História Apenas Amigos - Yoonkook - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Beta, Jungkook!alfa, Jungkook!top, Minjeonj, Ômega, Sugakook, Sugakookie, Yoongi!beta, Yoongi!bottom, Yoonkook
Visualizações 712
Palavras 1.580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Make It Right


     



       Namorando. Eu, Min Yoongi, estou namorando. Como se já não fosse informação o suficiente para me deixar apavorado, a pessoa do qual agora irei chamar de namorado é um alfa lúpus, uma espécie rara entre todas as classes, e eu sou apenas um beta. A pessoa que agora irei chamar de namorado é o homem que sempre amei e nunca pensei que um dia iria corresponder meus sentimentos: Jeon Jungkook.

   Aperto meus braços ao redor de sua cintura e apoio meu rosto em seu peito, ouvindo as batidas rápidas, assim como as minhas, de seu coração. Fico alguns segundos em silêncio, sentindo o calor do seu abraço que tanto me acalma.

— Namorados... — sussurro desacreditado, soltando uma risadinha depois. Ainda é surreal pensar sobre isso.

— É, namorados — o alfa concorda, se afastando um pouquinho para poder me encarar — Você está feliz?

  Balanço a cabeça incapaz de falar e abro um sorriso, recebendo outro em troca. Tudo isso parece um sonho e se for não quero acordar jamais.

— Não sei como agir agora — confesso baixinho, desfazendo o abraço — Sabe... como namorados.

— Do mesmo jeito só que agora temos alguns extras, porque agora somos namorados — sua voz soa maliciosa e estreito os olhos.

— Nós vamos realmente ficar falando namorados a cada dez segundos? — solto uma gargalhada e ele me acompanha.

— Tudo bem, namorado. Então vamos falar sobre os extras? — entra na brincadeira.

— Extras, é? Me dê um exemplo — passo minhas mãos ao redor de seu pescoço e fico na pontinha dos pés para lhe alcançar.

— Com muito prazer, meu amor — sussurra antes de colar seus lábios nos meus, em um beijo afoito e apaixonante.
  

    Nossas línguas dançam entre si numa sintonia perfeita e nossas bocas se encaixam de uma forma que deixa claro de que fomos feitos um para o outro. Não há ninguém no mundo que me faça ter todos esses sentimentos bons e todo o frio na barriga que sinto ao estar perto do Jeon.

— Namorados? — sussurro separando nosso ósculo, ouvindo sua risada gostosa.

— Definitivamente namorados.

       《....》

     A reação dos meus pais ao me verem sair de mãos dadas com o alfa foi um tanto quanto engraçada. Meu pai arregalou os olhos mas logo depois sorriu satisfeito dizendo que sempre soube que iríamos ser um casal. Realmente, o alfa sempre nos apoiou até mesmo quando eu já havia desistido. Já minha mãe colocou em seu rosto uma carranca desgostosa e olhou para meu irmão como se o culpado disso tudo fosse ele. O ômega, por sua vez, ignorou nossa mãe e me abraçou forte, sussurrando que estava feliz por nós dois finalmente nos aceitar para viver nosso amor.

   Tirando a reação de minha mãe, meu pai e meu irmão nos deram muito apoio e isso foi realmente necessário para nós dois que ainda temos muito caminho pela frente contra o preconceito da maioria das pessoas. Se estivermos juntos e tivermos pessoas que nos amam e que nos apoiam, tudo será mais fácil.

    Pela primeira vez na vida não me senti inferior. Pela primeira vez na vida me senti como se eu fosse a primeira opção na vida de alguém e esse sentimento é muito bom. Se for um sonho não quero acordar jamais, quero poder andar com Jungkook na rua, da mesma forma que estou fazendo agora, todos os dias das nossas vidas. Quero ter uma linda história de amor, aquelas bem dignas de filmes adolescentes clichês. Quero poder andar de bicicleta nas margens do Rio Han com nossos filhos. Eu quero, quero tudo isso e o mais importante, quero ser feliz.

   Minha mão está entrelaçada com a do alfa e sinto o calor que seu toque traz para meu corpo. Ele me aquece, ele me faz borbulhar por dentro e as famosas borboletas no estômago continuam no mesmo lugar batendo suas asas cada vez mais rápido.

— Está tão pensativo por que? — Jungkook pergunta tirando-me dos devaneios.

   Viro meu rosto e encaro o seu, sorrindo pequeno para o maior.

— Em nós dois — confesso.

— E isso é bom? — pergunta divertido.

— Acho que sim, não? — solto uma risadinha quando ele levanta sua mão e me faz dar um giro no lugar.

— É sim — captura meus lábios em um beijo rápido, me deixando envergonhado com as pessoas passando ao nosso lado.

    Senti meu rosto ficar vermelho mas apenas balancei a cabeça e botei um sorrisinho nos lábios. Um sorriso feliz, afinal nunca imaginei que isso um dia poderia acontecer com nós dois. Bom, até imaginei porém éramos tão jovens que nunca seriamos levados a sério. 

