História Ao julgar das aparencias - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Luna Valente
Tags Lutteo, Romance, Ruggarol, Sou Luna
Visualizações 174
Palavras 1.136
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


desculpem pela demora !

Capítulo 27 - Framboesa


LUNA VALENTE

Foi o melhor final de semana  que eu já tive! O passei com matteo, numa cabana distante e charmosa, só nos dois desfrutando do corpo um do outro.....

Nesses 2 dias ,patinamos no rio congelado,fizemos uma trilha juntamente com neve branca e brilhante que não parou de cair nem se quer um segundo desde que chegamos,o Matt me levou para ver uns animais a longo da floresta... também ficamos tomando banho na enorme e quente hidro dentro da casa, e as tardes eram as melhores! Nos dois nos sentávamos em uma cadeira-balanço do lado de fora da residência e ficávamos vendo os pequenos raios de sol refletindo-se no rio congelado, eu me sentava ao seu lado e colocava a cabeça em seu peito enquanto ele me abraçava e nos cobria com uma manta cinza quente.

Saio dos meus devaneios com o Matt me chamando pois já estava  na hora de voltarmos  pois amanhã( segunda) teria aula. Já eram umas 8 da noite e nos já havíamos terminado de  guardar nossas coisas no porta malas do carro.

-eu vou sentir falta daqui!eu disse e Matt me abraçou de lado.

-podemos voltar aqui quando você quiser !, vamos?

-sim.

Nos entramos dentro carro e seguimos caminho com cuidado, pois estava nevando e a pista estava bem escorregadia.

Nove e vinte e sete chegamos na minha casa , ele me ajudou a descer minha mala e nos despedimos.

-eu queria poder ficar com você para sempre princesa!

-eu também!amanha nós  vemos na escola tá?

- claro linda- e nesse instante ele me deu um beijo de despedida.

- aqui não ! eu disse sorrindo

-tudo bem.

Ele entrou no carro e foi imbora. Coloquei minha pequena e leve mochila nas costas e entrei dentro de casa, onde fui acolhida por Amanda que me esperava com o jantar pronto .

Depois da janta tomei um banho e fui dormir, pois  amanha acordaria cedo  para ir a escola.

 

Acordei de manhã, tomei um banho,escovei os dentes ,vesti roupa e fui para a escola.

Chegando lá me sento no mesmo banco de sempre em baixo da enorme arvore que hoje estava completamente coberta por neve, havia parado de nevar ,mais ainda estava muito frio.encolhi minha pernas e as abracei observando o ambiente escolar  em que eu estava, ate sentir duas mão grandes envolverem minha cintura ,quando me virei para traz para ver o Matt,ele logo me deu um selinho

-oi meu amor.

- oi- eu disse sorrindo

Continuamos conversando ate que nos levantamos e começamos a andar ate o portão da entrada pois la vendia a balinha de framboesa que eu amava.

Eu e eles estávamos conversando ate escuto uma voz fina e escandalosa que fez minha espinha se arrepiar

- matteo?  Eu olhei a diante do portão e vi uma garota, ruiva com cabelos levemente ondulados ,olhos castanhos e um corpo lindo correndo em nossa direção, quando chegou ela pulou no pescoço do Matt e enrolou as pernas em sua cintura assim lhe dando um abraço,e ele retribuiu com um sorriso no rosto, tenho certeza que eu não estava coma melhor  cara. Eles ficara se abraçando ate eu fazer m barulho com a garganta, ela olhou para mim e se soltou do abraço.

- quanto tempo mi amoré! Ela disse com aquela voizinha chata.

-quanto tempo ursinho ! ele disse na maior cara de pau.

Ela deu uma olhada para ele que meu deus ,parecia que ela iria comer ele vivo

-voce não mudou nada né balsano! Ela disse isso e apertou seu membro por cima da calça,e ele repetiu a frase dando um tapa na bunda dela, e em seguida lhe deu um beijo na bochecha.

Nessa hora meu sangue ferveu eu me aproximei dele e ele me apresentou .

-candelária essa e a luna, minha namorada,e luna essa e candelária,uma amiga antiga! Ela me olhou dos pés a cabeça com uma cara de desdém .

-namorada....

Nessa hora o sinal tocou, o Matt foi para me dar um beijo mais eu desviei e fui em direção a minha sala ,deixando ele ali com uma cara de que não entendeu nada.

Não consegui me concentrar  o resto da aula com raiva daquelazinha , que ela acha que e para ficar tocando no que e meu!  Ele da corda..... quando a aula acabou não o vi então fui para casa direto. Fiz  as coisa que eu geralmente eu faço e no final fui mexer no Instagram ,e vi que ele tinha postado uma foto com ela, ele nunca postou uma foto comigo!nao sei se estava sendo muito neurótica mais enfim.....  tentei esquecer o assunto então fui na academia testar o boneco de luta que meus pais haviam comprado. Ele ela um pouco menor que eu todo de látex . fui para lá e comecei a lutar ( desde de pequena fiz luta )....... depois de uns 30 minutos meu celular tocou, era o Matt

- alo. Eu disse seca

-luna, nos podemos conversar ?

-agora....não!

-entao eu vou ai daqui 1 hora.

Ele não me deu tempo para responder e desligou o telefone.bufei sozinha e fui tomar um banho.

Passado 1 hora exatamente escuto a campainha tocar ,então peço para que Amanda o acompanhe ate meu quarto, e assim ela faz, quando chega  na porta do meu quarto,ela vai imbora e ele fica me encarando enquanto entra no quarto e fecha a porta , senta na minha cama e começa a dizer com uma cara igualmente a minha ( de cu):

- que cena foi aquela luna?

-que cena ?

-não se faz de desentendida, quando eu fui te beijar e você se esquivou !

-so não queria um beijo naquele momento!

- vou fingir que eu acredito!, mais precisava ficar com aquela cara para ela?

- essa cara e a única que eu tenho se você não gosta não posso fazer nada! Eu disse inritada!

- deixa de ser infantil luna! Ele diz aumentando o volume da voz

-não fode matteo!

- para que ciúmes bobo?

- você fica todo intimo com aquelazinha e quer oque ? que eu reserve um quarto pra você foder com ela?

- aquelazinha tem nome, candelária! Não tem motivos pra ciúme!nos conhecemos desde crianças  e somos bons amigo!

- ´´amigos´´?  Ela te olhava como se você fosse a ultima bolacha do pacote !

- e o jeito dela !

- e você ainda defende!

- claro, ela não fez nada de mal!

- ela apertou seu pau e ta tudo bem? Me diz, e se algum menino aperta-se  meus peitos ! você  ia gostar? Eu disse contendo as lagrimas que caiam. Ele ficou me encarando.

-por  favor vai imbora Matteo!

-luna...

-MATTEO! Eu gritei e ele saiu do meu quarto,ouvi seu carro dando partida e logo em segui comecei a chorar!

..........

 


Notas Finais


que cap triste! HAAAAAAA. deixem nos comentarios quem vocês acham que tem razão, Luna ou o Matteo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...