História Apenas Amigos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 1.265
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Festa, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Estou um pouco sumido, mas era por falta de tempo é criatividade! Kkkk
É um livro que fala sobre amor e amizade..
Não se apeguem a personagens e a casais, pois tudo pode mudar kkkk
Dêem suas opiniões, pois levarei muito em conta o que os leitores querem..
Até
Boa leitura

Capítulo 1 - Califórnia


Um

Todos estavam reunidos na casa de Alice, tanto a família dela quanto a de Jason. Era o dia da ida para a Califórnia.

Ela estava ansiosa, mas ele ainda nem tinha chegado. Ela já esperava por isso, sabia que ele estava se despedindo de uma de suas “minas”.

Depois de algumas horas de espera, quase na hora do voo, Ele chegou.

-Até que enfim! -disse ela.

-Sabe como é né. -respondeu rindo.

Ela deu um soco em seu braço, o fazendo rir ainda.

-Vamos logo! -disse ela, saindo um pouco brava.

Depois de alguns choros e abraços das famílias, o pai de Alice os levou ao aeroporto, que era perto da casa deles.

Quando chegaram, Alice foi logo ao portão de embarque, mal se despedindo de seu pai. Mas Jason o acompanhou bem de vagar.

Os dois eram pessoas opostas, Alice não era muito família, mas era caseira. Jason era muito apegado a família e era festeiro. Duas pessoas opostas que se completavam na amizade, por isso davam tão certo juntos, por serem opostos.

-Vamos logo Jason! -gritou ela.

-Calma! -respondeu ele. -Se despede do seu pai!

-Ai, que coisa chata! -resmungou, Indo abraçar o pai.

Foi um abraço rápido, Mas deixou o velho feliz. Logo após ela correu novamente para o portão de embarque, deixando as malas para Jason carregar.

-Obrigado Jason. -disse o pai dela.

-Ela vai mudar. -respondeu ele. -Vai sentir saudades, o senhor vai ver.

-Deus te ouça Jas.

Eles se abraçaram.

-Cuida bem da minha filha!

-Sempre! -respondeu, rindo e se afastando.

Chegou perto de Alice que já estava entrando.

-Demorou demais! -disse ela. -Vamos!

-Espera! -disse Jason com autoridade. A fazendo parar.

-Nossa. -disse ela, não tão surpresa.

-Só assim pra você parar. -disse ele. -Pega sua mochila pelo menos.

-Não precisa ser tão rude. -resmungou.

-Rude? Da mesma forma que você foi com seu pai?

-Não fui rude, só não queria abraça-lo.

-Sabe que odeio quando você faz isso né?

-Deveria ter se acostumado já.

-Nunca vou me acostumar. -disse ele. -Você tem que parar com isso!

-Nem toda família é perfeita igual a sua Jas!

-Nada é perfeito Ali. -respondeu ele. -Mas acima de tudo, seus pais te amam, e não importa o que tenha acontecido.

-Como você pode ver amor em tudo?

-Por que existe amor em tudo! -respondeu a abraçando e entrando no avião.

Sentaram-se lado a lado no voo, Alice na janela e Jason na poltrona do meio, e uma outra garota ao seu lado. Uma garota com olhos claros e cabelos loiros até um pouco abaixo do ombro, bonita.

Alice cutucou Jason para que ele visse. Mas ele mal deu bola.

-O que foi? -perguntou ela, surpresa. Pois achou que ele iria logo se interessar.

-Como assim?

-Uma menina linda do seu lado. -sussurrou. -E você nem aí.

-Acha que dou em cima de qualquer uma que aparece?

-Pelos Quinze anos que conheço você, e pelos nove que você descobriu o que são “mulheres”. Bom, acho sim. -respondeu rindo, e o fazendo rir.

-Foco nos estudos agora. -respondeu ele.

Ela o olhou bastante surpresa.

-Quem é você? -perguntou brincando.

-Engraçadinha! -respondeu rindo e a abraçando. -Agora somos só eu e você!

-Contra o mundo! -completou. -Algum dia foi diferente?

Ela deitou em seu ombro, e o avião decolou.

Ficaram todo o tempo ali, juntos, abraçados. Quem olhava podia até pensar que eram mais que amigos, que eram um casal, mas essa era a última coisa que eles pensariam naquele momento.

Se conheceram quando Alice se mudou para a cidade, para a casa ao lado da casa de Jason. Ele desde pequeno era muito comunicativo, então quando a viu chegando, foi logo falar com ela, E eles tinham apenas cinco anos de idade. Desde então não se separaram mais. Estudaram juntos, cresceram juntos, E eram inseparáveis.

