1. Spirit Fanfics >
  2. Apenas um golpista >
  3. O fruto proibido

História Apenas um golpista - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Essa é minha primeira fica em anos, estou fazendo um teste, se der certo eu continuo escrevendo até onde minha imaginação fluir, a história vai ser contada por Naruto (bottom)

Capítulo 1 - O fruto proibido


Naruto Uzumaki é um garoto um tanto quanto normal, ele faz parte de um grupo dos maiores golpistas do Japão, ele tem uma gangue de elite onde ele lidera 4 pessoas, Sakura, Hinata, Kiba e Sai.

POV: Naruto 

Desde que eu entrei para a gangue, nossos superiores nunca diziam para invadir algumas casas, como a da família uchiha, dizem que eles são os protegidos da gangue e por isso, não podemos nem pensar em passar do portão, mas se eu soubesse me controlar talvez, eu não teria tanta dificuldade em controlar a minha curiosidade.


Kiba -  Eu acho isso uma ideia idiota Naruto, você não pode simplesmente quebrar a perna para entrar na casa dele, e se ele for sei lá um assassino de elite 

Sai - Eu sei que você é nosso líder, mas a sua burrice chega a ter aparência, por que invadir uma das únicas casas protegidas pela gang? Isso é uma burrice.

Naruto - Burrice é a gente ter a chance e não aproveitar, se vocês não quiserem ir comigo, tudo bem fiquem aqui, ou saiam, mas eu vou ir até o fim.

Fazendo expressões de preguiça ou desprezo todos vão em bora, não é como se eles, estivessem me alertando de alguma coisa perigosa certo?

Naruto - a parte mais difícil agora é quebrar a minha própria perna, como será q eu faço isso?

O plano seria o seguinte, eu iria quebrar a minha perna para que ele me acolher na casa dele, como descobri que o cara que mora nessa casa é homossexual, acho q eu posso ter uma vantagem, eu ficaria lá até minhas pernas se curarem, e levaria o dinheiro, era um plano muito bom na minha cabeça.

Naruto - Um martelo é bom

Sem pensar muito, martelo minha própria perna, a dor era quase insuportável, aí eu já tava percebendo a burrice que eu tinha feito, apenas segurei meu grito de dor o máximo que consegui, já que agora a burrice já teria se iniciado, e não continuar seria muito mais burro do que antes.

Me levantei com a perna direita que eu não tinha tocado, e fui mancando até o portão, só de mancar a dor já fazia meu corpo inteiro agunizar, tenho certeza agora que não deveria ter feito isso, só espero que ele realmente não seja um assassino. Eu toco na campainha e me deito, deito no chão, um grande jovem de cabelos negros aparece

Naruto - Me ajuda por favor, eu quebrei minhas pernas e roubaram as minhas muletas.

O garoto um pouco excitante sai de sua casa e me ajuda a levantar

???- Quem é você? Você está bem

Sua voz era aveludada mas não tão gentil, acredito que ele seja tipo um galã de filmes de Hollywood.

Naruto - Me ajuda por favor.

Ele me pega seus braços e me acolher dentro de sua casa, eu me pergunto se aquilo realmente foi muito fácil, ou de alguma forma meus parceiros me entregaram.

Sasuke - Meu nome é Sasuke Uchiha, você precisa de alguma coisa? Um chá talvez?

Naruto - Eu aceito uma água

Sasuke vai até a cozinha dele e pega uma água, ainda não estou acreditando o tão ingênuo esse garoto consegue ser.

Sasuke - Você mora muito longe? Eu posso te dar uma carona 

Naruto - Na verdade eu tô morando com um grupo de amigos, não é muito longe mas como está escurecendo... Será que eu posso tomar banho aqui? ( Se ele aceitar eu juro, que eu vou achar ele a pessoa mais burra de agora em diante, mesmo que seja hipocrisia dá pra entender o por que dele ser tão protegido)

Sasuke - Claro que pode, eu vou buscar uma toalha, quer que eu te leve até o banheiro, ou você consegue ir com eu te dando as direções?

Naruto - Eu acho que eu consigo ir sozinho..

Sasuke - Ok, então é a segunda porta esquerda do corredor.

