História Antes só do que contigo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, V
Tags Hoseok, Taehyung, Vhope
Visualizações 9
Palavras 268
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Shonen-Ai
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tinha isso aqui guardado já fazia um tempinho e, sei lá, deu vontade de postar
Boa leitura~♡

Capítulo 1 - Único


O inverno nunca fora uma de suas estações favoritas; odiava frio. E aquela noite estava absurdamente frio para uma simples noite de começo de inverno, e mesmo assim TaeHyung andava sem um destino definido pelas avenidas movimentadas do centro de Seul.

Saira de casa com o intuito de respirar um pouco de ar puro. Estava começando a achar que estava claustrofóbico.

Recentemente andava inquieto, sempre fugindo de qualquer lugar que o fizesse ficar em respouso por muito tempo. Alguém lhe dissera que era porque estava tentando parar de fumar; que era a tal abstinência. Talvez seja verdade, pensava.

De súbito, atingiu-lhe uma enorme vontade de beber. Entrou em um bar qualquer e pediu qualquer coisa que tivesse álcool.

Começou a pensar na vida e tudo pareceu-lhe muito clichê. Riu baixinho com o pensamento. Um sorriso viera em sua mente e o seu próprio vacilou por alguns segundos.

Já fazia tanto tempo que seus pensamentos não o levavam àquele sorriso. O sorriso de Jung HoSeok. Fazia tempos que não pensava em como seu nome soava tão bem em sua boca quanto suas idéias jamais iriam soar.

TaeHyung não sentia saudades. Seria burrice sentir. Não negava as lembranças que ainda guardava, mas sentir sua falta? Não era tão idiota a esse ponto.

Ninguém seria idiota o suficiente de sentir falta de um filho da puta desgraçado como o Jung era.

Nem mesmo TaeHyung.

Saiu do bar com a visão meio turva, a mente avoada e o corpo formigando. Sua companhia por esta noite, como sempre, seria ele mesmo. Era como sua mãe sempre dizia:

Antes só do que mal acompanhado.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...