História Apaixonado Pelo Meu Primo - JiKook - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Fanficjikook, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Kookmin
Visualizações 144
Palavras 2.776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu fiz um capítulo grande hoje pra vocês, porque os outros estavam muito pequeno. Espero que gosteem!! S2

Capítulo 7 - Sete.


J I M I N:

Acordo com uma sensação boa e meio agoniante no pescoço, abro os olhos e vejo que é o Jungkook beijando meu pescoço.

Ele estava duro em cima de mim.

ㅡ Está tentando abusar de mim Jungkook? ㅡ Perguntei tentando parecer sério.

ㅡ Jiminie... ㅡ ele arfou. ㅡ Eu preciso de você.

Arregalei os olhos meio surpreso.

ㅡ Ué... vai pedir pro teu macho, eu hein. ㅡ Me sentei na cama fazendo ele resmungar por não conseguir ter mais contato.

ㅡ Cala a boca, eu sei que você quer tanto quanto eu quero. ㅡ Beijou meu maxilar e subiu novamente em mim.

ㅡ A D-Diferença é que... ㅡ deixei um gemido escapar, aquilo era bom demais. E continuei; ㅡ que você namora o Taehyung e eu sou livremente solteiro.

ㅡ Cala a porra da boca e me beija logo! ㅡ Resmungou apertando minha cintura.

O puxei pela nuca num beijo quente, eu nunca ia me cansar daquele beijo, daquela boquinha que me levava às alturas. Puxei seu cabelo levemente, ele levantou minha camisa na intenção de tirá-la, mas eu o impedi.

Indepedentemente de tudo, ele namorava o Taehyung.

ㅡ J-Jungkook... ㅡ suspirei ao sentir sua boca tocar meu pescoço novamente. ㅡ Vamos parar por aqui.

ㅡ O que? ㅡ Ele me olhou confuso.

ㅡ Jungkook você namora o Taehyung... pare com isso. ㅡ Me levantei antes que ele insistisse. ㅡ Se coloque no lugar dele. Eu não gostaria de ser corno, se você gostaria o problema é seu, agora saia do meu quarto.

Vi suas bochechas corarem de uma forma incontrolável, ele concordou com a cabeça e saiu do meu quarto.

Eu queria que ele voltasse para que eu pudesse o beijar novamente, mas o Taehyung é uma boa pessoa e está mais do que claro que ele ama o Jungkook. Ele não merecia isso.

Respirei fundo e decidi tomar um banho gelado para ver se meu amiguinho já acordado voltava a dormir.

[...]


Eu estava na cozinha bebendo água e o Jungkook estava todo largado no sofá da sala. Ouvi a campainha tocar e quando eu ia abrir, o Jungkook já estava na porta.


ㅡ Oi Yoongi. ㅡ Ouvi ele dizer, meio sem ânimo.


Logo corri para vê-lo, ele estava com o Hoseok, um outro melhor amigo dele.


ㅡ Yoon! ㅡ Corri para o abraçar, trombando no ombro de Jungkook de propósito.


ㅡ Olá pequeno. ㅡ Beijou minha bochecha.


ㅡ Oi Minie, quanto tempo! ㅡ Hoseok abriu os braços em minha direção com um sorriso enorme no rosto.


ㅡ Verdade Hobi. ㅡ Retribui o sorriso. ㅡ Vem, entrem.


Guiei eles até a sala, e o Jungkook veio atrás também, sentando no braço do sofá de frente para mim.


ㅡ Não vai apresentar seu primo para o seu amigo não, Jimin? ㅡ Jungkook sorriu irônico.


ㅡ Hobi, esse é o meu primo Jungkook.  ㅡ Lhe disse sem tirar o olhar do maior.


ㅡ Eu não sabia que você tinha primos tão gatinhos assim... ㅡ Hoseok comentou, logo recebendo um tapa do Yoongi.


ㅡ Que mal gosto Hope! ㅡ Resmungou cruzando os braços.


ㅡ O único mal gosto aqui é o Jimin, que escolheu você pra ser amigo dele. ㅡ Jungkook o olhou com um sorriso satisfeito.


ㅡ Dá pra vocês pararem de me envolver nisso como se eu nem estivesse aqui? ㅡ Me levantei já estressado, com as mãos na cintura.


ㅡ Jimin, você já é pequeno... com as mãos na cintura ainda... ㅡ Hoseok debochou de mim, e por incrível que pareça, o Jungkook e o Yoongi deram risada também.


ㅡ Se você zoar minha altura de novo, eu vou fazer você vomitar os rins para fora! ㅡ O olhei sério e eles deram mais risada ainda.


Fui para a cozinha pegar um copo d'água antes que eu cometesse um massacre aqui mesmo. Eles começaram a conversar sobre qualquer merda, até que a campainha tocou novamente e eu fui atender.


