História "Apenas um Segundo"-Imagine Taehyung. - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Ilusões
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Imagine Taehyung, Romance
Visualizações 38
Palavras 1.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem voltou.
Me perdoem.

Capítulo 32 - Viagem.


Fanfic / Fanfiction "Apenas um Segundo"-Imagine Taehyung. - Capítulo 32 - Viagem.

-Aniversário de namoro?!- perguntei surpresa.

-Sim! O Jimin disse que iria me dar esse vestido!

-Yumi, você deve estar confundindo, não é esse o vestido que eu prometi te dar -Jimin tentou acalma-la.

-É esse sim! Eu posso provar!

Yumi pegou o celular que estava em sua bolsa, e mostrou a foto do vestido que havia tirado na loja.

-Eu não acredito que fez isso!- eu disse encarando Jimin.

-Desculpa, eu só não sabia o que comprar, foi a única opção!

-Esse vestido era pra ser meu! Por que você sempre estraga as coisas S/N?!- Yumi começou a gritar.

Não respondi. Eu só a encarei por um tempo e corri para dentro de casa, onde fui direto me trancar no quarto.

Se foi o Jimin que comprou, por que a culpa é minha?! 

Mesmo as palavras de Yumi não fazendo o menor sentido, eu me senti um pouco culpada.

Odiava ser assim, ser sensível, me magoar com qualquer coisa.

Entrei no banheiro e tirei o vestido, colocando a primeira roupa que vi pela frente.

Decidi ser forte, e fazer algo.

Abri a porta e fui até lá fora, onde vi Taehyung e Jimin discutindo, e Yumi do lado observando. 

-Yumi -Caminhei até a mesma que me olhou.

-O que?

-Não é o vestido que você quer? Então toma!

Joguei o vestido no seu rosto. 

-Feliz aniversário de namoro adiantado para os pombinhos!

Voltei pra dentro de casa, mas dessa vez não estava sozinha, Taehyung me seguia.

-S/N! E o nosso jantar?

-Jantar? Depois disso tudo você ainda quer ir jantar Taehyung? 

-Sim...

-Então me fala, com que roupa eu vou? 

-Você tem um guarda roupa inteiro disponível, do que está reclamando?

-Nós vamos no Enzo's Taehyung, no Enzo's! Eu não posso ir com quarquer tralha!

-E desde quando você liga pro que os outros vão falar S/N! Não importa se você for com um vestido caro ou um shorts jeans com um chinelo! Você vai estar linda! E ninguém vai pagar a nossa conta no restaurante, então se alguém reclamar, manda ele cuidar da própria vida!

Uou. Por essa eu não esperava.

-S/N, agora sobe lá e se arrume, te espero no carro.

-Você que manda...

Taehyung saiu de casa e eu fui pro quarto. Abri meu guarda roupa e olhei com atenção para todos os cabides. Não me deparei com nada legal. Olhei para o canto e vi um vestido familiar, um vestido que era importante pra mim. Era o vestido que usei quando Taehyung veio jantar em casa pra conhecer meu pai, e começar aquele namoro falso.

Me trazia boas lembranças, então peguei e coloquei, junto com o tênis que usei no dia.

Desci e fui para o carro, passando por Yuni e Jimin que discutiam na sala.

Quando entrei no carro, Tae logo percebeu o vestido que eu usava.

-É o vestido do dia da chuva?

-Como sabe? 

-As flores estampadas são familiares, lembra quando eu carreguei até a casa da minha prima. 

-Pra um garoto você é bom com lembranças.

-Eu não sou qualquer garoto, sou seu garoto.

-Que bom que sabe.

Quando chegamos no restaurante, reservamos uma mesa e logo pedimos o que comer e beber.

-Amanhã vou para a Austrália com minha mãe.

-Que horas?

-Cedo.

-Cedo?! Por que justo de manhã? Sabe que não gosto de acordar esse horário nas férias!

-Mas eu não disse pra você acordar.

-E como eu vou me despedir de você dormindo?

