1. Spirit Fanfics >
  2. Apaixonada pelo meu melhor amigo? >
  3. Único

História Apaixonada pelo meu melhor amigo? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 💫

Capítulo 1 - Único


                         ALISSON ON

—Você pegou a toalha?—Pergunto para minha melhor amiga enquanto guardo meu protetor solar na mochila.
—Peguei e você?—Ela pergunta.
—Sim. Nem acredito que finalmente as aulas acabaram e vamos poder ir no parque aquático que abriu. —Disse toda empolgada.
—Nem me fala. Já não aguentava mais ouvir falarem de números e provas. —disse ela toda irritada.



Ri dela e lembrei que Matt passaria aqui as 8:00 horas e já eram 7:59. Por esse motivo Hellena dormiu aqui em casa ontem. Quando pensei em dizer pra Hellena que estávamos atrasadas, escuto uma buzina de carro. Era o Matt que havia chegado e, para não ouvir sermão dele, como sempre, nós apressamos para sair de casa. Matt era o típico menino que toda menina sonha em ter como amigo (ele não é gay).Um pouco alto, já que eu sou baixinha, cabelos lisos e estilo Justin Bieber (ele odeia quando o chamamos assim KK), sempre é atencioso e amoroso com quem gosta, olhos azuis igual o oceano. Quando chegamos na frente da minha casa, pude ver que Matt estava de pé na frente do carro com um calção preto e uma blusa regata onde podia ver seu peitoral, já com uma cara fechada por não estarmos prontas no horário que ele combinou. Fui até ele e dei um abraço e um beijo na bochecha.



—Oi Matt seu lindo. —Fiz uma carinha fofa para ele não brigar comigo.
—VOCÊS ESTÃO ATRASADAS—Ele gritou e fechou mais ainda a cara. —Nem adianta com esse papo furado aí, a galera tá só esperando nós lá no parque. —Disse ele
—Ta bom Matt, desculpa, acordamos tarde. Desculpa a gente?—Fiz um beicinho que sabia que ele não resistia.
—Ta bom Alisson. Estão perdoadas e não faz esse beicinho que você sabe que eu não resisto. —Ele disse apertando minha bochecha.
—Ei, isso dói—Tirei as mãos dele da minha bochecha e massageei. —Agora vamos logo pro parque aquático. —Eu disse toda empolgada e quando tentei entrar no carro fui impedida pelo Matt e encarei-o confusa.
—O Henry vai estar lá...—olhei para ele ainda mais confusa.
—O que? Por que?—falei indignada.
—A Melissa convidou ele sem ninguém saber. —Encarei o chão irritada. Qual o problema daquela garota, por que convidar ele? Ela deve me odiar muito. —Mas não se preocupa com aquele idiota, vamos estar com você, não deixa aquele idiota estragar teu dia.
—Não estou preocupada Matt com ele, eu tenho vocês para estarem comigo— Forcei um sorriso pra ele porque não queria que se preocupasse comigo. —Agora vamos?
—Vamos. —Ele disse e entramos no carro e Matt deu partida no carro e fomos.


Sete meses atrás fui traída pelo desgraçado do meu ex namorado com uma piranha que era eu considerava minha amiga, e pro meu azar aquela garota ridícula vai ir hoje e convidou ele hoje pra ir com a gente. Mas ela só acha que vai me irritar com isso, aqueles dois idiotas se merecem mesmo. Ele achou que podia me fazer de boba com todas aquelas mentiras. Muito eu chorei por aquele imbecil, mas hoje eu consigo enchergar que ele não merece uma lágrima só minha. Todo mundo me pergunta o por que saio junto com ele ainda, mas ninguém conhece entender que temos amigos em comum e que não sou tão imatura pra ter que fugir do meu ex. E é só por esse motivo que ele vai estar lá hoje e eu simplesmente não ligo.


                                     [...]

