História Antes que ela vá (chaelisa) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, TWICE
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé
Tags Chaelisa, Jensoo, Romance
Visualizações 207
Palavras 1.734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sla esse cap ficou um pouco sla não sei, não estou muito satisfeita mas leiam kkk não estou tentando desencorajar vocês a lerem (eu acho)
Bom, boa leitura...

Capítulo 6 - Nunca te deixarei sozinha.


"Não vou mais insistir em quem não me quer, se ela decidiu assim que assim seja! Eu quis dar tudo de mim, mas não posso amar sozinha, ninguém pode, vou dar chance ao passado, a quem sempre esteve ao meu lado, vou insistir em quem faz questão, e se não faz, então que vá em paz" e uma lágrima rolava durante o beijo, deixando um gosto salgado para traz que amargava seu coração, ela iria dar chance ao seu passado que não teve um ponto final... 

Jimim olhou Rosé com um pouco de estranheza, ele não esperava encontar um semblante tão triste no rosto da ruiva, principalmente depois do beijo que ele havia esperado durante quatro anos.

_Fui rápido de mais? Eu sei que não devia chegar assim, sem te dar chance de raciocinar nada, mas eu sei que não está com ninguém então não vi problemas em tentar continuar nossa história, eu disse que não ficaria sozinha.

"_Você vai embora?! Você não pode eu... Eu... Eu não quero que vá! Fique Chim Chim! Fique! 

_Não torne mais difícil esse momento minha ruivinha; eu tenho que ir não tem como fugir disso. 

Rosé estava com as bochechas coradas de tanto chorar, seus olhos inchados que mesmo assim não perdiam a doçura, ela falava já rouca tentando conter o choro, deixando pequenos soluços saírem enquanto tentava manter a voz linear.

_Por que me contou somente agora? Nem pude aproveitar seus últimos dias comigo, e-e que tipo de melhor amigo é você? Você vai me deixar sozinha, você nem mesmo me avisou disso, você não confiou essa informação à mim e...

Chaeyoung foi interrompida por um beijo, um beijo que ela não esperava, ela ficou sem reação seus olhos se fecharam e ela retribuiu, ela nunca pensou em seu melhor amigo além disso, um amigo, ela nunca fantasiou nada com ele, nunca nem chegou a pensar se seria bom beija-lo, apesar de toda sua beleza que com certeza chamava a atenção de qualquer um, ela realmente não esperava, mas não imaginava coisa melhor que se encaixasse naquele momento, ela não esperava mas era do que precisava. O beijo foi interrompido por ele, e ela o pragejava em pensamento por isso.

_Me desculpe, eu não deveria mas não podia ir embora sem isso, eu nunca te deixarei sozinha Chaeyoung! Eu sempre vou ser seu melhor amigo, talvez mais que isso, mas de qualquer maneira que seja, você não estará sozinha jamais.

_Eu te odeio Jimin! 

_O quê?

_Te odeio por ter demorado tanto tempo para demonstrar isso! Agora o que vamos fazer? Você vai sumir e já não bastava perder meu amigo agora não vou poder nem ter a chance de um relacionamento... Você seria meu namorado? Sabe... Se continuasse aqui? 

Ela fitava seus pés com as mãos para trás e com as bochechas rubras, dessa vez por vergonha.

_Espera.

Rosé se arrependia da sua pergunta, ela sentia que vomitaria a qualquer momento, claro que ele não namoraria ela, eles eram amigos, não só amigos como melhores amigos. Ela havia fechado os olhos, ela já aguardava o deboche, talvez o sarro que o Park direcionaria a ela. Mas pela demora de qualquer insulto ou algo do tipo abriu seus olhos, se deparando com um Jimin sentado pegando alguma coisa no chão.

_O que está fazendo Jimin? 

_Olhe para lá! Melhor! Continue de olhos Fechados.

_Está bem...

Rosé fechou os olhos um pouco temerosa, o que aquele idiota estaria aprontando? Ela só aceitou continuar de olhos fechados pela vergonha que rondava todo seu corpo, talvez de olhos fechados a vergonha não ficasse tão amostra, né? 

Ela ficou assim até receber o comando do menino que abrisse os olhos. Ela se deparou com um Jimin ajoelhado a sua frente, com um sorriso enorme no rosto com uma mão para trás, a outra ele segurava a mão de Rosé.

_Doce Rosé, você gostaria de um dia, bem no futuro, quando tivermos idade, e não venha me falar que não estaremos juntos porque vamos estar sim, gostaria de se tornar a Sra. Park e viver calorosos dias de verão e frios dias de inverno ao meu lado? 

Rosé ria, e qualquer sentimento que não fosse alegria já havia sumido de seu rosto, ela olhava aquele menino tão infantil a sua frente, era um olhar sincero que ele lançava à ela. Ela disse em um tom zombeteiro porém amável.

_Eu já sou uma Park babaca.

_Não estrague minha declaração com meros detalhes em vão Rosé. Você jura que um dia se casará comigo? 

_Tá... Eu juro Park Jimin que me tornarei a sua esposa um dia.

_Bom, enquanto esse dia não chega, eu quero que seja minha namorada então.

Ele revelou a mão atrás de si, ela continha uma imitação fajuta de dois anéis, que na verdade era várias folhas de grama enroladas de uma forma estranha e melmente davam um formato circular, que aos seus olhos eram perfeitos anéis. Rosé o encarou séria, com um semblar confuso.

_Esse é o melhor que consegui. - ele a olhava com um olhar de coitado- Eu não tinha planejado isso, fui guiado pelo meu coração, na falta de coisa melhor aceite este anel. Um dia lhe darei um a altura.

