1. Spirit Fanfics >
  2. Anti heroes. >
  3. We need she.

História Anti heroes. - Capítulo 29


Escrita por: e Bakubaby__456


Notas do Autor


Yo!
Mano.. parece que a fic ta acabando uai... eu tava aqui escrevendo e fui reparando nos restos de ideias e tá chegando no fim.... hm. Fazer o que neh...

Espero que goixteinn.
Boa leitura
('- ' )🖤

Capítulo 29 - We need she.


Fanfic / Fanfiction Anti heroes. - Capítulo 29 - We need she.

Pov Midoriya.


Quando acordei fui pra praça, falar com a Toga. Ontem eu esqueci de falar com ela, sobre como eles ficaram sabendo de tudo sobre o resgate da Eri.


Chego lá e ela tá conversando com o Kiri. Talvez eles estavam só se divertindo.. hm, tanto faz. Chego mais perto e começo a falar.


--Oi gente.

--Oi Deku.

--Oi Izuku-kun!

--Toga-san.. eu queria te perguntar uma coisa.. Como que vocês ficaram sabendo sobre o resgate da garotinha aquele dia hein?

--Pelo jeito meu disfarce foi bom mesmo neh? Fuhfuh.

--Hm? *nem eu nem o Kirishima tínhamos intendido aquilo*

--Você trombou em alguém quando chegou não se lembra?


Nesse momento, tive um flashback na minha cabeça igual nos filmes sabe. Lembrei que eu tinha trombado em um heroína, a mesma que tinha piscado pra mim e.. 


Aaaaaahh! Por isso que ela piscou pra mim! Então era a Toga. Tendi agora...


--Hmmmmm. Faz sentido mas. Quando que você pegou o sangue dela?

--Foi algumas horas antes junto com o Kiri.

--Hm. Tinha nem percebido que ela tava lá. Fiquei prestando atenção na conversa, por que as meninas não paravam de falar. *Kirishima fala lembrando de tudo o que tinha acontecido antes*

--Tá agora.. e sobre o Dabi? Já conseguiu alguma coisa?

--Ele ainda não sabe o que vai fazer. E eu queria que o Todoroki falasse com ele também sabe. Acho que vai ajudar.

--Eu falo com ele sobre isso. Acho que já podemos ir neh Kiri.. daqui a pouco temos aula..

--Verdade. Vamos indo então.

--Tchau Toga-san.

--Tchau Izuku-kun! Tchau Kiri!

--Tchau.


Voltamos pra pegar nossas coisa e irmos estudar. Ai.. eu mereço viu...


Pov Todoroki.


Midoriya e Kirishima estavam sumidos essa manhã. Perguntei ao Bakugo se ele sabia de alguma coisa sobre onde eles estavam, mas é tão arrogante que mal disse alguma coisa e já começou a gritar comigo.


Pelo amor de Deus.. tive que me segurar pra não brigar com ele alí viu. Como o Kiri e o Izuku não estavam pra separar a gente, resolvi deixar isso de lado.


Eles quase se atrasaram pro colégio. Eu tava com o Bakugo esperando eles, já com as suas mochilas. Pegaram os materiais e fomos meio apressados, já que eles demoraram um pouco pra chegar.


As aulas foram se passando e cada um odiava a escola do próprio jeito. Bakugo odiava.. bom tudo neh. Kirishima não conseguia entender nada. Midoriya achava as aulas cada vez mais tediosas. E eu.. na verdade tanto faz.. acho a mesma coisa de sempre.. nunca fui muito afim de escola, mas também nunca odiei.


Quando deu a hora do intervalo, Bakugo e Kirishima ficaram pra comer na sala enquanto fiquei com o Midoriya em um corredor que tinha perto da sala, que ficávamos praticamente todo dia.


--Eu queria saber um coisa Shoucchan..

--Aii.. não me chama assim aqui.. *falo puxando seu queixo pra mais perto, e ele acaba deixando um sorrisinho escapar*

--Tá bom Shouto. Agora me deixa falar. O Dabi não tá sabendo se vai ficar do nosso lado ou não. E só com a Toga-san a gente não sabe se vai dar certo.

--Hm. Toga-san neh... Não sei se vou fazer alguma coisa não hein...

--Ai meu Deus. De novo com isso é? 


Ele me da um selinho rápido e o sinal toca, então voltamos pra assistir as últimas aulas.


No meio da aula, fiquei pensando sobre o que o Izuku tinha me pedido. Hm.. já usaram o Dabi pra me convencer.. seria bom eu retribuir isso neh...


Como fiquei pensando muito nisso, a aula passou muito rápido e quando vi já estávamos voltando pro dormitório.


Fiquei pensativo até mesmo na volta, e pelo que conheço dele, Izuku percebeu.


--Tá se decidindo do que vai falar é? *ele diz apoiando o queixo no meu ombro, enquanto estava sentado no sofá*

--Digamos que.. sim.

