História Apenas Amigos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Daryl Dixon, Lori Grimes, Merle Dixon, Rick Grimes
Visualizações 14
Palavras 579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii pessoinhas!
Boa leitura
(^ͺ^)

Capítulo 1 - Tempestade


Fanfic / Fanfiction Apenas Amigos - Capítulo 1 - Tempestade

A tempestade está cada vez mais forte ,Raios trovões, relâmpagos e pra piorar errantes vagam ao redor,Daryl tem apenas duas flexas uma delas esta quebrada Rick também está sem munição apenas com o machado em punho.lá longe eles veem um pequeno celeiro, correndo e empurrando os" mortos " pelo caminho chegam ao lugar onde rapidamente fecham a porta, dentro tem apenas um errante com as tripas de fora e a mandíbula quebrada soltando grunidos assustadores indo em direção a Rick que facilmente com seu machado acerta a cabeça perfurando o cérebro assim finalmente dando um fim naquele pobre coitado que um dia teve uma vida. ..uma família

Os dois sobreviventes olham em todo o lugar pra ver se está bem fechado e se não tem mais "mortos", O celeiro é pequeno há apenas feno espalhados pelo chão e algumas caixas onde Daryl vasculha procurando algo que possam usar talvez roupas, um cobertor ou outra coisa que possam se secar pois estão completamente molhados,mais não tem nada disso apenas album de fotos de famílias felizes, sorrindo como se a vida fosse bela e os problemas não existissem...Estão mortas...Estão todas mortas é o que Daryl pensa olhando para as fotografias.

Deixando esses pensamentos de lado, ele procura mais no fundo da caixa o que acaba encontrando uma duas,sim três garrafas de vodka, o que ele julga ser uma porcaria de bebida porém foi um bom achado.. Ao menos após alguns goles poderão se esquentar

Rick após ver todo o lugar se certificando que está seguro para passar a noite e olhar a procura de algo que possam comer mas nada encontra, exausto tenta acender uma pequena fogueira onde ao menos possam secar sua bota e suas roupas. tira a camisa e põem sobe um varal improvisado.Em seu corpo pode se ver vários hematomas e cicatrizes que foi colecionando ao longo desses anos insanos,também está lá a cicatriz do tiro que o fez ficar em coma e acordar nesse louco novo mundo.Daryl se aproxima carregando a caixa com as bebidas e com um sorriso nos lábios o que é raridade para um dixon, anda até o ex policial que está parado em frente a fogueira com as mãos na cintura olhando muito concentrado para o fogo.vendo aquela cena Daryl lembra de como se conheceram, não foi nem um pouco amigável também quem dera ele odiava policiais,mais depois de tudo o que passou das dores das muitas perdas começou a gostar desse que agora é assim como ele próprio apenas um sobrevivente, um homem que aprendeu a chamar de amigo,mais não é só uma amizade fraternal que Daryl sente é mais...é uma necessidade de estar sempre perto, de saber se está bem oh sim... talvez isso seja amor certo? Querer o bem de outra pessoa, querer ouvir sua voz, sentir-se bem ao lado dela.

- Hei achou alguma coisa? - Rick pergunta ao notar a aproximação de Daryl

- hamm...três garrafas dessa. porcaria. - Daryl responde saindo de seus pensamentos tirando uma garrafa da bebida mostrando para Rick que a pega dando um pequeno sorriso.

- Sabia que ia gostar.- Daryl fala por um momento de vacilo perdido naquele belo sorriso.

- Como assim?  - Rick franse a testa nao entendo o que ele quis dizer com isso

- Nada nao esquece ...vamos beber

Eles sentam-se perto da fogueira  um ao lado do outro.Daryl ve que Rick esta todo arrepiado obviamente com frio,assim se aproxima ainda mais para que com o calor de seu corpo possa esquenta-lo.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...