ㅡ Oi Jimin. ㅡ Disse Taehyung sorridente depois de eu ter aberto a porta.


ㅡ Oi Taehyung... ㅡ sorri sem mostrar os dentes. ㅡ Veio ver o Jungkook?


ㅡ Também. ㅡ Me deu um sorriso quadrado e me arrastou para a sala. ㅡ Uh... temos visitas?!


ㅡ Amor! ㅡ Jungkook se levantou para abraçar o namorado.


Automaticamente eu e o Yoongi nos olhamos e fizemos caretas com a ceninha dos dois.


J U N G K O O K:


Abracei o Tae pela cintura e lhe roubei um selinho rápido.


ㅡ O que você faz aqui, anjo? ㅡ Perguntei quase num sussurro em seu ouvido, sentindo ele estremecer.


ㅡ Eu ia chamar você e o Jimin para irmos no cinema, mas ele está com os amigos dele... ㅡ comentou e o Jimin logo nos olhou com a carinha de felicidade.


ㅡ Mas o Hobi e o Yoon não liga se formos todos juntos! ㅡ Disse com os olhos brilhando.


ㅡ Ligamos sim! ㅡ Yoongi se intrometeu.


ㅡ Por favor Yoon, vai ser legal. Vamos? ㅡ Se aproximou do Yoongi lhe dando um selinho rápido.


Mas que merda é essa?


ㅡ Nem parece que é um puta safado me olhando assim... ㅡ resmungou baixinho, mas eu escutei.


ㅡ Então, vamos ou não? ㅡ O tal do Hoseok perguntou.


ㅡ Vamos. ㅡ O Jimin e o Yoongi responderam em uníssono.


Como já estávamos arrumados, apenas mandei uma mensagem para a minha mãe dizendo que iríamos sair e então saímos de casa.


ㅡ Amor, vamos ir em carros diferentes dessa vez? ㅡ Pergunta Tae, fazendo um biquinho.


ㅡ Você que manda amor. ㅡ O beijo vendo ele sorrir para mim.


J I M I N:


ㅡ Eu vou na moto do Yoongi, o Jimin vai no carro do Jungkook e o Taehyung no carro do Yoongi. ㅡ Hoseok decidiu sem deixar ninguém questionar e já foi montar na moto.


ㅡ Mas que folgado! ㅡ Bufei.


ㅡ Ah, para! Não vai ser tão ruim assim... ㅡ Disse Jungkook brotando atrás de mim e segurando disfarçadamente minha cintura.


ㅡ Que susto garoto! ㅡ Dei um tapa em seu peito e vi que ele estava com um sorrisinho no rosto. ㅡ Espero que saiba dirigir, não quero morrer cedo não! ㅡ Lhe avisei, entrando no carro.


Logo depois ele entrou também, pegando a chave e ligando o carro.


O Yoongi já tinha dado partida, então só faltava nós mesmo.


O caminho todo foi silencioso, eu evitava o máximo não olhar para o Jeon, mas ele não tirava os olhos de mim e eu me senti constrangido.


[...]


ㅡ Acho... que chegamos! ㅡ Me olhou com o mesmo sorriso idiota no rosto.


ㅡ Ah, graças ao meu bom Deus. ㅡ Bufei irritado e saí do carro, correndo logo para o lado do Yoongi.


ㅡ Eu não vim aqui pra assistir filme bobo de super heróis, eu quero assistir um filme de terror e ponto! ㅡ Ouvi Yoongi resmungar para os garotos.


ㅡ Mas Ultimato é bem melhor do que esses filmes, Yoongi. ㅡ Hoseok retrucou.


ㅡ Eu prefiro terror também. ㅡ O Jungkook se intrometeu no meio, me dando uma secada descaradamente.


ㅡ Tá vendo? ㅡ Yoongi arqueoou a sobrancelha. ㅡ Até o Jungkook concorda comigo!


ㅡ Okay, okay! ㅡ Hoseok levantou as mãos em redenção. ㅡ Podemos assistir o filme de terror.


ㅡ Assim... eu nem ligo de vocês quererem assistir filmes de terror, mas... eu tenho um pouco de medo, sabe? ㅡ O Tae disse baixinho, corando aos poucos ao ouvir a risada dos garotos.


ㅡ Não liga pra eles... ㅡ me aproximo dele, falando baixinho. ㅡ Eu também tenho medo.


Estávamos atrás dos garotos, então não podiam nos ouvir, e eu me senti relaxado por isso.


ㅡ Eles são uns bobões. ㅡ Fez um biquinho fofo, e eu não me contive, tive que apertar suas bochechas.


Andamos mais um pouco pelo shopping enquanto os meninos compravam besteiras para comer, eu fiquei todo tempo conversando com o Tae.