Depois de uns 15 minutos de carro chegamos no parque aquático, o famoso Splashed Walter. Logo na frente do Splashed Walter pude ver o Henry esperando com o resto da galera. Paramos o carro, descemos com as nossas coisas e fomos cumprimentar todo mundo. Quando entramos para comprar os ingressos (que eram umas pulseiras) senti alguém me puxar meu braço e vi que era Henry.


—Me solta! O que você quer comigo?—Falei em um tom irritado e percebi que Matt estava se aproximando com uma cara feia.
—Quero só conversa com você. —Ele disse e soltou meu braço. —Mas já vi que você tem um guarda-costa agora. —Ele disse se referindo ao Matt e indo para dentro do Splashed Walter.
—Você está bem?—Perguntou meu melhor amigo olhando feio pro Henry. —Ele fez alguma coisa pra você? —Matt perguntou e notei que ele estava bastante preocupado, cheguei em fofo.
—Ta tudo bem Matt. Ele não fez nada, só queria conversar mas quando viu sua cara muito braba foi embora correndo—Falei em um tom brincalhão para poder descontrair. O que deu muito certo porque pude ver o lindo sorriso do meu melhor amigo.
—Bobona. Ele sabe que se ele magoar você de novo vai de ver muito bem comigo. —Como eu era agradecida por ter um melhor amigo que cuidava de mim. Com o Matt me sinto tão protegida. Desde que terminei com o Henry pude ver o quanto ele se preocupa comigo e desde então tenho olhando ele com outro olhos, penso que quero estar com ele todo momento, mas sei que nunca rolaria nada, até porque ele me vê só como melhor amiga. Mas não tento pensar muito nisso, só de ter ele comigo eu já fico feliz. —Vamos entrar? Eu quero muito ir naquele tobogã com boia. —Disse ele todo empolgado.
—Vamos então. —Disse pra ele rindo.


                                    [...]


Só quando entrei no parque e me troquei que percebi que minha melhor amiga tinha sumido desde que descemos do carro. É muito provável que ela esteja por aí com o Gabriel, o que é super fofo porquê ela muda totalmente quando está com ele. Sai de meus pensamentos quando vi a mesma entrar no banheiro toda sorridente. Vish aí tem coisa.


—Onde você estava!?Desde que chegamos aqui você sumiu. —Perguntei e fui surpreendida com mais um sorriso.
—Eu estava com o Gabriel, ele é tão fofo e atencioso comigo. Será que eu tô apaixonada? —Ela disse e eu ri, porque era muito óbvio que ela estava apaixonada.
—Óbvio que sim né Hellena. Olha como você fica quando está com ele, toda boba. E te aviso que ele também está gostando de você.
—COMO VOCÊ TEM TANTA CERTEZA!??—Ela perguntou quase pulando em cima de mim.
—O Matt me contou.
—AAAA Acho que vou surtar de felicidade!!! Você acha que eu deva investir? —Ela perguntou toda seria.
—Acho que sim amiga, ele te faz feliz, isso que importa pra mim —Disse e fui retribuida com um sorriso largo.
—Ownt Você é tão fofa —Sorri para a mesma e tomei um gole de água da minha garrafa. —Por isso que o Matt gosta de você—Quase engasguei com a água.
—O QUE VOCÊ DISSE??? —Agora foi minha vez de quase pular em cima dela.
—A fala sério que você não percebeu? Ele é teu melhor amigo a tipo uns 14 anos? E você nunca percebeu? —Neguei com a cabeça—MEU DEUS ALISSON!!! Você já viu como ele olha pra você, como ele age quando tá com você? Eu posso não ser melhor amiga dele, mas consigo ver isso de longe.
—Você acha mesmo? —Perguntei curiosa pra ela— Desde que o babaca do Henry fez aquilo comigo, o Matt esteve comigo o tempo todo e confesso que já faz um tempo que olho pra ele com outros olhos. Que penso nele antes de dormir, que sorrio só de ver o sorriso dele e...
—Ah que cute!!!! Você está apaixonado pelo seu melhor amigo. —Congelei ao ouvir essas palavras. —Mas não se preocupa, hoje vai dar tudo certo e você vai ver que ele gosta de você, apenas observando como ele age com você. —Depois de dizer isso ela saiu do banheiro com as coisas dela e me deixou sozinha pensando no que ela disse.
APAIXONADA PELO MEU MELHOR AMIGA???? Será que isso é verdade? Eu nunca usei essas palavras, mas olhando por esse lado e pensando por esse lado...MEU DEUS!!!! EU POSSO MESMO ESTAR APAIXONADO PELO MEU MELHOR AMIGO??


