História Apenas um pesadelo - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Yaoi Dark Lemon
Visualizações 23
Palavras 1.884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii. Eu sei que eu demorei pra porra, e que eu sou uma bela de uma filha da puta. Mas eu vou dizer pq eu demorei pra K7😅😐😶


1°_ O meu celular quebrou de novo! O display dele queimou😣😣. Então, foi assim essa história... Eu tava mechendo no celular, de boa, quando ele começa a travar pra caraioooo, quando do nada ele parou. Eu tentei mexer na tela, e n consegui. Aí eu me irritei, joguei ele na cama e fui rolezar com meus amigos. Quando eu chego em casa e vou mexer no celular, a tela n queria pegar de jeito nenhum. Eu mandei meu namorado ver oq deu no celular, já que ele entende dessas coisas, aí quando ele descobriu oque havia com ele, meu namorado chegou pra mim e disse: " Teu display queimou, se fudesse! Kkk" enfim... Eu sei que lá no fundo, ele me ama. 😂😂😐


2°_ Nesses últimos tempos eu tenho ficado doente, tipo, super doente. Fiquei 1 semana sem comer e com muuuuuuuuita febre. E eu não queria ir de jeito nenhum pro hospital. Eu tava mauzona! Fiquei me culpando pelo que havia acontecido com o celular, e etc... Mas agora eu tô de boa. E gente, não é depressão!!! 😜😊😊


3°_ Me deu uma puta de uma falta de criatividade. Sério! Eu ficava triste, conversava com meu namorado, aí eu ficava pensativa, e quando vinha a criatividade, eu não sabia direito como começar as coisas e por onde eu ia escrever, aí a criatividade ia embora.😥😫😤😭




Espero que vcs me entendam, mas se quiserem me xingar, podem xingar 😚😓

Capítulo 10 - Especial: Bryan na detenção.


Fanfic / Fanfiction Apenas um pesadelo - Capítulo 10 - Especial: Bryan na detenção.

      " Quem quiser saber pq eu sumi, leia as notas do autor  ^_^"




  Iaeee? Enfim, finalmente a Nau-chan me deu um lugar nessa finc! Eu vou me apresentar, se apresentem também gatinhos e gatinhas 😘


    Meu nome é Bryan, tenho 16 anos e... Bem, eu não sei muito bem oque falar. Fazer o que né?



   Eu sou meio doente mental, e fiquei sabendo que tão falando calúnias sobre mim... Tipo, eu não saio pegando geral, só os professores que são gatos, e que eu sei que futuramente irão me pagar certos favores... Não me interpretem mal, eu não vou dar o meu rabo pra eu me fuder depois.


  Se for pra fuder, só na cama, baby.


    Enfim.....


  Agora, nesse exato instante, eu estou caminhando beeeeeeeeemm lentamente até a sala de aula onde eu irei ficar na detenção. Tipo, eu não entendi isso...


  PORQUE EU TÔ INDO PRA DETENÇÃO?!


  Essa diretora é uma bela de uma filha de uma quenga... Cadê meus direitos!?


   E lá estava eu... Caminhando lentamente para o meu fim... Meu destino final, minha morte.


    Aquele corredor era tão longo... Não sei até quando irei aguentar isso...


     Porra... Eu além de ser um belo poeta e mandar benzão na atuação, eu ainda assisto séries.


   Mais incrível que eu? Só eu. Hahahhabxbsjaj!!!



   Enquanto eu literalmente me arrasto pela poha do corredor, que é grande pra merda, vou contar-lhes a história de como eu conheci o Logan, minha best bixa Loka friends ♡♡.




     " Flashback On" 


   Eu estava na 2° série, é tinha acabado de entrar um novato esquisito. Eu não queria conversar nem chegar perto dele, ele era estranho... 


  Pequeno, delicado e extremamente fofo. Todos se encantaram com ele, menos eu.


   A única coisa que eu queria era quebrar a cara dele... Seu jeitinho meigo e tímido me irritava.


  Num dia qualquer, aquele garotinho estranho veio até mim, e com seu jeito tímido, disse:


  - Oi... Qual seu nome?


  Sério isso? Estudávamos na mesma sala! Como ele não sabe meu nome?!


 - Não interessa!


 - É por que não?


    Perguntou ele, curioso.


  - Eu não quero te dizer meu nome! Você é muito chato e esquisito.


      Eu pensei que ele ia correr, ou ficar chorando, como todas as crianças que já tentaram falar comigo...


   Mas não... Ele apenas me olhou mais curiosamente, e disse, bem animado e sorridente:


  - Meu nome é Logan!


    Ele sorriu fofamente e fez uma reverência, curvando-se.


  Eu o olhei meio assustado, é quando ele se levantou e em olhos nos olhos, eu soltei um resmungo e disse, meio desinteressado:


    - Meu nome é Bryan. Garoto esquisito.



