História Ao Teu Lado - Capítulo 16


Escrita por:

Visualizações 105
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura
Perdão por qualquer erro ortográfico 😍

Capítulo 16 - Eu não poderia ter deixado você sozinha


Fanfic / Fanfiction Ao Teu Lado - Capítulo 16 - Eu não poderia ter deixado você sozinha

Acordo e vou tomar um banho

Será mesmo que o jeito é me afastar da Daphne? -Pergunto enquanto me olho no espelho

Me arrumo e vou para a casa dela

Entro e vejo garrafa de bebidas jogadas no chão

Daphne ?! Você ta ai? -Falo e observo a sala e logo depois vou para a cozinha ,que não tinha ninguém ,Vou para o quarto da Daphne e lá também estava cheia de garrafas de bebidas ,Então no banheiro e vejo a Daphne caida no chão

Ai meu Deus Daphne-Ela estava desacorda e com uma garrafa de bebida na Mão, retiro a garrafa da mão dela - Daphne acorda -Chamo ela mas ela permanece desacordada, desesperado Pego ela no colo e levo ela até meu carro

o que aconteceu com a Daphne ?-Vinícius me pergunta no calor do momento dou um soco na cara dele

Ela teve uma OVERDOSE ... O que você estava fazendo para ela beber tanto assim?-Grito e ele me olha assustado -Vou levar ela para o hospital -Falo e logo entro no carro e Vinícius fica parado ,me olhando igual a um trouxa

Ajuda aqui -Falo com a Daphne nos braços e os enfermeiros pagam ela e levam para uma sala ,enquanto eu fico fazendo sua ficha

( . . . )

o senhor que trouxe a senhorita Daphne Bozaski? -O Médio pergunta e eu me levanto da cadeira onde eu está sentado

Sim sou eu ...Ela está bem ?-Pergunto aflito com as mãos no bolso e ele olha alguns papéis em sua ficha

Ela teve uma overdose de bebedeira - Ele diz olhando desconfiado para mim -Você não é fraco não ...Enquanto Sua namorada está lá você está aqui sóbrio -O Médico diz e Eu abaixo a minha cabeça rindo ,logo ergo ela novamente e olho para ele

Eu não sou o namorado dela ...Sou um amigo ...Não bebi nada -Falo e ele fica sem graça

Eu achei que Vocês fossem namorados me desculpa -Ele diz -Mas daqui a pouco ela ja vai estar de alta -Ele diz olhando para mim -Se você poder cuidar para ela não beber tanto -Ele diz dando de ombros

Ela perdeu os tios que criaram ela recentemente ...Mas a culpa foi minha eu achei que o namorado dela ia voltar para ficar com ela mas eu me enganei -Falo e ele assendi

Daqui a pouco você ja. poderá entrar -Ele diz e Eu me sento novamente

( . . . )

Vejo a Daphne desacordada ali e logo fico pensando no que eu fiz

Eu não deveria ter te deixado sozinha -Falo passando Minha mão sobre seus cabelos

Ela abre os olhos e assim que ve abre um lindo sorriso

Oi - Ela diz com com voz fraca

Ainda bem que você acordou -Falo e logo me afasto dela

O que aconteceu ? -Ela diz e eu olho furioso para ela mas logo me acalmo

Você bebeu ...É isso você bebeu muito por sinal- Falo e ela olha para o soro que estava tomando na veia

Depois que você foi embora eu não me lembro de mais nada -Ela diz e eu rio

Tá tudo bem -Falo e ela sorri sem mostrar os dentes

Olha eu falei para você não beber -Falo em forma de repreensão

Mas eu precisava - Ela com as mão na cabeça

Precisava também ter uma overdose e quase morrer? -Falo ironicamente e recebo um soco no braço

A Manu e a Gabi estão bem ?-Ela me pergunta mandando e eu confirmo com a cabeça

Sim estão não se procupe - Manu e Gabi estão para a casa dos avós da Daphne foram para lá depois do velório, A Gabi ia sozinha mas Manu pediu para deixar ela ir junto então deixei

Quero sair daqui odeio hospitais - Daphne diz olhando o quarto

Pensase nisso antes de beber como você bebeu eu falo e ela ri mas logo o meu celular começa a tocar

Tenho que atender -Falo e ela assendi -Marcos por Favor me fala que você tem notícias boas -Falo assim que atendo o celular

Cadê você ,Eu Tô aqui na sua casa - Ele diz e eu me lembro de quando eu dei a chave da minha casa para ele e os outros meninos e ele falou que nunca ia precisar

Estou no hospital -Falo

aconteceu alguma coisa com você ou com a Manu ?- Ele me pergunta e eu me sento em uma das cadeiras que havia ali no corredor

Não eu e a Manu estamos bem é que a Daphne passou mal-Falo triste e ouço uma risada do outro lado

Bruno Gadiol Salvatore num hospital ?São vocês aliens devolvam meu amigo onde ele está ...O que vocês fizeram com ele ?-Ele diz se fingindo de procurado

HA...HA... HA Muito engraçado tô morrendo de rir -Falo sem humor -Fala logo porque me ligou - Falo e ele respira fundo

Audiência foi marcada- Ele diz e eu franzo a testa

Já não faz nem dois meses -Falo incredilo

Você e seu tio São ricos né Bruno. ..O processo é mais rápido - Ele diz sério

Sei como é -Falo cabisbaixo

Daqui a um mês vai ser a audiência - Ele diz e Eu ergo minha visão e a recepcionista to hospital pisca para mim e Eu gargalho

Do que você tá rindo? -Marcos me pergunta

Digamos que eu estou sendo assediado no hospital -Falo rindo

Você não tem jeito né -Ele diz em tom de repreensão

Tem sim e ja tomei a Daphne é muito especial para mim -Falo todo bobo ao falar dela

então tchau - Ele diz e logo desliga e eu vou para o quarto da Daphne

ta melhor? -Pergunto enquanto vejo ela olhando o teto

quero ir para casa - Ela diz e olha para mim que estou cabisbaixo -Aconteceu alguma coisa? -Ela diz e eu olho para ela

A audiência para definir a quarda da Manu foi marcada para mês que vem -Falo e ela respira fundo

Ja?Tenho certeza que vai da tudo certo - Ela diz e me chama para um abraço

Obrigado por ser tão positiva -Falo e eu dou um beijo na bochecha dela

Obrigada por estar me ajudando em tudo -Ela diz e somos interrompidos pelo médico ,logo nos separamos

Desculpa atrapalhar aqui mas é que você já está liberada -Ele diz e Daphne abre um enorme sorriso 


Notas Finais


ATÉ O MÉDICO tava achando que eles eram namorados Kkkk
E Essa relação do Bruno com o Marcos? Do Marcos?Prometo que nos próximos capítulos Vocês vão conhecer melhor os amigos dele ,da Daphne nem tanto porque tem dois amigos do Bruno que vão ter um certo laço com a Daphne ,Não se procupem eles não vão atrapalhar muito pelo contrário
Comentem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...