Quando completaram doze anos de idade, e descobriram o que era gostar de alguém de uma forma diferente, prometeram nunca se apaixonarem um pelo outro, e só namorar com alguém que não os separasse. E levaram essa promessa a sério, e nunca namoraram.

Jason era o galinha da escola, mas nunca deixou que isso atrapalhasse na amizade deles. Deve ser por isso que não namorou, por que sempre colocou Alice a frente de qualquer outra garota. E Alice, nunca encontrou um cara de quem ela gostasse de verdade, e os que apareceram, Jason os descartou só de olhar, dizia que eles eram iguais a ele, então não era homem para ela. E ela concordava com ele.

Faltavam alguns minutos pro avião pousar, e Alice estava dormindo, Jason arrumou as coisas delicadamente para não acerta-la.

-Vocês formam um casal bonito. -disse a menina ao lado dele.

-Não somos um casal. -respondeu ele, sorrindo, com um pouco de vergonha.

-Ah, desculpa. -respondeu ela.

-Tudo bem. -respondeu. -Eu sou Jason, e esta dormindo aqui é a Alice.

Ela sorriu.

-Eu sou Hannah. -disse ela estendendo a mão.

Se cumprimentaram, e então Alice acordou.

-Ate que enfim! -disse ele.

-O que eu perdi? -perguntou ela.

-Alice, está é a Hannah. -apresentou.

-Muito prazer. -disse Hannah.

-Oi. -respondeu ela com um pouco de antipatia.

Jason a cutucou para chamar atenção dela.

-Como começaram a conversar? -perguntou Alice.

-Começamos agora pouco. -respondeu ele, rindo. -Ela achou que fossemos um casal.

-É, aí ele disse que são só amigos. -Completou, Hannah.

-É, muitas pessoas acham isso. -disse Alice, ainda um pouco antipática.

A conversa entre Jason e Hannah continuou até o avião pousar, Alice não parecia estar confortável com isso, então ficou apenas olhando.

-Toma. -disse Hannah, o entregando um cartão com seu telefone. -Caso queira sair algum dia.

-Ah, obrigado. -respondeu ele, sem graça.

-Foi um prazer conhecer vocês. -disse ela indo embora.

-O prazer foi nosso. -respondeu Alice.

Quando Hannah se afastou bastante, Alice cutucou Jason.

-Disse que não ia dar em cima dela!! -resmungou.

-Eu não dei em cima dela! -respondeu ele, rindo. -Ela que puxou assunto.

-E você deu bola. -continuou.

-É claro. -disse, ainda rindo.

-Não gostei dela. Não vai ligar né?

- Não sei. -brincou. –Ainda não pensei nisso.

-Olha a nossa regra!

-Eu tô brincando, não vou ligar.

Saíram do avião e foram pegar um táxi. Jason carregando as malas novamente, Alice apenas com a mochila. O apartamento que eles iam ficar era ali perto. Um prédio enorme, a dois quarteirões da faculdade.

Ao chegar na recepção, Alice sentou-se enquanto ele foi resolver tudo para pegar a chave. Não demorou muito, ela foi chamada.

-Apartamento n° 25! -reclamou. -É muito longe!

-Para de reclamar!

Foram até o elevador.

Quando a porta se abriu, um garoto já estava lá. E então eles entraram.

-Você só reclama. -disse Jason.

-Claro, fica lá em cima. -disse ela. -Vai demorar um século pra chegar.

-Fica no quinto andar Alice!

-Aqui tudo parece ser maior, mas é pequeno. -disse o garoto. -Sou Ethan, pelo visto, seu vizinho de andar.

-Prazer, Sou Jason. -disse ele apertando sua mão. -Essa reclamona é Alice.

-São novos na cidade?

-Sim. -respondeu Jason. -Viemos pra faculdade.

-Stanford?

-Isso.

-Então vamos nos ver muito. -disse Ethan, sorrindo. -Vou começar esse ano também.

-É bom conhecer alguém antes das aulas. -brincou Jason.

-Pra já ter alguém. -respondeu Ethan, rindo.

-Exato.

Quando o elevador se abriu, eles não sabiam se era para direita ou esquerda.

-Qual apartamento? -perguntou Ethan.

-25.

-Esquerda. -respondeu ele. -O meu fica pra direita, n° 35.

-Obrigado Ethan. -disse Jason. -Até mais então.

-Até.

Quando entraram no apartamento, era como um sonho realizado para os dois. Morando juntos, em outra cidade, prestes a começar a faculdade dos sonhos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...