História Apenas uma Noite! - Park Jimin (BTS) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Bangtan Boys, Black Pink, Bts, Jimin, Park Jimin, Policial, Rose
Visualizações 62
Palavras 1.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Parceira de Sexo! ( HOT )


Fanfic / Fanfiction Apenas uma Noite! - Park Jimin (BTS) - Capítulo 4 - Parceira de Sexo! ( HOT )

  Sua boca aproximou se de meu pescoço, eu suspirei fundo fechando aos poucos os olhos na tentativa se sentir mais daquela sensação gostosa porém arriscada...meu irmão de jeito nenhum poderia saber do que está a acontecer ali.

Minhas mãos se fecharam e eu senti ele apertar me mais contra seu próprio corpo, fazendo meus seios encostarem em seu peitoral bem formado e forte, sua língua foi até o lóbulo de minha orelha mordendo a mesma puxando um pouco com os dentes:

- E aí? Vamos pro meu apartamento? - perguntou sussurrando provocante em meu ouvido.

- Apenas se não contar nada a meu irmão. - falei virando o rosto fazendo ele largar minha orelha.

- Eu não conto, se você não contar. 

Novamente ele atacou meu pescoço porém agora fomos interrompidos pelo elevador que abriu parando no oitavo andar, ele apertou no nono andar voltando a beijar me nos lábios agora.

 Eu não recusei de nenhuma forma aquilo, então puxei o mesmo pelo pescoço para alimentar a intensidade do beijo que ficava cada vez mais feroz...sua língua brincava com a minha, enquanto entrava na minha boca de uma maneira sexy e calma diferente de suas mãos em minhas coxas que agora estavam em volta de sua cintura me fazendo sentir seu abdômen ainda coberto no meu.

Assim que o elevador abriu de saiu comigo ainda em seu colo, soltei seus lábios porém continuei mordendo o mesmo recuperando de leve o ar enquanto sentia ele respirar fundo destrancando a porta de seu AP.

Ele fecha a porta com o pé sem a trancar, assim que ficamos totalmente livres um do outro...sem eu estar em seu colo ele me virou de costas guiando me para seu quarto enquanto já desamarrava o colan que estava em meu corpo descendo devagar pelas minha costas em movimento, suspirei ao sentir meu corpo aos poucos ficar nu para ele.

- Tao linda... - beijou meu ombro passando sua língua até o outro onde novamente beijou.

Ele fecha a porta dessa vez a trancando e quando acende a luz vi seu quarto lindo e muito be organizado...talvez mais do que o meu!

Jimin me virou de frente para ele tendo a visão de meus seios descobertos pelo colan, o mesmo sem dizer nada me empurrou na cama subindo em cima de mim com rapidez.

O toque das pontas de seus dedos nem meus bicos me fizeram suspirar fundo arfando as minhas costas costra seu corpo sobre o meu, logo sua boca foi a qual me massagiou ali nos meus seios...sua boca estava quente o que me fez gemer rapidamente pela língua bem quentinha em mim me dando muitas sensações jamais sentidas antes por mim!

Fazendo movimentos circulares ali por cima de meus seios, Jimin me enlouquecia me fazendo querer sentir mais do que sua lingua em mim...ele abaixou as meias ficando de joelhos na cama enquanto me encarava nos olhos de uma maneira totalmente sexy e provocante enquanto agora beijava aonde deixava descoberto:

- Você é realmente muito bonita senhorita S/n! - falou contra minha coxa.

Eu apenas sorri gemerdo ao sentir ele dar um leve tapa na minha intimidade ainda coberta pela calcinha fina, fiquei de cotovelos na cama tendo a visão de seu rosto já perto de minha intimidade...ele aproximou sua boca dalí e retirou minha calcinha com os dentes bonitos que tinha! 

A visão que eu estava tendo dele fazendo aquilo era realmente umas das mais provocantes e belas de toda minha vida, assim que a calcinha passou pelos meus dedos dos pés ele retirou sua camisa já jogando a mesma para longe de nós e da cama...ficou novamente deitado de barriga pra baixo e se aproximou rastejando sê para perto de minhas pernas abertas.

