1. Spirit Fanfics >
  2. Ao meu querido amigo imaginário - Kim Taehyung >
  3. Apenas hipóteses

História Ao meu querido amigo imaginário - Kim Taehyung - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Apenas hipóteses


- Bem... Digamos que você é um rapaz muito bonito- respondi tímida vendo-o me fitar colocando seus braços em cima do balcão me olhando atentamente.

Tae- uhm...- respondeu convencido- Porém ouço muito isso- se afastou do balcão e logo mais um cliente apareceu- Se me der licença...- ditou sorrindo de canto e logo se retirou para atender ao consumidor.

Fiquei pensativa alguns segundos. Estar aqui sem poder falar com ele seria inútil, ele precisa trabalhar. Contudo, não posso negar o fato de que estou curiosa, seria mesmo ele? Ou apenas alguém muito parecido com ele?

Termino de tomar a minha bebida. Prontamente passo a observar-lo. Seria estranho ficar mais um pouco ali, então decido que é a hora de ir.

Pego o meu bloco de notas adesivas dentro de minha bolsa, juntamente com minha caneta preta favorita e passo a deixar uma anotação.

" Muito obrigada pelo Latte Macchiato Vanilla, essa tornou-se minha bebida favorita agora"

Ass. Clarice Schwarz

Sorrio e deixo acima do balcão, e saio da cafeteria.

O caminho para minha casa nunca pareceu tão longo. Foi uma trajetória pensativa, se fosse mesmo ele, não me reconheceria? Claro que sim, então porque não aparentou a tal?

Céus... São tantas dúvidas que minha cabeça parece que irá explodir a qualquer instante.

Pov's Kim Taehyung

Como consegui acordar atrasado? Ainda mais esse horário. Hoje é o dia a qual entro mais tarde no trabalho e mesmo assim estou atrasado.

Levanto apressado já entrando no banheiro e assim, depois de um certo tempo, me encontrava correndo para chegar no meu serviço.

Não faz muito tempo que cheguei a Nova York, na verdade pelo que parece eu "durmi" por muito tempo, pelo menos foi isso que o doutor disse. O engraçado é que até hoje não sei ao certo onde nasci, quem são meus pais, e muito menos como vim parar aqui, tanto que tive que tirar documentos novos pois a polícia não encontrou registros meus. Por sorte, consegui um emprego fácil, e eu sei de bastante coisa, mesmo não sabendo como isso aconteceu. Me considero alguém bem esquisito.

Só mais algumas ruas e logo chego ao trabalho. Pelo menos era isso que eu achava antes de quase derrubar uma mulher que estava andando.

- Me perdoe, senhorita, não havia te visto, você está bem?- pronunciei logo a segurando e seu olhar vem ao encontro dos meus.

Franzi a testa por alguns segundos espontaneamente, esse olhar não me é estranho... Contudo, ela estava assustada, não disse uma palavra se quer, e eu não podia espera, já estava atrasado, não posso perder esse meu emprego.

- Acredito que esteja bem, até mais senhorita- sorri e logo a soltei voltando a correr.

[...]

- Por quase um minuto, Kim Taehyung- disse meu chefe enquanto ainda limpava o balcão, de cabeça baixa, sem me olhar, as vezes esse velho me assusta.

- Sim senhor, porém não me atrasei- respondi sorridente, enquanto já me direcionava aos fundos da cafeteria aonde colocaria meu avental e começaria o trabalho.

Não demorei muito, apenas coloquei e logo fui atender aos clientes. Confesso, era mais um dia entediante. Porém, algo me surpreendeu. A mesma garota a qual havia esbarrado a minutos atrás estava aqui. Sorridente, parecia feliz em me ver. Eu fiquei confuso...

- Isso mesmo... E se por acaso você pensar que eu te segui até aqui, isso é verdade, mas não tenha pensamentos ruins ao meu respeito. Porém, só para disfarçar esse fato, vou querer um café- disse sorridente

Achei um pouco estranho, porém, ela é uma garota muito bonita, e não parecia ser uma louca, sei lá, psicopata ou algo do tipo.

- Ok, qual café vai querer?- olhei-a

-

- É... Bem, me... Dê o... O...- gaguejou

- Posso lhe sugerir algo?- perguntei vendo o quanto ela estava perdida

- Claro

- Experimenta o latte macchiato vanilla- sugeri, essa é a minha bebida favorita, talvez ela goste.

- Pode ser esse então- sorriu

Preparei a bebida, e logo a entreguei.

- Então, o que achou?- perguntei

- Eu amei isso, é muito bom- disse sorrindo e logo voltou a beber

Após isso, fui um pouco afoito e perguntei o motivo dela ter me seguido, a resposta não foi muito convincente, ela parecia me conhecer, digo isso pela expressão dela ao me ver, ela estava surpresa, bastante surpresa. Deixa disso, Taehyung. Isso logo passa.

Vi um post-it no balcão, era dela. Deixei um sorrisinho de canto escapar, ela é fofa.

- Parece que tem alguém apaixonada por você, não é- Disse Josh ao meu lado, e logo guardei o bilhete.

- Não, não é isso, apenas... Não sei- coçei a nuca um pouco tímido, é a primeira vez que vejo uma garota se interessar por mim.

- Ela está sim, eu a conheço. Ela é da minha faculdade, se eu não me engano o nome dela é Clarice... Ela é uma das meninas mais lindas de que já vi na minha vida... Ela não é daqui, ela é da Europa, não sei qual país

- - Sério?- perguntei curioso, ela parece ser realmente alguém que vale a pena.

- Até fico surpreso, ela é muito difícil, o meu amigo já tentou algo com ela, mas segundo ela, não pode, pois ela gosta de outra pessoa. Agora já sei que é você- sorriu

- Você acha? Ela não me é estranha... Parece que já a vi alguma vez, porém não acho que ela goste de mim, ela acabou de me conhecer

- E você sabe? Ela pode ser uma.. Meio que admiradora secreta, sabe? E só agora teve coragem de vir falar com você. Mas, vamos ver no que dá, e se ela realmente gostar de você, nem pense em querer deixá-la passar, ouviu?

- Ok, Ok- ditei sorrindo.



Notas Finais


Capítulo novo, peço desculpas pela demora🤍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...