1. Spirit Fanfics >
  2. Apenas Um Pedido - Eunjiwon - >
  3. Eu quero saber quem você é

História Apenas Um Pedido - Eunjiwon - - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olha eu aqui de novo haha! Resolvi postar hoje também, como é o aniversário da Onda ❤ Provavelmente poste o de terça amanhã no aniversário da E:U!! Aproveitem o capítulo de hoje!!

Capítulo 4 - Eu quero saber quem você é


    ~◎~

Logo após sentir a vibração do celular em baixo de meu travesseiro, me levanto da cama.

As aulas, tanto de bolsistas e Elite, começam às 7h e terminam às 13h.

Tomo um banho e coloco meu uniforme. Então vou ao meu maior desafio, dar o nó na gravata. Não sei porque, mas eu nunca fiz isso do jeito certo.

— Droga. - xingo baixo -

— Bom dia. - Eunji diz ainda na cama-

— Bom dia. Você sabe que não precisa acordar tão cedo, não é?

— Eu sei, mas sempre que ouço sua voz, sinto que tenho que acordar.

Fiquei um pouco tímida ouvindo Eunji dizer isso, mas apenas respondo com uma piada.

— Acho que vou ter que parar de falar se eu quiser deixar você dormir.

Eunji da uma leve risada.

— Não penso que isso vá ser necessário.

Faço o melhor que consigo fazer em minha gravata. Até poderia pedir para Eunji fazer o nó para mim novamente, porém ela já me ensinou uma vez e digamos que eu tenha me distraído.

~♡~

Mais uma vez, consigo escutar os passos de E:U pelo quarto e sua voz rouca, parecia estar irritada com algo.

— Bom dia.

— Bom dia. Você sabe que não precisa acordar tão cedo. - E:U disse olhando em minha direção -

— Eu sei, mas sempre que ouço sua voz, sinto que tenho que acordar.

Percebo às palavras que saíram da minha boca e penso se aquilo havia soado um pouco estranho.

— Acho que vou ter que parar de falar se eu quiser deixar você dormir. - E:U se vira novamente para o espelho -

Deixo escapar uma risada.

— Não penso que isso vá ser necessário.

E:U termina de ajeitar seu uniforme.

— Agora melhor eu ir. Até mais Eunji.

Jiwon sai apressada. Ela realmente não gosta de se atrasar.

Dou uma olhada pelo quarto e noto que Park havia esquecido de pegar sua mala.

— Melhor eu levar para ela. - digo para mim mesma -

Só precisava achar minha chave antes.

~◎~

Depois de perder tanto tempo tentando dar um nó, no mínimo decente em minha gravata, decido ir. Atrasos são muito malvistos na academia, era como se o estudante não estivesse comprometidos com suas obrigações.

Saio do quarto e novamente me encontro com Sihyeon, sinto que isso aconteceria com bastante frequência.

— Bom dia Sihyeon.

— Hey E:U.

A mesma após olhar para mim começa a rir, eu apenas olho para ela sem entender.

— Sua gravata. - Sihyeon caminha até minha direção - Deixa que eu arrumo para você.

Sihyeon desfaz o nó da gravata que eu tinha feito, para em seguida fazer um melhor.

— Eu sou péssima nisso.

— Seria muito indelicado da minha parte se eu falar que isso está óbvio?

— Sinceridade é bom. - consigo ver a mesma sorrir -

Ouço o som da porta do meu dormitório sendo destrancada. Eunji sai do quarto apressada, mas para ao me ver.

— E:U que bom que você ainda não foi e...Sihyeon? - disse Eunji -

— Ah! Eu só estou ajeitando a gravata da E:U.

— Obrigada Sihyeon. - digo olhando o perfeito nó que Sihyeon havia feito -

— Só queria te entregar isso. - falou Eunji. Algo no tom de voz dela fez parecer que ela estava decepcionada com algo -

A mesma me entrega minha mala.

— Ainda bem! Eu não teria tempo para vir buscar se esquecesse minha mala. Obrigada Eunji.

Han apenas responde com um sorriso fraco em minha direção.

— Melhor eu ir, já perdi muito tempo. Até mais meninas.

~♡~

E:U se despede de nós duas e vai em direção a saída do prédio.

— Bom... - me viro para Sihyeon - Você acorda bem cedo.

— Gosto de chegar antes do horário. - Sihyeon dizia, mas parecia mais ocupada em observar as costas de Jiwon indo embora - Ela precisa de algumas aulas de como dar nó em gravatas. - disse ela rindo de seu próprio comentário -

— Seria bom.

Um silêncio fica entre nós mas logo é quebrado por Sihyeon.

— Quer que eu te espere para irmos juntas? - sugeriu ela -

— Pode ser.

Sihyeon e eu entramos em meu dormitório.

— Não vou demorar muito para me trocar.

— Tudo bem, eu espero. - diz Sihyeon enquanto se senta na beira da cama de E:U-

Pego meu uniforme e vou em direção ao banheiro para me arrumar.

Depois de me trocar, saio do banheiro.

— Você e a E:U brigaram? Sabe...aquilo que aconteceu no refeitório.