Eu fui mancando mas consegui chegar no banheiro, eu tirei minhas roupas e comecei a tomar banho, agora eu só preciso atuar para finalmente roubar a casa dele, acredito que o mais difícil vai ser sair dessa casa, o que eu não quero ficar aqui nem mais um minuto.

Eu termino de tomar banho, e logo Sasuke vem trazendo a toalha.

Naruto - Eu posso estar parecendo muito, aproveitador mas você poderia me ajudar a me vestir 

Sasuke - Claro... Mas pensando bem Naruto ( A expressão dele muda de feliz, para muito sério, outra que eu nunca contei pra ele o meu nome, isso está começando a ficar esquisito)- Talvez esteja se perguntando como eu sei o seu nome certo? Você invadiu a única casa que não podia entrar, não foi tão difícil saber que era você, se as suas marcas da sua perna quebrada, não fossem tão novas, talvez eu acreditaria que fosse outra pessoa, se quiser saber quem eu sou, eu sou o chefe da gangue de konoha, você provou do fruto proibido Naruto.

Naruto - Chefe? Me desculpa, eu realmente não sabia quem era você, me desculpa por favor

Sasuke - Ah Naruto, não seja tão ingênuo, não é como se eu fosse deixar você sair agora, como você mesmo sabe eu sou gay não é? Talvez fosse por isso que você estava tentando ser tão gentil, quando eu falava com você na sede, você nunca pareceu tão gentil quanto estava sendo, mas já que você me paquerou tanto, acabou me deixando excitado.

Naruto - O que você está querendo dizer?

Sasuke - Estou querendo dizer que eu quero transar com você.

Naruto - S-Sem chance eu sou hetero, não posso fazer isso com você ( não e como se eu quisesse mas tava impossível controlar, minha ereção, ele é tão bonito que nem pessoas héteras se mantém, além de eu estar um pouco corado)

Sasuke - Você não tem um direito de escolher Naruto, além de você estar na minha casa, você está com a perna quebrada. 

Ele passa a mão em cima da minha perna, esquerda que está quebrada, meu corpo agoniza em dor.

Sasuke - Não se preocupe Naruto, eu prometo ir com calma ( ele cochicha no meu ouvido, fazendo meu corpo inteiro se arrepiar)

Ele levanta minhas pernas me puxando para mais perto dele, ele começa a tirar, sua camisa, seu corpo é muito bem definido, ele tira sua calça e sua cueca, posando o corpo inteiro dele para mim, seu pênis é maior que a média, e ele está ereto, ele enfia três dedos em mim e começa a introduzir o movimento de masturbação, aquilo não era muito confortável, mas meu corpo não negava retirar prazer daquilo.

Naruto - A-Ah i-Isso é 

Sasuke - bom?( Ele me interrompe tirando os dedos de mim, e logo colocando seu pênis, ele solta um leve gemido de início e começa a estocar)

Mesmo que aquilo doesse, eu ainda conseguia sentir o prazer, que dessa vez, era muito melhor que os dedos de Sasuke.

Ele retira seu pênis de mim, me colocando de quatro pra ele, logo ele começa às estocadas dnv, dessa vez me masturbando, o prazer era imenso, quase não conseguia controlar meus gemidos.

Naruto - Hm-m S-sasuke eu acho q eu vou H-m-mm( ele não estava parando nenhum momento, é como se ele fosse uma máquina)

Eu acabo gozando na mão de Sasuke, d na parede, quase nem consigo mais sentir a dor na minha perna, ele me deita encima do meu próprio gozo, e continua me fodendo, dessa vez mais rápido e mais forte, ele estava corado, e obviamente muito excitado, acredito que ele esteja segurando um pouco deus gemidos, por estar mordendo os lábios

Sasuke - Ah-hm ( ele parece não conseguir mais se controlar, ele começa a gemer alto enquanto goza dentro de mim, a sensação do liguido quente e grudento saindo da minha bunda, fazia cócegas)

Mesmo que pareça cansado, Sasuke continua me fodendo, dessa vez não estava conseguindo mais sentir o prazer, pelo contrário, aquilo estava me machucando, mesmo já tendo gozado duas vezes eu não conseguia sentir a sensação de prazer.

Naruto - S-sasuke para. ( ele não parece estar me ouvindo) S-sasuke p-porfavor ( ele continua me ignorando)

Eu beijo ele, não sei se foi por impulso, ou por causa do momento, mas eu e o Sasuke parecíamos muito surpresos, ele retira seu pênis de mim, deixando escorrer um pouco de gozo, ambos nós estávamos ofegantes e cansados, e eu só queria tomar banho de novo.

