1. Spirit Fanfics >
  2. Apaixonados pela lua >
  3. Diaba

História Apaixonados pela lua - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 3 - Diaba


Fanfic / Fanfiction Apaixonados pela lua - Capítulo 3 - Diaba

Três anos, três anos que nenhum dos três Uchihas viam a pérolada, se dissessem que haviam esquecido dela estariam certos. Não lembravam, as risadas, o cheiro, o olhos, tudo que se referia a pérolada havia sumido daquela casa junto com ela. Kurenai entendia os meninos, podia não ser mãe mas sabia que eles a amavam, sempre que conversava com a sobrinha era quando os meninos estavam dormindo.

Sasuke e Itachi voltaram a ser como antes, irmãos. Saiam, bebiam, já chegaram até a fazer um ménage, estavam bêbados? Sim, mas não muda o fato de terem feito. A faculdade de Sasuke estava indo bem, Itachi já trabalhava com o pai. Mais uma vez os homens Uchihas saíram, já era costume sair no sábado para beber.

Ino foi morar na cidade de Hinata três dias depois, Naruto também. Para os dois morenos era até melhor. Tudo e todos em relação a ela sumiram menos Kurenai.

O celular de Sasuke marcava 22:30 quando entraram em casa.

Sasu- tia?

Kurenai não se importava que não a chamassem de mãe estava feliz só de ser parte da família deles.

Ita- tia trouxemos comida italiana.

Kure- obrigada bebê mas já comi hoje.

Mada- desde quando você cozinha morena?

Kure- não fui eu que fiz.

Sasu- ué? Saiu da toca?

Kure- bobo. Recebi uma visita.

Mada-jura de quem?

Kure- vem quero apresentar vocês.

Kurenai pegou a mão de Madara e o arrastou para a sala junto dos meninos. Assim que chegaram viram um homem auto cabelos castanhos claros e olhos azuis quase brancos. E uma mulher de cabelos compridos mas estava de costas.

Kure- meninos esse é Neji meu sobrinho, Neji esses são Madara, Sasuke e Itachi.

Neji- é um prazer.

Ita- o prazer é nosso. É a bela dama?

Kure- hora Ita, você já conhece.

Sasu- conheçe?

Kure- vocês três.

A mulher levantou do sofá e os três esqueceram como se respira por um tempo. Uma visão abençoada. Por fim ela se virou e os três deram um passo para trás, era a diaba sexy. Crescida, muito crescida, se seus peitos eram grandes antes agora então. O corpo de violão naquele vestido preto tirou o fôlego dos três, era o mesmo maldito vestido preto do aniversário dela quando descobriram a diaba que morava sobre o mesmo teto.

Hina- é tão bom rever vocês.

Ela sorriu de olhos fechados e o ar deles sumiu novamente. Mais sexy, mais gostosa, mais linda, mais Hinata.

Kure- vocês estão bem? Perece que viram um fantasma. Não vão comprimenta-la?

Madara foi o primeiro a sair do transe e abraçar a menina que retribuiu de bom grado. Sasuke e Itachi estavam tensos e nem ousaram chegar perto dela.

Ita- é… bom… te ver.

Sasu- quanto… tempo.

Hina- quanta formalidade me dêem um abraço.

Ela andou até eles sobre o salto preto e abraçou os dois juntos com apenas uma finalidade. Ela sussurrou para apenas eles ouvirem.

Hina- não pensem que eu esqueci o que fizeram, queridos Uchihas.

Os dois se arrepiaram e engoliram seco, aquela voz estremamente sexy, os seios raspando nos braços dos dois, o perfume doce de sempre. Estavam fodidos, e Hinata os foderia ainda mais. Dando um beijo estalado no canto de cada boca ela finalmente se soltou e andou até o primo.

Hina- tio, teria problema se Neji e eu voltássemos a morar aqui.

Sasu/Ita- NÃO! Não…

Ita- não… teria problema. Né pai.

Mada- lógico que não, a pequena é tão bom te ter de volta.

Hina- tambem é bom voltar.

Sasu- mas pai. Tem só um quarto sobrando não é mesmo?

Mada- é mesmo.

Neji- não é problema, eu e minha prima dividimos ele.

Ita- vocês dois?