                                     [...]


Quando saí do banheiro percebi que o único que me esperava era o Matt. Me aproximei dele e olhei ao redor procurando meus amigos.


—Cadê todo mundo? Pensei que íamos todos juntos pra piscina. —Olhei pra ele confusa.
—Foram pra piscina, não quiseram esperar você, como não quis que você ficasse perdida fiquei aqui. —Ele disse desviando o olhar de mim. Não entendi o porquê mas apenas acenti pra ele que me restribuiu com um sorriso.
—Então vamos? —Perguntei e o mesmo acentiu.


                                     [...]


Nossa manhã estava indo super bem, estávamos nos divertindo muito, todos juntos. Fomos em vários brinquedos do Splashed Walter e em nenhum momento o insuportável do Henry veio me incomodar com "querendo conversar", até porque o Matt ficou comigo todo tempo, me fazia rir e sorrir. Será mesmo que é verdade o que Hellena disse no banheiro? Será que o Matt gosta mesmo de mim? Avisei o Matt que ia no banheiro e perguntei se ele podia pegar alguma coisa pra nós comermos na lanchonete e se podia me esperar la, o mesmo concordou e assim nos separamos. Estava na fila do banheiro sozinha pensando nisso até que sinto alguém puxar meu braço e me levar pra uma área coberta onde ficava as piscinas térmicas, como estava muito calor não havia ninguém ali. Quando consigo olhar quem é o desgraçado, vejo o Henry me prensando contra a parede.


—Seu idiota!! Quem você pensa que é pra me puxar e me trazer até aqui? Não temos mais nada, então vê se me deixa em paz. —Falei puxando meu corpo para sair de perto dele mas o mesmo me puxou mais ainda me impedindo de sair.
—Eu disse que queria conversar com você. —Ele disse. Ele acha que eu sou o que? Depois de me trair com aquela piranha, ele acha que eu vou perdoar? Nem ele acredita nisso.
—Você acha que eu sou o que? Depois de tudo que fiz por você, depois de toda merda que você fez comigo, você tem a cara de pau de querer conversar comigo? Não tenho nada pra conversa com você e te quero bem longe de mim —Disse enquanto empurrava ele pra longe, o que continuou ser em vão. —Me deixa ir embora seu idiota.
—Você só vai sair daqui depois que me ouvir. —Ele disse e percebi que não tinha muito o que eu fazer, decidi ouvir e depois ia sair o mais rápido dali. —Sei que pisei na bola. Sei que você me odeia mas eu ainda te amo muito. Nunca deixei de te amar. Me perdoa, eu prometo que tudo vai ser diferente agora. Fiz aquilo por calor do momento e... —Ele ia terminar de dizer alguma coisa que eu decidi não ouvir e interromper ele.
—Você não tem vergonha? Depois de tudo que você fez comigo acha que eu poderia te perdoar? Você tá muito enganado —Falei com tanta raiva daquele imbecil. —Como eu disse antes, EU NÃO TENHO NADA PRA CONVERSAR COM VOCÊ!!! E se você não de importa eu vou atrás dos meus amigos que se preocupam comigo e com meus sentimentos.
—Vai atrás daquele cachorrinho idiota do Matt? Não é atoa que eu não consegui o dia todo falar com você, já que agora você tem um cachorrinho que vai atrás de você onde for. —Ele disse e nesse momento minha raiva aumentou. Como esse filho de uma mãe tem coragem pra falar do Matt?Ele foi o único que esteve do meu lado o tempo todo desde que fui rotulada como corna por esse idiota.
—Seu idiota. Como você tem coragem de falar do Matt? Ele é muito melhor que você, sempre esteve do meu lado comparado a você que preferiu um momento com uma piranha qualquer a ficar comigo. Então você limpa essa boca pra falar do meu melhor amigo. —Disse isso em alto em bom tom pra ele ouvir bem cada palavra minha. —E diferente de você ele gosta de mim mesmo e se você quer saber EU GOSTO DELE!!!.
—VOCÊ O QUE? PIRANHA!!! VOCÊ TA DIZENDO QUE GOSTA DAQUELE CACHORRINHO?QUE PREFERE ELE A MIM?—Ele disse e eu acenti com a maior certeza de toda a minha vida e foi só naquele momento que me toquei. Droga, eu tô apaixonada pelo meu melhor amigo. —Tudo bem. Você gosta dele. Mas já parou pra pensar se ele gosta de você? —Ele disse e se aproximou do meu ouvido e sussurrou. —Como ele poderia gostar de uma cadelinha como você? Tenho certeza que você seria rejeitada por ele assim como eu fiz com você. Você acreditou mesmo que eu iria voltar com você? Que iria ser idiota de novo? Por que você acha que eu te traí? Porque você é um nada!!! Só sabe se fingir de inocente, mas de inocente não tem NADA. —Ele disse e eu permaneci em silêncio.


