História ""Antes da minha morte""(YONGGUK) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias B.A.P
Personagens Bang Yongguk, Youngjae, Zelo
Tags Bang Yongguk
Visualizações 124
Palavras 1.987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos de 3* capítulo😄..
Desde já quero agradecer por tê-los aqui e dizer que a OMMA os ama de paixão😍..
Então vamos lá😉..

Capítulo 3 - ""O Banho""


Fanfic / Fanfiction ""Antes da minha morte""(YONGGUK) - Capítulo 3 - ""O Banho""

                TZANY 

Por favor TZANY.. dê a ele só mais uma chance.. meu filho precisa de você - fala a senhora BANG e eu mesmo não querendo me comovo com seu pedido.. 

Sei o quão difícil é a situação da senhora em vê seu único filho doente e meio que não poder fazer nada.. mais não é facil pra mim também em tentar ajuda-lo e ele só me dá patadas e me humilhar como pode - a olho no fundo dos olhos.. 

Por favor TZANY não desista dele assim.. eu a pagarei o dobro pra que você fique - ela pega minhas mãos..

Sei bem o que é ter um membro da família doente.. penso no meu pai que infelizmente está muito doente deitado em uma cama precisando de remédios caros e eu e minha mãe não temos de onde tirar esse dinheiro.. logo querendo ou não infelizmente não posso perder esse emprego..

Tudo bem senhora BANG eu vou tentar mais uma vez.. mais vou lhe ser muito sincera.. farei isso pelo dinheiro e pela senhora e não por seu filho - falo e ela me olha sem jeito..

Entendo você e sua opinião.. meu filho faz todos se afastarem dele com seu jeito frio e rude.. mais no fundo ele é uma boa pessoa.. nem sempre ele foi assim.. YONGGUK já foi um homem alegre com muitos amigos e mulheres em sua vida.. mais desde o acidente ele ficou assim.. sabe TZANY.. Não é culpa dele ser assim.. foram as dificuldades de sua vida atual que fizeram isso com ele - ela segura minha mão com seus olhos marejados de lágrimas.. 

Vou tentar mais uma vez senhora BANG.. Não lhe garanto nada mais vou tentar..

Obrigado TZANY.. agora por favor volte ao trabalho -  ela sorrir esperançosa e eu confirmo com a cabeça..

Oi - falo ao entrar na casa do monstro vulgo YONGGUK..

Você voltou - fala ZELO que me abraça apertado..

Voltei - retribuo o abraço..

Queria te pedir desculpas pelo que o BANG fez com você ainda pouco - fala ele após separar o abraço.. 

Tudo bem ZELO.. você não tem culpa de nada e não deve pedir desculpas por algo que não fez.. onde ele está agora?

Está no quarto assistindo TV.. 

Não está na hora dos medicamentos dele? 

Está sim.. inclusive era exatamente isso que eu estava fazendo.. venha já preparei tudo.. você quer levar pra ele? - pergunta ele me olhando como quem diz vai lá garota confio em você e em sua capacidade..

Quero sim - ele me entrega a bandeja com os medicamentos e eu após respirar fundo entro no quarto..

           TZANY e BANG 

Está na hora de tomar seus medicamentos - falo em um tom baixo e ele sorrir sínico..

Você é mais teimosa do que eu pensei.. porque você voltou uhm? Não já te humilhei o suficiente? - a encaro com uma sobrancelha suspensa.. 

Não voltei por você YONGGUK.. Voltei por sua mãe e pelo dinheiro.. preciso muito desse dinheiro então não posso perder esse emprego.. agora abra a boca - mando parada em sua frente e ele como sempre faz o seu melhor ou seja me persegue se mantendo de boca fechada..

Abra a boca YONGGUK - mando novamente..

Uhm uhm - resmungo em negação..

Abra a boca agora - mando já falando entre os dentes..

Uhm uhm - nego e ela respira fundo..

Ok - o dou as costas seguindo em direção a porta..

Ou aonde c vai? - pergunto e ela vira de frente pra mim..

Vou pra cozinha.. sabe vou te deixar em paz - respondo sarcástica..

Mais e os meus medicamentos? - pergunto curioso..

Ah você quer os seus medicamentos? - pergunto irônica..

Querer eu não quero mais sou obrigado a toma-los - respondo sério e ela sorrir ladia..

