História Apocalipse de Mitw - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Personagens Originais
Tags Alan Ferreira, Andrei Spok, Cellps, Felipe Batista, Felipe Z, João Vitor, Jvtista, Malena Nunes, Malepok, Mikchael Linnyker, Mitw, Predro Afonso, Rafael Lange, Tarik Pacagnan
Visualizações 80
Palavras 1.885
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 2 - Preciso dele, preciso do meu pequeno


Fanfic / Fanfiction Apocalipse de Mitw - Capítulo 2 - Preciso dele, preciso do meu pequeno


 

Por Mike

 

Sonho/ Flashback


 

É um belo dia, estou na janela dessa antiga casa, estou gostando de ficar aqui.


 

Grandão? – Pac

Olho para trás, vejo o meu adorável Pac.

Oi Pac, tudo bem? – Eu (Ele vem até mim)

Sim, você sumiu fiquei preocupado – Pac (Ele me dá um abraço, aperto-o nesse abraço)

Fofo, só queria ver se a rua está segura, Jacob disse que daqui a pouco vamos embora – Eu

Eu sei – Pac (Ele me olha, estamos tão próximos)

Você é lindo – Eu

Ele cora e olho pro lado.

Você também Mikaé, muito belo – Pac (Ele se encosta em mim, ficando com sua cabeça de baixo do meu pescoço)

Mikaé – Pac (Esse apelido é uma melodia)

Sim – Eu (Sorrio, amo quando ele me chama assim)

Quero carinho – Pac (Bagunço seus cabelos em meio o carinho, parece um bichinho fofo)


 

Ele sobe pelo meu pescoço e chega ao meu ouvido e diz.


 

A culpa não é sua, grandão – Pac

Me arrepio.

Me ache – Eu


 

Sonho/ Flashback


 

Acordo, apavorado, as lágrimas escapam, estou ofegante com o corpo trêmulo, quero meu pequeno, quero meu Pac, começo a me encolher na cama.


 

Mike?! – Malena


 

Por Malena


 

Estou passando pelos corredores, quando ouço alguém chorando me arrepio ao ver que vem do quarto de Mike, entro e vejo Mike chorando e tremendo.


 

Mike?! – Eu

Ele me olha, me choca, vejo o medo e desespero em seus olhos, vou até ele e o abraço, o mesmo desaba em lágrimas, sua mãos agarram minhas roupas, como se ele fosse cair, o abraço, ele encosta sua cabeça em meu peito.


 

Ma – Mike (Sua voz sai trêmula)

Sim – Eu

Eu o quero – Mike (Suas mãos tremem)

Que? – Eu

Eu quero o meu pequeno, o fofinho – Mike

Calma Mike, vamos achá-lo, eu prometo, você terá seu pequeno nos seus braços – Eu

Pac… Pac… Pac.. – Mike (Ele repete seu nome e começa a balançar)


 

Segurou-o forte, falo baixo e tento tranquilizá-lo é tarde da noite, após muito tempo ele se acalma e dorme, estou assutada, nunca vi Mike assim, coitado, o deito e o cubro, meu coração dói, eu sei o quanto ele ama o Pac, ah temos que te achar meu amigo, também sinto sua falta. Lembro de como eles eram grudados, de como o Pac era fofo comigo.

Desço as escadas, as velas estão acessas na cozinha, vou para lá apagar, mas vejo o Saiko comendo, ele me assustado entrei muito rápido na cozinha, acho-o fofinho mesmo tendo 17.


 

Tudo bem Ma? – Saiko (Ele sorri)

Claro Saiko, pensei que não tivesse ninguém aqui – Eu

Ata – Saiko

Os outros já foram dormir? – Eu

Menos o Calango e Pk – Saiko

Onde, eles estão? – Eu

Lá fora, deitados no do pátio – Saiko

Fazendo? – Eu (Estranho)

Vendo as estrelas – Saiko

Ah, essa é a vantagem de ter muros, deitar e admirar – Eu (Olho pela janela, ainda preocupada com o Mike)

O que houve? Você parece preocupada? – Saiko

Estou preocupado com o Mike – Eu

O que houve com o Mike? – Saiko

Teve alguns pensamentos ruins – Eu

Ele se levanta e coloca o prato na pia e me olha.

Vou ir dormir, boa noite Ma – Saiko

Boa noite – Eu

Ele sai da cozinha, vou até a janela e olho as estrelas, melhor eu ir dormir, apago a vela e saio da cozinha.