Todas aquelas palavras entraram na minha mente de um jeito incomum, eu só pensava que queria correr e fugir pro mais longe possível pra poder chorar com tudo que esse idiota disse. Mas eu não ia dar esse gostinho pra ele. Eu permaneci ali, parada, de pé até que tomei coragem pra disser alguma coisa.


—Pouco me importa a tua opinião, se eu não sou importante pra você, o que é que você tá fazendo aqui? VAI EMBORA LOGO!!!! —Eu disse e ele me soltou.
—Você é tão ridícula e patética, não vale a pena. —Ele disse e quando ia sair do lugar algo, ou melhor alguém, acerta o rosto dele e o mesmo cai no chão com o rosto sangrando. Quando pude ver o rosto de quem havia acertado meu ex namorado me surpreendi. Era meu melhor amigo.

                            ALISSON OFF


                               MATT ON

Alisson tinha me avisado que ia ao banheiro e que eu podia comprar alguma coisa pra nós comermos, só que faz meia hora que ela está no banheiro. Acho que vou até lá para conferir se aconteceu alguma coisa. Quando cheguei no banheiro pedi para uma senhora que ia entrando no banheiro checar se havia alguém dentro do banheiro, a mesma me disse que não havia ninguém e nesse momento agradeci e corri pra procurar Alisson. Tenho certeza que aquele imbecil do Henry fez alguma coisa com ela, ele estava muito estranho.


                                      [...]


Depois de rodar o Splashed Walter inteiro procurando a Alisson não achei ela em lugar nenhum. Só faltava um lugar, as piscinas térmicas. Tenho certeza que eles estão lá. Não tenho a mínima ideia do que ele pode fazer, ela é tão doce e frágil que me dói o coração só de pensar que ele pode estar machucando ela de novo. Desde que conheço ela, sempre fui apaixonado pela mesma. Nunca disse o que sentia porque tinha medo de perder a amizade dela, não podia perder minha melhor amiga por algo que eu podia controlar. Eu só precisava estar ao lado dela e vê-la sorrindo que meu coração de enchia de felicidade. Talvez muitos me acha idiota por nunca ter tentando nada, mas eu tentei uma vez, só que quando eu ia me declamar descobri que a mesma estava namorando e perdi toda a esperança aquele dia, eu aguentei todos os dias vê-la feliz com outra pessoa e não poder fazer nada, mas depois que aquele imbecil do Henry magoou ela, só pensei que queria cuidar dela e não deixar ninguém magoar ela de novo. Por isso eu estou igual um desesperado atrás dela, porque sei que ele pode magoa-la de novo ou tentar alguma coisa.
Quando cheguei na piscina térmica dei de cara com os dois, ele prensando ela contra a parede. COMO ELE OUSA TOCAR NELA DE NOVO?ELE ME PAGA!!! Me aproximei dos dois pra poder ouvir melhor o que estavam conversando.


