História Apenas um gângster - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Ação, Amor, Amor Possessivo, Colegial, Comedia, Criminal, Drama, Família, Justin Bieber, Romance, Sexo, Tragedia
Visualizações 236
Palavras 585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Escuto o barulho do alarme tocando e viro de lado jogando o travesseiro nele, o mesmo cai no chão e não para de soar o alarme. Desgrudo me das cobertas com raiva, passo as mãos no rosto e fico olhando pro teto. Até escutar alguém esmurrando a porta.

- Cassidy levanta logo daí se não você vai se atrasar. - Meu pai grita do outro lado da porta.

- Tabom pai eu já vou indo não precisa derrubar a porta. - Eu digo e me levanto da cama apressada vou para o banheiro faço minhas higienes e sai de lá para ir colocar minha roupa que é uma calca jeans apertada e escura, a blusa do uniforme da escola e um tênis de cano alto branco. Meus cabelos eram pretos enormes e lisos mas nas pontas tinham ondulações naturais. Me olho no espelho e pego a minha bolsa não passo maquiagem nenhuma pois não preciso e eu também odeio.

Moro em uma casa junto com o meu pai em Atlanta - Geórgia. A casa não é muito grande apenas tem dois quartos um banheiro, cozinha uma sala pequena e uma área de serviço pequena que fica ao lado da cozinha. Tudo simples.

- Bom dia. - Disse meu pai tomando seu café da manhã.

- Bom dia. - Digo desanimada e pego uma maçã logo indo de encontro a porta para sair. Comprimento a vizinha que está varrendo o jardim de sua casa e sigo meu caminho para a escola que gasta mais ou menos dez minutos a pé mas hoje eu estou completamente atrasada e vou ter que chegar em menos de cinco minutos.

Meu nome é Cassidy Maria Muller tenho 16 anos e tenho uma vida normal para alguns.

Perdi minha mãe quando eu tinha apenas seis anos de idade, a mesma morreu numa complicação de parto, ela estava grávida e acabou morrendo junto com o bebê que esperava. Vivi toda a minha infância e adolescência com o meu pai e com os cuidados de minha avó que também acabou falecendo ela sempre foi muito amorosa comigo e sempre me apoiou em tudo.

Tenho as melhores amigas do mundo Camila e kayla que estudaram comigo dês da quarta série.

- Bom dia flor do dia. - Camila vem me abraçar quando eu entro no colégio.

- Não sei onde você arruma tanta animação quando acorda. - Digo revirando os olhos.

- Aí Cassy para a vida é linda. - Ela diz sorrindo.

- Ela só está assim hoje porque o Dylan falou com ela. - Kayla fala rindo.

- Dylan? O famosinho da escola?

- Esse mesmo. - Kayla fala.

- Não se iluda Camila ele é o maior galinha. - Eu aviso a ela.

- Ih gente parem com isso quem disse que eu vou cair na dele? - Camila diz se fingindo.

- Está escrito na sua testa amiga. - Digo como se fosse óbvio.

- Vamos hoje pra a boate? É sexta feira que tal? - Kayla diz animada.

- Eu topo. - Camila diz.

- Ah não gente eu não vou.

- Oque? Claro que você vai com a gente tá louca? - Camila fala como se fosse o fim do mundo.

- Vão vocês duas sozinhas, vocês tem duas pernas cada uma não precisam de mim.

- Tô pouco me lixando Cassy você vai com a gente sim.

- Vocês são chatas viu?

- Isso foi um sim? - Kayla diz sorrindo.

- Não. Isso foi um talvez.

- Que ótimo que aceitou passo na sua casa às dez. - Camila diz e vai embora junto com Kayla enquanto eu vou embora pra casa.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...