História Apenas 10 dias de vida - JiKook. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags 10 Dias, Amor, Biscoito, Câncer, Chim Chim, Coração Ferido, Destino Maldito, Jeon, Jikook, Jimin, Jiminie, Jiminie-ah, Jungkook, Jungkook-ah, Kook, Kookmin, Love, Park Jimin, Romance, Sad, Tristeza
Visualizações 103
Palavras 2.824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Chapter XIII- Noite de prazer.


Fanfic / Fanfiction Apenas 10 dias de vida - JiKook. - Capítulo 13 - Chapter XIII- Noite de prazer.

                         (...)

18h05min

ㅡ esse quarto de hotel é bonito. ㅡ jungkook disse assim que entrou junto com o jimin no quarto de um dos hotéis mais caros do Los Angeles. 

ㅡ é sim, agora me aguarde que eu vou tomar um banho. ㅡ o mais velho disse por último e logo entrou no banheiro fechando a porta logo em seguida.

O moreno aproveitou para tirar sua roupa e ficar apenas com a sua box vermelha, já que ele sabe muito bem o que irá acontecer alguns minutos depois.

O quarto do hotel é um dos últimos do grande prédio, então a grande vidraça da para mostrar muito bem a linda vista da paisagem de Los Angeles. A luz da lua iluminava o grande quarto escuro, deixando-o em um tom meio branco e roxo. jeon aproveitou e se aproximou da vidraça e observou cada detalhe da paisagem enquanto se preparava para fazer amor com o seu namorado.

Alguns minutos se passaram e Park saiu do banheiro nú, mas com o roupão branco por cima, tendo a visão do seu namorado semi-nú. - ele pode jurar que ficou duro só de olhar para o maravilhoso corpo de jeon; as coxas fartas, o bumbum levemente avantajado, o ombro largo e os braços músculosos.

Ah, ele se segurou para não fuder o moreno alí mesmo.

ㅡ sente-se na cama. ㅡ jungkook disse se virando para o namorado que o olhou indignado, afinal... quem é o passivo dessa caralha mesmo? Jimin obdeceu e se sentou na beira da cama enquanto mordia os lábios olhando o moreno caminhando até sí. ㅡ jimin-ah... você é tão gostoso.

O mais alto indagou manhoso e se sentou no colo do namorado; mais especificamente, em cima da ereção dele, fazendo-o arfar só com isso e pôs suas pequenas mãos na cintura fina de jeon que sorriu ladino sem tirar a atenção dos seus olhos.

ㅡ jungkook-ah, eu estou louco para te foder... ㅡ confessou descendo o olhar para os finos lábios alheios.

ㅡ então por que não fode? ㅡ o moreno sussurrou no ouvido do acizentado, logo mordendo o lóbulo do mesmo, causando um calafrio percorrer por todo corpo de jimin que, apertou forte a cintura de jeon tentando se segurar. ㅡ eu estou louco para ter você dentro de mim, daddy...

A sanidade de jimin se esgotou na hora, então sem pensar duas vezes juntou seus lábios com o do jungkook e começou um ósculo calmo e quente. o mais novo cedeu dando espaço para a lingua aveludada do amado envadir sua cavidade bucal.


As mãos grandes do kookie se encontrava em volta do pescoço do mais velho. E para deixar o beijo mais quente o moreno começou a rebolar minimamente sob a ereção de jimin que arfou quando sentiu seu membro roçar com o do jeon. Em seguida suas mãos pequenas desceram para as nádegas do alto e apertaram-as possesivamente colando seus corpos mais um no outro, e jungkook cade vez mais aumentava as reboladas, de acordo com o ritmo do beijo que esquentava a cada minuto.

Park não aguentou e chupou com voltade o lábio inferior e a lingua de jeon que grunhiu positivo e fez o mesmo nos lábios de jimin que olhou em seus olhos com tamanha lúxuria.

