1. Spirit Fanfics >
  2. Apenas um drink - Jihope >
  3. Goyu;

História Apenas um drink - Jihope - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hello! Tudo bom?
Sério, acho que essa foi a OneShot mais legalzinha que fiz kkk
Espero que goste, hu?

Perdoe-me pelos erros...
Boa leitura ~

Capítulo 1 - Goyu;


Fanfic / Fanfiction Apenas um drink - Jihope - Capítulo 1 - Goyu;

Deitado no sofá, Hoseok via o jornal das oito, apesar, não tinha mais nada de bom passando na televisão

Ouvindo a porta de seu apartamento ser aberta, o Jung não moveu nenhum músculo, pois sabia que seria seu namorado, mas algo chamou sua atenção

Um cheiro forte de soju

Arqueando uma sobrancelha, desviou o olhar do aparelho eletrônico e em segundos arregalou os olhos

 

— J-Jiminie? Amor, você está bem? – correu até o mais novo, assim espremendo as bochechas dele com suas mãos

— C-Como você tá bonito – rodeou os braços na cintura do maior — Se a-arrumou ‘p-pra’ mim, hu?

— Você bebeu? Por que você bebeu!? – perguntou desentendido

— Ela está bem, hu?

— O que? Quem?

— A-Avisa que eu tô com saudades – tropeçou mesmo parado

— Avisa quem Park Jimin? – segurou o loiro pelos ombros

— Nossa b-bunda – desceu a mão para as nádegas do ruivo e as a apertou, assim ouvindo o namorado arfar baixinho

— P-Para... Jimin tira a mão daí! – empurrou o namorado que tinha as mãos dentro de sua calça — Você tá louco?

— Vêm aqui, neném – chamou — Papai precisa de você... – foi puxar o ruivo para mais perto, mas apenas resultou em os dois caírem no chão, com o Jung em cima do Park

— Jimin! – gritou — Que isso!? Por que deixou o guarda-chuva no meio do caminho!?

— D-Dá uma quicadinha, hum? – pediu segurando a cintura de Hoseok

— Seu retardado, me solta, me solta – conseguiu sair de cima do namorado, assim começando a o olhar mortalmente — Consegue se levantar?

— V-Você não m-me quer mais é isso? – sua voz arrastada dava calafrios no ruivo — É isso Jung Hoseok!?

— Amor, claro que não – revirou os olhos — Vêm levanta – ajudou o menor a se levantar e rapidamente o sentiu o abraçar — Hey, se acalma, tá tudo bem – fez um carinho nos cabelos do namorado — Não chora, não chora... – sussurrou

— Q-Quero t-transar hyung – soluçou — V-Você não... Não quer mais ser f-fodido por mim?

— O que? Jiminie, quantas você bebeu? – o loiro olhou ao ruivo

— E-Eu não bebi, neném – disse sorrindo — Você que bebeu – e caiu na risada

 

Fazendo uma careta, Hoseok tinha a certeza absoluta que Jimin ficava doidinho e mais fofo que já era bêbado

 

— Vamos tomar banho, está fedendo – disse

— N-Não quero – fez um biquinho

— Quando você começa a beber, não tem mais opinião em nada

— Tenho sim – disse emburrado

— Vêm – passou o braço pela cintura do menor, assim o guiando – lê-se puxando – em direção ao banheiro

— H-Hyungie... – grudou no corpo do namorado

— Vai, senta – tentou empurrar o menor para se sentar na

tampa da privada, mas o loiro parecia um coalhinha preso a

si — Jiminie... – enfim conseguiu o colocar sentado

— V-Vai brincar com p-pouco com seu papai, hu? E-Eu vou gostar – sorriu de lado

— Abre a boca – pediu, ou melhor, mandou

— Vai enfiar sua lin-...

— Escovar os dentes, vamos – viu o mais novo fazer um bico chateado, então em segundos deixando os lábios separados um do outro — Bom menino – sentou-se em seu colo e levou a escova a sua boca, então o ajudando a fazer a higiene bocal

— Awn... – gemeu baixinho — Amor... – seus olhos pesavam

— Vem – o fez se levantar — Cospe – o Park fez o que foi mandado

— Vai t-tirar minha roupa?

— Vou – nem deu bola pela pitada de malícia que continha na fala do outro

 

Tirando a camisa manga longa que o namorado usava, o Jung já podia ver o abdômen malhado do menor

Afastando os pensamentos impuros, balançou a cabeça rapidamente de um lado para o outro, então logo gemeu por sentir seu corpo ser jogado contra a parede

 

— J-Jimin... – sentiu as mãos do Park apertarem sua cintura — P-Para – pediu manhoso

— Baby... Eu sei que v-você quer – disse sorrindo — Eu t-também quero – atacou os lábios do maior, esse que prontamente retribuiu o beijo

— Você está bêbado – disse ainda trocando saliva

— N-Não importa – desceu uma de suas mãos – novamente – as nádegas do Jung — N-Não faz i-isso – disse birrento depois de sentir seu corpo ser empurrado para longe

— Não! – disse mais para si do que para o namorado — Você precisa tomar banho, para poder dormir e descansar!

— E-Eu não quero! – cruzou os braços

— Não tem que querer, agora vem aqui – foi firme

— N-Não – iria tentar correr para fora do banheiro, mas por azar – ou sorte – nem conseguia andar direito, resultando em quase cair — Hyung me solta... – pediu querendo tirar os braços do namorado de sua cintura — Me solta, me solta, me solta!

— Park Jimin! – gritou — Calma, criança! – o segurou pelos ombros

— V-Você está g-gritando comigo – seus olhos lacrimejaram

— Estou e se você não ficar quieto vai ficar por dois meses apenas na punheta – o outro engoliu seco e assentiu lentamente com a cabeça — Certo – suspirou — Se apoia em mim, vou te ajudar a tirar a calça

— T-Tá

 

Depois disso feito, Hoseok sentiu o loiro o abraçar. Andando em passos bem demorados com ele ao box – que estava quase ao lado de ambos – o Jung ligou o registro e assim pôs Jimin embaixo do chuveiro

 

— E-Está frio – sussurrou

— Já vai passar – fez um carinho nos fios do Park

 

Ajudando Jimin a se banhar e então a se secar, Hoseok o deixou em pé e foi procurar uma roupa leve para o mesmo dormir, assim quando achando, voltando ao quarto

 

— Hey bebê – tocou no rosto do menor — Acorda

 

Sim, ele estava dormindo em pé

 

— M-Me deixa dormir...

— Vamos nos vestir, aí eu te deixo dormir

— Hum...

 

Vestindo o namorado, quando tudo ficou certinho, o Jung sentiu o peso do loiro caindo em cima de si e agora tinha certeza que o mesmo tinha apagado

 

— Céus... – sussurrou ajeitando Jimin em sua frente, então com muito sofrimento conseguindo o jogar na cama — C-Como um anãozinho consegue ser tão pesado? – próprio se perguntou enquanto arrumava o corpo do Park na cama

 

Apagando a luz, se deitou ao lado do loiro e o deu um beijinho na testa, enfim o abraçando

 


Notas Finais


O que acharam?
Só eu que amo um Jihope? Ainda mais com o Jiminie chapado ksksks

Novamente peço desculpas pelos erros ortográficos
Quero agradecer ao projeto @moonchildesign e a @busanjimin pela capa e banner perfeitinhos! Obrigada mesmo <3

Até a próxima?
Tchau Tchau ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...