--Sabia que ia me ajudar com isso. 


Ele acaricia meus cabelos gentilmente. Confesso que prefiro que eu mesmo faça isso com ele. Acho fofo por que ele muitas das vezes fica corado, mas tudo bem.


Hm. Não tô fazendo nada mesmo.. acho que vou lá falar com ele. Seria até bom ter ele na equipe. É bem forte, não seria bom como  inimigo.


Eu sai e fui falar com ele.


Pov Dabi.


Eu ando pensando bastante sobre o que a Toga me pediu. Ela quer que eu fique do lado deles.


Eu não sei o que eu faço.. tô a muito tempo com o Shigaraki. Se bem que ele me irrita muito.


Eu gosto muito da Toga, o problema não é ela. Eu vou mesmo ficar com umas crianças? Se bem que eles são tão fortes quanto adultos neh...


Eu tava pensando naquela praça até que vi o Todoroki chegar.


--Touya. Eu queria falar com você.

--Deixa eu adivinhar. É sobre eu ajudar vocês ou não neh?

--Na verdade era sobre o que você achava disso tudo mesmo. Não vou te precionar igual todo mundo costuma fazer.

--Tá.. eu não sei que que eu faço...

--Eu sei que a gente não é chegado desde pequeno mas, se eu acho que a gente podia ficar junto nessa sabe. Percebi que nunca gostou muito do Shigaraki, então pra que ficar com ele, sabe..

--Hm.

--Mas você que sabe. Foi só uma sugestão. Até por que, eu reparei no que tá tendo entre você e a Toga. *ele sorri marotamente o que me intriga um pouco*

--O que?

--Ah vai! Eu reparei em como que vocês se olham. Tenho certeza que já rolou uma coisa aí neh? *ele me da um soco de leve no ombro*

--Ah tá bom. Então é. Se você tá dizendo.

--Hihi. Espero que escolha o que você realmente goste. Eu vou lá viu  Outro dia a gente conversa. 


Ele mexe nos meis cabelos como se fosse meu irmão mais velho. Iiiiiiialá!


Nos dispedimos e ele voltou pra casa de novo. 


Confesso que além de bem filosófico isso que ele me disse, mexeu um pouco comigo. Não sei se me deixou mais confuso ou se me ajudou...


Pov Midoriya.


O Todoroki saiu de noite, acho que foi conversar com o Dabi.


Fiquei deitado na cama pensando no que eu ia fazer agora.. hehe.


Ele chega e me atrapalha com meus planos.


--Que que deu?

--Eu falei com ele uai.

--E..?

--Eu não precionei ele. Só disse pra ele fazer o que achava melhor e tal.

--Ai que bunitinho ele! Se importando com o manim! *digo apertando suas bochechas* 

--Hm.. talvez de certo mesmo.

--Vai dar sim. Da última vez você até me surpreendeu. Falou com o Kiri de um jeito que eu nem acreditei viu.

--Eu sou imprevisível neh. Surpreendo quem e quando eu quiser. *ele diz fechando os olhos enquanto me deito em cima dele*

--Uhum, tá bom.

--Oush! Tá duvidando de mim é? 

--E se for hein?

--Miniiiino..

--Vai me ameaçar agora é Shoucchan?


Ele se senta me deixando sentado no seu colo. Prende nossos corpos segurando firme na minha cintura e me puxendo pra uma beijo que correspondo.


Recebo uma mordida no lábio inferior, o que deixa o beijo ainda mais intenso.


Pov Kirishima.


Estava deitado na cama lembrando da garotinha que a gente tinha salvado esses dias. O Midoriya queria saber bastante sobre ela, parece que se interessou. Que que ele tá aprontando hein..?


Estava perdido em meus pensamentos e então Bakugo entrou no quarto. Ele tinha descido pra comer, já que é um passa fome.


--Já comeu?

--Uhum. *ele diz sentando na cama*

--Você sabe o que o Deku tá aprontando?

--Tava pensando nisso agora na verdade. Não sei não mas.. Como você?

--O jeito dele. Sempre que tá pensando em algum daqueles planos mirabolantes que ele tem, ele fica andando pra lá e pra cá. Agorinha ele tinha ido pro quarto.

--Hm.. você conhece muito ele neh. *cruzo os braços e escoro na cabeceira da cama*

--Por que hein cabelo de merda? Tá com ciúmes é? *ele diz chegando mais perto*

--Ham!


Coloco seus braços contra a parede me impedindo de sair, e me beija ferozmente. Correspondo passando a mão em seus cabelos.


--Acho que eu posso comer mais uma coisa hein. 


Ele diz no meu ouvido com uma voz calma e rouca, o que me arrepia inteiro. Acabo deixando um risinho escapar e ele começa a distribuir beijos e chupões pelo meu pescoço.


Coloco minhas mãos por dentro da sua camisa sentindo seu abdômen bem definido. Ele começa se despir enquanto faço o mesmo. 