ㅡ deixa eu te chupar, jiminnie? ㅡ pediu manhoso, fazendo o mais velho arfar e maltratar dos seus lábios.

     Ah, céus! Como jungkook está abusado!

Jeon não esperou uma resposta e saiu do colo do namorado, para logo em seguida tirar o roupão que cobria seu corpo lentamente, deixando um Park ansioso.

ㅡ você é grande, jiminnie... ㅡ o moreno disse manhoso quando se livrou daquela peça inútil e deu de cara com o caralho do acizentado que, gemeu baixo com a fala alheia. ㅡ e grosso também, imagina isso em minha boca, hm?

ㅡ não me deixe imaginar, apenas faça. ㅡ park autoritou sem desviar o olhar do seu namorado que ajoelhou-se em sua frentre e afastou um pouco as suas pernas.

Sim, jungkook nunca fez nada disso, porém assistiu pôrno gay o suficiente para saber o que fazer e dar prazer ao parceiro.

Com calma, jeon envolveu sua destra em volta do falo eréto de jimin e começou uma masturbação lenta. Park arrepiou todos os pelos do seu corpo quando sentiu a mão alheia em contato com o seu pênis, mas não desviou o olhar dos olhos intimidantes do namorado.

ㅡ m-mais rápido amor! ㅡ o acizentado implorou e o moreno logo obdeceu bombeando-o mais rápido, fazendo-o Fechar os olhinhos e gemer alto e rouco de prazer.

Jungkook aproveitou e parou o que estava fazendo, para logo em seguida passar sua lingua humida e quente por toda extensão de jimin e chupar com voltade a glande levemente inchada que escorria pré-gozo. 

ㅡ a-anda logo c-com isso! ㅡ sem esperar mais um segundo o moreno abocanhou o caralho eréto do namorado e começou um vai e vem lento. ㅡ n-não me provoque jungkook-ah! ㅡ jimin agarrou o cabelo de jeon e começou a ditar os movimentos fodendo sem pudor a boquinha do namorado. ㅡ awn.                                                                                                                          O mais novo sentia o membro de park pulsar em sua boca. ah, e isso é tão bom. As veias se engrossaram indicando que o orgasmo do jimin estava prestes a chegar, nesse caso park soltou os fios negros de jeon e agarrou o lençol da cama com força, enquanto gemia descontroladamente, e jungkook aproveitou para massagear os testículos do namorado com os dedos.                                                                                                                                        O moreno sorriu ladino assim que o liquido quente do namorado preencheu sua cavidade bucal, e engoliu tudo com um pouco de receio por nunca ter feito isso, e mesmo que o sêmen fosse um pouco salgado, jeon faria oral mais vezes em seu namorado, pois a sensasão é ótima e torna a ser viciante.                                                                                          O corpo malhado do mais alto se estremeceu por inteiro assim que escutou o gemido longo e rouco sair da boca do amado de uma forma tão sensual. E distraido com isso notou que seu corpo fora jogado na cama e a silhueta de jimin já estava sobre sí entre sua pernas.

ㅡ devo te punir por ter me provocado tanto, Jeon? ㅡ park passava seus lábios fartos pelo maxilar do maior até chegar em seu pescoço, onde passou a ponta da lingua para provoca-lo, como se estivesse retornando um desenho. ㅡ você anda muito abusado... devo te castigar? ㅡ o moreno se encontrava com as buchechas rubras enquanto maltratava dos seus lábios para não gemer. Essa noite nem estava mais fria, o calor dos seus corpos deixava o local quente feito as chamas do inferno. ㅡ me responda! ㅡ um tapa forte fora dado na coxa do moreno que gemeu manhoso com o ato.

