História Apenas uma noite - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Golden Freddy, Mangle, Marionette, Personagens Originais, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Visualizações 25
Palavras 1.047
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


esse cap é praticamente só pra atualizar o que aconteceu com as meninas nesses meses.
perdão por erros.
boa leitura.

Capítulo 19 - The day before the inauguration


P.O.V. 3 pessoa

Pitter: vamos meninas cortem a faixa – Pitter fala pra as meninas que segurávamos uma tesoura gigante perto de uma faixa que representava a inauguração da pizzaria já localizada em outro lugar e toda reformada. As meninas aproximam a tesoura da faixa e cor-

[Bruna: opa opa opa calma ai jão!]

[autora: que foi caralho?!]

[Bruna: tu vai mesmo bancar a filha da puta e contar a historia já no dia da inauguração, sem atualizar os leitores de tudo que rolou nesses meses]

[autora: aff]

P.O.V. Bruna

*um dia antes da inauguração*

Agora sim porra! Bom, vamos atualizar vcs sobre o que rolou nesses meses em forma de um resumo.

Primeiramente minha aparecia mudou e a aparência das meninas também meu cabelo agora não esta mais todo cacheado ele tá ondulado com a raiz da cor natural, mas com as pontas pintadas de loiro dourado. E as aparências das meninas tá assim, a Ster esta com os cabelos normais, mas com algumas mechas e a franja de lado pintadas de azul claro. E a Amanda alisou o cabelo e cortou ele em estilo Chanel também com algumas mechas pintadas, mas em vez de azul claro ela pintou de roxo.

Nesse tempo que levou a construção da pizzaria nós completamos 18 anos, ou seja, somos as representantes da pizzaria, legal né? Mas como tudo tem seu lado bom também tem o lado ruim, nós agora estamos no terceiro ano do ensino médio e parece que tudo que eu odiava, achava chato, entediante e pura tortura se triplicou quando cheguei ao ultimo ano escolar.

Esses meses todos da pizzaria nós não vimos os animatronics nem sabemos como tá a aparência deles, mas acho que continuou a mesma só que concertada. E isso foi basicamente o resumo do que aconteceu nesses meses, ah! Eu também quase fui presa por dirigir sem habilitação, mas isso é só uma coisinha normal da vida que acontece com qualquer um.

Mas voltando o foco pro dia de hoje, eu estava no meu carro – porque agora tenho dezoito e sou habilitada, vou fica reforçando mesmo – eu trajava uma saia jeans de cintura alta preta, salto alto vermelho, uma blusa fina sem manga vermelha, minha jaqueta jeans vermelha também, com meus cabelos soltos e Choker preto com um pingente de ancora, eu estava indo pra casa da Ster, porque o tio Pitter queria falar a gente, algo haver com a inauguração da pizzaria e nós também não tínhamos visto a pizzaria construída, então não sabíamos como ela tava e ele provavelmente também queria mostrar.

Eu desci do carro e entrei na casa da Ster. Cheguei na sala e encontrei a Ster lá jogada no sofá como uma desocupada mexendo no celular. Ela estava usando uma minissaia preta, com uma meia calça também preta, um moletom azul claro por cima, com os cabelos soltos, um all star azul claro e com um Choker preto no pescoço.

Eu: Ô fusão de satã com diarreia e hiena com conjuntivite! – chamei a atenção dela, a mesma parou de olhar o celular e me encarou por uma fração de segundos, assim que me encarou pude ver que ela estava com olheiras do tamanho da minha vida, me aproximei dela e perguntei:

Eu: miga que coisa horrível é essa embaixo do seu olho que vc chama de olheira? – perguntei com um pequeno tom de zombaria na voz e ela me encarou como se dissesse; “serio isso?” – eu tô falando serio por que as olheiras? – pergunto novamente e ela se levanta no intuito de ficar sentada no sofá.

Ster: eu dormi muito pouco essa noite – ela fala com um olhar cansado e coloca a mão na boca bocejando, eu ia abri a boca pra perguntar o “por quê?” dela ter dormido pouco, mas nem abri a boca e ela me interrompe – e antes que vc pergunte o “por quê?” deu ter dormido pouco, vou facilitar o seu trabalho e fala logo. Eu estava pesquisando apartamentos e moveis pra vender, então eu dormi tarde e acordei cedo, por isso tenho essas olheiras horríveis e nem passei maquiagem pra aliviar ‘tô cansada demais pra isso – falava e bocejou de novo após terminar de se pronunciar.

Eu: mas pra que caralhos vc tava pesquisando sobre apartamentos e moveis? Seus pais te expulsaram haha? – perguntei caminhando até o sofá e sentando no mesmo.

Ster: eu estava pesquisando sobre aps e moveis porque eu quero me mudar, e não, meus pais não me expulsaram de casa, é que eu quero ter a minha independência sabe? Não ficar sempre no teto dos meus pais – ela fala voltando a se deitar no sofá.

Eu: mas tipo faz o que? Dois meses que tu completaste 18 anos? e já que se mandar da casa dos seus pais? – pergunto e ela murmura um “huhum” – osh por quê?

Ster: sei lá, sempre sonhei em independência – ela fala e depois alguém chega ouvindo e cantando “fake Love” do BTS e sabem quem é essa pessoa? Isso mesmo a Amanda. A Amanda usava uma blusa fina da cor lilás, um short curto jeans rasgado preto, sapatilhas pretas, uma bolsa de lado e uma tiara no cabelo da cor preta.

Amanda: sentiram saudades dessa formosura em forma de mulher? – ela pergunta se aproximando da gente e fazendo poses maravilhosas.

Eu/Ster: nem um pouco – falamos em coro fazendo a morena nos encarar com cara de falsa indignação.

Amanda: vou lembrar-me disso tá? Eu não vou convidar vcs pro meu enterro – ela fala e depois joga a bolsa no chão e se senta.

Ster: credo vira essa boca pra lá Cláudia – ela fala depois faz o sinal da cruz. Nós conversamos por uns 5 minutos e o pai da Ster nos chama na porta da casa, ele nos leva até a pizzaria e tampa nossos olhos com vendas.

Sr. Russell: podem tirar as vendas meninas – ele fala e nós tiramos as vendas e admiramos a frente da pizzaria que era (autora: eu não levo muito jeito pra detalhar lugares então vcs imaginam ai como vcs gostariam que fosse a pizzaria) e tinha um ar de infância e alegria só de olhar pra entrada – então o que acharam?

Amanda: só uma palavra...

Eu/Ster/Amanda: WOW!!! – falamos em coro e boquiabertas. E Sr. Russell ri da nossa cara.

Continua.


Notas Finais


agradeço a quem lê, favorita e comenta.
até o proximo capitulo bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...