História Apenas uma semana - VKook - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 186
Palavras 789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Ecchi, FemmeSlash, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - - 4





Third day;




Terceiro dia dessa semana de namoro falso. Eu estou achando que isso tá passando muito rápido, fico feliz e puto. Bom, depois do meu suposto encontro com o Taehyung ontem, eu tive que contar tudo - quando eu digo tudo, é detalhe por detalhe - ao Jimin e a minha mãe.

Os dois não falavam a boca. Acredita que eles até resolveram fazer um "bolão" com os meninos pra saber quem vai acertar o dia em que eu vou "dar" para o Taehyung? Certamente nunca, mas ok. 

Isso ficou estranho.

Voltando, já estou na escola conversando com meus amigos antes de tocar para entrar. Nós estamos bem empolgados, iria só ter as primeiras duas aulas e logo iria largar mais cedo porque três professores faltaram por conta da formação. 

E também não podia esquecer que eu também tive que contar tudo ao Jin e principalmente ao Yoongi, ele que fez acontecer tudo isso. Por um lado eu agradeço, é bom estar ao lado do Taehyung. Ele é legal, engraçado, tem um lindo sorriso, as vezes provoca sexualmente e nem se dá conta... E meu lado "gay" ataca novamente.


– Sério que vocês vão entrar nesse bolão que minha mãe fez com Jimin? – digo e faço um mini bico. 

– Não vou perder essa. Eu acho que ele vai dar 'pra o Taehyung no quinto dia de namoro. E vocês? – Yoongi diz me ignorando totalmente. Reviro os olhos.

– Acho que no sexto dia.– Jimin diz e eu bufo. Acabo me dando por vencido.

– Eu também acho. – diz Jin.– E você, Kook-ah? Ops, esqueci que você que vai dar. – ele completa e todos riem.

Eu apenas dou uma risada debochada e cruzo os braços.

– Estamos brincando, Jeon.– o mais velho diz e me abraça de lado.

Reviro os olhos MAIS UMA VEZ – Eu sei, né. Mas eu não vou dar nada 'pra o Taehyung, aish.

– Mas quem sabe alguns beijinhos, huh? 

Yoongi diz sorrindo malicioso e o sinal toca. Senti um mini arrepio percorrer pelo meu corpo. Talvez ele esteja aprontando algo que eu não saiba.



{...}...



Acaba as duas aulas e todos saem da sala com suas bolsas e animados, e eu tive que guardar meu material por último porque eu emprestei duas canetas a uma menina que senta atrás de mim e a demoníaca só devolveu no final da aula. Puta que pariu, viu. Ops.

Quando terminei de guardar minhas canetas e meu estojo eu escuto a porta ser aberta, mas eu tava sozinho. Ué. 

Viro pra trás e vejo Kim Taehyung parado olhando com cara de tacho pra mim. O destino ama tanto me foder assim?

– Taehyung?

– Oi! Você viu os meninos? Eles disseram que estariam aqui na sua sala pra nós irmos a uma sorveteria depois da escola. Mas eles não estão aqui...

Faço uma careta. Ninguém havia me dito nada disso. 

a

Então era isso que o Yoongi estava tramando? Meu Zeus me proteja. O Taehyung é inocente, e não percebeu. Dou uma tapa na minha testa.


O Taehyung me olha preocupado – Você tá bem?

– Tô sim, Tae. Vamos ir logo? – digo afim de sair logo dali. Não que seja ruim estar a sós com o Taehyung, só é um pouco perigoso para minha saúde mental e minha sanidade.

Ele sorri – Ok, vamos!

Quando ele abaixa a maçaneta, adivinha? Está trancado. Puta merda, eles pensaram muito bem nesse plano, ou diria, Yoongi pensou muito bem nesse plano(?).

– Temos um problema. – Taehyung diz coçando a nuca. Juro que se o Taehyung não fosse tão lindo, eu daria uma patada de tão lerdinho. 

Me aproximei do mesmo com a bolsa nas costas e sentei encima da banca* e ele me olhava. Ele foi se aproximando de mim ainda olhando nos meus olhos, e quando eu percebi ele já estava entre minhas pernas segurando a minha nuca.

Nossas respirações unidas e um pouco aceleradas, eu sentia meu coração bater num ritmo muito acelerado. Fechamos nossos olhos e quando íamos juntar saliva a porta é aberta com um pouco de brutalidade.

– Saiam logo, vou limpar essa sala imunda. – o tiozinho' da limpeza diz arrastando um balde e uma vassoura para dentro da sala.

Dou um pulo da banca e o Taehyung já estava separado de mim. Nós saímos as pressas da sala e eu estava envergonhado. Certamente estava vermelhinho, e o Tae sorria abobado. Será que ele finalmente descobriu que era um planinho do Yoongi para juntar a gente?

Sexta, no Globo repórter.

Ok, voltando.

Se ele descobriu ou não, eu não sei. Mas que é provável, é. Saio andando rápido até a saída e o Taehyung me acompanhava meio lento. E na entrada da escola vejo três pessoas rindo da minha cara emburradinha.


– Gostou do beijo, Kook? – Yoongi pergunta rindo e me provocando.

Coitadinho dele, nem sabe que não rolou beijo nenhum porque o tiozinho atrapalhou, porém queria.


Notas Finais


tá informal mesmo, pq é mais narrativa...

comentem <3

até

kisses na bunda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...