História APENAS (MAIS QUE) IRMÃOS.- (Taekook - Vkook - Incesto) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Incesto, Kooktae, Kookv, Namjin, Taekook, Vkook, Yoonminseok
Visualizações 1.308
Palavras 1.420
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiii minhas princesas e meus princesos, como estão? Espero que bem! ❤

Perdão pelos erros e boaa leitura ❤📚

Capítulo 13 - Capítulo 13 - Apenas (mais que) o primeiro boquete.


Apenas (mais que) Irmãos.

 

- Por qual motivo temos que ensaiar um jantar? Poxa, é só comer, eu sou especialista nisso. – falava para minha omma que arrumava meu terno branco.

- Tem certeza que quer o branco?

- Claro omma, quero uma cor mais neutra do que o terno que usarei no casamento.

- Faz sentido. Agora respondendo sua pergunta, temos que ensaiar por ser algo chique ok? Por mim não ensaiaríamos, mas o appa de vocês é um homem reconhecido ou seja, ele aparecerá em capas de revistas.

- A senhora também é uma mulher importante. Dona de uma das maiores empresas de moda.

- Falando nisso, você será a capa da revista de fim de ano, ok?

- O quê? Eu não sei nada de modelagem, omma.

- Não me importo. Você será sim.

- Mas, por quê? Chama o Jungkook, ele é lindo vai chamar a atenção.

- Você também é lindo. E eu quero você, então vai ser você, e se negar eu proíbo você de sair de casa e ter qualquer contato com seus amigos ou com o próprio Jungkook.

- ‘Tá bom, ‘tá bom. – me dei por vencido.

- Ei! – Hee-chul entrou no quarto. – Wow, vejo que escolhi bem minha esposa. Olha que princesa.

- Me respeita! Sou rainha, não princesa. – disse fazendo-nos rir.

- Ok, ok rainha. Podemos ir? – assentimos e seguimos o mais velho até o lado de fora da casa.

Com certeza, esse jantar será um saco.

 

(...)

E como previsto, o jantar foi o ó do borogodó.

Tantas pessoas “importantes” – mas que para mim não faziam diferença alguma – que se gabavam pelo seu dinheiro, me causando R A N Ç O.

Mas, a comida ‘tava gostosa. E agora, felizmente, poderei dormir sem nada para atrapalhar.

- Kim Taehyung! – Jungkook entrou no quarto.

- Lá vem. Que é peste? 'Tô tentando dormir.

- Larga de ser grosso comigo, por favor? Obrigado!

- Aish, fala logo que eu quero dormir.

- Quem falou que você irá dormir? Eu não ‘tô conseguindo dormir.

- O que eu tenho a ver com isso? Fecha o olho e fica deitado que o sono vem.

- Aish... Eu não consigo dormir sem você!

- Te vira rapaz. – afundei minha cara no travesseiro e apontei o dedo para onde eu acreditava ser a porta. – Vaza.

- TaeTae?

Eita, ele me chamou manhoso? Eita... Eita... Não vou resistir.

- Anda, anda. Quero dormir.

- TaeTaezinho?

- “TaeTaezinho” é o meu piru. – me sentei na cama.

- Posso ver? – sorriu malicioso.

- Larga de ser pervertido.

- Mas, eu só quero ver, eu deixo você ver o Jeonzinho. – sorriu malicioso de novo e veio engatinhando até mim ficando por cima.

- Olha, eu não quero. Mas, se você quiser... Aí eu quero.

Meus lábios foram tomados com agressividade, fazendo-me assustar, mas logo responder ao contato.

Inverti as posição e sentei em seu colo com uma perna de cada lado de sua cintura. Ele levou suas mãos até minha coxa as apertando e eu levei minhas mãos até os botões de sua camisa do pijama a desabotoando.

Passei a arranhar sua barriga e ele separou o beijo buscando por ar.

- Tae, nós-

- Não diz nada, ok? Eu quero isso, você quer?

- Quero, quero muito. – assentiu freneticamente.

- Ótimo, vamos aproveitar o momento antes que algum ser atrapalhe, uh?

- Acho que você não poderá dormir, antes terá que resolver meu probleminha causado por você.

- Com prazer. – sorri malicioso e tomei seus lábios novamente em um beijo afoito.

Ainda sem separar o ósculo, fiquei de joelho entre suas pernas e levei minhas mãos até a calça do seu pijama a descendo juntamente da boxer.

Separei o beijo e dei uma mordida em seu lábio inferior.

Iniciei uma masturbação lenta e o mais novo jogou a cabeça para trás com a boca entreaberta.

Ótima visão.

Abaixei minha cabeça até a altura de seu membro e senti suas mãos adentrarem por meio meus fios de cabelo, e os puxar de leve.

Passei minha língua pelo seu falo e chupei sua glande fazendo ele gemer um pouco alto.

- Kookie-ah, não geme tão alto assim, uh? – ele assentiu e eu abocanhei seu membro.

O mais novo se arqueou e mordeu os lábios fortemente para abafar o gemido.

Comecei fazendo movimento de sobe e desce e ao chegar a sua glande deixava um barulho erótico escapar.

- T-Taehyung, deixa e-eu foder sua bo-boca?

Soltei um murmuro em afirmação sem retirar minha boca de seu membro. Jungkook pegou em meus cabelos e começou a guiar meus movimentos enquanto impulsionava seu quadril para frente, “fodendo” minha boca como ele mesmo disse.