— Sabe, agora somos namorados mas mesmo assim somos tão diferentes. Como os outros vão reagir a isso? — pergunto baixinho, encarando nossas mãos e depois as poucas pessoas na calçada em nossa frente.

— E desde quando elas precisam reagir?

— Elas vão falar, você sabe. Ainda mais na faculdade...

— E nós não deveríamos nos preocupar com o que elas dizem ou deixam de falar, Yoon. Se fizermos isso nunca vamos ser felizes e o nosso passado é a prova disso. Eu sei que crescemos ouvindo o quão errado isso é mas cabe a nós dois mudarmos esse sistema e passarmos por cima dele. Nós vamos voltar para aquela faculdade e mostrar para todo mundo que um alfa pode sim ser muito feliz com um beta, sabe porque? 

 — Por que? — pergunto baixinho, subindo meus olhos para os seus.

— Porque a única coisa que importa é o amor, nada mais que isso — sem esperar nenhum segundo a mais, o alfa me puxa para os seus braços e me abraça com força, acariciando meus fios de cabelo enquanto sinto meu interior se acalmar aos pouquinhos e finalmente me sentir seguro novamente.

      《....》

               No dia seguinte...

      Talvez, só talvez, nós tenhamos demorado mais que o normal para voltar as nossas atividades normais de universitários e agora estamos perdendo nosso primeiro dia de aula depois das nossas mini férias. 

   Fui obrigado a ouvir meu irmão reclamar durante o caminho todo que isso tudo era culpa de mim e de Jungkook porque não saímos ontem a noite para encarar nossa pequena viagem de algumas horas. O ômega tinha razão, afinal resolvemos sair hoje pela manhã e é por esse motivo que agora, quase quatro horas da tarde, estamos chegando nas republicas do campus para irmos até nossos dormitórios.

— Era uma aula importante... — o Min mais novo bufa outra vez, puxando a mala do táxi — Nunca mais vou pra casa com casal meloso, Deus me livre.

— Desde quando você ficou contra o amor, hein? — pergunto divertido, empurrando seu ombro de leve.

— Olha, acho que vocês trocaram de papéis aqui — Jungkook entra na conversa depois de pagar o taxista e tirar sua mala de dentro do carro  — Meses atrás seria um Min Yoongi rabugento e sem nenhum pingo de paciência. 

— Será que Min Jimin está apaixonado por alguém e não quer nos contar? — pergunto curioso, arqueando a sobrancelha quando o ômega arregala os olhos e sai arrastando sua mala em direção aos dormitórios.

— Vocês estão loucos — dispara alto — Só não queria perder essa aula!

     Deixamos meu irmão se afastar o suficiente para esfriar a cabeça e só depois seguimos o mesmo caminho. Como nosso dormitório é o mesmo, não tivemos pressa nenhuma de chegar até lá. O horário permitia livre acesso em todos os corredores pois os acadêmicos estavam dentro de suas respectivas salas.

— Sabe, nós dormimos no mesmo quarto agora — o alfa murmura abrindo a porta, me deixando entrar primeiro.

— É, eu sei disso desde o começo do semestre — reviro os olhos, me jogando na cama — Esqueceu, foi?

— Não, não esqueci — fecha a porta e se vira em minha direção, abrindo um sorrisinho — Amor, que tal nós termos uma cama só nossa? 

— Não entendi — balanço a cabeça confuso.

— Digo, e se nós dois tivermos uma só...

— Espera, por que você não sugeriu isso antes?  — o interropo. Me levanto rapidamente e coloco as mãos na cintura — Que tal fazermos uma boa mudança em nosso dormitório, Jeon Jungkook? Podemos arrastar isso para cá e aquilo pro outro lado, vai ficar legal.

— Ah, não seria uma má ideia mas eu estava pensando em nós alugarmos um lugar só para nós dois. Sem republica, sem pessoas fazendo bagunças no corredor. Um lugar só nosso, sabe?Pensei que você gostaria de morar comigo — ele dá de ombros e passa as mãos nos cabelos mostrando seu nervosismo.

  Isso é sério? Ele quer mesmo dar um passo tão grande quanto esse?

  Sem pensar duas vezes corro até o alfa e enlaço meus braços ao redor do seu pescoço, não conseguindo conter o sorriso que alarga meu rosto. Entre todas as possibilidades que imaginei em minha mente nessa nova fase da nossa vida, morar juntos agora nunca foi uma delas. A simples menção disso me faz querer saber como é viver como um casal realmente, como se estivéssemos sendo uma pequena família.

— É claro que gostaria de morar com você, Jungkookie — confesso meus sentimentos mais profundos, fechando os olhos e sorrindo ainda mais ao sentir o alfa retribuir o gesto, girando meu corpo de leve pelo ar.

Então é isso, nós vamos morar juntos, pequeno.


Notas Finais


queria dizer que estou um pouco sumidinha pq as coisas na faculdade estão beeeeem cansativas mas prometo tentar voltar o mais rápido possível, de verdade.

até a próxima e obrigada pelo carinho que vocês tem dado a essa fic.. estamos quase chegando aos 1k 🥺🥺🥺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...