_Não poderia ter sido melhor. Ta, na verdade qualquer outra coisa seria melhor - ele a olhava fingindo um olhar irado - estou brincando, eu aceito ser sua namorada Park Jimin. 

O garoto  levantou colocou um dos "anéis" em seu dedo e o outro no dedo de Chaeyoung, logo seus lábios já estavam juntos novamente."  

_Rosé? 

_Eu estava viajando. - riu quando percebeu que realmente estava em qualquer lugar, menos ali - Eu estava me lembrando da sua partida, e tentando saber por qual motivo não me disse que estava voltando? E por que parou de trocar mensagem comigo? E  principalmente por que demorou tanto...

_Não te avisei porque queria te fazer uma supresa, parei de trocar mensagens com você exatamente por isso eu não aguentaria não te falar isso, então achei melhor não falar nada, literalmente, do que falar algo que não devia, e acho que tudo acontece na hora certa, talvez fosse esse o momento certo para que eu estivesse aqui, quando somos mais maduros, sabemos o que fazemos, quando temos nossa liberdade e principalmente quando esta mais bonita. 

_Como assim?! Eu sempre fui bonita aigoo! -ela fez beicinho. 

_Francamente era o próprio cão chupando manga! -Jimin riu fazendo com que seus olhos formassem apenas dois risquinhos o que fez Rosé também rir, ela adorava o sorriso do seu amigo, ela adorava ele por inteiro.- Então o que acha de sairmos para comer alguma coisa? Temos muito o que conversar.

_Eu concordo, aconteceu tanta coisa... -ela lembrou de Lisa e ao mesmo tempo do próprio Park, ela queria lhe contar sobre ela, mas, ela nem sabia o que tinha entre eles. "Antes de qualquer coisa resolver os problemas com Jimin, já passei por tanta coisa só esses dias, acho que posso me dar ao luxo de apenas curtir com um amigo que a tempos não via - espero que tenha histórias boas para me contar, pois as minhas vão te fazer chorar.

_O negócio ta sério. - falou sorrindo percebendo a ironia de Rosé. 

_Você não tem que ir a algum lugar? 

_Na verdade não, mas eu vou porque alguém aqui ainda estuda. 

_Infelizmente...

_Eu passo te pegar no fim da aula, almoçamos juntos e conversamos? 

_Claro, eatarei esperando.

Jimin foi se despedir indo de encontro para um beijo, porém Rosé virou a cara e ele acabou beijando sua bochecha mesmo, mas o sorriso não sumiu de seu rosto, já Rosé não sabia como agir diante daquela situação, ele percebendo esse incomodo se despediu e saiu logo pelo corredor e sumiu por entre os as portas.

"O que você vai fazer agora Rosé?" 

Lisa

Aquela cena ainda reprisava na minha cabeça, ele nos braços daquele... daquele... Grr daquele idiota! Ela estava beijando ele depois de ter me beijado! Aahh não é bem assim, ela o beijou depois de eu falar que não sentia nada por ela, depois de eu a tratar com ignorância, eu fui uma idiota! Eu mereço essa dor que estou sentindo... 

_Lisa! Até que enfim te achei! Te procurei desde... Sei lá quando, só sei que agora te achei e quero te fazer um convite. Topa tomar um sorvete comigo? Sem pressão ou segundas intensões, apenas o sorvete, a não ser que queira algo mais? Aí é com você.

Jennie ria, mas não era correspondida pela maior, ela notou que Lisa estava visivelmente abalada então mudou imediatamente sua feição.

_Olha eu entendo se não quiser, eu posso apenas ser uma companhia legal, se me der a chance, não precisamos fazer nada se não quiser...

"Jennie era incrível e eu queria sim ficar com Rosé, mas isso não me empedia de sair um pouco com ela, ainda mais se por algum acidente Rosé visse eu tão próxima de outra, talvez ela ficasse com ciúmes" Lisa riu com o pensamento, ela ouviu que Rosé sairia com o garoto misterioso.

_Quer saber? Vamos sim! Vamos tomar um sorvete depois da aula, eu passo na sua casa.

_Está bem, sabe, eu acho que você está fazendo de propósito mas  espero que não vire rotina essa coisa de eu te encontrar no corredor chorando me preocupar e te fazer um convite de se diverrie comigo na expectativa de te animar e nós sairmos.

_Eu não estou chorando! 

_A não, então abalada -Jennie riu vendo a irritação da maior e a tentativa falha de tentar se mostrar serena - podemos pular a parte do corredor e só sair, o que acha? 

_Acho que não devemos querer mudar as ordens dos fatores, vai que acaba alterando o produto? Vamos não pensar no futuro a não ser o futuro daqui algumas horas. Tenho que ir tchau. 

_Tchau Lalisa, não se esqueça de mim igual da última vez! 

_Jamais Jennie! 

Lisa gritou já saindo pelo corredor, ela não sabia o que estava fazendo. Dando esperanças para Jennie sendo que só estava tentando a usar para tentar fazer ciúmes em Chaeyoung, sendo que era ela que havia errado com Rosé primeiramente.

 "Eu estou seguindo por um caminho errado, estou errando a cada passo que dou, meus caminhos se perdem a medida que avanço; mas não posso desistir, não agora, se alguma coisa der errado... terei que lidar com as consequências, machuque a quem machucar... Eu não posso desistir da Rosé, me desculpe se eu te machucar Jennie mas vou sempre ser sua amiga, se ainda quiser, então você nunca estará sozinha." 







Notas Finais


Agora vocês podem dizer se ficou bom ou se ficou sla kkk ai Deus mim ajude ksnkssbkasnso
Bjão ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...