—Seu idiota. Como você tem coragem de falar do Matt? Ele é muito melhor que você, sempre esteve do meu lado comparado a você que preferiu um momento com uma piranha qualquer a ficar comigo. Então você limpa essa boca pra falar do meu melhor amigo. E diferente de você ele gosta de mim mesmo e se você quer saber EU GOSTO DELE!!!.


Quase que caí quando ouvi ela dizer isso. Ela gosta de mim? MEU DEUS!! POR QUE EU NUNCA PERCEBI ISSO? Será que estou sonhando? Preciso continuar ouvindo. Foca Matt.


—VOCÊ O QUE? PIRANHA!!! VOCÊ TA DIZENDO QUE GOSTA DAQUELE CACHORRINHO? QUE PREFERE ELE A MIM?—Ele disse e ela acentiu. —Tudo bem. Você gosta dele. Mas já parou pra pensar se ele gosta de você? —Ele disse e se aproximou do ouvido dela e sussurrou alguma coisa eu por estar perto consigo ouvir. —Como ele poderia gostar de uma cadelinha como você?Tenho certeza que você seria rejeitada por ele assim como eu fiz com você. Você acreditou mesmo que eu iria voltar com você? Que iria ser idiota de novo? Por que você acha que eu te traí? Porque você é um nada!!! Só sabe se fingir de inocente, mas de inocente não tem NADA. —Ele disse e eu quis encher a cara dele de soco. Que esse idiota é pra falar assim com ela?


Pude perceber que ela ficou em silêncio por um tempo. Como queria poder abraça-la e dizer que tudo o que ele disse é mentira e que eu gosto mesmo dela. Sai de meus pensamentos quando ouvi a voz da minha melhor amiga.


—Pouco me importa a tua opinião, se eu não sou importante pra você, o que é que você tá fazendo aqui? VAI EMBORA LOGO!!!!
—Você é tão ridícula e patética, não vale a pena.


Depois de ouvir tudo isso não me segurei, fechei minha mão, sai de onde estava e parti pra cima do Henry depositando um soco na cara do desgraçado. O mesmo cai no chão com o rosto sangrando.


—VOCÊ TA LOUCO IDIOTA!!!??? Quem vc acha que é pra me bater? —O idiota disse enquanto limpava o sangue da sua boca. Não pensei duas vezes em ir até a Alisson para checar se a mesma estava bem. Com os olhos cheios de lágrimas, ela me olhava surpresa. Me virei para o Henry e disse.
—VOCÊ NAO SE ATREVA A CHEGAR PERTO DELA DE NOVO!!!! NUNCA MAIS QUERO VER OU OUVIR VOCÊ FALAR ALGUMA COISA SO DELA SEU IDIOTA!!!!—Disse pra ele que me olhava com raiva.
—E se por acaso eu não obedecer? Vai me morder? Ou vai contar pro papai e pra mamãe? —O idiota disse em um tom debochado e provocativo.
—Por que você não paga pra ver? Posso fazer você engolir essas palavras. —Disse olhando o mesmo nós olhos. O Henry apenas me olhou feio e deu uma risada fraca e dirigiu a palavra pra minha melhor amiga.
—Você não vale a pena. Vocês dois se merecem mesmo. —Ele disse e saiu dali nós deixando sozinhos.

                                MATT OFF

                              ALISSON ON

Depois de ver como Matt me defendeu não tive dúvida que realmente amava ele. As palavras ditas pelo infeliz do Henry foram tão pesadas pra mim, que não contive o choro quando ele foi embora e fui confortada pelo meu melhor amigo que pelo visto ouviu tudo. Assim que vi meu ex namorado ir embora, senti os braços do meu melhor amigo me abraçarem tão fortes, que desejei por um minuto nunca mais sair daí. Eu desejei ter ele comigo pra sempre. Sentir ele afagando meu cabelo era a melhor sensação do mundo pra mim daquele momento, me senti muito protegida por ele. Mas eu não podia simplesmente esquecer o que o Henry havia falado, por mais que eu não quisesse acreditar, ele podia estar certo. Por que meu melhor amigo gostaria de mim? Por que? Ele provavelmente me vê como uma amiga mesmo. Sai de meus pensamentos quando ele me forçou olhar pra ele.