Neji- sim já dormimos juntos antes.

A fala cheia de segundas intenções acertou em cheio os morenos mas passou despercebido pelos mais velhos.

Kure- que alegria vou ter meus bebês de volta.

Hina- vai tia.

A morena abraçou a mais velha e lançou um olhar nada inocente aos morenos, mandou um beijo discreto e soltou a mais velha. A vontade de correr para o quarto era grande mas não passaríam esse mico na frente da diaba. Era a mesma coisa de estender a bandeira branca, e se era esse jogo que ela queria jogar, eles dariam as regras.

Sasu- quer ajuda com as malas Hinata?

Hina- claro.

Ita- eu também ajudo.

Itachi percebeu rápido o plano do irmão e também entraria no jogo. Eles pegaram as malas dela e subiram as escadas até o quarto. Assim que ela passou Sasuke trancou a porta.

Sasu- jogo sujo.

Hina- não é isso que se trata pra vocês? Um jogo?

Ita- você lembra muito bem não é? Do dia no restaurante?

Hina- no primeiro dia que você ficou assim?

Disse apertando de leve o membro do moreno o empurrando na cama e subindo em cima.

Hina- naquele dia, pequeno Ita, não era essa Hinata que estava lá. Nesse jogo eu mando.

Sasu- esqueceu, Hinatinha, que somos dois?

O moreno falou dando um tapa na bunda durinha da menor.

Hina- não esqueci.

Ela puxou o braço do mais novo fazendo ele deitar ao lado do irmão e apertou de leve o membro dos dois, eles em resposta morderam os lábios.

Hina- vocês dois davam as regras, agora -deu mais uma apertada- eu mando e vocês obedecem.

Ita- e o que você quer?

Hina- bom menino. Ainda não quero nada, mas os dois são meus entenderam?

Os dois sorriram e Hinata apertou ainda mais fazendo os dois morderem a bochecha contendo o gemido que quase escapou.

Hina- entenderam?

Sasu/Ita- sim.

Falaram quase em um sussurro. A morena soltou eles e saiu de cima do moreno mais velho abrindo a porta.

Hina- bons garotos.

Disse em uma voz sexy saindo do quarto.

Sasu- a gente se fudeu.

Ita- a maninho, se ela fizer isso sempre… não me importo.

Sasu- cadê aquela Hinata?

Ita- prefere qual?

Sasu- essa.

Ita- boa escolha.

Eles levantaram e saíram do quarto, antes de descerem as escadas Sasuke pois o braço na frente do irmão.

Sasu- temos um probleminha não tão pequeno.

Ita- qual?

Sasu- a barraca tá armada.

Ita- merda.

Eles voltaram correndo ate o banheiro de cada quarto pra dar "um jeito" naquilo.

××××××××××××××××××××××××××××××××××

Já estavam todos almoçando e a morena fez questão de se sentar entre os dois, na desculpa que queria passar mais tempo com os amigos. No meio do almoço ela deslizou a mão devagar por debaixo da mesa e a colocou sobre a coxa de Sasuke, que paralizou no toque. Ela subia e descia a mão fazendo um leve carinho e piscou para Neji que entendeu e começou a distrair os outros três.

A mão de Hinata foi até o elástico da calça de moletom do mais novo e puxou um pouco pra baixo deixando o membro pra fora. Ele olhou a menor que apenas mandou ele ficar quieto colocando o indicador sobre os lábios. Sasuke engoliu seco, justo agora?

Ela agarrou o membro dele e apertou, fazendo ele fechar os olhos e suspirar. Fazendo movimentos de vai e vem o Uchiha agarrou a toalha de mesa, ela aumentou a velocidade e o moreno enfiou comida na boca pra conter o gemido. Quando estava no ápice não aguentou e gemeu de leve, mas Itachi e Neji ouviram. 

Era impressionante o quanto a putaria daquela casa passava despercebida pelos mais velhos.

Sasu- preciso ir no banheiro licença.

Ele levantou a calça e correu para o andar de cima como um raio. Hinata e Neji sorriram e Itachi engoliu seco, se seu irmão já foi, agora era ele.


Notas Finais


Hinatinha voltou pegando fogo e Neji ainda ajuda a encobrir😏 queria eu um primo assim.
Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...