História Apenas amigos: Jikook - Capítulo 58


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Fluffy, Jikook, Yaoi
Visualizações 113
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Mistério, Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EAE, VOLTEI ANTES DO ESPERADO, POR VOCÊS ME PEDIREM BASTANTE PRA CONTINUAR.

FALTA POUCO PRA MIM FAZER UM CAPÍTULO SOBRE FATOS SOBRE MIM.

Obs: Eu irei posta amanhã esse porra.

Então favorita essa merda aí.


🌚BOA LEITURA🌚

Capítulo 58 - O sumiço


Fanfic / Fanfiction Apenas amigos: Jikook - Capítulo 58 - O sumiço

Capítulo 58

O sumiço

Após os Jimin e Jungkook chegarem ao destino - Escola - os mesmos se despediram das mães. Seguiram para dentro do grande edifício, tendo de encontrar Yoongi no corredor. Os mesmos foram até ele.

.•°<°•-Narrado por Jeon-•°>°•.

Avia chegado perto do meu armário, abrindo-o, Jimin ao meu lado dizendo coisas aleatórias. Aos poucos chegava novos alunos, que supostamente eram de nossa sala

Yoongi: Eai seus Caralhos de 10cm. — Vem em nossa direção, dando um leve tapa em nossas nucas, grunidos foram ouvidos de nossa parte. — Mano... Que babado... — O moreno diz com uma cara risonha.

Jimin: Para de drama e fala logo caralho! — Jimin diz em um tom risonho, dando leves tapas no braço de Yoongi.

Yoongi: Tem um novo aluno na sala de aula. — Sorrir de canto.

Jungkook: E eu com Isso? — Dou de ombros.

Yoongi: Acontece, "senhor ignorante" que o garoto parece um morto vivo. Aterrorizado. — Diz enfatizando a última palavra. Dou uma risada junto com Jimin. — É sério. Ele é muito estranho, descobrir por uma das meninas da nossa sala, que ele se chama Ronald. Muitas pessoas dizem que a família dele come crianças. — Dá uma risada seguindo de outras.

[•••]

Tínhamos acabado de entrar na sala de aula, antes disso, acabará por comprimentar os alunos da nossa sala. O professor entra, logo de cara mandando todos se sentarem aos seus devidos lugares.

Um garoto de capuz preto, com uma calça da mesma cor, seguido entre os joelhos rasgados, vinha pois de cabeça baixa, passando pela porta. Logo toda classe começará a resmungar um para o outro, Jimin e eu nos olhavamos pensativos.

— Olha só... O garotinho que assusta crianças! — Um dos alunos debocha da presença do garoto, o mesmo foi tristonho para o fundão, sendo acertado por bolinhas de papel, o garoto era massacrado pela turma.

— Cuidado... Ele pode comer seu celebro. — As gargalhadas debochadas ecoavamem toda classe.

Yoongi: É esse aí... — O baixinho sussura, apontando discretamente para o garoto, que já sentado, posiciona a mochila da cor cinza na carteira. Jimin e eu concordamos com a cabeça.

— Silêncio! Senhor Ronald, certo? — O professor vem na direção do garoto, junto a uma prancheta.

— S-sim... — O garoto diz baixo, fitando o caderno sobre a mesa.

— Depois da aula, compareça a diretora, por conta de atraso, você atrapalhou minha aula. — O garoto acente com a cabeça.

[•••]

Avia chegado a segundo melhor horário da escola - Hora do recreio - toda nossa turma desceu, indo para a lanchonete, como vocês sabem - Bagunça; tumulto; gritaria; - Jimin e eu seguimos para o refeitório, sentamos junto ao Yoongi na mesa.

O garoto chamado ronald, acabará por senta na mesa do lado, sozinho.

Jungkook: Esse garoto precisa de amigos. — Bufo fitando o discretamente o garoto comendo um sanduíche rapidamente.


Yoongi: Seja amigo dele, depois vire o jantar. — Dá uma risada curta. — Só queria ver direito o rosto do garoto...

Jimin: Huh. Podemos conversar com ele, que tal? — Jimin sorrir malicioso.

Jungkook: Eu acho melhor não... Vamos dá um tempinho, precisamos conhecer esse garoto melhor, o que sabemos por enquanto é o nome dele. — Dou de ombros, todos concordam com a cabeça.

— Ei garoto estranho... Não acha que esse lanche não cabe bem com você, gordo. — Um dos garotos da nossa sala vai até o Ronald, arrancando o sanduíche do mesmo, arremeçando para longe. — Vai chorar?... Viadinho de merda.

