1. Spirit Fanfics >
  2. Apocalipse zumbi- imagine BTS >
  3. Amy e o intruso...

História Apocalipse zumbi- imagine BTS - Capítulo 60


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura💜📚

Capítulo 60 - Amy e o intruso...


Fanfic / Fanfiction Apocalipse zumbi- imagine BTS - Capítulo 60 - Amy e o intruso...

1 semana depois.. 

O inverno tinha chegado e junto com ele a situação de Alexandria havia piorado, Maggie havia ido embora para ajudar uma mulher com sua comunidade e por isso deixou Hilltop nas mãos de Jesus até ela voltar mas como Hilltop estava vazia ele pediu para ficarem aqui até o inverno acabar e Maggie voltar, ja Alexandria estava ficando debaixo de Neve e por conta deste problema estávamos sem lugar para ir e só nos sobrou o reino. Carol não gostou da ideia pois estavam brigados mas lá era o único lugar que tínhamos para ir então arrumamos nossas coisas e deixamos Alexandria, todos estávamos embalados nas roupas de frio e mesmo assim ainda estávamos com frio, alguns estavam andando e outros nos cavalos eu era uma das que estavam andando, infelizmente para chegar no reino necessitavamos de passar pelo outro lado da fronteira e isso era chamar perigo mas não tínhamos o que fazer...  

Th: Nunca senti tanto frio igual estou sentindo! 

S/N: Eu também não, vou congelar! 

Yg: Espero que ninguém fique doente! 

S/N: Quando eu era menor, ficava doente com qualquer coisa gelada...- pauso a fala por conta do frio..- Mas conforme fui crescendo eu parei de adoecer mais! 

Rs: Ainda bem, não dá pra ficar doente agora! 

J: E pra piorar temos que ir andando! 

Jm: Pelo menos esquenta! 

Jk: Eu não estou com frio! 

S/N: Ah Jungkook, até parece! Ta tremendo a boca por que então? 

Jk: Mania! 

S/N: Que mentira.. 

Jh: Se esquecermos o frio talvez passe! 

Th: Pensem em outra coisa.. 

Jk: Vamos fazer a brincadeira do... Como seria! 

S/N:  Como é essa brincadeira? 

Jm: Assim, você pergunta como seria algo e os outros respondem como acham que seria! 

J: Parece bem idiota... 

Jk: Mais pelo menos esquecemos do frio! 

Jm: Vamos começar da Rosé e assim vai! 

Rs: Tá, como seria se... Esse vírus não existisse? 

Js: Acho que seguiria minha vidas e terminaria a faculdade! 

S/N: Acho que eu também faria isso.. 

Th: É..

Jm: Jisoo sua vez! 

Js: Como seria se vivêssemos sozinhos e sozinhas? 

Rs: Eu acharia algum acampamento e me abrigaria lá! 

S/N: Eu acho que tentaria aprender a mexer com armas, porque no começo eu não sabia, e talvez ficasse sem lugar fixo! 

Th: Eu já teria morrido! 

Yg: Ficaria em casa e protegeria as janelas e portas pros zumbis não entrarem! 

Jm: Acharia as coisas necessárias para sobrevivência e tentaria achar os conhecidos! 

Jh: Acho que faria a mesma coisa que o Jimin! 

Jk: Protegeria minha família e tentaria ir para o centro de refugiados que anunciou na tv! 

Nj: É a do Jungkook! 

Jm: Próxima, S/N! 

S/N: Como seria se.... Fossemos só nós? Só eu e os meninos? 

Th: Seria.. 

Nesse momento ouvimos alguém chorando porém olhávamos para todos os lados e não víamos nada... 

Ng: Mais que diabos é isso? 

S/N: Shhh..

Começo a ir em direção ao choro e quanto mais me aproximava o som ficava mais alto, aos poucos ia percebendo que vinha de debaixo da neve... 

S/N: Tá vindo daqui, me da a luva! 

Dry: Toma...- diz me entregando uma luva. 

Pego as luvas de Daryl e começo a tirar a neve de cima do que quer que estivesse ali embaixo, estava fundo, muito bem enterrado. Aos poucos ia chegando, e quando vejo o que era me assusto... Um bebê! Rapidamente tiro o resto de neve que tinha no rosto dela e a pego no colo, estava apenas com sua fralda e com a pele toda queimada por conta da neve, não parava de chorar e tossir... 

S/N: Shhh, quem te colocou aí hum? 

Dry:  Ah meu deus... 

S/N: Me dêem alguma coisa para esquentar ela! 

Taehyung e Jungkook me entregam os xales e uma toca que ficava grande mais dava, a bebê não parava de chorar e cada vez mais ficávamos assustados..  

Jesus: Quem colocou ela ai? 

S/N: Você acha que eu sei? 

Jk: Eu to com medo! 

Ng: Era pra ela ter morrido, por que mais a enterrariam? 

Th: O Negan tá certo... 

Jm: Não vamos deixar ela aqui né?! 

