1. Spirit Fanfics >
  2. Apenas um golpista >
  3. Estádia no inferno

História Apenas um golpista - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Agradeço o hype que vcs me deram❤️❤️❤️pretendo continuar fazer a fic até não ter mais idéias, pretendo também adicionar um casal secundário, por exemplo "Kakashi e Riruka" ou coisa do tipo, também vou explorar mais alguns personagens, como Sai e a Ino e etc, me deixem ideias de shipp aer

Capítulo 2 - Estádia no inferno


A ok, sem estádia, minha única opção agora é ter que morar na casa do Sasuke, acredito que não seja tão fácil, ele realmente é uma pessoa muito esquisita.

Sigo caminhando em direção a casa do Sasuke no fim da reunião, já que é o único lugar que eu possivelmente poderia ficar, até que chego no portão.

Naruto - Coragem Naruto, é só um garoto normal com quem você já...

Sai- Naruto você por aqui?

Eu dou um pulo de susto, acredito que o Sai não perceba os sustos que ele acaba dando, ele é tão misterioso que parece um fantasma.

Naruto - Ah oi Sai, como está o grupo?

Sai - Na verdade nada bem, desde que fomos rebaixados não recebemos dinheiro suficiente, para conseguir pagar as contas, e acabamos nós separamos, eu acabei voltando pra minha casa antiga, mas e você? Já achou algum lugar pra morar?

Naruto - N-na verdade não, é meio difícil encontrar casas em um preço bom no Japão, eu acho que vou passar a noite em um hotel ( eu e o sai mesmo sendo amigos próximos, não acredito que poderia confiar, e contar pra ele sobre o Sasuke, talvez fosse muito rápido, ou talvez só não esteja preparado pra falar, "eu vou pedir pra morar com o nosso chefe, e acredita a gente fez sexo também" mesmo que seja exagero, talvez eu realmente não possa confiar nele agora)

Sai - Enfim eu vou indo, preciso comprar algumas coisas pra minha casa, espero que você encontre um hotel em conta ( ele dá um sorriso esquisito, sei lá, acredito que o Sai não saiba demonstrar emoções direito, talvez uma das teorias sobre ele estejam certas)

O Sai vai caminhando como alguém que não quer nada, mesmo que o Sai, seja muito divertido, ele consegue ser bem misterioso, e muito esquisito também, ninguém consegue desifrar ele.

Toco a campainha, Sasuke parece não estar dentro de casa, talvez quando eu vi ele sair da séde, ele não estava dentro de casa.

Sinto um toque, no meu ombro eu grito alto e pulo, não é possível que o Sai tenha voltado.

Sasuke - Naruto? Você voltou, o que você deseja?

Naruto - Então... Eu posso morar com você? Quando você rebaixou eu e meus amigos, eles acabaram ficando sem dinheiro pra casa, e a culpa disso é praticamente sua.

Sasuke - Como assim minha? Invadiram minha casa e eu puni os culpados, e eu peguei leve ainda, eu poderia ter expulsado vocês da séde, ou pior, mandar assassinar vocês.

Naruto - é... Mas você não respondeu a minha pergunta, eu não tenho outro lugar pra ficar, muito menos dinheiro pra pagar, por favor deixa? ( Fazer carinha de cachorro abandonado, não é nada divertido)

Sasuke - Hmmmmm talvez eu deixo, mas saiba que você também vai ajudar nos deveres de casa, ok ( não achei que fosse uma coisa tão fácil, tenho certeza que tem algo por trás disso)

Naruto - Ah ok isso é fácil.

Ele me convida pra entrar, e me ajuda a subir a escadaria até a sala dele, andar com uma muleta é quase muito difícil.

Sasuke - Você quer tomar café? Eu vi que você não comeu nada que estava na mesa daquela vez, deve estar com fome.

Naruto - Na verdade não, eu estou bem, na verdade eu só preciso descansar um pouco, o dia parece que vai ser um pouco longo.

Sasuke - Então se você quiser explorar a casa, a é bem grandes e tu pode gostar de algum lugar, você só não pode entrar na porta.

Naruto - Que porta?

Sasuke - Você vai saber se encontrar a porta, mas você não deve entrar lá okay?

Naruto - Tudo bem eu, prometo que não vou entrar dessa vez.

Retiro meu tênis, e minhas meias, deito no sofá e acabou adormecendo, talvez tirar uma soneca em dias ruins podem melhorar o astral.