-Tae, o casamento da mamãe é no final desse mês, a gente se encontra lá.

-Mas eu não quero deixar você ir, sem pelo menos dizer um "adeus".

-Você pode dizer hoje, não vai mudar muita coisa.

-Certeza que não vai se importar? De eu ficar dormindo?

-Claro que não, faça o que é melhor pra você.

Conversamos por mais um tempo até a comida chegar. E pense em uma comida boa! Pagar para comer no Enzo's vale muito a pena.

[...]

-Certeza que não vai querer sobremesa Tae? 

-Não, obrigado, peça apenas pra você.

-Hum...ok.

-Mas, você vai me dar uma colherada, não vai?

-Ixi, que audácia! 

-Quem é que está pagando mesmo?

-Era brincadeira! E claro que eu dou!

[...]


-Obrigada por tudo Tae- eu disse assim que ele abriu a porta do carro pra mim.

-Imagina, como seu namorado, não é mais que minha obrigação.

-Você é incrível. 

-Eu sei. Mas enfim, quero te levar em um lugar.

-Onde?

-Você verá.

Taehyung ligou o carro, e partiu para o local, que até o momento, eu não sabia onde era.

[...]

-Onde estamos?

-Não lembra desse lugar?

-Hum...acho que não.

-Lembra quando você saiu de casa, porque não queria se mudar pra fora de Busan, e eu te encontrei aqui?

-Ah!! Sim! Foi a partir daí que tive a ideia de começar o namoro falso!

-Exatamente, pra mim ele é especial.

-Sim, trás lembranças boas.

-Que tal irmos no balanço?

-Eu aceito. 

[...]

-Taehyung! Para a balança! Para! Tá muito rápido! Eu vou voar!!!!

Em vez de me ajudar ele ficou rindo.

-Quando eu sair daqui vou dar um chute no meio da suas pernas!

-Calma aí mocinha, eu ainda quero que a gente tenha filhos- disse parando a balanço.

-Sem graça- empurrei ele de leve.

-Vamos?

-Uhum, tenho que levantar cedo amanhã. 

-Só de pensar que vou passar as férias longe de você, já da um aperto no coração.

-Pare de ser exagerado, vai passar rápido.

-Você não vai sentir minha falta?

-Claro que vou, mas tente entender meu lado, eu passo mais tempo com você do que com minha mãe Tae.

-Eu sei...

-Vamos agora, já estou sentindo meu olhos pesarem.

[...]

-Não quero me despedir de você...

-Tae- peguei sua mão- prometo te ligar todos os dias.

-Certeza?

-Uhum, certeza. Se arrume bastante pro casamento da Mamãe, pra tirarmos várias fotos juntos.

-Ok, eu sei que você estará linda.

-Eu te amo tá? Não se esqueça, quando sentir minha falta, mande uma mensagem.

-Sendo assim, vou mandar mensagem 24h por dia.

-Tonto- disse rindo.

-Agora sério, se cuida. Eu te amo.

-Se cuide também.

-Pode deixar.

Terminando a frase, me beijou. E foi alí que nos despedimos oficialmente.

°Dia seguinte°

-Cuidado não se perder quando chegar no aeroporto da Austrália, sua mãe estará te esperando.

-Ok Pai.

-Sobre o dinheiro que te dei, cuidado hein. Não fica mostrando ele.

-Ok Pai.

-Não de muita atenção para estranhos, só se foi extremamente necessário.

-Ok Pai.

-Nã-

-Pai, eu sei me cuidar, não se preocupe tanto assim.

-Tudo bem. Quando chegar mande uma mensagem.

-Pode deixar.

-Você vai fazer falta.

-Eu vou voltar, relaxa.

Nos abraçamos, e eu parti para o avião. Porém, antes, senti alguém me seguindo.

-Por você, eu fiz o sacrifício de acordar cedo.

Me virei e vi Tae com cara de sono, mas mesmo assim estava lindo.

-Achou mesmo que eu iria perder a oportunidade de te ver uma última vez?


Notas Finais


I see that I'm icy

s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...