História Apaixonado pelo meu irmão ?!- Jikook - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Vhope, Yoonseok
Visualizações 359
Palavras 1.370
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Viado dois capítulos em um dia só, tô orgulhosona 💜💜 TÁ AÍ O PRESENTE DE DIA DAS CRIANÇAS PRA VCS AMORES 💜 E DO ANIVERSÁRIO DO JIMIN TBM

Capítulo 27 - Jimin...


Yoongi Povs.

Suga : Você vai me bater então ? - sorri cínico para o mais novo. - de qualquer jeito tinhamos que resolver isso mesmo, não é ? - me referia a última briga cujo Jimin interrompeu .

Jungkook : Eu realmente poderia bater em você, mas não perderia meu tempo com algo desse tipo, para mim já chega .

Suga: Vai fugir ? Pensei que se importasse com Jimin, estávamos prestes à fazer algo ao qual você interrompeu. Se realmente não quer discutir por ele , então acho melhor ir embora e deixar com que terminemos o que começamos – eu não podia ouvir eu mesmo dizendo aquilo... era ridículo, mas eu dizia aquilo na esperança de Jimin escutar e Jungkook provar que ama ele de verdade, e que se importa com ele sim . - Jimin está alcoolizado demais, ele fica incrível quando está assim, você não acha ? - disse pegando na cintura de minnie que mal conseguia ficar de pé, mas se mantia como podia .

Jungkook : Você não tem noção do que está falando não é ? Está mais bêbado que o Jimin , não é possivel !! Eu já disse que não vou discutir por ninguém Yoongi ! O jimin é meu, sempre foi meu e sempre será, eu não vou descutir com ninguém por algo que já me pertence. - puxou o braço do mais baixo, fazendo com que o mesmo saísse de perto de mim e fosse de encontro ao peito de Jeon.

Suga : Te pertence ? Você tem coragem de falar isso Jungkook ? Você acabou de trair o menino, sabendo que ele é cegamente louco por você, nunca diga que alguém é seu se não tem capacidade de cuidar.  Você fez Park se sentir tão mal a ponto de se menosprezar como nunca fez . Que tipo de namorado você pensa que é? Se  é que posso dizer que é um. – aquilo queimava o meu sangue, ele não havia ouvido as palavras angustiadas do Jimin, ele só conseguia pensar em si mesmo ? Era isso que estava demonstrando ??

Jungkook : O que eu faço e como eu trato o Jimin, é da minha conta, você não tem nada haver com isso – Assim que ele disse aquilo, pegou Jimin no colo e o mesmo já estava quase dormindo, seus olhos semiabertos dificilmente conseguiam deixá-lo entender o que estava acontecendo.

Jungkook Povs.

Fui até Jackson que já se encontrava bêbado e louco de uma maneira absurda, não era sequer 00:00 e já podia ver aquela festa perdendo totalmente o controle . Peguei a chave do bolso de loiro que aliás estava pegando o menino mais cedo do carro, aquele tal de Mark, sorri imaginando o quanto Jimin gostaria de ver isso vindo de Jackson .

Eu obviamente não iria dirigir, nem tinha condições para isso agora . Coloquei Jimin no banco de trás, e pelo jeito ele havia bebido até mesmo ainda mais do que me disseram que ele bebe, não tive nem a oportunidade de ver como costuma ser quando está bêbado . Abri o carro e o pus deitado no banco de trás, já ia me levantando quando ouvi seu resmungo e sua pequena mão segurar na minha camisa .

Jimin : Por favor... fica comigo, não... não me deixa sozinho – ele resmungou com sua voz trêmula, parecia estar dormindo, ou sonhando ... – sem pensar muito tentei me ajeitar com ele no banco, o que era difícil mesmo que o carro fosse grande, já que eu tentava não o acordar .

Assim que consegui me arrumar o segurei pela cintura enquanto deitavamos como se estivéssemos de conchinha, até que o mesmo se virou com o rosto no meu peito e segurou forte minha camisa.

Jimin: eu não quero ser trocado de novo, não quero me sentir sozinho e abandonado – ele resmungava manhoso, aparentando realmente dormir , era claramente percebido que ele não estava em si . – E-eu preciso... e-eu quero tanto... eu estou... tão necessitado... por favor eu te imploro – seu rosto agora ficava vermelho, e o mesmo parecia gemer e  se recontorcer, como se estivesse necessitando de algo... aquela sua expressão facilmente me fez corar... talvez porque eu sentisse vontade de fazer sexo com ele a todo e qualquer momento, e por isso eu miliciasse qualquer coisa que vinha na minha mente e via o mesmo fazer e gesticular.

