História Apaixonada pelo meu assassino - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Taehyung, Min Yoongi
Visualizações 18
Palavras 514
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - A despedida


cap.4.

A DESPEDIDA

20:21

Felizmente algo bom deveria acontecer naquela noite, não iria ser só desgraça.Por sorte tinha um vôo que estava pronto para partir naquela noite, não passaria nenhum instante naquele país, a viagem estava toda feita e pronta pra ser partida; da China, para Dubai e de Dubai para o brasil, seria praticamente 48 horas de viagem; e seria mais barato.Então nada mais me impedia de sair dela, claro que sentiria falta daquele país, era tudo de bom, as cafeterias,restaurantes, e até mesmo os lugares onde se gravaram os ''dorama'' e dava pra visitar; era um sonho;mas; e esse sonho acabou algumas horas atrás. Imediatamente chamei um taxi, que logo chegou, o motorista acabando de chegar foi logo descendo e me ajudando com as malas,e, á botá las no porta malas.Entrei rapidamete naquele veiculo.No caminho vir as lindas ruas de seul iluminas como de costume.Me aproximei mais da janela aberta e botei meus braços cruzados nela e as lágrimas começaram a rolar e aquele vento a bater no meu rosto e não deixava as lágrimas termina de cair no meu queixo foi aí que começou a vim minha belas lembranças de quando o meus pais ainda eram vivos,De mim abraçando eles quando estava com medo de qualquer coisa e eles estavam ali para me abraçar e falar:''estamos aqui não se preocupe,estaremos sempre com você não lhe abandonaremos'' foi aí que as lágrimas caiam mais e mais, mais, lembranças veio de quando eu corria para o colo da minha mãe de onde ela estivesse e ela fazias aquele cafuné que só ela sabia fazer;do meu pai chegando do trabalho mim abraçando e perguntando como foi meu dia mesmo estando cansado. Foi quando minha ficha caiu que eu estava sozinha no mundo não tinha mais ninguém para me proteger ;que agora estava ameaçada de morte e não tinha pra quem corre pros braços e recebe em troca um simples;''estamos aqui'' ''está tudo bem'' ''pode fica tranquila só foi um susto já passou'' . As lágrimas já estava caindo quente parecia que estava a queimar minha pele do meu rosto, e pra piorar eu[...],foi quando fui interrompida de mim lembra do que eu fiz antes do meus pais morrerem, quando aquela voz veio de longe mim trazendo a essa minha triste realidade, -- moça você está bem? voçê que água?tem algo que possa lhe ajuda? Foi o motorista me olhando todo assustado de preocupação.Toda desnorteada só consegui responder um simples ''não''seco.Ele a receber a minha resposta e percebe que não queria conversa se calou e voltou a prestar a atenção na estrada.Depois de alguns minutos chegamos no aeroporto o meu vôo estava previsto para 21:15 eram 20:45. desci do táxi agredir o motorista e o paguei a minha corrida[...], quando ele tirou as minhas malas e me ajudou a botar no carrinho de mala do aeroporto e me olhou dizendo;-fique bem,com um belo sorriso ;uma preocupação de um desconhecido aquilo me alegrou um pouco,retribui com um sorriso e acenei dando um tchau para aquele motorista carismático.


Notas Finais


Desculpem pelo o erros ortográficos 😃❤👀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...