História Antologia Star Wars - A Saga do Escolhido - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Ahsoka Tano, Anakin Skywalker (Darth Vader), Darth Plagueis, Leia Organa, Luke Skywalker, Obi-Wan Kenobi, Padmé Amidala, Personagens Originais
Tags A Regra De Dois, A Velha República, A Vingança Dos Sith, Anakin, Darth Sidious, Darth Vader, Duelo De Mustafar, Empire, Episódio Iii, Legado Vader, O Escolhido, Padmé, Palpatine, Rebels, Sith, Star Wars, The Choosen One, The Clone Wars, Vader
Visualizações 13
Palavras 1.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saudações meus queridos Jedi e Sith!

Depois de muitos desafios, treinamentos, confrontos e revelações Anakin Skywalker está de volta a Naboo, para reencontrar sua família. Fortes emoções estão reservadas para este aguardado momento.

Espero que gostem!

Capítulo 28 - Anakin de volta a Naboo


Fanfic / Fanfiction Antologia Star Wars - A Saga do Escolhido - Capítulo 28 - Anakin de volta a Naboo

Após uma longa viagem pelas rotas do núcleo, Anakin e Thrawn finalmente chegaram a Naboo, onde eles realizaram os procedimentos para que Thrawn fosse integrado à frota Imperial, assumindo o posto do agora Moff Yularen, que seria o responsável pelo comando do setor Chommell. Thrawn passaria por um treinamento na academia de oficiais do alto comando antes de assumir a frota espacial e Vader como Almirante, passando por uma audiência com o Imperador e o conselho imperial.

—Serão apenas procedimentos formais – Disse Anakin entregando a ele a insígnia de almirante – o Imperador já tem ciência de seus grandes feitos e você não terá problemas em ser aceito pelo conselho, mas por questões hierárquicas, deve se reportar a eles.

—Entendo perfeitamente. Não pode existir solidez em um império se as regras não forem respeitadas. Vou preparar minha partida imediatamente e...

—Não tão rápido, Almirante!

—Senhor?

—Tenho uma tarefa especial para você antes de partir, quero que investigue alguns nomes para mim. O Imperador ordenou a montagem de uma divisão de elite sob meu comando. Conto com sua perícia técnica para investigar se os candidatos podem ser recrutados ou não, cuide para que não tenhamos surpresas como Vanto entre nós. Além disso, quero que conheça minha família antes das formalidades acontecerem, você ficará conosco

—Sinto-me honrado pelo convite, Milorde. – Respondeu Thrawn fazendo um gesto de reverência.

Anakin sorriu, tocando-lhe o ombro e respondeu:  

—Isso não é necessário, Thrawn. Você pode me chamar de Anakin. Depois da perseguição, do exílio e da prisão, acho que você, assim como eu, precisa de um tempo para recuperar as energias. Além disso, Naboo é um excelente refúgio para aqueles que buscam um recomeço.

—Obrigado, Anakin. – Respondeu o Almirante correspondendo ao gesto e contemplando o planeta através do observatório da plataforma – A jóia da orla média! Em toda a minha vida eu nunca vi nada parecido.

—A vista é ainda melhor lá embaixo.

Eles observaram por alguns instantes até que um soldado aproximou-se trazendo o relatório de verificação da nave de Vader e também o despacho das autorizações para o ingresso de Thrawn nas forças imperiais. Logo em seguida, um oficial de serviços aproximou-se de Anakin dizendo:

—Lorde Vader, a sala está pronta para a reconstrução de seu braço, os materiais que o senhor requisitou estão preparados.

—Excelente! Traga as ferramentas que estão alocadas no compartimento de carga da nave.

—Sim senhor.

Thrawn acompanhou Anakin até a sala, onde alguns construtores já haviam preparado os componentes básicos de sua nova prótese. O Chiss observou com profunda admiração a destreza do Lorde Sith com suas ferramentas, construindo cada peça com precisão e rapidez. Em poucos minutos a construção estava finalizada e os engenheiros realizavam os procedimentos da conexão neural. Anakin desacoplou sua prótese destruída e a nova foi colocada em seu lugar.

—Suas habilidades são impressionantes, Anakin. É uma peça muito bem construída.

—Realmente é, as vezes até eu me surpreendo com as minhas habilidades.

—Você parece gostar muito de construir coisas. Nisso somos parecidos.

—É mesmo? Diga-me então quais tipos de metais você consegue identificar aqui.

O almirante observou por alguns momentos, inspecionando os detalhes da peça:

— A parte externa da peça é feita por uma liga de aço mandaloriano de primeira qualidade e ultrachrome. Uma proteção extremamente eficiente contra os ataques elétricos, já que o ultrachrome absorve a energia e condensa ainda mais as ligações do aço. A cartilagem dos taozins para dar maleabilidade e o ellectrum como condutor sináptico.

—Estou impressionado! Você realmente é digno de sua reputação.