Acordo com o Sasuke me cutucando nós pés, acredito que ele queira me acordar.

Naruto - Sasuke, o que você está fazendo?

Sasuke - Só queria dizer que o almoço está pronto, não sabia como te acordar sem te deixar nervoso, então eu decidi te cutucar.

Naruto - Ah ok, eu vou trocar de roupa.

Nunca me importei em olhar a roupa das pessoas, mas o Sasuke estava usando uma camisa preta, que era como se desse um brilho para seus cabelos, e uma calça de moletom cinza, que pareciam realçar mais sua pele clara, ele estava usando, roupas despojadas, não é como as roupas que ele usa na séde, que ele usava roupas formais, como uma gravata, um blazer, e etc, ele ficava bem mais bonito assim.

Sasuke - okay, eu vou te esperar na mesa.

Eu só coloco uma roupa laranja simples e um shorts cinza claro, não quero colocar muitas roupas pesadas, já que está bem calor, e eu também não entendo como o Sasuke usa uma calça quente no verão, talvez ele nem sinta calor sei lá.

Desço as escadarias até chegar na mesa de almoçou, a comida parecia ser normal, apenas uma arroz e feijão, com carne, visto que a casa dele era chique, pensei que ele comece caviar, ou ostras, talvez algo do tipo.

Sasuke - Você pode pegar um prato ali ( Ele aponta para uma porta de uma cômoda) - É ali q eu guardo os copos e os pratos.

Sasuke já se encontrava comendo, então eu peguei o prato, um garfo e faca e comecei a comer.

Naruto - Agora que eu percebi, essa comida parece bastante brasileira né?

Sasuke - É eu sei, achei que você ia gostar de uma coisa mais cultural não sei, mas a comida está boa?

Naruto - Está bem diferente das que eu costumo comer, mas está realmente muito bom, eu agradeço. Sabe, quando eu pedi pra você, se eu podia morar aqui, eu pensei que se você deixasse, aqui ia ser como um inferno... Mas na verdade está muito, melhor do que eu pensei, obrigado de verdade.

Sasuke - Eeh de nada, eu acho ( Ele olha para os cantos, ele parece está um pouco envergonhado) 

Quando nós terminamos de comer, Sasuke me convida pra assistir um filme com ele, nós assistimos até a metade do filme, e paramos por que estava ficando entediado, e ele me convida para sair com ele, mesmo ficando exitante eu saí.

Naruto - Você até agora não contou pra onde nós vamos, conta aí por favor, eu não gosto de ficar curioso.

Sasuke - É eu já sabia disso ( Ele da risada) talvez seja por isso que invadiu minha casa né? Mas a gente está indo pro meu lugar favorito no Japão.

Nós passamos perto de uma casa de banho, que tinha algumas termais.

Naruto - Sasuke Sasuke Sasuke.

Sasuke - O que foi?

Naruto - Vamos pras fontes termais por favor, eu sempre tive curiosidade de ir, mas nunca tive a chance, por favor vai.

Sasuke - Mas Naruto eu ia te mostrar o meu lugar favorito, não seja tão grosso.

Naruto - Ah por favor a gente pode ir no seu lugar favorito outro dia, nas fontes termais não, e ainda está em desconto.

Sasuke - Ah okay.

Sasuke paga nossa entrada nas fontes termais, nós tomamos banho e entramos na fonte.

Naruto - Ah isso é tão relaxante, você não acha Sasuke.

Sasuke - Sinceramente, não acho que ficar pelado na frente de muitas pessoas desconhecidas, em troca de uma água quente que eu posso conseguir na minha banheira seja relaxante.

Naruto - A mas eu não sou um desconhecido né?

Sasuke - Na verdade não, eu até explorei seu corpo.

Eu coro um pouco, não é como se ele pudesse falar sobre isso no ar livre, mas no fim as fontes termais acabaram ficando quentes demais, não a ponto de queimar, e sim de acabar incomodando.

Sasuke - Você quer sair, se quiser podemos passar a noite aqui também, na que já está escurecendo.

Naruto - Ok

Eu saio junto com o Sasuke coloco um roupão, os garçons entregam a comida nos quartos, era uma comida de frutos mar, como peixes, camarões, e eles também trouxeram soshu, que é um tipo de bebida alcoólica destilada apartir da sevada.