— Nós já nos resolvemos. Ela só fez aquilo para os outros da Elite não me incomodarem.

— Ela é gentil. - Sihyeon disse aquilo mais para ela mesma do que para mim -

— Sihyeon.

— Sim?

— Por que você parece tão interessada na E:U ultimamente?

— Eu? Bom...talvez eu esteja apenas curiosa, já que nunca tive nenhuma amiga bolsista.

— Só isso?

— Está com ciúmes? - Sihyeon disse aquilo mais como uma piada, mas mesmo assim senti meu rosto corar -

— E-eu só estava curiosa com esse seu interesse repentino!

Consigo notar uma risada discreta vinda de Sihyeon.

— Vamos?

— E a Yiren?

— Ela já deve estar pronta também. Avisei para ela para irmos mais cedo.

Junto de Yiren e Sihyeon, vamos para nossa sala.

°°°

Comparado ao primeiro dia, o segundo foi extremamente mais puxado. Como teríamos a prova na semana que vem, já tínhamos conteúdo para aprender.

As primeiras aulas foram passando e agradeci por finalmente ter chego a hora do intervalo. Desci junto das meninas e sentamos no mesmo lugar.

Não demorou muito para os bolsistas descerem também. Meu olhar vai diretamente a E:U. Ela senta aonde tinha se sentado no outro dia acompanhada de suas amigas.

Nossos olhares se encontram, mas dessa vez foi diferente. E:U pisca discretamente para mim e não pude evitar de deixar escapar um sorriso.

— Eunji! - disse Yiren em um tom alto. Não deveria ser a primeira vez que chamava meu nome -

— Sim?

— Sua comida vai esfriar desde jeito.

°°°

As aulas após o intervalo foram passando. Eu tinha tanta matéria e coisas para decorar. Estava totalmente perdida.

Voltei para meu dormitório, como sempre, acompanhada de Sihyeon e Yiren. Como nossos dormitórios eram um do lado do outro, fazíamos o caminho de volta juntas.

Pelo o que eu via, era comum alguns estudantes depois que as aulas acabassem, irem para a biblioteca revisarem o conteúdo. Eu com certeza não era um desses estudantes.

Tomo um banho e coloco uma roupa qualquer. Estranhei o fato de E:U ainda não ter chego. Ela estaria na biblioteca? Ou talvez fazendo algum trabalho depois da aula?

Deito em minha cama, e sem perceber, acabo pegando no sono.

De repente sinto alguém balançar meus ombros levemente. Era E:U.

— E:U...? - digo ainda meio sonolenta-

— Preciso te mostrar uma coisa. - ela dizia com empolgação mesmo falando de maneira baixa -

~◎~

Entro no quarto, quase não consigo colocar a chave na tranca por conta da animação.

Eunji estava em sua cama, provavelmente dormindo. Caminho em passos lentos até ela e acendo o pequeno abajur que fica perto de sua cama.

Me abaixo ao lado de sua cama. Fiquei observando Eunji por alguns longos segundos, não sei se havia reparado nisso antes, mas ela é tão bonita. Seria estranho eu falar que poderia ficar olhando-a por horas? Mesmo com a má iluminação do quarto, já que as luzes permaneciam apagadas, a fraca luz do abajur já era o suficiente para conseguir enxerga-la.

Aproximo minha mão de seu rosto e tiro uma mexa que insistia em cair em sua face, e a posiciono atrás da orelha de Eunji. O que eu estava fazendo?

Ela ainda é da Elite E:U! Não se apegue muito! - repetia isso mentalmente - Mas no fundo já sabia que era tarde demais para essas palavras.

Me levanto rapidamente e coloco minha mão no ombro de Eunji a chacoalhando de forma leve.

— E:U...? - era perceptível que ela ainda estava cansada pela maneira que sua voz saiu -

— Preciso te mostrar uma coisa.

— Agora? Mas são... - Eunji confere o relógio que ficava em sua cabeceira- São 21h, o toque de recolher toca às 22:30h!

— Eu sei, eu sei, não vamos demorar muito.

Dizia aquilo com tanto entusiasmo que consigo arrancar uma risada vinda de Eunji.

— Tudo bem então. Deixe eu só colocar meus sapatos.

Depois do toque de recolher, nenhum estudante da Academia podia sair de seu devido dormitório. Mas não acho que demoraria tanto para mostrar o que queria para Eunji. Eu tinha acabado de voltar de lá e o trajeto não é tão longo assim.

Puxo Eunji para fora do quarto e saímos correndo para fora do prédio.

~♡~

Já estávamos caminhando fazia alguns minutos. Para falar a verdade não sabia que lugar era aquele.

— É por aqui. - disse E:U estendendo sua mão em minha direção, na qual seguro sem hesitar -

— Espero que isso não seja um sequestro. - disse brincando, arrancando uma risada de E:U -

Não precisamos andar muito até chegarmos em um prédio. Pelo o que eu vi nos folhetos da Academia, aquele parecia ser o prédio de educação física. O que fazíamos ali?

Entramos no prédio pela porta do fundo, já que provavelmente era a única aberta, e subimos uma escada.