Anakin colocou uma luva de couro com três fechos de metal para cobrir sua prótese, o material servia para amortecer a dureza do aço. Finalmente todos os procedimentos estavam concluídos, a nave havia sido preparada para a decida, escoltada por duas naves de combate do império. Um comboio simples escoltou-os até o hangar do palácio real, onde foram recebidos pelo rei de Naboo e sua comitiva, como a tradição local determinava. O monarca cumprimentou Anakin e o Almirante com muito entusiasmo, pelos seus feitos heroicos durante os anos de guerra.

—Bem-vindo de volta, Comandante Skywalker! O povo de Naboo vibra ao saber que nosso humilde planeta será sua residência.

—Fico lisonjeado, Majestade, é bom estar de volta a Theed e agora poderei aproveitar finalmente a cidade.

—De fato! Os tempos de guerra acabaram e agora todos podemos admirar as belezas do universo. Como foram as viagens?

—Proveitosas e bastante esclarecedoras. Encontrei alguns perigos, o que nos faz redobrar a atenção sobre os remanescentes separatistas e possíveis sobreviventes da Ordem Jedi. Entretanto reencontrei um grande aliado, o Almirante Thrawn será meu braço direito à frente do planejamento tático do império.

—Isso é impressionante. Uma vez eu disse a Skywalker que para ser um grande líder é necessário um grande círculo de confiança. Você tem uma das mais importantes missões, Almirante. Bilhões de vidas estarão em suas mãos.

—E eu me empenharei de forma integral para defende-las, Majestade. Qualquer insurgência contra o império será implacavelmente repreendida.

—Isso é impressionante! – Respondeu o Rei um tanto desconcertado – Bem, chega de conversas. Preparei uma cerimônia para recebe-los no palácio. Haverá um desfile na praça real e depois um jantar para alguns convidados especiais. Anakin e seus bravos homens receberão a Comenda da Ordem Real de Naboo e em seguida teremos uma corrida de pods. O que me diz Anakin, um pouco de diversão para você, hein?

—Parece ser uma boa ideia – Respondeu Anakin sorrindo e com um brilho no olhar – Contanto que tenham reservado um pod para mim.

O Rei abriu um largo sorriso e abraçou-o quebrando o protocolo:

—HAHAHAHAHAHA! Esse é o meu garoto! Vamos beber! Vou preparar um banquete para vocês.

—Eu adoraria, majestade, mas eu quero desfrutar destes momentos com a minha família. Não nos vemos desde Polis Massa, o Thrawn virá comigo para se acomodar, mas estará livre para sair depois, se quiser.

—Eu compreendo perfeitamente. Padmé deve estar ansiosa para vê-lo. Usem meu transporte especial, sua nave ficará aos cuidados de meus homens

O Rei afastou-se fazendo reverências e seguiu para o palácio com sua comitiva, enquanto Thrawn e Anakin embarcaram direto no transporte exclusivo em direção ao castelo onde a família ficaria por um tempo indeterminado. No trajeto o almirante contemplou as belezas naturais e as arrojadas construções de Naboo, analisando cada detalhe com seus brilhantes olhos avermelhados até que finalmente eles chegaram ao portão principal, onde os soldados já aguardavam para liberar a passagem.

O veículo manobrou e aterrissou na entrada principal do palácio, Thrawn desceu primeiro, acompanhando os encarregados de despachar algumas caixas de suprimentos e pertences de Anakin, este despediu-se dos pilotos e ao pôr os pés no castelo, teve uma sensação incomum, que o deixou um pouco pensativo. “Preciso checar os sistemas de segurança. ” – Pensou ele.

No entanto a sensação foi interrompida por uma estridente voz que vinha pela porta da frente.

—EI! QUE BARULHEIRA TODA É ESSA? MEUS SOBRINHOS ESTÃO TENTANDO DORMIR!

—Sola?

—Anakin?

Ambos ficaram se encarando por alguns minutos com olhares de espanto e surpresa, até que finalmente Padmé apareceu na porta com um olhar extremamente furioso.

—Mas que bagunça toda é ess... Ani?

O semblante de Padmé mudou totalmente, o rosto zangado dava lugar a um sorriso enorme e esperançoso, que foi correspondido por ele ao estar de volta para sua amada. Rapidamente ela desceu pelas escadarias e saltou para os braços de seu esposo, encontrando um aconchegante e terno abraço. Um abraço que entrelaçava as duas almas, que unia duas pessoas numa só, um abraço que Padmé e Anakin aguardavam por muito tempo, o abraço que ela tanto esperava. Naquele pequeno instante nada mais importava, o império, os sith, o fim da guerra e nem mesmo os que estavam ao redor, observando toda a cena. Em meio aos milhares de sistemas da galáxia, naquele ínfimo momento, Padmé e Skywalker formavam seu próprio universo. 


Notas Finais


O grande
A chegada de Anakin pegou sua esposa e a irmã de surpresa e além disso o desconhecido Almirante Thrawn inicia seus trabalhos a frente do comando especial das forças imperiais.
Fortes surpresas e emoções virão a seguir.

Bem, isso é tudo pe pe pessoal!
Até a próxima
E que a força esteja com vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...