Enquanto o chupava comecei a brincar com seus testículos e seus gemidos passaram a se tornar maiores e mais altos.

Passei minha língua por uma última vez pelo seu falo e jatos quentes de seu sêmen preencheram minha boca.

Retirei seu membro de minha boca e engoli o líquido branco. Sorri e passei meu dedo no canto de minha língua limpando os vestígios de seu gozo e levando a minha boca.

- Porra Tae, v-você ‘tá fodidamente sexy deste jeito. – disse ofegante e eu vesti sua calça e boxer novamente.

- Eu sou fodidamente sexy, ok?

- Nisso eu concordo.

Sorri e me deitei.

- Iremos fazer algo a mais quando for a hora, ok? Aliás, Hee-Chul e Yuri estão no quarto ao lado, vamos deixar acontecer no tempo certo.

- Como quiser. – se deitou atrás de mim.

Jungkook me abraçou por trás e eu me virei ficando de frente a ele ainda com seus braços envolta meu corpo. Aconcheguei-me e ri anasalado.

- Eu te amo!

- Eu também te amo TaeTae! – beijou minhas madeixas e eu fechei meus olhos, me rendendo ao sono.

 

(...)

- Jimin ligou, disse que quer apresentar um garoto a vocês e que se não forem hoje irá castrar vocês. – minha omma disse entrando no quarto enquanto eu e Jungkook jogávamos vídeo-game.

- Hurrum... – murmuramos em concordância.

- E olha eu ajudo ele a castrar vocês! – a olhamos indignados e voltamos a atenção ao vídeo-game. – Porra Jungkook, não precisava gemer alto assim, ok? Custava abafar o som?

O mais novo se desconcentrou e acabou perdendo o controle do jogo. Assim, perdendo.

- Eu até achei estranho o Taehyung não gemer. Estranho e bom, esse garoto quando começa não para de gemer.

- OMMA! – gritei corado.

- Vocês não poderiam esperar? Poderiam se pegar quando estivessem sozinhos em casa.

- A gente iria fazer isso, se vocês não decidissem nos pegar desprevenidos.

- Foi até bom pegarmos vocês no flagra, Jungkook! Já imaginou. No sofá? Você ia tirar o tabaco do Taehyung no sofá? Que deselegante ein Jeon!

- Omma, já deu!

- O que é? Eu estou desabafando com vocês.

- HEE-CHUL! – gritei o mais velho de todos que apareceu correndo.

- Quem está morrendo? – seus cabelos estavam bagunçados e sua cara era de sono.

- Olha, vem cuidar da sua noiva. Ninguém aguenta não.

- Iiih, ela veio reclamar por ontem? – assenti corado. – Também vou desabafar então.

- Não, não, não. – eu e Jungkook negamos juntos e nos jogamos na cama.

 

(...)

Depois de ouvirmos as reclamações dos dois mais velhos, eles finalmente decidiram nos deixar livres para uma tarde atoa.

Ficaríamos em casa o dia inteiro, se não fosse por Jimin nos obrigar a vir conhecer seu namor- Digo, “amigo”.

- Jimin, ele não vai vir não?

- Calma, ele está chegando. Apenas pegou trânsito.

- Aigoo...

Assim que fechei minha boca a campainha tocou e eu agradeci aos céus por finalmente aquele ser humano ter chegado.

- Gente, este é Jung Hoseok. Hobi, estes são seus dois novos dongsaeng’s Jungkook e Taehyung.

- Annyeonghaseyo Hoseok! – dissemos juntos.

- Annyeonghaseyo, é um prazer finalmente os conhecer. – sorriu.

- Posso dizer o mesmo, Jimin não parava de falar de você para mim. – disse sorrindo também.

- Aish Taehyung, não é assim também. – Jimin se manifestou corado e nos fez rir.

- Você é tão fofo Jiminnie! – Hoseok apertou as bochechas do mais baixo.

Shippo. – Jungkook segredou para mim.

É eu também. – disse no mesmo tom.

 

(...)

Ficamos a tarde inteira na casa de Jimin, mas decidimos vir embora para deixá-los a sós. Eu e Jungkook percebemos que eles são próximos e que parecem gostar um do outro.

Sendo apenas impressão nossa ou não, já apoiamos o casal.

- Jungkook, me deixa assistir o anime. – falei tentando olhar apenas para a televisão, porém ele ficava em minha frente.

- Me dá atenção Taehyung.

- Aigoo... – pausei o anime. – O que é?

- Por acaso você tem um lápis aí?

- Óbvio que não, Jungkook!

- Pergunta o motivo, seu chato.

- Por quê? – perguntei desinteressado.

- Porque quero começar a escrever nossa linda história de amor! – me deu um selinho.

- Aish... – sim, eu fiquei corado com isso. – Você acredita em amor a primeira vista ou devo passar por aqui mais uma vez?

- CALA TODO MUNDO! KIM TAEHYUNG ACABOU DE PASSAR UMA CANTADA, É ISSO MESMO? SOU UM SOLDADO PROMOVIDO.

- Aigoo... Exagerado. – revirei os olhos e ri lhe dando um selinho.


Notas Finais


Teve lemon? Não teve lemon...
Amas, por qual motivo não teve lemon e apenas boquete? Pois eu quero um lemon decente, sem ninguém para atrapalhar eles, entenderam? Ótimo... Aish, que vergonha falar disso ksks

Eae, gostaram? Espero que sim e até o próximo ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...