—Você está bem? Ele fez alguma coisa pra você? Me desculpa por não ter chegado antes e você ter que ouvir esse idiota falando um monte de mentiras. —Ele disse e eu sorri fraco para ele.
—Ta tudo bem, você está aqui agora. —Disse enquanto olhava para baixo. Fiquei em silêncio por um momento até que olhei para ele novamente e disse. —Você ouviu tudo? —Perguntei e o mesmo acentiu. —Então você percebeu que nem tudo ele está errado. —Disse e meu melhor amigo me olhou confusa. —Você ouviu que eu gosto de você. Mas como ele disse, não posso ter certeza se você sacrificaria nosso amizade por tentar algo entre nós. Eu sei, sou ridícula e... —Eu disse pra ele mas fui interrompida pelo mesmo que me beijou. Ele me beijou? Eu estou sendo beijada pelo meu melhor amigo? Isso está mesmo acontecendo? Seu beijo era tão calmo, como se ele quisesse que durasse para sempre, e eu também queria que durasse. Seu beijo era com tanta ternura que não pensei duas vezes em retribui-lo. Senti o Matt pedir passagem com a língua e cedi. Nos beijamos até ficarmos sem ar, e então nós separamos. Nós olhamos por uns segundos até ouvir meu melhor amigo quebrar o silêncio.


—Desculpe. Não encontrei outra maneira de fazer você parar de falar. —Ele disse enquanto pude ver que suas bochechas tomaram uma cor diferente.
—Tudo bem. Isso quer dizer que você...?—Eu perguntei e ele acentiu.
—Sim Alisson. Eu gosto de você,garota boba— Ele disse enquanto apertou minhas bochechas levemente.


Não pensei duas vezes em abrir um sorriso tão largo que minhas bochechas ficaram doloridas por um segundo, mas não me importei, pois eu tive conquistado o coração da pessoa que eu amava e isso não tinha preço.


                                     [...]


Conversamos por bastante tempo, até que decidimos voltar por que estávamos com fome e nossos amigos poderiam estar preocupados com a gente.
Quando saímos da área de piscina térmicas ouvi um som muito alto.
—TRIIIIIIIM!!!!TRIIIIIIM!!!!
—De onde tá vindo esse som?—Perguntei pro suposto novo namorado.
—É do seu despertador, você está atrasada. —Ele disse e eu o olhei confusa
—Despertador? Mas estamos na piscina.
—Você está sonhando meu amor. Acorde e torne esse sonho em realidade. Eu te espero. —Ele disse e de repente me senti zonza. Caí no chão e tudo ficou. Quando abri meus olhos de novo estava no meu quarto, olhei o relógio e eram quase 8:00. Lembrei que íamos sair pra ir no novo parque aquático da cidade e acordei minha melhor amiga que estava dormindo do meu lado, pois meu melhor amigo ia passar aqui em casa para nós buscar.


                                       [...]

Quando estávamos quase pronta ouvi uma buzina de carro lá fora. Droga o Matt chegou e não estamos pronta, ele vai me matar por ter dormido. Quando abri a porta, lembrei do meu sonho e tudo pareceu como um flashback na minha cabeça. Tudo isso eu já vivi, só que no meu sonho. Isso é possível? Eu posso mesmo ficar com o meu melhor amigo? Será que eu posso ver o futuro? Eu posso mudar ele?
Deixei de pensar nessas inúmeras perguntas quando olhei para ele e sorri.


O que ela achou ser apenas um sonho, pode se tornar seu futuro.


FIM




Notas Finais


A tentei


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...