Nós comemos e bebemos bastantes, até que eu fiquei bêbado o suficiente, para não conseguir comer nem andar direito, eu estava tão bebado, que o Sasuke tinha ficado até mais bonito, Sasuke decidiu não beber.

Naruto - V-você está muito mais bonito que o normal, tá parecendo até um anjo.

Sasuke - Só está falando isso por que está bêbado, vem eu te ajudo a te por na cama.

Sasuke me pega no colo e me leva até minha cama, a gente iria dormir em camas separadas, mas não era isso que eu queria, não sei se eu estava confuso, ou as coisas só estavam ficando mais claras pra mim, mas eu só queria o Sasuke por perto.

Sasuke - Vamos dormir agora, você bebeu demais

Eu seguro a mão de Sasuke.

Naruto - Fica comigo, por f-favor, não me abandone.

Sasuke - Tá tudo bem eu fico com você, se acalma 

Sasuke se deita ao meu lado, eu quero beija-lo, mas meu corpo está quase seovemdo sozinho, eu só queria toca-lo.

Eu só queria toca-lo

Acordo com o Sasuke me dando cafuné na cabeça, enquanto eu estou abraçado nele, estou com uma enxaqueca enorme, porém seus braços são tão reconfortantes.

Sasuke - N-naruto? Você acordou, está se sentindo bem?

Naruto - Eu estou com uma enxaqueca enorme, e eu acho que é ressaca, por que você não controlou minha bebida?

Sasuke - você parecia muito feliz até chegar na hora de dormir, você começou a fazer coisas confusas, você estava meio confuso, eu sei lá.

Naruto - Sério eu nem lembro, a única coisa que eu consigo lembrar, é da gente comendo, o resto eu não me lembro muito bem.

POV Sasuke

Naruto pode não se lembrar, mas eu lembro muito bem do que aconteceu naquela noite, quando Naruto implorou pra eu ficar com ele, ele acabou adormecendo, não culpo ele por não se lembrar porque ele estava muito bêbado mas, ele ficou falando que me amava, achei aquilo muito confuso, já que eu não sabia se era o álcool falando por ele, ou ele só estava sendo sincero quando estava bêbado, mas eu fiquei confuso, eu acabei gostando dele dizer que me amava, mas chegar outro dia e ele não lembrar acaba sendo muito confuso.

POV Naruto

Naruto - Ei Sasuke está me escutando? ( Não sei se ele acabou dormindo acordado, ou se ele estava pensando tanto que foi para o mundo da lua, mas eu sinto que eu fiz alguma coisa noite passada que ele não quer me contar) - Eu estava perguntando o que eu fiz noite passada.

Sasuke - Ah me desculpa, eu acabei me distraindo.

Naruto - Mas você não me contou, e está me deixando curioso, me conta o que eu fiz que te incomodou tanto?

Sasuke - Na verdade não me incomodou mas, me deixou confuso,..  Naruto você disse que me amava. Você realmente me ama Naruto?

Eu não disse isso, muito menos lembro, eu só devo estar bêbado, e cansado e confuso, eu não sei.

Naruto - S-sasuke, eu não sei direito, eu estou confuso, eu só devia estar cansado eu não sei, eu realmente não sei.

Sasuke me abraça, seus braços são quentes, e seu abraço é reconfortante, agora eu estou mais confuso ainda, não sei se o Sasuke é só um bom amigo, ou que ele é mais do que isso, a única coisa que eu tenho certeza é que eu quero que ele continue me abraçando.

Sasuke - Você pode não ter certeza Naruto, mas eu tenho certeza que eu... Eu amo você.

Sem perceber nós já estávamos nos beijando, talvez eu esteja confuso, ou eu posso continuar me enganando, mas eu não quero perder a chance, de continuar com ele.

Nós paramos de nós beijar, e voltamos pra casa de Sasuke. 

Sasuke - Naruto, se você está tão confuso, por que me beijou?

Naruto - Ah não me deixe mais confuso do que eu estava, eu só acho que gosto de você, eu só preciso de um tempo pra pensar, acredito que daqui a algum tempo, eu posso acabar descobrindo

Eu realmente não sei se a gente pode, acabar namorando, mas a única coisa que eu não quero que aconteça, é acabar deixando o Sasuke triste, ou quebrar o coração dele.


Fim do capítulo


Notas Finais


Não esqueçam de escrever os shipps além de sasunaru, para mim explorar a questão dos casais secundários


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...