1. Spirit Fanfics >
  2. Apaixonada pelo meu Chefe - Ruggarol >
  3. Capítulo 17

História Apaixonada pelo meu Chefe - Ruggarol - Capítulo 18


Escrita por: e Marifelicitynow


Capítulo 18 - Capítulo 17


Fanfic / Fanfiction Apaixonada pelo meu Chefe - Ruggarol - Capítulo 18 - Capítulo 17


P.O.V Katja.

Até que fim eu me livrei dessa horrorosa, como a cobra é venenosa só um milagre pode fazer ela sobreviver, tomara que ela morra mesmo. De repente eu vejo a Valentina entrando na minha sala.

Valu: Katja, o que aconteceu? Por que tinha uma ambulância aqui, e por que o Ruggero estava levantando a Karol no colo? - perguntou assim que entrou.

Katja: Digamos que uma cobra bem venenosa picou a Karol.

Valu: Ai meu Deus tem uma cobra solta aqui na empresa? - perguntou subindo no sofá.

Katja: Desce já desse sofá Valentina, não tem nenhuma cobra solta na empresa.

Valu: Como sabe disso?

Katja: Por que eu mandei o Ramiro providenciar essa cobra pra colocar ela na sala da Karol.

Valu: Ai meu Deus. - disse colocando a mão na boca. - E ela morreu?

Katja: Lá eu vou saber, mas espero que sim.

Valu: Tomara que o Ruggero não descubra o que você fez.

Katja: Ele não vai descobrir, dessa cobra ele nunca vai descobrir.

Agora sim o Ruggero é meu só meu.

P.O.V Carolina.

Acordei, sentindo um peso em cima de mim, olhei pra baixo e vi o Agustín dormindo abraçado comigo. Peguei meu celular pra ver que horas são, e eram 14:00. Ai que eu me lembrei que eu tenho que ligar pro meu irmão pra saber se ele já avisou aos pais da Karol. Levantei devagar para não acordar o Agustín e fui pro closet. Disquei o número dele e minutos depois ele atendeu.

Ligação on.

- Oi Lina. - disse com voz embargada.

- Ruggero o que aconteceu por que a sua voz esta assim? - perguntei preocupada.

- Não foi nada não se preocupe.

- Ta bom. Rugg, você já avisou aos pais da Karol?

- Já sim, eles estão aqui do meu lado.

- Que bom, e como ela esta?

- Na mesma.

- Espero que ela fique bem.

- Ela vai ficar.

Até que eu ouso o Agustín me gritando.

- Rugg, eu tenho que desligar o Agustín esta me gritando.

- Ta bom, tchau.

- Tchau.

Ligação off.

Sai do closet e fui até aonde o Agustín estava.

Lina: Que isso, esta maluco, por que gritou?

Agus: Eu achei que você tinha ido ao hospital sem mim.

Lina: Ah fala sério Agustín, eu pensei que foi algo sério.

Agus: E isso não é sério? Você não pode sair sozinha.

Lina: E por que não?

Quando ele ia responder seu celular tocou, ele olhou pra mim assustado e saiu. O que será que o Agustín esta escondendo? Fui atrás dele, e vi ele falando com alguém.

Agus: Oi.... Eu já te falei pra não ligar pra mim.... Agora?.... Eu não posso a Carolina está aqui.... Katja eu já falei que eu não posso.... Ta bom, me espera no lugar de sempre..... Ta, tchau. - desligou.

Katja, o que aquela cínica queria. Espera, me espera no lugar de sempre. Como assim? Fui até ele e falei.

Lina: O que a Katja queria?

Agus: Katja, que Katja? - perguntou nervoso.

Lina: Não seja cínico eu ouvi muito bem você falando com ela. Como assim me encontre no lugar de sempre?

Agus: É que ela queria falar comigo sobre o Ruggero. - mentiu.

Lina: Fala o que sobre o Ruggero?

Agus: Eu não sei Lina, ela apenas disse que queria conversar comigo sobre o seu irmão, mas eu não sei o que ela vai falar. - disse subindo pro quarto.

Que estranho.

Lina: Ok, que horas você volta? - perguntei indo atrás dele.

Agus: Não sei Lina, vai depender da Katja. - disse trocando de roupa, vindo até a mim. - Você sabe que eu te amo né? - perguntou me dando um selinho.

Lina: Também te amo.

Agus: Bom, já vou. Qualquer coisa me liga.

Lina: Ok.

Ele saiu.

Assim que ele saiu eu liguei pra Yamena que logo atendeu.

Ligação on.

- Alô?

- Oi Yamena, sou eu Carolina.

- Oi Lina, aconteceu alguma coisa?

- Sim, tem como você me ajudar em uma coisa?

- Claro, o que foi?

- Olha pra mim se o Agustín vai chegar ai na empresa e vai na sala da Katja.

- Ta bom, e depois o que eu faço?

- Quando ele entrar na sala da Katja, você olha nas câmeras e me envia ao vivo pra eu acompanhar o que ele esta fazendo lá.

- Tudo bem, então quando ele chegar eu te ligo.

- Tudo bem, estarei esperando.

- Ta bom. Tchau.

- Tchau.

Ligação off.

De hoje você não escapa Agustín, hoje eu irei descobrir o que a Katja tem de tão importante pra falar com você



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...