ㅡ Sabe Jiminie... no começo eu te tratava daquele jeito porque o Jungkook me dizia coisas horríveis de você, e eu pensava que você queria roubar o Jungkookie de mim... ㅡ falou envergonhado. ㅡ Mas, depois eu vi que você não era tudo isso. Eu sempre te achei fofo na verdade, só nunca admiti. ㅡ Me olhou meio receoso. ㅡ Me perdoa Minie?


ㅡ Own, claro que eu te perdoo Tae. ㅡ Fui sincero e ele me deu um sorriso quadrado muito fofo. ㅡ A culpa não é sua, o Jungkook que ficava inventando essas coisas de mim.


ㅡ Então podemos ser... amigos? ㅡ Pergunta receoso, mais uma vez.


ㅡ Pensei que já éramos amigos. ㅡ Sorri simpático e ele passou os braços nos meus, no estilo "noivos", enquanto seguíamos os meninos.


[...]


ㅡ O Jimin não gosta desse recheio, ele prefere o de chocolate, Jungkook! ㅡ Ouvi o Yoongi discutir, segurando firme o pacote de biscoitos recheados.


(N/A: Não façam brigas por causa do "biscoito ou bolacha" pelo amor de Deuss)


Mas e se ele gostar do de morango? ㅡ Jungkook teimou colocando o biscoito de morango no carrinho.


ㅡ Eu sou o melhor amigo dele desde que nascemos. Eu conheço os gostos do Jimin, Jungkook! ㅡ Yoongi respondeu já estressado e sem paciência.


ㅡ Chega! ㅡ Entrei no meio dos dois. ㅡ Eu não prefiro esse... ㅡ peguei o biscoito do Yoongi e coloquei no lugar de volta; ㅡ e nem esse! ㅡ Peguei o do Jungkook e coloquei no lugar também. ㅡ Eu não sou criança, se eu quisesse isso eu mesmo iria comprar! Agora parem de achar que podem ficar mandando em tudo que eu faço. Que droga! ㅡ Saí dali irritado empurrando os dois e indo para a fila do cinema.


Cruzei os braços irritado esperando na fila absurdamente enorme.


ㅡ Puto com a vida? ㅡ Um garoto atrás de mim perguntou, fazendo eu tomar um baita susto.


ㅡ Que susto, garoto! ㅡ Sorri sem graça. ㅡ E... sim... só estou um pouco irritado.


ㅡ Desculpe pelo susto... ㅡ sorriu mostrando as covinhas. ㅡ E eu já percebi que você está irritado. ㅡ Me disse.


ㅡ Está tão na cara assim? ㅡ Perguntei suspirando pesado.


ㅡ Sim, porque você é baixinho e... ㅡ o interrompo dando-lhe um tapa fraco e ele deu risada. ㅡ Bom, meu nome é Namjoon, eu também estava estressado...


Oh... muitas informações.


ㅡ Prazer Namjoon, o meu é Jimin. ㅡ Sorri gentil e ele retribui; ㅡ vamos fazer assim, você me conta porque está estressado e depois eu te conto o porque eu estou estressado também.


ㅡ Okay Jimin. ㅡ Olha para trás de mim, vendo a enorme fila e respirando fundo. ㅡ Eu estou estressado porque eu estou a fim de um garoto chamado Jin, eu convidei ele para o cinema e já faz 1 hora que ele não apareceu. Eu estou magoado, ele me deu a certeza que viria.


Eu pude ver que ele estava magoado mesmo, eu queria dar um abraço nele, mas seria extremamente estranho, já que acabamos de nos conhecer.


ㅡ Mas talvez ele realmente não pôde vir Namjoon, talvez aconteceu um acidente e ele não conseguiu avisar. ㅡ Tentei apaziguar a situação.


ㅡ Pode até ser, mas ele teria mandado uma mensagem... ㅡ me disse mostrando estar realmente triste.


ㅡ Vocês precisam se encontrar e conversar, só assim saberá o que de fato aconteceu. ㅡ Lhe disse, dando um sorriso tranquilizador.


Ele sorriu para mim como se disesse um "obrigado".


ㅡ Mas e você? O que houve pra ficar tão estressado? ㅡ Pergunta, mudando o semblante de triste para curioso.


ㅡ Ah... é que... meu p-primo e meu melhor amigo ficam toda hora brigando por causa de mim... eles ficam me tratando como uma criança, como se eu não fosse dependente. Isso é muito chato! ㅡ Bufei me lembrando dos dois no mercado.


ㅡ Você sente algo pelo seu primo? ㅡ Pergunta interessado.


ㅡ O que? N-Não! ㅡ Falei rápido e agradeci mentalmente a Deus, por minha voz não ter falhado. ㅡ Por quê a pergunta?


ㅡ É que você ficou nervoso quando falou dele... ㅡ sorri como se entendesse plenamente.