     Então, foi assim que começou uma amizade cheia de viadagem e muita putaria.



         " Flashback off "



  Nossa... Bons tempos!


    Fazia tempo que eu tava me arrastando igual zumbi pelo corredor. E, mesmo você e nem mesmo eu acreditando, já fazia 1 hora desde que eu comecei a ir até a sala onde eu provavelmente morreria (TT).



    Eram 6 Horas e ponto (6:00 PM) daqui a pouco minha " detenção" acaba. Vou andar mais rápido.


  As aulas acabaram as 5, e desde então eu tô viçando por aí.


  O sinal avisando o fim da minha detenção é as 6. Já era pra ter tocado... Vai saber, né?


   Assim que cheguei até a sala de aula, me deparo com um homem incrívelmente Gato, tipo, super gato mesmo. Mas...


    O que essa divindade, tentação dos infernos, está fazendo aqui?


   - Finalmente a princesa nos deu o ar de sua graça. Entre e sente-se. Está 1 hora atrasado. 


  Olhei pra ele com cara de bunda, sem intender porra nenhuma. E do meu jeitinho rebelde de ser 😏, perguntei aquele cara:


   - Não. Minha detenção já acabou. Já é 6:00. A diretora disse 2:00 de detenção! Tô indo embora, falou Brother♡


  E quando dei meia volta, aquele cara passou direto por mim e fechou a porta, a trancando.


  - Você não vai sair dessa sala. Eu aconselho você a se sentar e ficar bem caladinho.


  O olhei indignado!


  - E por que eu deveria fazer isso?! Você não manda em mim! Já se passou 2:00! Ou você é idiota por acaso?!!


   Aquele homem cerrou fortemente os dentes, me olhando como se quisesse me bater, ele falou tentando manter sua paciência:


   - Você não completou a detenção, nem sequer ficou 1:00 nessa sala. Você vai ficar aqui até passar as 2:00, e se está achando de ruim garoto, saía dessa escola ou não se meta em encrencas! AGORA SENTE-SE!!



  Cara... Eu não gostei dele.=_=


  Sem realmente saber o que dizer, fui sentar-me na carteira, mas de cabeça erguida claro!


   Por que pra quenga - Ou caras chatos!- a gente não pode baixar a cabeça!!


   E, por um momento, eu pensei ter escutado aquele cara dizendo:


   - Hum... Garoto exibido.



     Mas afinal, quem é esse cara!!?


    Assim que me sentei na carteira, fui logo perguntando:


  - Quem é você?


  Ele me olhou intensamente por trás de suas lentes, e disse:


   - Só na sua sala eu sou Professor de Educação física.


    Arregalei os olhos, e respirei profundamente, antes de gritar quem nem Loko:


   - VOCÊ É O NOVO PROFESSOR DE ED. FÍSIC?????!!!!!!!



    - Não grita, porra!


   Ele disse. O olhei ironicamente. 


    - Nossa, você tem que me dá o exemplo, e não falar palavrão. Hahhahgs jddjfnckdkisjdk h


  Ele me olhou como se eu fosse um debiloide. ( _ )


   - Sim. E não grite, Sr. Bryan.😑


   - Agora sim! 


   Falei sorrindo animadamente, e ele deu um meio sorriso, um sorriso imperceptível, que provavelmente não era para eu ter visto... 


    - Então... Qual seu nome, prof?


     Ele novamente olhou-me por cima de suas lentes, encarando-me tediosamente e até mesmo um pouco curioso... Seus olhos roxos me interrogaram por um curto momento, como se dissessem: 


    " Não é da sua conta!"


Mas logo o homem mais velho suspirou cansado, e me respondeu:


    - Derek. Derek Connam. Agora, por favor, fique quieto!


         

           



             😻Pov's Autora😻





     Bryan estava realmente curioso sobre aquele Professor.


     Ele era bonito, realmente muito bonito. Seus olhos roxos se tornavam mais atraentes e mistériosos por trás daquelas lentes...


     Ele era um pedaço de mal caminho.


   Bryan, mesmo admitindo que não gostava daquele Professor, ele não podia negar que ele era bonito...


   Bonito? Não... Essa não é a palavra certa... Derek, sem dúvida, era gostoso, uma tentação dos Deuses. E, pensando assim, fica meio difícil odiar aquele cara.


    Mas uma coisa não se encaixava, embora não desse muita importância, mas como assim


      " Só na sua sala, eu sou Professor de Educação física"?


  Meio inquieto com aquela frase, Bryan perguntou:


    - Como assim você é Professor de Ed. Física só na minha sala? 


  O Professor pediu paciência aos deuses... Aquele era chato.


   Mas o Derek também o achava atraente. O mais velho não gostava daquele jeitinho chato e irritante do mais novo, mas Bryan era bonito, e isso ele não podia negar.


