História Apenas uma aposta? : SooGyu - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT), Seventeen, Stray Kids, Super Junior
Personagens Doyoung, Hong Jisoo "Joshua", Kim Heechul, Kim Mingyu, Lee Felix, Taeyong, Yesung
Tags +18 (yaoi), Apenas Uma Aposta, Aposta, Babyboy, Daddykink, Heechul, Incesto, Incesto Lemon, Jigyu, Jisoo, Joshua, Leeteuk, Lemon, Mingyu, Minshua, Multilação, My Babyboy, Nct, Neo Cultufe Technology, Seventeen, Soogyu, Stray Kids, Svt, Svt Yaoi, Taeyong, Yaoi, Yaoi +18, Yesung
Visualizações 34
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei mas postei

Capítulo 8 - Amor - Cap. 7


Fanfic / Fanfiction Apenas uma aposta? : SooGyu - Capítulo 8 - Amor - Cap. 7

   P.O.V Taeyong

Acordei e senti uma respiração em minha nuca, nunca pensei que iria fazer isso com um homem, muito mais com meu irmão, mas eu gostei. Sorrio e dou uma reboladinha em seu membro, senti Doyoung agarrar minha bunda com uma mão e passou um dedo por cima do meu buraquinho. Me virei para ele e ele estava sorrindo. Dei um beijo nele e ele me colocou em cima do seu corpo forte e malhado. 

Doyoung : - Quer mais? 

- Se for com você eu quero. 

Sorrio malicioso para ele e ele me deitar na cama, abre minhas pernas e coloca sua língua em meu buraquinho, logo começou a dar estocadas com sua língua, eu só sabia gemer como uma cadela. O bom é que Jisoo não estava em casa, ele tinha curso de inglês sábado de tarde. 

- D-doyoung... Deixa eu te chupar?

 Doyoung : - A partir de hoje... É daddy.

- S-serio isso? Não vou fazer isso Doyoung.

Recebi vários tapas na bunda e logo um na cara.

Doyoung : - Respeita seu daddy. 

Doeu, mas eu não ligava, estava excitado e meu cu necessitava de Doyoung.


  |• DOIS DIAS DEPOIS •| 

P.O.V. Narradora

As coisas entre Mingyu e Jisoo estavam muito boas, Mingyu agora nem se lembrara da aposta, apenas queria ficar perto de Jisoo e o proteger de tudo. Conversavam o dia inteiro, mas ainda não se encararam na faculdade. 

Jisoo estava fazendo seu café. Doyoung passou a dormir em casa, não iria mais dormir na universidade, porque queria ficar perto de seu baby.  

Jisoo estava com um short cintura alta rosa claro e uma blusa manga longa preta, juntamente com uma meia 3/4 branca e um all star preto. 

Assim que terminou de fazer seu café e tomar o mesmo, sua bolsa já estava pronta, escovou seus dentes novamente e pegou seu celular. Deu bom dia a Mingyu e colocou seus fones de ouvido branco e logo em seguida uma música, Pentagon - Shine. ( NIMARIMOTA JIRIRI JIRIRI )

Entrou no carro e o motorista dirigiu até a universade. E quanto a Taeyong? Ele entrava mais tarde que Jisoo. Ele faz direito e Jisoo publicidade propaganda. ( Mingyu faz direito e Doyoung medicina. )

  ENQUANTO ISSO NA CASA 

Taeyong havia levantado, iria fazer uma surpresa para seu Daddy. Colocou sua box preta apertada e desceu as escadas. Colocou um avental e tirou sua box. Depois de um tempo, Doyoung desceu e deu um abraço por trás de Taeyong, mas não havia percebido que mesmo estava totalmente nu. Taeyong roçou sua bunda na cintura de Doyoung, e fez com que o membro de seu irmão ficasse ereto em poucos segundos.

Doyoung : - Oh... Baby... Por que fazes isso com seu Daddy?

Taeyong : - Apenas para te agradar...

Doyoung abaixou sua calça e sua box, sem preparação nem nada, enfiou aquele membro de 23cm todo em Taeyong, que gritou, parecia que seu inteiror estava rasgando. Taeyong se escorou na parede, mas suas pernas cambaleavam, o que fez Doyoung segurar a cintura de sue irmão - para não permitir que o mesmo caia e para ajudar nas estocadas - Doyoung levantou as pernas de Taeyong, desse jeito, conseguiu atingir seu ponto doce. 

Taeyong : - Daddy... De novo... 

Doyoung : - Baby, tão apertado...

Falou enquanto dava chupões pelo pescoço de Taeyong, marcando seu território. Mais algumas estocadas fundas e forte, e se desfez dentro do parceiro, que respirava ofegante. Saiu de dentro do irmão e o abraçou, sabia que havia estocado muito forte, então pegou o pequeno no colo e subiu as escadas. Abriu a porta do quarto de Taeyong e o deitou na cama. Pegou uma roupa e novamente o pegou no colo. Tirou o avental e o colocou na banheira gelada e úmida, colocou na temperar 3 e ligou a água. 

Doyoung deu um beijo na bochecha de Taeyong, o moreno nunca havia se sentido tão amado em toda sua vida, mesmo sendo irmãos, não ligava, sabia que aquilo que sentirá pelo mais velho, era amor. 



Notas Finais


PROMETO QUE VOU FAZER O JISOO E O MINGYU SE PEGAREM NO PRÓXIMO.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...