Eu ia dá-los a você.. mais Você os recusou por três vezes.. agora se você quiser ou melhor se você precisar toma-los venha busca-los - o dou as costas novamente e saio do quarto dele..

E então? - pergunta ZELO.. 

Adivinha? - pergunto mostrando-o a bandeja com os medicamentos intactos.. 

Ele gosta de você - fala ele sorrindo sínico..

Como? Como ele não pode gostar de mim se só me persegue? Esse cara me estressa.. aish tenho vontade de afoga-lo - reclamo e o ZELO me olha com cara de quem quer aprontar..

Ótimo você terá sua oportunidade hoje -ele pega a bandeja da minha mão..

Como assim terei minha oportunidade hoje? - pergunto curiosa..

Eu vou dá os medicamentos dele e logo em seguida você o dará banho..

O QUE? EU NÃO.. EU NÃO POSSO FAZER ISSO.. EU NÃO - entro em pânico e ele põe a mão no meu ombro..

Não se preocupe.. ele não vai poder te agarrar rsrsrs - ainda sorrindo ZELO entra no quarto do BANG e eu ando de um lado pro outro com as mãos nos cabelos..

Em que roubada você foi se meter agora TZANY? - pucho meus cabelos e derretente a porta do quarto do BANG é aberta..

Pronto senhorita STILL agora é a sua vez o seu paciente já a aguarda.. bom banho  - ele pisca pra mim e faz sinal para que eu entre no quarto..

Ok TZANY você é capaz.. vai lá garota e arrasa - respiro fundo e entro no quarto.. ZELO fecha a porta nos dando mais privacidade..

Então você irá me dará banho - confirmo a olhando sínico..

Pelo jeito sim - falo desanimada e corada de vergonha.. 

E qual experiência você tem pra fazer esse trabalho uhm? Serei sua 1* cobaia ou c já tem experiência na área? Em quantos homens você já deu banho senhorita STILL? - pergunto irônico e ela respira fundo..

Minha vida íntima não é da sua conta e outra coisa BANG YONGGUK - vou até ele deixando meu rosto muito próximo ao dele que me olha fundo nos olhos..

Eu não preciso de experiência pra dá um banho em você.. eu já cudei de crianças - falo confiante e ele morde os lábios..

Eu não sou uma criança senhorita STILL.. eu já sou bem crescido e você entenderá quando tirar minhas roupas - falo sínico e ela cora e se afasta..

Pervertido.. Você não vai me assustar falando essas coisas pra mim e vamos logo com isso - como ele está na cama graças ao ZELO que fez esse favor pra mim.. eu só terei agora que tirar suas roupas.. coloca-lo na cadeira que é própria pra ocasião e dar-lhe um banho..

Fique a vontade senhorita STILL sou todo seu - levanto uma sobrancelha e ela respira fundo..

Crio coragem e começo a tirar sua camisa.. o levanto segurando-o pelo pescoço e ele solta um gemido..

Aaarr devagar - reclamo por sentir dores no pescoço e costas..

Me desculpe - tiro sua camisa com cuidado e tenho uma vista que meu Deus o que é isso?.. o tronco dele é perfeito.. pele branca com alguns sinais bem charmosos.. barriga trincada com gominhos que parecem que foram desenhados.. fico boba com tamanha perfeição e não consigo parar de olhar..

O que foi senhorita STILL quer que o ZELO termine o que você não tem coragem de fazer? - pergunto e ela engole a seco.. 

Cala a boca - falo saindo dos meus devaneios e após mais uma vez respirar fundo me preparo pra tirar sua calça..

Abro o botão e o ziper de sua calça.. olho pra ele que também me olha com seu olhar sínico..

Será que dá pra você parar de me olhar assim?  - peço e ele fecha o sênior..

Os olhos são meus logo posso olhar pra onde e como eu quiser.. continue senhorita STILL a água já deve estar esfriando e eu não suporto tomar banho com água fria - falo e ela estala a língua irritada..

Continuo o que sou obrigada a fazer.. começo a tirar sua calça devagar e com bastante cuidado.. tiro suas meias e logo em seguida me preparo pra tirar sua box..

Ok estamos quase terminando - prendo meus cabelos em um cock e começo a tirar sua box.. oh.. meu.. Deus.. isso tudo é dele? Jura? 

E Então senhoria STILL a criança cresceu ou não cresceu? - pergunto e ela pisca repentinamente..

