1. Spirit Fanfics >
  2. Ao Acaso Te Encontrei >
  3. Meu Anjo

História Ao Acaso Te Encontrei - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Meu Anjo


Fanfic / Fanfiction Ao Acaso Te Encontrei - Capítulo 13 - Meu Anjo

- Você fica incrivelmente sexy com o cabelo preso! - Sakura murmurou vendo o Uchiha amarrar o cabelo indo em direção a seu banheiro. Estavam na casa de Sakura,Madara estava totalmente nu caminhando pelo quarto de Sakura que analisava aquele corpo como se fosse a primeira vez. Era magnífico. 


- Fico muito grato em saber,mas ainda não me convenceu,Haruno! - Ele começou a vestir suas roupas,se referia ao convite que Ino fez a mim hoje mais cedo - Você lembra quem teve que te salvar da última vez! 


- Eu sei,mas pode ficar tranquilo nós conversamos e tenho certeza que se caso aconteça alguma coisa... - Ela se levantou da cama se aproximando do Uchiha que estava com os braços cruzados e a olhava torto - Tenho certeza que você me salvaria de novo! 


Madara a agarrou pela cintura fixando seus olhos nos dela.


- É claro que a salvaria, mas tudo tem seu preço. Está disposta a pagar? 


- Pagarei com muita boa vontade! - Sentiu os beijos de Madara descendo por seu pescoço novamente,era quente,ele era quente. E Sakura fervia internamente. 


- Se você não se afastar de mim,agora... Não vou deixar você trocar de roupa! - Mordeu delicadamente o ombro nu de Sakura.


- Você realmente não quer me acompanhar? - Sakura perguntou uma vez que o Uchiha já havia lhe dito que preferia não causar euforia entre os amigos dela. Se negou e deixou que ela se tocasse .


Madara insistiu em leva-la até o local em que Ino fazia enviado,era uma casa bastante lotada para uma "pequena reunião". O som alto tocava alguma música eletrônica desconhecida,o moreno não gostou nenhum pouco da ideia de deixar sua Sakura ali naquele lugar. 


- Ainda dá tempo de desistir! - Madara a olhou antes que descesse do carro. 


- Ainda dá tempo de me acompanhar! - Madara incrispou os lábios cogitando novamente a ideia. - Ok,estou indo. Boa noite! 


- Ei! - Madara a chamou novamente - Já eu volto,comporte- se... - Sakura sorriu ladino havia convencido o Uchiha a voltar e ficar com ela,queria que ele estivesse ali com ela por mas que soubesse que não havia possibilidades dele se divertir com aquelas pessoas,o queria ali com ela.


O salão não era tão grande e nem tão pequeno,havia um barzinho e vários bancos desocupados já que inúmeras pessoas estavam dançando,pulando e se esfregando uma nas outras. As vezes Sakura gostava de ir a lugares assim que perdeu a maioria de suas festas do ensino médio por causa de seu namoro conturbado. Realmente haviam pessoas interessantes ali era apenas uma questão de escolher direito. Procurou pelos olhos azuis e cabelo loiro no meio da multidão mas era um pouco difícil a maioria das mulheres tinham as mesmas características. Quase se sentiu um peixe fora d'água com aquela cabeleira rosa. 


- Achei voce!! - Ino gritou se aproximando pelas costas de Sakura - Vem vamos,as garotas estão ali no canto... 


- Que garotas? - Ino não havia mencionado se outras amigas delas estariam ali. Então sacou que eram pessoas que Ino havia acabado de conhecer. 


Sakura estava com um copo de bebida que Ino havia dado,não gostava daquilo ,não se sentia forçada por Ino a beber. Mas as vezes se permitia cometer loucuras,era apenas um copo de vodca. Sakura estava na fila do banheiro,ansiosa. Madara estava demorando demais,já fazia uma hora desde que ele tinha lhe mandando mensagem dizendo que já estava vindo. Pegou o celular tentando ligar novamente para ele e,sem perceber trombou em outra mulher deixando sua bebida cair no chão. 


- Ah sinto muito... A culpa foi minha! - A moça de cabelos platinados tentava se desculpar enquanto Sakura dizia que não precisava,foi apenas um acidente - Tome,fique com a minha! 


Ela ofereceu e,saiu Sakura não teve nem a oportunidade de recusar. Continuou tentando ligar para Madara e todas suas chamadas caiam na caixa postal. Tomou um gole do líquido vermelho,era forte ou pelos menos mais forte que o seu. Em questão de segundos sentiu uma dor latente em sua cabeça,deixou o celular cair no chão e se escorou na parede. Algumas mulheres que passavam riam provavelmente achando que Sakura estava bêbada demais. Tentou olhar novamente para a multidão a procura de algum rosto conhecido. A última coisa que viu foi as luzes vibrantes do globo,até que tudo ficou escuro.






