >
  3. Rua principal

História Anpanman- será mais difícil do que imaginava - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 12 - Rua principal


Quando eu cheguei em casa após a aula, fui direto conferir meu email. E estava lá, não era brincadeira.

"Olá Taehyung, espero que não achei isso uma doideira.
Eu estava procurando alguém que tivesse paciência, alguém leal e com paixão para isso, e você foi a pessoa certa. Eu preciso de você, Taehyung, por favor venha falar comigo amanhã na rua principal as seis.

     atenciosamente do laboratório Adlan."


Quem é esse maluco? Precisa de mim? O que eu poderia fazer? Tenho certeza que é alguma pegadinha, quem de um laboratório precisaria de mim? Nem de exatas eu sou.


Enquanto estava me afundando em pensamentos escuto alguém me chamar.


- Taehyung? Taehyung meu filho. - minha mãe avia chegado. Desci as escadas rapidamente e vi ela com algumas sacolas.


- Oi mãe, que bom que chegou. - digo ajudando ela a colocar as sacolas na mesa.


- Querido você comeu? - ela pergunta lavando as mãos.


- Ainda não mãe. - respondi


- Sério? Bom eu trouxe comida, a sua favorita. - ela diz apontando para as sacolas.


- Ah, sério? Tava com fome, obrigada. - disse mexendo nas sacolas. Ela trouxe Japchae a minha comida favorita.


Comecei a comer e ela foi tomar banho. Depois de comer limpei a bagunça e vi minha mãe descendo a escada. Ela tava arrumada


- Uau mãe, ta linda. - falei dando um sorriso. A última vez que vi minha mãe toda produzida foi quando fomos no casamento da tia Helena, isso faz uns seis anos.


- Obrigada filho, vou sair hoje com minhas amigas de trabalho. - ela pegou o celular e viu as horas. - Voltarei tarde, então não demore para dormir, ta bom?- ela veio até mim e deu um beijo no topo da minha cabeça. - Eu amo você. - ela diz olhando em meus olhos. - Eu também amo você. - respondi dando um abraço nela.


Depois dela pegar as chaves ela sai de casa.


Eu estou tão mais tão feliz de ver minha mãe saindo, ela está mudando e eu estou feliz por isso.


Eu assisti um filme e fui dormir, ou tentar dormir.


Que diabos aquele laboratório quer comigo? É a minha dúvida do momento.


Eu acabei dormindo no sofá e acordei com a minha mãe me chamando. 


- Filho acorda, você vai se atrasar! - ela me cutucava. Fui acordando aos poucos e vi que ela estava arrumada para trabalhar. Levantei e me arrumei.


- Filho, hoje eu chegarei mais tarde então coma direitinho e faça seus deveres. - ela disse arrumando alguns papéis em cima da mesa. - Eu amo você- disse saindo de casa.


Mal deu tempo de falar tchau e ela já  estava indo. Tomei um suco e fui para aula.


Encontrei o Jin no caminho e fomos conversando, quando chegamos na escola bateu o sino e então começamos a correr.


Chegamos na sala e o primeiro tempo era educação física para a minha felicidade o professor resolveu jogar queimada. Sem querer me gabar mas já me gabando sou muito bom em queimada.


Hoje é meu dia.


O professor estava dividindo os times quando chegou algumas pessoas.


- E hoje será diferente, teremos convidados. - o professor disse apontando para as pessoas.


Por incrível que pareça o Hoseok estava lá, ele, Namjoon, Jimin e Jungkook.


Hoje não e meu dia.


- Eles são os alunos do primeiro ano da escola Boss, alguns de vocês devem conhecer eles.- o professor disse olhando para casa um da turma.


Tinha vinte alunos, dez foram para um time e os outros dez foram para outro.


No meu time estava: Eu, Seok, Jimin, Jungkook, e mais dezesseis alunos que não me importo em citar.


No time adversário estava: Namjoon, Hoseok, e mais dezoito alunos que não irão mudar minha vida.


E o professor deu a bola para o time adversário e apitou.


Um menino que estava com a bola jogou no Jimin que estava distraído, por sorte Jungkook viu e puxou ele.


O jogo estava chegando no final, sobrou eu, Hoseok, e um menino do time do Hoseok.


O menino tentou me acertar mas consegui desviar, e então era minha vez. Joguei no menino porque não queria jogar no Hoseok, acabei acertando no menino e ele saiu.


Só sobrou eu e o Hoseok.


Ele sorri e joga a bola.


Ele acertou.


Ele saiu pulando, gritando e abraçando o primeiro que viu na frente. Ver ele feliz me deixou feliz mesmo eu perdendo.


Você deve está pensando, "a Taehyung por que você não desviou da bola? Você é bom nisso." Eu realmente sou bom nisso mas aquele sorriso que ele deu me fez perder a noção.


Eu amo aquele sorriso.
 


Notas Finais


Espero que tenha gostado. Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...