Jimin jogou sua perna em cima da minha, já que estávamos de frente, e escondeu seu rosto no meu peito, ele com certeza não sabia que era eu... na verdade eu nem imagino o que ele estava pensando que estava acontecendo, eu só sabia que ele estava carente e que não podia o deixar... e talvez amanhã eu explicasse pra ele o que realmente aconteceu .

...

[04:50]

Jimin Povs

Acordei com uma dor de cabeça tremenda, mesmo assim me sentia confortável onde eu estava, eu amava esse cheiro, esse conforto, eu conhecia melhor que em qualquer coisa .

Jimin : JUNGKOOK !! – Gritei ao cair em minha consciência – SAI DE PERTO DE MIM !! – falei me levantando e ficando sentado no banco, batendo no mesmo que acordava com dificuldade.

Jungkook : Calma, calma, calma – ele dizia confuso esfregando seus olhos – VOCÊ QUE PEDIU PRA MIM FICAR AQUI !!! – Ele gritou afim de me fazer parar de batê-lo

Jimin : NÃO PENSE QUE ME AGARRANDO VOCÊ VAI CONSEGUIR MEU PERDÃO SEU DESCARADO , SEM NOÇÃO, RIDÍCULO, OTÁRIO, NOJENTO, REPUGUINAN – Me interrompe com um beijo rápido, segurando meu rosto com suas duas mãos a altura do meu ouvido – Talvez assim você consiga – Sorrio e digo após o beijo parar, mas logo balanço a cabeça voltando à mim e volto a bater no mesmo . – VOCÊ ACHA QUE EU SOU FÁCIL NÃO ACHA ?? VOCÊ ACHA QUE EU VOU PERDOAR VOCÊ TER PEGO MINHA IRMÃ??? A GENTE NÃO NAMORAVA???

Jungkook : PARA DE ME BATER – Segura forte meus pulsos, estando sentado de frente para mim – eu não peguei a sua irmã Jimin, você que entendeu tudo errado!!! E aliás quem você pensa que é pra falar de traição? Você pegou o Yoongi, e bem na minha frente .

Jimin: Ixee , que história é essa meu querido ? – olho de cima a baixo o mesmo que faz uma cara revoltante . – Eu não me lembro de ter ficado com o Yoongi, cê tá louco ?

Jungkook : Aaah – suspira – eu não fiquei com a Lisa por que quis, e aliás a rejeitei dizendo que te amo, e você... você ficou com os outros e nem sabe !

Jimin : Eu estava bêbado! - Justificou

Jungkook : e eu fui agarrado sem a mínima possibilidade de defesa . - Debateu.

Jimin : Aí tadinho dele, foi abusado por uma mulher coitado! - disse irônico.

Jungkook : Fui abusado e não quase dei para alguém pelo menos 

Jimin : I-isso não vem ao caso...até porque eu não me lembro disso .

Jungkook : Jimin !! O que aconteceu não está certo, porra eu... eu disse que te amo... o que custa você acreditar um pouco em mim ...? Quer saber...eu...eu pensei em tanta coisa para ficar hoje com você e fazermos.

Jimin : Jungkook , sei que fiz errado também mas... pra mim nós dois não existimos mais, eu suporto qualquer coisa menos uma traição...

Jungkook: MAS EU NÃO TRAI NINGUÉM, foi mais traição do seu lado do que do meu !!! – segurou forte o pulso do mais velho que já se arrumava para sair do carro .

Jimin : Por isso mesmo... eu não vou querer que continue comigo sabendo que eu não faço nem idéia do que posso ter feito – corei olhando para baixo chateado . – não quero que me perdoe, aliás não é como se esse dia estivesse sendo bom...eu preferia estar sozinho, na minha casa.

Jungkook: Jimin... – disse o moreno puxando Jimin uma última vez em direção ao seu corpo – feliz aniversário! – abraçou o corpo (a parte de cabeça) do mais baixo contra seu corpo, sentindo logo em seguida sua camisa ficar molhada com poucas gotas vindas de onde seu rosto estava..

Jimin : Vo-você, lembrou...? – Falei levantando meu rosto para cima olhando em seus olhos, enquanto as lágrimas insistam em cair do meu rosto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...