Sasuke - Me desculpe, eu acabei me empolgando, e não percebi que estava te machucando ( mesmo que eles estava sério antes, agora ele parece muito mais calmo, e amigável)

Ele me coloca na banheira e coloca a água com sabão, logo deita perto de mim na banheira.

Naruto - Pode se afastar?

Sasuke - Que isso, já tivemos muito mais contato agora pouco do que isso.

Naruto - Mas a gente não está namorando, e foi só a força do momento, não quero que aquilo se repita de novo.

Ele se afasta e vai para outro canto.

Sasuke - Eu sei que não somos próximos, nem nada do tipo, mas você pode dormir aqui se quiser, o clima está nublado e pode chover a qualquer momento, além de estar de noite, eu prometo que não vou transar com você, outra vez, sem seu consentimento ( Mesmo que esteja confusa, não posso olhar pro rosto dele e dizer não, isso é tão irritante, as vezes ele parece um cãozinho que está já chuva)

Nós terminamos de tomar banho, ele me ajuda a me secar pega uma roupa limpa que ele tem, e me entrega, ele acaba me levando pra mesma cama e ele se deita comigo.

Naruto - E-ei eu não vou dormir com você?

Sasuke - é a única cama que eu tenho e você está na minha casa, e também não pode dormir no chão, já que você está com a perna quebrada.

Naruto - Okay eu durmo com você, mas nada de sexo.

Sasuke - Foi só uma vez, para de reclamar eu sei que você gostou.

Eu me viro, ficando de costas pra ele, mesmo que tenha gostado, não me sentia a vontade em contar sobre isso, com um pouco de esforço eu acabo dormindo.

Acordo com o som dos passarinhos, mas a minha cabeça estava deitada em algo diferente, da almofada do Sasuke, eu estava deitado no peito dele.

Naruto - VOCÊ ABUSOU DE MIM ENQUANTO EU DORMIA?

Sasuke - Naruto você acordou? Que bom

Naruto - Responde a minha pergunta.

Sasuke - Na verdade não, você estava se mexendo muito, e só se acalmou quando acabou deitando no meu peito, aí eu só te abracei, mas pra ser sincero eu também dormi melhor te abraçando, quer tomar café?

Naruto - Tábom eu aceito um café.

Sasuke me ajuda a caminhar até, a mesa de café, que aparentemente já está pronta.

Sasuke - Eu tenho coisas pra resolver, no quarto onde a gente dormiu, tem muletas, e uma boa atadura pra por na sua perna, acredito que a gente possa se ver de novo.

Naruto - Ok

Logo depois que o Sasuke sai, eu pego a muleta e as minhas roupas que eu vim, coloco a atadura e vou embora, hoje tem uma reunião e depois de eu ter transado com o meu chefe, isso vai ser muito difícil.

Chego lá com meus pés atados, e com a muleta, é muito difícil andar de muleta.

Hinata- As pessoas não queriam te falar isso, mas você não pode mais ficar em casa, sabe a que a gente divide com o grupo.

Naruto- Por que?

Hinata- Depois do dia que você, entrou na casa dos uchihas, recebemos uma notificação que fomos rebaixados por sua culpa, e ninguém mais quer te ver em casa, e a maioria já até trocou de grupo, pra ficar vou outras pessoas sabe, eu lhe desejo sorte de verdade.

A não sério? O dia está pior do que eu imaginava, tenho que fazer a reunião, perdi minha casa , onde eu vou morar agora, e onde eles deixaram a minha roupa?

Sai chega com uma mala com as minhas roupas, ele não chega nem a fazer trocadilhos comigo, como ele sempre faz.

Sasuke chega em pessoa para dentro da reunião, isso nunca aconteceu antes, isso só acabou me deixando mais desconfortável.

Ele só falou o que eu esperava ouvir, que invadiram a casa de um protegido dele, e que os culpados já foram punidos, ele sai do lugar da séde, e provavelmente vai pra casa dele, eu não quero ir morar na casa dele, mas parece a única opção plausível, se ligar os pintinhos parece que isso é conhecidencia demais.


 




Fim do capítulo 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...