1. Spirit Fanfics >
  2. Apenas uma puta( Park Jimin) >
  3. O começo

História Apenas uma puta( Park Jimin) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 1 - O começo


Fanfic / Fanfiction Apenas uma puta( Park Jimin) - Capítulo 1 - O começo

S/N on 

Bom... Não sei por onde começar, vou me apresentar.

Meu nome é S/n eu tenho 18 anos, e bom eu sou uma prostituta— contra a minha vontade— vou explicar.

3 anos atrás.... on

Estava em meu quarto quando escuto meu pai gritando com um homen, por ser muito curiosa desço um pouco das escadas para poder ver a discussão.

— eu não tenho como pagar– fala meu pai.

— o problema não é meu, você vai todos os dias na minha casa de prostituição, come as minhas mulheres e não paga por nenhuma.

— eu tenho a solução. Eu te dou a minha filha ela tem 15 anos vai servir bem como uma puta.

— onde ela está?— fala o outro homen que parecia não ter mais que 30 anos.

— lá em cima. Vou trazer ela aqui.

Nessa hora corri para meu quarto, mais não adiantou, quando fui trancar a porta meu pai empurra a mesma.

— vem!– fala o mesmo puxando meu braço.

Quando chegamos ao andar de baixo, rapidamente o homen que estava sentado no sofá, vira para mim.

— ela vai dar uma pela puta, não acha?— fala meu pai olhando para o mesmo.

— certamente que sim.

3 anos off.

E desde então eu vivo nessa casa de prostituição, pelo menos eu estudo foi uma ordem que meu pai impôs.

Pelo menos aqui fiz duas amigas, a Lisa e a Jisso. Tenho certeza que minha mãe não está orgulhosa de mim agora, mais quando eu terminar o ensino médio irei me formar e ter um futuro melhor. A minha mãe faleceu quando eu nasci, meu pai fala que foi por minha culpa que ela se foi. Eu acho que ele está certo.

Nesse exato momento estou me arrumando para mais uma noite nesse inferno. Coloco um top xadrez vermelho e uma sai da mesma cor e um salto alto ( foto 1).

Saio de meu quarto e vou para o bar pego uma bebida e fico sentada lá, o movimento estava fraco mais aos pouco foi se intensificando. Logo Lisa e Jisso chegam perto de mim.

— vai pegar alguém miga?— fala Lisa apoiada em meu ombro.

— sou obrigada né.

Assim que termino a frase vejo entrar pela porta 3 garotos, e me interessei no baixinho de cabelos loiros e um terno preto( foto 2).

Continuamos conversando, pois não podíamos chegar neles, era uma regra. Os homens tenque chegar em vocês.

Voltamos a beber, quando dois meninos vem até nóis um de cabelo preto até Lisa e um de cabelo marron ate Jisso.

Eles levaram elas para um dos quartos e eu fiquei lá bebendo, logo vejo o menino que estava com os outros dois vir em minha direção. 

Contínuo ali bebendo minha bebida, sem me importar com ele. Dou atenção ao mesmo quando ele se pronuncia.

— quantos anos você tem?

— tenho 18 e você?

— tenho 20.

— legal. Oque faz aqui?

— só vim me divertir. E você? Tão nova num lugar desses.

— a história é longa.

Ele pôs a mão em minha coxa e chegou perto de meu ouvido.

— prefiro fazer algo melhor do que escuta uma história.

— é  mesmo?

— sim.

Começamos a nos beijar, paramos por falta de ar e o levei para um dos quartos.

Chegamos no mesmo e ele me jogou na cama, tirou minha roupa e deixou beijos por meu pescoço, peitos e parou na cintura. 

Logo começou a me chupar, eu apenas segurava os lençóis para conter os gemidos mais não adiantava, ele parou assim que gozei em sua boca.

— agora é sua vez Baby.

Não respondo apenas me levantei o empurrei na cama ficando por cima chupando o mesmo.

Quando ele estava preste a gozar paro.

— quero você dentro de mim.— falo para o mesmo.

— como quiser Baby.

Ele me colocou novamente na cama e pós uma camisinha logo me penetrando.

Ficamos horas assim, diversas posições foram feitas e enfim caímos um para cada lado da cama.

— foi maravilhoso— falo olhando para o mesmo. 

— concordo.

Tentei me levantar mais foi em vão, pois cai do lado da cama. 

— você tá bem?— pergunta o mesmo de pé em minha frente.

— sim estou.

Ele me pegou no colo s me levou até a banheira, ligou a água e entrou dentro da mesma.

— qual seu nome?

— S/n. E o seu?

— Jimin. Park Jimin.

— nome bonito.

— digo o mesmo.

Nos beijamos e ficamos abraçados. Saímos da água e colocamos nossas roupas. Ele pagou e saiu do quarto.

Tive mais alguns clientes, mais nem um me fez esquecer do Jimin. Depois que a boate fechou, todas as garotas inclusive eu fomos dormir. 

Pois no dia seguinte teríamos aula, é o nosso último ano. E depois partiu faculdade.

 Eu pretendo fazer de médicina, o Lisa disse que quer fazer a advocacia. E a Jisso quer fazer de designer de moda. Ela sempre gostou de desenhar.





Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...