História Anxious - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jk!top, Jm!bottom, Seme, Uke
Visualizações 1
Palavras 847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Dia bom.


Passou-se uma semana desde o episódio do garoto loiro. Era sábado de manhã, e eu não tinha tido a oportunidade de ir a praça novamente, porque estava muito ocupado escrevendo e reescrevendo meu livro a semana toda. Felizmente consegui terminá-lo dentro do prazo, odiaria dar problemas para Jin hyung.

 Como era de manhã e eu já tinha terminado meu trabalho, resolvi ir caminhar na praça para poder relaxar, e talvez -bem talvez- para ver o garoto loiro novamente.

 Eu sei que a probabilidade dele estar lá no mesmo horário que eu, em um dia qualquer, era mínima. Mas a esperança é a última que morre, certo?

 Saí de casa depois de colocar comida para Ludiel. O dia estava frio, mas o sol estava brilhando no céu azul e limpo. Amava dias como esse, estava de bom humor só por observar o clima. Respirei fundo e fechei os olhos, sentindo a brisa fria bater em meus cabelos enquanto o sol iluminava meu rosto.

 Cheguei na praça que estava silenciosa aquela hora da manhã, exceto pelo som do canto dos passarinhos. Comecei a caminhar ao redor da praça, e sentei-me em um balanço de madeira. Desde pequeno o balanço sempre foi meu brinquedo favorito do parquinho, adorava balançar e sentir-me nas alturas. Hoje em dia, o balanço não me parece tão radical quanto antigamente, mas continua a me deixar alegre e relaxado. 

 Comecei a balançar-me e fechei os olhos, recordando a minha infância, até ouvir alguém sentar no balanço ao lado. Abri os olhos e, pra minha surpresa, era ele que estava lá. Com aquele sorriso lindo e os cabelos brilhantes. Acho que o universo estava do meu lado.

 -Oi. -cumprimentou-me e eu só conseguia olhar para ele sem dizer nada. -Meu nome é Jimin, te vi aqui sentado e lembrei que já tinha te visto correndo por aqui outro dia. Acho que é o destino querendo que nos encontremos.

-Oi, meu nome é Jungkook. -respondi, sorrindo com a sua suposição sobre o destino. - Eu lembrei de você também, talvez seja o destino mesmo.

-Você acredita nisso também? Eu sou apaixonado nesse assunto! Pra mim, nada acontece por acaso, então acho que a gente se encontrar de novo não é uma coincidência. -ele falou totalmente empolgado, seus olhos até mesmo brilharam com isso.

-Eu também acredito muito nisso. Sempre penso sobre como qualquer ação nossa pode influenciar em todos nós. -respondi igualmente animado, teorias sobre o mundo era algo que eu realmente gostava.

-Sério? Isso é incrível! -foi interrompido com o barulho da notificação do seu celular. - Será que você poderia passar seu número pra que a gente converse mais? Adoraria ficar aqui, mas agora tenho um compromisso. - deu seu celular para que eu anotasse meu número.

-Claro! - salvei meu número no seu celular e o entreguei de volta.

-Até mais Gukkie! - se despediu com um beijo na minha bochecha e um sorriso.

 Ela já tinha até mesmo me dado um apelido! Se eu já estava pensando muito nele antes, sem nem ao menos saber o seu nome, agora eu pensaria nele o dia todo, 24/7. Porém isso me deixava feliz, Jimin tinha uma áurea boa, mesmo que eu só tenha trocado poucas palavras com ele, senti que ele era alguém adorável e gentil.

 Levantei do balanço com um sorriso bobo e decidi que iria tirar um tempinho pra mim naquele dia. Estava tudo indo muito bem, então iria aproveitar.

 Com o passar do tempo, fui percebendo que minha companhia não era igual a nenhuma outra. Podia sim me divertir sozinho, podia sair tomar um sorvete sozinho e podia fazer tudo que eu quisesse sozinho. Às vezes nós achamos que ficar sozinho é algo triste e solitário, mas na verdade todos nós deveríamos apreciar nosso tempo com nós mesmos. Afinal, a única pessoa que sempre estará ali por você, é você mesmo.

 Fui caminhando calmamente até minha sorveteria preferida, enquanto escutava minha playlist do The Neighbourhood e apreciava o vento contra mim. Pedi um sorvete de chocolate e quando fui sentar-me para comer, escutei o som da notificação do meu celular.

 

Número desconhecido:

Ei Gukkie :)

Ia esperar até de noite para te mandar uma mensagem, mas não me aguentei haha

 

Sorri lendo a mensagem, só podia ser Jimin. Saber que ele estava pensando em mim me deixava eufórico, nem percebi o sorriso involuntário que surgiu em meu rosto.

 

 

Jungkook:

     Oi, Jimin!

                                Haha sem problemas, também estava ansioso para conversar mais com você! :)

 

Garoto bonito da praça:

Que bom! 

Ei, talvez pareça ser muito cedo pra isso, mas o que acha da gente sair algum dia desses? 

 

 Jimin era realmente direto! Até parei de tomar meu sorvete ao ler aquela mensagem, nem podia acreditar que o garoto bonito tinha me chamado pra sair.

 

Jungkook:

Claro, podemos sim Jiminnie!

Só me falar o dia e o horário ;)

 

Garoto bonito da praça:

Ok! 

Mal posso esperar para conversar sobre teorias da conspiração com você!

 

 Li a mensagem e o sorriso bobo não deixava meu rosto. Aparentemente hoje o dia estava mesmo à meu favor.

 


Notas Finais


Obrigada a todos que leram até aqui! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...