Fica por cima de mim e me beija ainda mais intenso e cheio de desejo. Começa a passar a mão pela minha coxa descendo até minha bunda, que aperta com força. Se afasta do beijo por nos faltar fôlego.


Ele puxa minha box e coloca dois dedos na minha boca que chupo com vontade, até que ele os tira da minha boca e coloca na minha entrada.


Começa devagar. Sinto um pouco de dor mas logo me acostumo e sinto aoenas prazer.


Um tempo depois tira os dedos, e prepara seu membro pra colocar em mim.


Começa a me penetrar e se movimentar devagar o que me causa bastante dor e prazer. Logo já estava acostumado e sentia apenas um prazer imenso.


--awn.. Kiri.. você é tão gostoso.. awn...

--uh-n S-suki.. awn...

--hm.. n-não me chama ge-mendo assim.. awn... *claramente ele ficava ainda mais excitado com isso, já que acelerou os movimentos ainda mais*

--a-awn... sukii.. uhnn....

--E-eu quero encontrar s-seu maior ponto de prazer Kiri.. awn....


Ele vai penetrando cada vez mais fundo até conseguir achar o meu ponto G.


Quando alcançou eu já estava uase gozando, e o prazer só almentava a cada momento. Katsuki acelera deixando as estocadas mais fortes. 


Não aguento mais e acabo gozando. Ele demora um pouco mais que eu porém, logo sinto um líquido escorrer dentro de mim e com ambos ofegantes nos deitamos.


--Ai.. tô todo fodido viu...

--Literalmente. *ele morde minha orelha*

--Aiai Suki.. podia ter tomado mais cuidado.. hm.

--Você gostou vai. Não mente pra mim não. *ele tava tão cansado que talvez não era nem ele que estava falando*

--Hmm. Boa noite Suki.

--Boa noite Baby Shark. 


É.. com certeza não era ele que tava falando...


Quando acordei perguntei pra ele se lembrava do que tinha me chamado essa noite e ele sabia que tinha me chamado assim. 


Oooown. Abracei ele muito feliz com aquilo, e desci pra tomar café.


Pov Midoriya.


Quando acordei fiz minha higiene matinal e desci pra tomar café da manhã. Kirishima tava comendo também.


--Bom dia Kiri.

--Bom dia Midoriya.

--Você ficou sabendo que a Eri vai ir lá no colégio hoje?

--Que bom! Assim eu posso conhecer ela de verdade.

--É mas.. a gente vai falar com ela sobre sentimentos. Acho que essa é a chave pro controle do poder dela. E também.. pra uma coisa depois.

--Sabia.

--Hm?

--Você tá aprontando alguma coisa. Eu sabia. Já tava desconfiado. e o Suki também.

--"Suki" é? *abro um sorriso malicioso no rosto o que faz ele corar um pouco* Hihi. Vamo lá. *conduso ele até a porta, pra gente ir pro colégio*


No colégio vi Mirio junto com a Eri. Fui os comprimentar junto com Kirishima, Shouto e Kacchan.


--Eri! Prazer em te conhecer! *Kiri fala com um sorriso gentil no rosto*


Kacchan quase fez ela correr com o seu jeito arrogante e estressado.


--Esquece ele. É muito chato mesmo. *Shouto implica e Kacchan começa a gritar com ele assustando um pouco a Eri*

--Ei ei ei! Para com isso Kacchan, pelo amor de Deus!

--Tsc.. *ele vira a cara estressado*

--Hm.. vocês andam se dando bem neh Midoriya? Parece que não brigam mais igual antes. *Aizawa, que estava alí pra vigiar a Eri disse, fazendo o Kacchan estressar ainda mais*

--É eu... acho que sim neh...

--Agora anda! Volta pra aula vocês ó! Depressa! *ele manda e voltamos ora sala*


Kacchan e Shouto vão na frente implicando um com o outro, enquanto eu e Kiri fomos atrás.


Solto um leve sorriso e Kirishima percebe.


--No que que pensou agora hein?

--O Kacchan assustou ela facilmente.. ela tem as emoções muito instáveis.. hm...

--Ai meu Deus.. dá até medo quando você fala assim. Eu hein... *não consigo evitar de rir com isso*

--Relaxa mano! Vem na minha que é sucesso.


No intervalo, recebi uma mensagem da Toga.


~mensagem on~


--Izuku-kun!


--Ótima notícia.


Manda.--


--Deu certo o Todoroki-kun ter fala com o Dabi.


--Ele vai ficar com a gente.


Maravilha!--


As coisas estão só melhorando pro nosso lado.--


--Hm. Ideias é?


Talvez.--


Vou voltar pra aula.--


Tchau.--


--Tchau.


~mensagem off~


Avisei pro Shouto que ele tinha conseguido, e o parabenizei por que neh, convencer o Dabi não é pra qualquer um.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...