ㅡ s-sim... me puna Park! ㅡ falou firme e se segurando para não gemer, fazendo um sorriso peverso aparecer nos lábios do mais velho que começou a maltratar da pele do moreno enquanto brincava com os seus mamilos, deixando-os rijos. ㅡ h-hum...                                                                                Jungkook não se importava mais com nada, sua vergonha fora deixada de lado e se entregou por completo para jimin, que agora simulava estocadas no membro eréto e coberto de jeon, enquanto chupava e mordiscava seus mamilos róseos e sensíveis.

ㅡ awn! E-eu q-quero... mais, minnie! ㅡ implorou sentindo seu falo se esfregar no do namorado, criando uma fricção gostosa. Por outro lado jimin fez uma trilha de beijos até a virilha de jungkook, onde desviou o caminho para sua coxa direita deixando chupões e mordidas na pele alva e sensivel do namorado, provocando-o e deixando ele mais ansioso, do jeito que Jimin gosta. ㅡ jimin-ah, a-ande logo... c-com isso!                                                                                                                    O acizentado não deu ouvidos e continuou provando cada pedaçinho das coxas fartas de jeon, apenas para provoca-lo por ter sido muito abusado consigo, mas não pense que jimin não gostou, ele simplismente adorou.                                                                                  Em um passe rápido o mais velho rasgou a box vermelha de jungkook, jogando-a para qualquer lugar do quarto e abriu mais as pernas do namorado tento a visão mais bela e apetitosa que já imaginou. O falo de jeon estava duro feito pedra e ele estava sentindo que logo logo de desmancharia ali mesmo. O interior do moreno piscava deixado claro para jimin que está necessitando ter logo o caralho do namorado dentro de sí; algo que fez park sorrir sapeca.

ㅡ para de olhar! ㅡ o mais velho riu nasal ao ver o namorado tapar o rosto com as mãos por vergonha, então arrumou uma posição boa e apertou a coxa do maior fazendo questão de deixar a marca dos seus dedos ali, para que jeon olhasse para sí e assim ele fez.

ㅡ geme pra mim, bebê. Deixa todos desse prédio escutar seus melodiosos gemidos. ㅡ jungkook assentiu rápido com a cabeça, e sem querer deixou escapar um gemido alto e agudo quando jimin chupou com força e voltade sua glande inchada e escorrendo pré-sêmen. ㅡ ah... tão gostoso!                                                                                Park passou sua lingua aveludada e humida por toda extensão do namorado com lentidão, deixando-o mais fora de sí. Antes de tudo chupou com cuidado os testículos do maior que gemeu manhoso com o ato e implorou por mais contato, enquanto acariciava os fios cinzas do namorado.

           Ah, tão submisso á sí.                                                                                                  Sem enrolar mais nenhum segundo, o acizentado abocanhou o membro rijo do jeon e começou um vai e vem lento, para provoca-lo enquanto não desviava o olhar dos olhos castanhos e profundos de jungkook. O maior arqueou um pouco as costas e apertou o lençol da cama com uma mão enquanto a outra agarrava o cabelo de jimin que está amando a cena erótica do namorado com os olhos entre-abertos e sua boca formando quase um perfeito "o", enquanto gemia sem parar.                                                                                                                                                Assim que o orgasmo do jungkook chegou, jimin engoliu tudo e lambeu os resídeos que ainda estava no pau do amado como se fosse um pirulito. O moreno gemeu longo e rouco mechendo seu quadril querendo mais contado.

ㅡ de quatro. ㅡ park autoritou, fazendo ele abrir os olhos assustado e negar várias vezes com a cabeça.

ㅡ n-não, jiminnie... ㅡ ele estava com vergonha novamente, e o mais velho notou quando suas buchechas se ruborizaram em um tom carmim.

ㅡ de quatro, jeon. Não é um pedido, é uma ordem. ㅡ autoritou novamente com um tom rouco e sério, então com receio, jungkook ficou na posição desejada e recebeu um belo tapa em suas nádegas, fazendo um gemido manhoso e prazeroso sair da sua garganta. ㅡ empina essa bunda pra mim, amor.                                                                                                                                      O moreno fez o que foi pedido e park agarrou com vontade as nádegas do mais novo separando-as bem para logo passar sua lingua quente na entrada do namorado que gemeu incomodo e manhoso com o ato.