 

Por Calango


 

Pk e eu estamos deitado na grama lado a lado, vendo as estrelas, o céu é tão bonito, as estrelas são fascinantes, a única coisa mais bela é o Pk.


 

O céu é tão bonito – Eu

Muito, queria poder tocar as estrelas – Pk

Seria demais, tocar o céu seria ótimo – Eu

Olho para o Pk, a luz da lua o ilumina, como ele é lindo, seus cabelos estão espalhados pelo chão, quero tocá-lo, beijá-lo, eu o quero.

A lua rouba a cena do céu noturno – Pk

Sim, uma vez a Ma, me disse que alguém pisou na lua – Eu

Que foda, imagina – Pk

Um dia, nós vamos pisar lá – Eu

Ele ri.

Quem dera – Eu

Nós olhamos.

Você é tão bonito sabia – Eu

Brigado – Pk (Ele cora)

Você também é – Pk

Meninos? – Malena (Ela aparece do nosso lado)

Oi Ma – Eu

Oi – Pk

Eu sei que olhar as estrelas é algo legal e… romântico (coramos), mas amanhã será um dia bem agitado, vocês tem que estar descansados – Malena

Entendo – Pk

Ok – Eu


 

Levantamos, entramos e comemos algo, depois subimos, Pk e eu dormimos juntos na mesma cama, acho que é por isso que somos tão íntimos, nós deitamos, não resisto e puxo o Pk, para dormirmos de conchinha, amo tê-lo em meu peito.


 

De Manhã


 

Por Mike


 

Acordo, já amanheceu, dormi pessimamente, se o Pac estivesse aqui, ele teria feito um cafuné até eu pegar no sono, espero que você esteja bem meu amor.

Me levanto e vou para o banheiro, mijo e lavo a mão, me olho no espelho, minha cara está péssima, meu pequeno não ia gostar, mas já que ele não está aqui, coloco uma camisa preta e uma calça azul, saio do meu quarto, ando pelo longo corredor e desço as escadas, chego até o primeiro andar, entro na cozinha como qualquer coisa e depois vou lá para fora.


 

Bom dia Mike – Malena (Vejo a Malena descendo de uma torre de vigia que estamos construindo)

Bom dia, Ma eu já disse que não pra subir ai, precisamos de mais madeira, para isso ficar seguro – Eu

Eu sei, só queria ver como as coisas estão – Malena

Muitos zumbis? – Eu

Não, tem poucos, hoje é o dia – Malena

Que bom – Eu

Quem vai? – Malena

Pk, Calango, Batista e eu – Eu

Só? – Malena

Não posso levar todos, já vou ter que cuidar dos três mais um não daria – Eu

O Felps é bem responsável – Malena

Eu sei, por isso eu quero deixá-lo aqui, se algo acontecer, vocês dois resolveram – Eu

E o Saiko? – Malena

Ma – Eu

O que tem? – Malena

Eu não teria coragem, o Saiko é bem inocente, eu estou o ensinado a atirar, ele não pegou jeito, se algo acontecer com ele… – Eu (Fico mais sério)

Se algo acontecer eu terei matado mais um – Eu

Mike, precisamos conversar – Malena (Ela diz preocupada)

Sobre? – Eu

Ontem a noite – Malena

O que teve? – Eu

Você não se lembra? – Malena

Não – Eu

Ontem a noite você acordou desesperado – Malena

Disso me lembro, eu fiquei um tempo assim e depois dormir – Eu

É, o que você não lembra é que eu vi – Malena

Eita – Eu

É, você me agarrou e disse que precisava do seu pequeno, que você o queria naquele momento – Malena

Só era um ataque, nada demais – Eu (Me viro com intenção de ir para a casa, mas Ma me segura)

Opa, não foi “só um ataque” – Malena (Ela me puxa fazendo ficar de frente para ela)

Mike, você estava trêmulo, com medo, ontem eu vi o Mike cujo eu cresci ao lado, o que tinha medo e queria o seu amado Pac ao seu lado, só que o Mike que eu conheço iria atrás dele, mas você está tão desesperado, que o seu subconsciente está se manifestando – Malena

Ma – Eu (Digo baixo)

Por que? Por que você não que ir atrás dele, por quê? – Malena

EU TENHO MEDO!!!! – Eu (Grito, ela se assusta)

Você não acha quero ir atrás dele, mas eu sou chefe dessa porra!! Tenho que cuidar de vocês caralho – Eu (Digo irritado)