S/N: Não, eu sei que com um bebê o caminho fica mais difícil, mas não vamos deixar um bebe sozinho aqui! 

Mch: Óbvio que não, vamos levar ela e quando chegarmos no reino cuidamos dela! 

Dry: Vamos continuar, temos muito pela frente! 

Continuamos a andar e agora com um bebê que estava  beirando a morte, se não tivessemos tirado ele a tempo acho que teria morrido. Eu não sei porque mais isso me cheira a Alpha, não tenho provas nem nada mas era a cara dela fazer esse tipo de coisa, principalmente com bebês. 

Depois de 5 horas andando conseguimos avistar o reino, já havíamos avisado então Ezekiel nos esperava no portão, o mesmo nos olha com confusão no olhar por conta do bebê e quando percebe pede para levarmos ele para as enfermeiras la elas saberiam o que fazer, todos entramos e peço para Hoseok guardar minhas coisas ja que as casas eram grandes e ficaria com os meninos, Hoseok pega minhas coisas e eu vou até a enfermaria. O nome da enfermeira era Allyson e levava jeito com bebês... 

Ally: Bom, ela precisa de roupa e as queimaduras na pele por conta da neve isso podemos melhorar com uma pomada. 

S/N: E quantos anos essa menina tem? 

Ally: Ela deve ter uns 3 meses! 

S/N: Ela pode ficar doente? 

Ally: Pode ficar com uma gripe das fortes mas para evitar quando chegar dê um banho quente e coloque uma roupa bem quentinha ah e ela precisa comer em todas as casas ja temos as fórmulas, caso ela venha apresentando febre você traz ela aqui! 

S/N: É que eu não vou ficar com ela! 

Ally: Por que? Acho que você seria uma boa mãe.. 

S/N: É que eu e meu namorado não estamos prontos! 

Ally: Mais não tem ninguém que possa, apenas vocês então vai ter que ser vocês! 

S/N: Ah tudo bem, me da ela aqui..- Allyson me entrega a bebê e eu saio da enfermaria indo direto para casa. 

A casa ficava meio longe mais se andasse rápido você chegava logo , assim que chego encontro os meninos todos sentados na sala conversando mas assim que chego eles se calam e disfarsam... 

S/N: Podem continuar, eu vou subir! 

Th: Não é que... É um assunto que só nós podemos saber mais ja terminamos! 

S/N: Eu ja ia subir de qualquer jeito então continuem! 

Subo devagar as escadas e entro em um quarto, separo uma roupinha fofa e vou até o banheiro. Rick ja havia me ensinado, mesmo assim foi meio difícil mas consegui, depois volto para o quarto, a enxugo, coloco a fralda e depois sua roupinha, ela ainda estava meio agitada mais talvez se ela tomasse a fórmula ela se acalmasse então desço e novamente atrapalho a conversa dos mas eu não podia fazer nada.. 

S/N: Desculpa mais eu vou precisar atrapalhar! 

Yg: Eeeeh! 

S/N: Ela precisa comer ué! 

Yg: Não me diga que ela vai ficar aqui!? 

S/N: Vai, e no seu quarto! 

Yg: Ah não, eu não vou suportar choro de criança! 

S/N: Eu to brincando, ela vai ficar no meu! Ah, e Tae se você não quiser pode dormir em outro tá? 

Th: Não eu durmo com você! 

Assim que Tae fecha a boca a bebê que ainda não tinha nome começa a chorar insuportavelmente, era a fome eu acho então procuro a mamadeira e a fórmula demoro uns minutos para achar mais acho, faço rapidinho e dou pra ela tomar... 

S/N: Pronto, agora vamos subir porque essas lindezas querem conversar! 

J: Ai eu sei que sou lindo.. 

S/N: Kkkk... 

Ela toma a mamadeira depois coloco ela para arrotar e finalmente dormir, ela estava bem cansada porque em poucos minutos durmiu. Como não podia descer fiquei olhando ela dormir até Taehyung bater na porta e se sentar do meu lado na cama... 

S/N: Terminaram a conversa? 

Th: Sim, ja acabamos. 

S/N: Bom saber... 

Th: Ela demorou dormir?

S/N: Não foi até rápido, acho que estava cansada!

Th: Quem não ficaria?

S/N: Ainda quero saber quem colocou ela enterrada na neve! 

Th: O que é pior ainda por conta dessas queimaduras que ficaram no rostinho dela!

S/N: Ainda acho que a Alpha tem alguma coisa a ver com isso! 

Th: Por que? 

S/N: Ela... Colocou as cabeças dos nossos para marcar fronteira, por que não enterraria um bebê? Ela é dessas! 

Th: Ainda bem que agora ela deu uma trégua.. 

S/N: Mais parece que está voltando... 

Th: Bom vamos esquecer isso o importante é que ela está bem,  qual o nome dela? 

S/N: Não sei.. Sou horrível em escolher nomes! 

Th: Ah pelo menos tenta! 

S/N: Amy? 

Th: Kim Amy... Bom! 