Ele e eu trocamos breves olhares e logo a ponta de sua língua passou poe toda minha extensão... eu suspirei alto sugando o ar entre os dentes já jogando minhas costas na cama, ele sorrio contra minha intidade o que me deixou mais relaxada! 

- Espero que goste... - falou sem esperar eu o responder e já começou a passar com mais força sua lingua alí.

Suas mãos seguravam minhas coxas com uma certa força me impedindo de mexe las contra ele, eu coloquei a mão na boca para não gemer muito alto por cota dos vizinhos que com certeza reclamariam para ele sobre isso!

Novamente sua língua voltou a massagiar meu clitóris me levando a loucura com aquilo...eu estava implorando logo pela penetração dela, queria sentir aquela lingua tão úmida e quente centros e mim...saber a sensação que ele pode me trazer de novo! O mesmo vendo meu desespero com aquilo...aproximou se de minha entrada ainda fazendo movimentos circulares com a língua que em nenhum momento me deixou!

Ele adentrou me com calma ainda em movimento com a mesma, eu gemido mais alto dessa vez tirando as mãos da boca e colocando as mesma a apertar o lençol em baixo de mim. 

- Ooohh... - meus gemidos pareciam o deixar com mais desejo fazendo ele aumentar a velocidade da língua dentro de mim.

Eu já estava cansada de tando arfar as costas e percebendo isso segurei agora em sua cabeça o deixando mais próximo de minha intimidade que logo começou a chupala com força...suas mãos vieram até meus seios massagiando eles com velocidade e algumas vezes os apertando!

Estava já próxima de meu primeiro orgasmo e Jimin percebeu isso aumentando as chupadas ali no local enquanto sua língua parecia implorar por aquilo logo...

- Jimin...e...u....vou...go... - e sem terminar de falar o liquido é simplesmente jogado pra fora entrando já em sua boca após um gemia alto meu.

Ele lambeu minha intimidade tirando toda a gosma dali e colocando em sua boca se deliciando com aquilo...logo o mesmo subiu pelo meu corpo chegando ate meu ouvido sussurrando:

- Eu preciso de você.... e o quanto antes melhor, por isso... - ele começou a abaixar suas calças com uma mão - Quero te fuder logo!

O mesmo atacou meus lábios ferozmente sem ao menos esperar minha resposta...

Logo o mesmo já estava sem roupa por cima de mim...ele apenas pegou em meus pulsos erguendo os mesmos pra cima prendendo os dois em uma mão apenas, a outra mao dele ficou em minha coxa, puxando a mesma para cima.

- Ji...Jimin....- gemi seu nome ao sentir seu membro entrar em mim lentamente.

- Nossa... - gemeu - Tão apertadinha!

Ele grudou nossas testas e então começamos a movimentar os quadris juntos. Sentia seu membro entrar fundo cada vez que ele estocava minha intimidade com força....nossos gemidos estavam abafados um pelo lábio do outros que agora se encontravam grudados! 

Ele entrava fundo e rápido... mais tão rápido que eu nem conseguia contar quantas vezes era preenchida por ele. Nossos gemidos voltaram a ficar descontrolados quando estávamos próximos de nossos orgamos...ele colocou as duas mãos envolta de meu corpo tendo a visão de nossos corpos se chocando um contra o outro!

- Você... - olhou para meus olhos - Goza pra mim!?

Sua pergunta foi como a chave de meu orgarmo...sem dizer nada o respondi com o gemido alto.

Novamente havia alcançado meu orgasmos e dessa vez ele quem jogou a cabeça pra trás ao sentir o seu chegar, o mesmo logo se retirou de dentro de mim gozando em minha barriga e por cima de minha intimidade...

- Vou repetir isso, mais vezes! - falou com sua voz já normalizando me puxando para o outro lado do colchão.

Eu apenas suspirei sentindo seu corpo tão grudado ao meu daquela maneira me fazendo bocejar de sono!

- Boa noite parceira de Sexo! 

Rimis juntos do que ele havia dito, mais por um momento eu queria ser mais do que uma parceira...porém é melhor eu parar de pensar nisso, e me focar no momento ali!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...