Vamos logo com isso - com muita dificuldade o levanto.. como ele é pesado.. também com esse tamanho todo.. o ponho na cadeira que é própria pro banho dele e o levo pro banheiro..

Abro o chuveiro e ele arfa ao sentir a água escorrer por seu corpo nu.. e que corpo..

Lavo seus cabelos e ele se mantém de olhos fechados.. derramo sabonete líquido em seus ombros e com a esponja o espalho por seu corpo.. 

Ensaboa bastante.. gosto de muita espuma - sorrio e ela resmunga..

Mereço você na minha vida - resmungo baixo e continuo meu trabalho.. lavo todo seu tronco.. braços.. pernas até que chego no seu membro..

Vermelha igual a um tomate seguro-o com cuidado e começo a lava-lo após jogar sabonete líquido no mesmo..

Você tem mãos maravilhosas senhorita STILL - comento e ela aperta meu membro se desconcentrando..

AAARRR - solto um gemido alto por conseqüência do seu toque abusado e se seus toques já estavam me excitando nesse exato momento eu já estou sentindo meu corpo inteiro em chamas..

Seu membro pulsa na minha mão e eu paro e o encaro séria..

Seu pervertido imoral - chamo sua atenção e ele sorrir malicioso..

Não sou um pervertido imoral senhorita STILL.. sou um homem e você uma mulher.. ou seja qualquer homem se excitaria com os prefeitos toques de uma mulher..

Mais eu pensei que..

Que porque eu sou paraplégico não posso ter ereções?.. posso sim.. mais não mantenho relação sexual desde o acidente a 9 meses atrás.. Não porque eu não queira.. mais porque nenhuma mulher aceitaria ir pra cama com um homem que não pode toca-la e que depende dela até pra por e tirar um maldito preservativo de seu membro - meus olhos ficam marejados de lágrimas e ódio de mim mesmo..

Me desculpe eu.. eu - fico sem saber o que falar.. ele infelizmente sofre muito e tem que lutar uma batalha com a vida e consigo mesmo todos os dias.. 

Não precisa falar mais nada senhorita STILL.. por favor saia e me chame o ZELO.. quero que ele termine o trabalho que você não será mais obrigada a fazer - falo sério e ela desliga o chuveiro e sai do banheiro me deixando sozinho..

ZELO ele quer falar com você agora - falo em tom baixo e ainda tentando digerir suas palavras.. 

ZELO nota minha agonia e sem me perguntar nada vai ao encontro do YONGGUK..

O que ouve cara? Porque ela não terminou de te dá banho? - pergunta ele ligando o chuveiro novamente..

Nunca mais a obrigue a fazer isso ZELO.. isso não é bom pra ela e não é bom principalmente pra mim - falo e ele para na minha frente..

Sabia - fala ele..

Sabia o que? - pergunto estressado..

C gosta dela - ele sorrir sínico..

Não gosto dela ZELO.. Não gosto e nem posso gostar.. sou limitado a ter tal sentimento por uma mulher.. esqueceu que nunca mais poderei ser um homem completo pra uma mulher? Nem ela e nem qualquer outra aceitaria viver ao lado de um vegetal como eu - as lágrimas caem dos meus olhos..

Não fala assim cara.. Você não é um vegetal - ele também se emociona..

Sou como uma árvore ZELO.. meu corpo é o tronco e minha cabeça são as folhas que são as unicas coisas que se movem na mesma.. Não quero mais que ela me dê banho e se você é meu amigo entenderá essa minha exigência.. agora termina logo esse maldito banho que eu quero ir pra cama.. minha cabeça está me matando - peço e ele faz o que pedir..

Como ele está? - pergunto após ZELO sair do quarto do YONGGUK.. 

Está deitado com dor de cabeça e seu corpo está febril.. mais não se preocupe ele ficará bem - fala ZELO pegando os medicamentos que YONGGUK tem que tomar.. 

Quer que eu te ajude? - pergunto preuculpada e ele balança a cabeça em negação..

Melhor não.. ele está irritado e você já sabe o quão cruel ele fica quando está assim.


CONTINUA...






Notas Finais


Capítulo um pouco mais longo pra compensar minha ausência😉..
A OMMA ama muito vocês minhas doidiças e os aguardo nos próximos capítulos zamores meus😍..
Bjos de luz da OMMA em seus lindos corações🤗😙😙😙😙😙😙😙😉..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...