Madara havia ficado preso no trânsito horrível de Ottawa novamente,odiava aquela parte da cidade e para melhorar seu celular estava descarregado. Pensou no quanto Sakura poderia estar preocupada ou na melhor das hipóteses se divertindo. Isso era o que o impedia de descer do carro e deixá-lo ali no meio da rua.

Demorou mais meia hora até que conseguisse chegar no local novamente,entrou procurando os olhos verdes e não encontrou nada a princípio. Até que reconheceu Ino,a amiga de Sakura chorando do lado de fora da casa,se aproximou receoso.


- Ino? - A garoto o olhou com os olhos vermelhos e repletos de lágrimas- Onde está a Sakura? 


Ela nada respondeu apenas mostrou o celular da rosada,a tela estava truncada. 


- Eu a cacei por todos os lados... - soluçava e o semblante de Madara ia mudando drasticamente - Uma das mulheres que estavam comigo disseram que ela saiu com um homem de cabelo vermelho...


Madara entrou em desespero. Também não tinha reação,queria socar Ino por ter deixado Sakura sozinha,de novo. Queria socar cada pessoa daquele lugar. Entrou em seu carro e acelerou muito iria procurá-la em cada beco dessa cidade. 



-----------------------------------------


Os olhos foram se abrindo lentamente,a claridade incomodava demais,sentia sede,sua cabeça doía e se sentia fraca.


- Finalmente acordou... - aquela voz,não era lhe estranha e só precisou olhar uma vez para que pudesse comprovar - Meu anjo! 


Olhou aqueles olhos desprezíveis,os cabelos vermelhos repicados e a pele branca que agora carregava um cicatriz próxima a sobrancelha. Sasori!

Estava com os pés e mãos amarradas em um cadeira de madeira,olhou ao redor tentando decifrar onde estava. Mas era impossível.


- O que você quer de mim agora,Sasori? - A voz tentou soar firme falhamente. Sakura já estava sentindo a fadiga em seu corpo,queria chorar. 


- A nossa vida de novo,meu anjo. Já paguei por meus erros e estou disposto a mudar tudo para ficar com você... - O garoto se aproximou de Sakura passando os dedos sobre as bochechas da rosada. - Ah que saudade dessa pele...


- Não me toque, Sasori! - Sakura virou a face - Como você descobriu que eu estava aqui? 


- Eu vi essa coisa ridícula semana passada! - Mostrou a revista que constava Sakura e Madara em Paris. - Não ficou muito difícil,eu sei que eu errei Sakura. Mas eu já estou aqui de novo,você já pode largar esse cara! 


Sakura nem conseguia acreditar nas coisas que ele falava. Como ele poderia acreditar que ela voltaria para ele depois de tudo aquilo? E ainda mais dessa forma,amarrada e drogada! Sasori explicou como tinha feito para a garota morena Sakura,não precisou de muito mais que cinquenta dólares. A rosada estava calada,não sabia o que fazer naquela situação,estava ali encurralada e presa. Pensava em seus pais e principalmente em Madara, será que ele já havia dado falta dela a essa hora? 


- Você não irá falar comigo? - Sasori perguntou se afastando de Sakura- Estou tentando ter paciência com você Sakura, mas se não quiser eu posso levá-la daqui sem um pingo de consideração!


Levá-la? Levar para onde?


- O que? Eu não vou a lugar nenhum com você,não te bastou todo o estrago que fez em minha vida a três anos? - Os olhos de Sasori se tornaram raivosos. - Você jogou tudo fora com suas ações,você mesmo,Sasori!!


- Chega,cala a boca! - Gritou e ergueu a mão pronto para desferir o primeiro tapa em Sakura,que já havia fechado os olhos. Sabia bem qual era a segunda coisa que ele fazia após gritar. Sasori abaixou a cabeça e respirou fundo tentando se conter - Estou tentando,Sakura... você vai se mudar comigo para outro lugar,eu não gostei daqui. Vamos ir para um lugar mais reservado e pacato já está tudo arrumado,eu arrumei tudo para você.


Sakura estava perplexa com tudo aquilo,os dois anos na prisão fizerá com que a loucura de Sasori aumentasse.


- Eu sairei daqui. E você vai voltar para a prisão ou talvez para um manicômio logo! - Sakura gritou,não iria abaixar a cabeça mas para ele,o que tinha a perder ali naquele lugar? Ele a levaria para um lugar onde vai saber quem estaria e na melhor das hipóteses morreria de angústia antes de sair daqui. 


- Vai sair daqui para voltar para aquele Uchiha? Ele não faz seu tipo,Sakura! 


- E qual faz? Os que me batem? Você deve estar louco...


Sasori virou as costas tapando os ouvidos não queria ouvir aquilo. Saiu do cubículo em que Sakura estava a trancando novamente no escuro. Não queria perder a paciência com ela mas não teria outro jeito...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...