   Por um momento, O garoto rebelde e o Professor chato se encararam por um breve momento, e pela primeira vez, Bryan e Derek pensaram, juntos:


     " Ele é tão bonito, mas eu não gosto do jeito dele!"


   E, como se eles tivessem ouvido o pensamento um do outro, desviaram o olhar irritados. 


   O professor coçou a garganta, desfazendo o clima desagradável que havia se instalado naquele lugar, e tratou logo de responder a pergunta de seu aluno:


   - Eu sou formado na língua portuguesa e em Educação física. Eu ensino Português para as outras aulas.


   Bryan ainda não estava

conformado com aquela pergunta, ele queria saber mais.


  - Mas por que nossa sala???


   O professor revirou os olhos, querendo acabar logo com aquela conversa:


  - Porque a sua sala estava precisando de um novo Professor. O antigo se demitiu.


   Bryan fez uma falsa cara de confuso, e disse, colocando o indicador na bochecha de uma forma fofa:


     - Porque será que ele se demitiu, hem?? 


    E por um momento, Derek jurou ter visto chifres e um rabo de diabo.


   - Hum... Sei.


      E, quando por um momento o Professor pensou que finalmente estaria em paz, sem aquele interrogatório, Bryan começa a cantar, não muito alto, mas de uma maneira que incomodava:


      - Essas malandra, assanhadinha... Que só que vrau, só que vrau, só que vrau, vrau, vrau...


   E por aí vai...


     Uma veia começou a saltar na testa do mais velho... E como Bryan iria ficar 2 semanas na detenção...


 É... Essa será as 2 semanas mais longas de sua vida.




                 


              "Horas Depois...."








     Uma hora e Cinquenta e oito minutos ( 1:58 ) Já haviam se passado, e Bryan estava, sem dúvidas, insuportável!


  Por horas e minutos a fiu, o garoto não havia parado de cantar, ou fazer perguntas idiotas, e para piorar, o mais novo pareceu não se dar conta de que o seu novo Professor estava começando a ficar irritado consigo.


   Irritado? O homem queria matar aquele menino!!!


  - Bryan, Cale a boca! Eu já te mandei ficar quieto!


   Disse o Mais velho, batendo violêntamente na mesa.


   - Porqueeeeeeeeeeeee??? Tá muito chato aqui! 


    " Graças a Deus que já vai tocar!"


   Pensaram, novamente em conjunto.


   Bryan sabia que estava provocando o Professor, que estava causando dores de cabeça a ele, mas não ligava, afinal...


    Ele não gostou daquele Professor.


          


           TRIIIIIIIIIIIIIIIIIIIiiiiiIiiI.....





   Ouve-se o barulho alto e irritante do toque da escola, Bryan, apressado e animado do jeito que é, foi logo pegando sua mochila e correndo animadamente até sua preciosa "Liberdade". 


     O garoto estava tão agitado que nem se tocou que ao redor dele, haviam muuuuitas carteiras, então aconteceu o óbvio.


    Bryan tropeçou em uma das carteiras, e por um momento o mundo em sua volta pareceu parar de rodar. O mais novo fechou os olhos, se preparando para a dor... Mas, o que aconteceu, foi algo bem... Surpreendente.


  ( Imagem do Cap. É mais ou menos isso)   Enquanto Bryan caía, Derek correu rapidamente até o garoto, rondando os braços ao redor do corpo do menino e colocando a mão embaixo da cabeça dele, para o mais novo não bate-la contra o chão.


   Eles foram ao chão, mais o impacto não foi tão grande, foi só um susto.


    

 O homem se assustou com tudo aquilo, mas ao encarar os belos olhos de Bryan, não resistiu e beijou os lábios carnudos e rosados do menino, que estava tão indefeso naquela situação.


   Bryan se assustou com aquilo, e não resistiu pois não estava entendendo nada!


    O homem começou a chupar os lábios do garoto, e uma de suas mãos foi até o pênis do mesmo, mas ele estava mole.


   O homem começou a tentar estimular o pênis do menino por cima da calça, enquanto chupava seu pescoço. E quando Bryan entendeu finalmente o que estava acontecendo, empurrou o homem de cima de sí. 


   Mesmo que o garoto fosse bem... " Rodado" entre os Professores, ele não gostava de ser pego de surpresa daquele jeito.


    Bryan olhou assustado para o mais velho e, sem dizer nada, correu pegando sua mochila e saindo da sala.


   O Professor ficou pasmo. Não esperava que aquilo fosse acontecer, não esperava que ele próprio fosse atacar o menino, e nem esperava que Bryan fugisse daquele jeito.


  Tinha feito uma coisa errada... Muito errada...


     Mas.....


  Ao ver aqueles lábios carnudos e aqueles olhos inocentes e irritantes, não pôde evitar a vontade louca de tomar aquele garoto pra sí...



Notas Finais


Então... O que acharam??

Eu coloco a imagem do rosto de Bryan, Mex ou Logan?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...