História Apartamento 34 • yoonseok - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Rap Monster, Suga
Tags Bangtan Boys, Boyxboy, Jung Hoseok, Kid!yoonseok, Kim Namjoon, Min Yoongi, Modelo, Yoonseok
Visualizações 195
Palavras 1.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioioin, eu sto com tanto ódio de mim mesma por ficar estragando meu casal AAAA mas abafa o caso q dps eles vão estar se cheirando fjfkfkkf

ke

Capítulo 30 - Pulseira II


Fanfic / Fanfiction Apartamento 34 • yoonseok - Capítulo 30 - Pulseira II

Apartamento 34 | 29

Lágrimas escorreram pelo o seu rosto ao notar e reconhecer que, aquela era realmente a pulseira de Park Jimin, o suposto agressor na cabeça de Hoseok. Não podia controlar a raiva e logo tirou uma foto, não iria contar para a polícia, não agora.  Saiu da casa do Min e adentrou no carro, dirigindo até o hospital, onde Yoongi estava. Precisava dizer que já sabia quem tinha sido seu suposto agressor.

Entrou no hospital correndo e saiu em busca de achar o mais velho, até ver sua mãe saindo de uma sala, Yang ao ver Hoseok, o olhou triste e lhe deu permissão para o próprio entrar na sala. Adentrou e viu Yoongi mais pálido que o normal, seus lábios, antes rosados, se encontravam roxos. O mais velho percebeu Jung ali e revirou os olhos, começando a dar atenção para um vídeo idiota que via em seu celular.

— Oi, Yoonie.. — Falou fraco, chegando perto do mais velho, que apenas respirou fundo e soltou um suspiro pesado, ignorando totalmente o maior ao seu lado.

— Yoonie, me dê atenção, só por hoje. — Yoongi riu, mas de tristeza, estava com tanta raiva que não tinha noção das coisas que ele não falava.

— Tenho cara de caridade para te dar alguma coisa, Hoseok? — Cuspiu as palavras de forma grossa, Hoseok, assim como Yoongi, sentiram uma dor no peito por tal ato.

— Yoongi.. eu.. me perdoa, por favor. — Pediu, já entrando em prantos por o menor lhe ignorar. Yoongi parou de dar atenção ao celular e se virou para Hoseok.

— Deveria estar com seu namorado, ele não gostaria de ver você comigo. — Disse simples e voltou a dar atenção ao celular, novamente.

Hoseok respirou fundo e soltou um suspiro alto, mostrando sua irritação por tamanha raiva que o menor estava.

— Olha aqui, eu não me importo se você odeia o Hajoon. Até porque eu vim conversar com meu melhor amigo, e não com meu namorado, então para de me tratar assim, por favor! — Pediu irritado. Yoongi riu, novamente em tom de deboche.

— Eu não entendo, que tipo de "melhor amigo" — Fez aspas com o dedo. — É você, que prefere acreditar na palavra do namoradinho invés na do melhor amigo. — Disse irritado, voltando a responder a tal pessoa, Hoseok abria a boca para falar algo mas não emitia nenhum som.

— Com quem você tanto fala, Yoonie? — Perguntou manhoso, o mais velho revirou os olhos e se virou para Hoseok.

— Você não precisa dessa informação, vai lá com seu Hajoon. O universo agradece. — Hoseok explodiu, partiu para cima do Min e passou a chacoalhar o mesmo dizendo coisas, o maior se encontrava corando.

— V-Você e-está m-me m-machucando H-Hoseok! Pare! — Pediu, enquanto sentia suas pernas tremerem, mesmo estando deitado. Yoongi chorava, enquanto Hoseok lhe forçava a abrir os olhos.

Médicos entram e tiram Hoseok de cima do menor, Yoongi chorava baixinho, enquanto sentia suas pernas doerem. Ao perceber o que fez, Hoseok se jogou no chão, e chorou mais uma vez. Soluçando cada vez mais alto implorando para que Yoongi o perdoasse por isso, mas acabou desmaiando.

Hajoon foi notificado e veio as pressas para pagar de bom namorado, mas antes, fez uma visita a Yoongi.

— Olá, grande amigo, como vai? — Perguntou rindo, Yoongi não lhe deu atenção.

— Quando eu falar com você, seu verme, me responda! — Acertou um tapa em sua cara, Yoongi o olhou irritado.

— Soube que, meu namorado, desmaiou, aqui, bem aqui na sua sala. E então, o que tem a dizer sobre isso? — Yoongi sentia uma dor imensa ao ouvir tais palavras, engoliu seco e soltou um aish.

— Não te interessa, veio aqui perder tempo comigo ou com ele? — Respondeu rude, mas logo se arrependendo ao levar mais um tapa.

— Me respeite, ou o seu Seokie vai sofrer muito. O que acha de eu foder aquela entradinha e depois te mandar o vídeo, hum? Você vai gostar de ver ele chamando por mim ao invés de você, Yoongi? — O menor sentiu seus olhos marejados, não iria ser fraco na frente de Hajoon, negou diversas vezes e o mais novo sorriu, saindo da sala em seguida.

Yoongi começou a chorar e secar as lágrimas rapidamente, tinha tanto medo daquilo acontecer, mas não duvidava, Hajoon era capaz de qualquer coisa. Minutos se passaram e duas figuras masculinas adentraram em seu quarto, Hajoon e Hoseok, de mãos dadas.

— Oi Yoonie, Hajoon queria te ver, ele disse que... — Fora interrompido por Hajoon.

— Sinto muito pelo estado que você se encontra, o agressor precisa parar atrás das grades. Vamos amor? — Perguntou beijando Hoseok, para provocar o mais velho, Yoongi desviou o olhar e prendeu o choro. O maior acenou fraco e o próprio não retribuiu.

"Hoseok é tão ingênuo"

"Eu ODEIO amar Jung Hoseok"

Esse era o tipo de pensamento que martelava em sua cabeça. A porta foi aberta novamente, e lá entrou Jisoo e Taehyung.

— Bebê.. quem foi o desgraçado que fez isso? — Jisoo perguntou, chorando novamente enquanto Taehyung a consolava.

— Eu não sei, fui atacado de trás e depois vários socos dirigidos no meu rosto depois. — Se sentiu mal por mentir para a sua "irmã de outra mãe". Taehyung desconfiou, mas não perguntou.

— Yoon, o Hoseok é tão filho da.. bom, filho de uma boa mãe. — Yoongi riu fraco, ao Taehyung repreender a garota a sua frente.

Minutos se passaram e foram interrompidos por uma enfermeira.

— O horário de visitas acabou, me desculpem. — Disse, aliás já era nove e meia da noite.

Se levantaram e deram um tchau para o mais velho, saindo em seguida.

lee hajoon

Meu plano já estava em prática, sei que Hoseok está desconfiando do Park, por isso, me pediu para ir a delegacia só depois, mas como eu não me chamo Lee Hajoon a toa, eu liguei.

Estávamos voltando para sua casa quando Hoseok me pergunta algo que realmente, eu não esperava.

— Amor.. por que não confia em Yoongi? — Eu me engasguei enquanto dirigia, olhei para o mais velho e dei um sorriso forçado.

— Ele quer roubar você de mim, Hoseokie, eu te amo, ele não. — Falei nervoso, o próprio apenas sussurrou um ata e me beijou, logo descendo os beijos para meu maxilar e subindo novamente.

— Pode dizer que me ama, Hobi? — Perguntou, sorrindo. 

— E-Eu te a-amo.

— Eu também, Hoseokie.


Notas Finais


HOSEOK NÃO AMA HAJOON DE VERDADE.

pronto, soltei.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...