História Antes de tudo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - A viagem



Todos entram no carro, e claro, Ante é quem dirige. Minutos depois, já na estrada:


(Master) - Você não disse que era aqui perto?


(Ante) - Não. Eu falei que não era muito longe.


(Pina) - Falta muito para chegarmos?


(Ante) - Uns 100kms.


(Master) - Puta que pariu.


(Ante) - Eu disse, não muito distante daqui.


(Pina) - Que nem a África, né?


(Ante) - É.


E fica um silêncio...


(Ante) - Vamos puxar assunto enquanto a gente não chega lá, que tal?


(Pina e Master) - Não!


(Ante) - Tá bom, vamos lá. Pina, qual é o seu sonho?


(Pina) - Meu sonho é ir embora logo daqui.


(Ante) - Ok, e você Master, qual é o seu sonho?


(Master) - Meu sonho é que você cale essa sua boca grande.


(Ante) - Vão tomar no cu, ora porra! Eu tentando ser legal e vocês me tratam assim.


(Pina) - É que eu desconfio que grande parte do que disse pra gente seja tudo mentira.


(Ante) - Vamos chegar lá primeiro, aí sim pode desconfiar de alguma coisa.


(Master) - Isso se chegarmos.


(Ante) - Vocês são muito chatos, puta merda.


(Pina) - Vou confiar dessa vez, já que não tenho outra escolha.


(Ante) - Obrigado. E você, Master?


(Master) - Fazer o que, né...


(Ante) - Ótimo. Ainda tem bastante asfalto pela frente, não caiam no sono.


(Pina) - O homem na estrada...


Depois de quase 2 horas de viagem eles conseguem finalmente chegar. (ou não)


(Ante) - Chegamos.


(Master) - Finalmente.


(Pina) - Mas eu não estou vendo nada aqui. Cadê a tal base?


(Ante) - Você achou que eu ia parar num estacionamento VIP bem na porta da base? Não. Vamos andando agora, pode ser perigoso ir até lá de carro.


(Pina) - Quanto tempo de caminhada?


(Ante) - Não é muito...


(Master) - Vamos ficar andando por aí durante mais uma hora, entendi.


(Pina) - Ainda dá tempo pra voltar atrás?


(Ante) - Não, já que o carro ficou sem gasolina.


(Pina) - E como a gente vai voltar!?


(Ante) - É só pegar umas jetpacks emprestadas lá na base, ou sei lá.


(Pina) - Você não estava brincando quando disse que ficou maluco...


(Master) - Me dê apenas um motivo pra eu não esmurrar a sua cara agora.


(Ante) - Pagamento, meu caro. Podemos entrar para a história. Agora andando.


Quando o sol está quase pra se pôr, eles avistam a base no meio do nada, do alto de um morro.


(Ante) - Agora sim, chegamos.


(Master) - Que legal, e então?


(Ante) - Pina, pegue o seu binóculo na mochila.


(Pina) - Tá bom, deixe eu ver...


Pina observa a base, que é protegida por grades eletrificadas, capangas treinados, cães de guarda e vários alarmes, espalhados por todo canto.


(Ante) - Conseguiu ver algo?


(Pina) - Tem uma placa bem na porta da base e tem as letras... N W T N.


(Ante) - Então é o lugar certo. Vamos entrar, é agora que a operação começa de verdade.
 


Notas Finais


o próximo vai ter mais ação


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...