Eu te conheço, não é isso – Malena

Fala Mike, o que é??!! – Malena

Eu tenho medo de encontrá-lo – Eu (Digo trêmulo)

Como assim? – Malena

Tenho medo de encontrar o corpo dele, de achá-lo e ter a certeza que ele morreu, ter a certeza de que eu o matei – Eu

Ma, aquele fabrica EXPLODIU!! ELE ESTAVA LÁ!!! – Eu

Tinha um monte de zumbis lá dentro, ele só tinha uma faca, eu o matei, eu pedi pra ele ficar naquela sala, eu não gostava que ele manuseá-se uma arma, pois era desajeitado, por isso eu dei um facão para ele – Eu

Mike – Malena

É Ma, eu nunca dei uma arma para ele, pois eu achava que jamais sairia do lado dele, mas olha o que houve – Eu

Você é medroso – Malena
EU!? – Eu

É, ele está vivo Mike – Malena

Não, não!! Eram muitos zumbi… – Eu (Ela me interrompe)

EU DEI UM ARMA PRA ELE!!! – Malena (Ela grita)

O que!? – Eu

É, durante toda a confusão, eu o encontrei lá, te esperando, eu conversei com ele e dei uma arma a ele – Malena

E depois fui embora? – Eu

E por que você não o levou junto? – Malena

A Elise, ela estava em um galpão, eu sabia que tinha muitos zumbis lá, ela estava grávida Mike, eu queria que ela tivesse bebê – Eu

Eu não levei o Pac, pois eu pensei que ia morrer – Malena (Uma lágrima cai)

Ma!!! – Eu (Arregalo)

É, você ainda tem pesadelos com aquele dia? Não tem? – Malena

Claro – Eu

Eu também tenho, um dos pesadelos que eu mais tenho é com o Pac, é do momento que eu estou preste a sair da sala e o deixar – Malena

Eu também sinto o peso – Malena

T Tá – Eu (Seguro o choro)

Preciso ir – Eu (Falo trêmulo)

Mike, você e o Pac, eram meus maiores amigos – Malena (Ela abre os braços)

Quantas vezes choramos juntos? – Malena

A abraço e molho seu ombro com minhas lágrimas.

Ma – Eu

Sim – Malena

Me ajude, no fundo eu quero encontrá-lo, por favor – Eu

Ok, nós vamos – Malena (Desfaço o abraço, ela limpa minhas lágrimas)

Ele está vivo Mike, eu tenho fé – Malena

Espero que esteja certa – Eu


 

Flashback On


 

8 anos e meio


 

Por Pac


 

Estou em uma sala de segurança espero meu Mike, estou com medo, este lugar está desabando, mas eu sei que o meu homem vai aparecer daqui a pouco, vejo a maçaneta se mover, pego meu facão espere que seja o Mike, quando vejo é a Malena.


 

Pac! – Malena (Ela diz feliz e fecha a porta)

Oi Ma, que susto – Eu (Rio e a abraço)

O que está fazendo aqui? – Malena

Mike, pediu para eu ficar aqui – Eu

Acho fofo o jeito que vocês cuidam um do outro – Malena

Coro, a luz liga e um alarme liga.

Ué, quem ligou o gerador? – Malena

Puts – Eu

Pac, eu tenho que ir – Malena

Ok Ma, daqui a pouco o Mike vem – Eu (Sorrio com um pouco de preocupação)

Que foi? – Malena

O Mike, tenho medo de algo acontecer com ele – Eu

Ei calma, Mike é inteligente – Malena

Eu sei – Eu

Ele não vai morrer, ele tem que voltar para você – Malena

Sorrio bobo.

Tenho que ir, você tem uma arma? – Malena

Não, Mike me deu um facão – Eu

Esse Mike – Malena

Toma – Malena (Ela me dá uma AK-47 e algumas munições)

Ma, eu ainda to treinando – Eu

Eu sei, mas é melhor você ficar com uma – Malena

Ok – Eu

Ela anda até a porta e me olha.

Vai ficar tudo bem – Malena

Eu sei, só tenho medo dele se machucar – Eu

Ma – Eu

Sim – Malena

Eu o amo – Eu

Ela sorri e diz:

Ele também te ama – Malena (Ela sai e fecha a porta)

Ele me ama!! – Eu (Digo para mim)


 

Ouço uma sirene, olho por uma janela que dá na sala de máquinas, vejo fogo, não quero preocupar Mike, mas tenho que sair daqui, abro a porta e saio…


 

Flashback off


 


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...