Como ainda não começamos a ter aulas nesse prédio, não tinha ninguém e nenhum segurança por perto.

Com um pouco de dificuldade, E:U abre uma porta que parecia estar emperrada. Logo era capaz de se ver...uma piscina? Não era muito larga, mas em questão de comprimento era enorme.

— Eles tem uma piscina no segundo andar do prédio?

— É um pouco estranho, mas eu gostei desse lugar.

E:U vai até a parede e acende um interruptor, ligando as luzes internas da piscina. Era lindo, parecia que a água toda estava brilhando e refletia no teto do local, o que deixava tudo mais incrível.

~◎~

Eunji estava concentrada em olhar cada parte do lugar. Achei graça no seu fascínio tão grande, mas aquilo me deixou feliz.

Tiro meus sapatos e meias e sento na borda da piscina, mergulhando meus pés na água. Na sequência Han faz o mesmo que eu e se senta ao meu lado.

— Por que me trouxe até aqui?

Eu também não entendia muito bem o motivo, então não sabia ao certo o que responder.

— Não sei...talvez só estivesse com vontade de mostrar esse lugar para alguém...E você foi a primeira pessoa que me passou pela cabeça.

Nós mexíamos nossos pés fazendo com que a água se agitasse um pouco.

— E:U... - Eunji apoia sua cabeça em meu ombro - Eu quero saber quem você é.

Fiquei confusa com o que Eunji disse.

— Você não sabe?

— Eu quero saber quem é você de verdade. Tenho tantas perguntas para te fazer.

— Então sinta-se livre para me perguntar o que quiser.

Minhas palavras pareciam ter feito Eunji começar a pensar em suas próximas falas.

— Por que entrou para essa Academia?

— Minha mãe...Ela provavelmente será a resposta para muitas de suas perguntas.

— O que tem ela?

— Desde o inicio eu era contra entrar nessa academia por conta da divisão. Mas no final ela acabou ganhando o que queria e eu entrei.

— Mas por que ela quer tanto que você estude aqui?

— Os alunos que se formam na Academia Choi tem uma chance muito maior para arranjar empregos melhores ou recomendações para boas faculdades, desse modo eu seria capaz de ajudar minha família. No final não foi uma idéia tão ruim assim, eu faria de tudo para apoiar eles.

Sinto a mão de Eunji sobre a minha.

— Eu aposto que sim. - ela diz levantando a cabeça de meu ombro e olha em minha direção e eu retribuo seu olhar - Posso te fazer uma última pergunta?

~♡~

Eu não fazia idéia que E:U tinha um motivo como esse para estudar nessa academia. Nessa hora senti vergonha de mim mesma. Eu entrei aqui só para mostrar para meu pai que poderia ter uma boa colocação e ainda tentei fazer isso roubando as respostas da prova.

— Posso te fazer uma última pergunta?

E:U responde balançando a cabeça, no que entendo ser uma resposta positiva.

Ainda mantínhamos contato visual. Por alguma razão, sempre que Park e eu nos olhávamos, nunca conseguia desviar o olhar. Como alguém conseguia me prender dessa forma?

— De onde veio todo seu ódio pela Elite? Sabe...você nunca estudou aqui antes, assim como eu, mas já parecia não gostar da Elite desde o começo.

E:U pareceu refletir antes de responder.

— Você já ouviu alguma história de terror? Daquelas que seus pais te contam para você não fazer nada de errado. Minha mãe contava sobre a Elite. As coisas horríveis que já aconteceram com os bolsistas, ou aqueles que tentavam ajuda-los. Quando percebi, já compartilhava do ódio que minha mãe sentia.

— Mas como ela sabia o que acontecia aqui?

— Achei que a pergunta interior era a última. - E:U dizia com um sorriso vitorioso no rosto - Você vai ter que esperar para saber mais. Você acha que vale a pena?

— Vou esperar o tempo que for.

Vejo um sorriso ainda maior surgir no rosto de E:U e a mesma volta a olhar nossos pés na água.

Caros alunos da renomada Academia Choi. Últimos 30 minutos antes do toque de recolher. Encerrem todas as atividades e voltem para seus respectivos dormitórios. Repito... 

— Melhor nós voltarmos.

E:U se levanta e no momento em que também decido fazer o mesmo, meu pé desliza pelo chão liso. Eu deveria ter caído na piscina se não fosse pela mão de Park me segurando pelas costas.

— Foi por pouco. - digo aliviada -

Jiwon me puxa para mais perto, deixando nossos corpos mais próximos.

— E:U, você já pode...

Park desliza suas mãos, colocando-as em volta de minha cintura, assim me puxando para um abraço, em seguida afunda seu rosto na curva de meu pescoço.

— Obrigada... - E:U diz quase de modo inaudível -

Levo meus braços ao redor do pescoço dela correspondendo seu abraço. Sinto seus dedos pressionarem minha cintura com mais força.

— Por qual motivo?

— Por querer saber quem sou eu.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Se puderem, mandem mensagens de carinho para nossa amada Onda!! Até amanhã! ❤ Obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...