ㅡ j-jiminnie... ㅡ gemeu assim que sentiu a lingua do mais velho entrar e sair na sua entrada, em uma forma gostosa e sensual.

ㅡ awn, jungkookie... não posso esperar mais... ㅡ esticou seu corpo e pegou um lubrificante no criado-mudo, mas antes de prepara-lo beijou toda sua costa e passou o gel em dois dedos seus para logo em seguida introduzir um na entrada do amado.

ㅡ ah! D-dói, m-minnie... ㅡ os olhos do moreno marejaram e park movimentou seu dedo com cuidado e carinho pra ele se acostumar. Sim, para a sua primeira vez fora muito estranho, vergonhoso e incomodo, mas pouco a pouco ele se acostumou e rebolou minimamente querendo mais contato e assim jimin fez introduzindo mais um dedo em seu interior, começando a move-los rápidos em forma de tisoura. ㅡ a-ah... h-hm...

ㅡ awn, tão manhoso! ㅡ o mais velho tirou seus dedos de dentro do moreno e pincelou sua glande humida e inchada no ânus do jungkook e forçou apenas a cabeçinha para preenche-lo pouco a pouco.

ㅡ awn! ㅡ jeon gemeu alto ao sentir seu interior esmagar todo o membro do jimin que ficou um tempo parado para ele se acostumar. ㅡ m-me fode, jimin-ah! C-com força!                                                                                                                                          Implorou e toda a sanidade do menor se foi por completo, então começou a estocar rápido e com força em jeon, fazendo ambos gemerem descontroladamente e a cama rangir e bater com força na parede do hotel. As mãos do moreno agarravam com força o lençol da cama, enquanto seu cabelo era puxado com vontade por jimin, deixando o momento mais erótico e gostoso o possivel.

ㅡ ah! Isso, aí! ㅡ jungkook gemeu alto ao sentir fortes estocadas em sua prostáta, e seu namorado fez questão de acertar esse ponto mais vezes até jeon sentir seu membro pulsar e as veias engrossarem novamente. 

ㅡ de lado. ㅡ park acertou outro tapa forte na coxa do moreno após sair de dentro de sí, sem enrolar jungkook o obdeceu deitando de lado na cama e jimin deitou atrás de sí colando seu torso com a silhueta do maior e logo segurou a perna do namorado para penetra-lo novamente.                                                                                                          Desta vez as estocadas estava sendo lentas e fortes, acertando a maioria das vezes o ponto fraco de jungkook que gemia manhoso sem parar, levanto park ao delírio total, enquanto chupava e mordia a parte de trás do pescoço de jeon.

ㅡ awn ㅡ os dois gemeram unissonos ao terem jatos fortes de orgasmo juntos. Não satisfeito, jimin puxou jeon para a vidraça transparente do hotel e fez ele ficar apoiada na mesma de costas para sí, logo em seguida desferiu um tapa forte nas nádegas do jungkook que entendeu e empinou o bumbum para sí.

ㅡ jungkook-ah, tão gostoso... o que acha de eu te fuder diante essa maravilhosa vista de Los Angeles? Hm? ㅡ perguntou pincelando sua glande humida na entrada de jeon que piscava para tê-lo novamente dentro de sí.

ㅡ p-por favor, m-me faça seu novamente, eu imploro! ㅡ choramingou mechendo seu quadril minimamente, tentando enconstar mais seu bumbum na virilha de jimin que penetrou ele com força acertando de primeira sua prostáta. ㅡ awn!

ㅡ você gosta que eu te fodo assim; lento e com força... ㅡ começou á estocalo com lentidão, fazendo o gemer manhoso do jeito que gosta. ㅡ ou, assim? ㅡ começou a estoca-lo rápido e forte, fazendo o barulho de suas carnes e peles se chorarem, fazendo o barulho erótico ecoarem pelo quarto, junto com os seus gemidos altos e prazerosos. ㅡ ah, porra! Tão... fodidamente apertado! 