— Por que não come um celebro? — O grupo de garotos começam rir bochados, Ronald apenas ouvia tudo calado. — Seu estranho. Parece um morto vivo. Aberração. — Diz puxando o suco da mão do garoto, jogando o mesmo para longe.

Víamos a cena todos calados, não podíamos fazer nada, não conhecemos o garoto, nem o motivo dos demais estarem fazendo bullying com o mesmo. A única coisa que eu sei, é que isso tem que acabar, de várias formas.

[•••]

O recreio passou normalmente, Jimin e eu fomos para o bebedouro, acabamos se atrasando para entrar na sala de aula.

Quando chegamos, encontramos um grupo alunos reunidos ao redor da mesa do professor, pareciam discutir algo, o professor anotava tudo em uma prancheta.

— Eu não tô encontrando meu estojo!!! — A garota dizia raivosa, mexendo na mochila.

— Minha caneta sumiu.

Jimin: O que aconteceu? — Diz com os olhos arregalados, vendo o desespero da turma.

— Aquele tal de Ronald roubou nosso material. — O garoto diz raivoso.

— Sim, ele roubou nosso material, de quase toda turma. Querenos vingança desse ladrãozinho. — Dizia em um tom raivoso.

Jungkook: Calma. Não podemos acusar sem provas. — Dizia tentando acalmar a turma.

Yoongi: O Jeon está certo. Devemos esperar, até chegar as provas, não podemos acusar o garoto. Nem olharam as câmeras do corredor. — Deu de ombros.

Jimin: Ele está certo. Vamos fazer assim, cada um olha sua mochila, se tiver faltando algo, comunicamos ao professor. — Todos concordam com a cabeça, voltando aos seus devidos lugares.

— Esse garoto vai ver só. Ladrãozinho de merda.

[•••]

A aula finalmente acabou, depois disso, fui para casa do Jimin -por causa de um trabalho em duplas sobre os países da América - logo depois de passar na minha residência.

Estava a chegar na casa de Jimin, sendo recebido pela primogenitura do loiro. A mesma abre a porta e sorrir para mim, retribuo o sorriso, com a permissão da mesma entro na residência Park.

Sr Park: O Jimin está no quarto. Pide subir lá. Ele disse que você vinha, Jeon. — A mesma sorrir meigamente, comprimento a mais velha, subindo as escadas, indo diretamente para o cômodo do Park.

Jimin: Jeon! — O mesmo solta um grito ao me ver em sua frente. — Estava com saudades. — Dou uma risada ao senti o aperto do abraço do baixinho.

Jungkook: Mas... Só passou uma hora que nós se separamos. — Dou uma risada com à atitude do pequeno.

Jimin: Eu tava stalkeando o tal de Ronald. Soube que a família dele mora a duas quadras da nossa rua. — Olho para o Jimin dando de ombros. — Me escuta caralho!... Voltando, eu pesquisei o histórico escolar dele, soube que ele estoudou em uma instituição de uma escola japonesa, o histórico dele é incrível, muitas notas altas.

Jungkook: Casa com ele então... — Faço um bico, revirando os olhos, ouço uma risadinha do Jimin.

Jimin: Está com ciúmes? — Me olho risonho.

Jungkook: Não. Pode voltar a contar sobre esse Ronald aí. — Jimin dá outra risada, dando leves tapas no meu braço.

Jimin: O garoto tem uma péssima reputação de comportamento. — Dá de ombros, arregalo meus olhos, franzindo o cenho. — Isso é uma das prova que, supostamente dizem em favor que ele é um tremendo deliquente.

Jungkook: Eu ainda acho estranho, essa história. Depois da aula, não vi ele, nem na diretoria. — Dou de ombros.

Jimin: Vamos esquecer esse garoto. Que tal?... — Sorrir malicioso, dou uma risada ao ver a cara do pequeno.

Jungkook: "Que tal" fazemos o nosso trabalho, senhor Park... Depois namoramos um pouco. — O mesmo faz uma cara triste, fazendo bico bufando. — Vamos terminar esse porra de trabalho de geografia.


Notas Finais


ATÉ A PRÓXIMA. SENTA O DEDO AÍ, COLOCA ESSA MERDA NOS SEUS FAVORITOS, QUE A TIA AQUI FICA FELIZONA PRA CARALHO.

UM QUASE HOT, TROSLEI VOCÊS DANADINHAS. NO PRÓXIMO QUEM SABE🌚😏💕

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO BEBÊS 😏💗💗💗💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...