ㅡ Na verdade... ㅡ suspiro abaixando a cabeça. Eu iria mesmo contar isso a um desconhecido? Sim, eu iria. ㅡ Eu sinto algo por ele...


ㅡ Ué, então se ele briga por você e você gosta dele, por que não ficam juntos? ㅡ Pergunta quase decepcionado comigo.


ㅡ Ele namora... ㅡ resmunguei. ㅡ E além do mais, ele é o meu primo.


ㅡ Olha, os meus pais são primos. ㅡ Me contou, logo dando risada. ㅡ Mas esse lance que ele namora, que é complicado.


ㅡ Pois é... ㅡ faço um biquinho triste nos lábios.


[...]


J U N G K O O K:


Eu só queria saber aonde o Jimin se meteu, faltava pouco tempo pra pegar os ingressos do cinema e nada dele aparecer. O Yoongi não para de falar na minha cabeça que a culpa foi minha por ter insistido nos biscoitos de morango, mas se for assim, então a culpa também é dele.


Andamos igual doidos pelo shopping, um foi para cada lado a procura dele. Eu fui parar até no banheiro e nada do Jimin aparecer. Andei mais um pouco pro canto do shopping e vi uma fila razoável do cinema, passei os olhos rápido em cada pessoa e encontrei um garoto pequeno, de corpo gostosinho, e cabelo loiro conversando animadamente com outro garoto mais alto que ele, de cabelo castanho. Quando o loiro virou eu pude ver o rostinho branco e os lábios carnudos vermelhos. Era ele, o próprio Jimin.


Peguei meu celular e liguei para o Yoongi.


ㅡ Achei ele, ele está na fila do cinema conversando com um garoto, venham o mais rápido possível, vai que seja um sequestrador! ㅡ Falei rápido, desligando assim que ele começou a esbravejar.


Corri até o casalzinho e fui até o Jimin.


ㅡ Que bonito! ㅡ Falei ironicamente fazendo ele se assustar; ㅡ enquanto seus amigos estão correndo os quatro canto da Terra atrás de você, você está aí de papinho com outro. ㅡ Falei com a expressão séria, eu estava realmente puto por ver o Jimin conversando animado com esse garoto.


ㅡ Colocaram merda ao invés de cérebro na cabeça de vocês, né? ㅡ Forçou um sorriso debochado, mas deu pra ver que ele também estava irritado. ㅡ Eu não sei se vocês sabem, mas isso ㅡ tirou o celular do bolso da calça ㅡ se chama celular, e serve para fazer e receber ligações, podiam ter ligado, mas acho que o raciocínio lento de vocês não deixaram né.


ㅡ Porra Jimin... ㅡ falei baixo, mas contendo a raiva ao ver o garoto segurar o braço do Jimin como se estivesse protegendo ele. ㅡ Na hora a gente nem se lembrou, a gente ficou preocupado com você, e se você tivesse se perdido? E se tivessem te sequestrado?


Eu não sei por que, mas ele ficou mais irritado ainda, fazendo com que seu rosto branquinho ficasse num tom vermelho, oque o deixou completamente sexy. Eu tive que me segurar para não atacar ele ali mesmo.


ㅡ Quantas vezes eu tenho que repetir que eu não sou uma criança? Jungkook, eu sei me virar, eu passei toda a minha infância sozinho e não é agora que eu vou me importar se tenho ou não a companhia de vocês! ㅡ Abaixou a cabeça, e eu só percebi que ele começou a chorar, quando olhou para mim novamente. ㅡ Desculpe se eu estiver sendo grosso, mas eu realmente cansei de tudo isso, das pessoas me verem sempre como alguém frágil, alguém que não é capaz de fazer nada sozinho. Eu queria um pouco de paz, queria ficar um pouco sozinho, mas é impossível fazer isso perto de vocês!


Cada palavra acertou como um tiro no meu coração, eu sabia que ele estava magoado e foi exatamente isso que abalou o meu coração completamente.


O garoto ao lado dele o abraçou sussurrando um "está tudo bem Jiminie" e eu só fiquei mais enciumado ainda.


Vi os meninos chegarem com a expressão assustada/preocupada. Faltava só duas pessoas na nossa frente para então irmos para a sala do cinema, eu queria que o Jimin se distraísse pelo menos com isso.


Ele se despediu do garoto que foi para uma outra sala de cinema e eu tentei o abraçar, mas ele logo se debateu e se afastou de mim, cruzando os braços com a carinha emburrada, o nariz vermelhinho fungando por causa do choro. Eu só queria acalmá-lo, mas acho que a pessoa que ele menos queria naquele momento era eu, e eu realmente me senti triste com isso.


Notas Finais


Hey, bebês. Me falem se a história estiver ficando ruim ou chata e se vocês estão gostando por favor. Obrigadaa por tudo, até amanhã!✊🏻❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...