ㅡ a-ahh, jiminnie! ㅡ gemeu assim que park puxou seu cabelo fazendo sua cabeça tombar para trás.

ㅡ gosta disso, jeon? ㅡ sussurou no ouvido do moreno e mordeu seu lóbulo direito ainda continuando as estocadas, logo em seguida deixou um chupão perto da nuca do mais velho. ㅡ gosta de ser fodido com força, hm? Gosta de gemer manhoso? ㅡ diminui a velocidade das estocadas para provoca-lo. ㅡ me responda, jeon! ㅡ puxou seus fios com força, se deliciando com a cena prazerosa.

ㅡ s-sim, eu g-gosto. ㅡ arfou e suas paredes internas esmagou mais uma vez o caralho eréto do park dentro sí, fazendo-o gemer rouco em seu ouvido. ㅡ jimin-ah, m-mais rápido...                                                                                                                                        Os gemidos, os barulhos eróticos, o cheiro de sexo, era á única coisa que podia ouvir e sentir dentro do quarto do hotel.                                                                                                        A paisagem de Los Angeles, a luz da lua, os sentimentos misturados, deixava o momento melhor para ambos.                                                                                                                  Quando chegaram ao limite, as pernas de jungkook fraquejaram e quase desabou no chão, porém park segurou sua silhueta e levou-o até o banheiro, onde fez se sentar em seu colo na banheira pronta com água e pétalas vermelhas e azuis.

ㅡ cavalga, bebê. ㅡ jimin autoritou ainda com o seu falo dentro do jeon, que juntou todas as suas forças e começou a quicar com força no pau do namorado que gemia sem parar, e com as suas mãos nas nádegas do moreno ajudando-o com os movimentos delicíosos.                                                                                                                Assim que chegaram no limete novamente, jungkook descançou sua cabeça no ombro do amado e fechou seus olhos tentando recuperar sua sanidade e o fôlego, pois ambos estavam ofegantes.                                                                                                                  Hoje, com certeza é um dos melhores dias de jungkook, assim como para jimin também. Eles não fizeram sexo, e sim amor, pois ambos sentiram e ainda sente amor um pelo outro, e sim, o momento fica mil vezes melhor quando tem sentimentos á mais, e ambos sabem disso e por isso que amaram tanto a 'foda.                                                                                                                                              Ambos estava sorrindo feito bobos, enquanto se lembravam de alguns minutos ou horas atrás do ocorrido. Jeon adorou sentir o membro do park saindo e entrando dentro de sí, e mesmo que fosse algo estranho, ele amou essa sensasão nova, e queria passar o resto da sua vida beijando e fazendo amor com o seu amado.                                                                                                                            Por outro lado, jimin se sentiu renovado de novo, com o coração transbordando amor. Fora uma das primeiras vezes que se deitou com um homem e em todos os casos ele foi o ativo na relação, pois gosta de dominar, e a sensasão de foder o seu namorado superou todas as suas transas, quanto que á dos homens e também as das mulheres.

ㅡ ah, meu amor, ainda não acabamos.

   Pois é, hoje a noite vai ser longa...


Notas Finais


Me desculpe se esse lemon estiver uma merda, sério.
Eu criei um hot yaoi perfeito em minha mente, mas quando eu começei escrever parece que tudo ficou em branco e tive que repensar novamente, e saiu isso ai. :(

Me diz se ficou bom, por favor. Eu sou muito insegura, então preciso da opinião de vocês, mas cuidado para não me magoar, eu sou sensível. Kkk

Enfim, espero de verdade que tenham gostado, me diz o que ACHARAM por favor. ^-^<3

Até o próximo cap.

BYE BYE AMORES <3 <3 ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...