S/N: Fala a verdade foi horrível! 

Th: Não eu gostei, pode ser Kim Amy! 

S/N: Tudo bem... 

Th: Ela é tão fofinha! 

S/N: Sobre o que estavam conversando? 

Th: Nada de mais só... Esquece! 

S/N: Odeio ficar curiosa! 

Th: A Maggie mandou uma carta mais ainda não sabemos e estávamos apostando o que estava escrito só isso! 

S/N: Isso é bem mentiroso, mais tudo bem se não quiser me contar! 

Jungkook entra desesperado no quarto dizendo que aconteceu algo terrível na enfermaria... 

Jk: Gente, aconteceu um desastre na enfermaria! 

Th: Como assim desastre?

Jk: Eu não sei explicar, só venham ver!

S/N: Ok, vamos!

Th: Mais ela vai ficar sozinha?

S/N: Vai, ela não vai acordar agora!

Th: Tudo bem vamos! 

Levantamos rápido e descemos correndo,  a enfermaria estava lotada de pessoas envolta e Daryl junto com Aaron estavam la dentro tentando entender o que aconteceu... 

S/N: Hey Nam, o que foi? 

Nj: Parece que os enfermeiros foram mortos enforcados... 

Yg: Todos, menos o nosso Siddiq! 

S/N: E ja suspeitam de alguém? 

Yg: Dante, o Eugene vai pegar um corpo e tirar as digitais de quem pegou neles pela última vez! 

Dry: Eugene, o nome dela é Allyson! 

Eg: Obrigada! 

Dry: Todos vocês pra casa, está frio e podem pegar um resfriado! 

S/N: Podem ir, eu vou falar com o Negan! 

Th: Tudo bem... 

S/N: Olha a Amy! 

Th: Ok! 

Os 7 vão andando até em casa e eu procuro Negan na multidão mas não o encontro só depois de um tempo vejo o mesmo sentado na calçada do outro lado passando a mão na barba e observando com atenção o acontecido. Me aproximo do mesmo e me sento ao seu lado... 

S/N: E ai? 

Ng: E ai o que? 

S/N: Como se sente vendo tudo isso? 

Ng: Nada, não cheguei a conhece-los e não era dos nossos!- diz sorrindo 

S/N: Por que sempre está sorrindo? 

Ng: Por que viver triste? 

S/N: Nunca chora? A não ser aquele dia? 

Ng: Se for pra chorar que seja de alegria, esse é o meu legado! Não fico mais me amassando de tanto sofrer por uma pessoa que já se foi e não choraria por mim... Não me diga que quer chorar por essas pessoas? 

S/N: Eu ja cheguei no ponto que não consigo sofrer como sofria antes, eu ja vi tanta gente morrer que agora isso pra mim é... Normal! 

Ng: Vejo pela sua expressão que você ja está cansada de viver assim! 

S/N: Como sabe? 

Ng: Posso parecer não ver nada mas vejo tudo, antes as pessoas me chamavam de olhos que tudo vêem... 

S/N: Você esta certo, isso cansa mais do que correr uma maratona! As vezes eu me pergunto se ainda existe esperança pra isso? 

Ng: Existe, é difícil de acreditar mais eu acredito que existe! 

S/N: É como se fosse uma prisão e você não pudesse se libertar, nunca, tivesse de viver pra sempre assim! 

Ng: Te entendo, mas temos de seguir em frente... 

S/N: Eu queria tentar fazer a diferença mais assim é difícil! 

Ng: Eu sempre trabalhei para outras pessoas e meus chefes não acreditavam em mim, meu salário era menor que os dos meus colegas, as vezes eu cobria faxineiro e um dia eu cheguei em casa e disse pra minha esposa que ja estava cansado, não queria mais trabalhar e ser humilhado daquele jeito, ela olhou pra mim e me levou até a cozinha encheu três panelas de agua e colocou para ferver depois ela pegou uma cenoura, um ovo e o pó de café, esperamos alguns minutos e olhamos. A cenoura amoleceu, o ovo rachou e o pó de café mudou a água então ela virou pra mim e disse "faça o mesmo que o pó de café, mais não mude a água, mude o mundo"., é isso que você deve fazer ser o pó de café! 

S/N: É estamos no fim do mundo Negan, toda a população está morta, e os poucos que sobreviveram estão destinados a morte! 

Ng: Olhe pra mim..- diz virando meu rosto..- Tanto faz, tanto faz o que estamos destinados a ser, vamos tentar mudar enquanto estamos vivos e não vamos deixar que o mal nos vença! Liberte a super- heroina que há dentro de você e lute pela vida de todas as pessoas que ama, corra, chegue no final e diga basta, seja a campeã, faça história S/N! Você é capaz e eu acredito em você, ninguém precisa acreditar em você apenas eu ja é o suficiente... 

S/N: Negan, as vezes eu me pergunto... Por que não te conheci antes? 

Ng: Pra tudo existe o momento certo pequena, pra tudo!- me puxa para um abraço e logo me pede para voltar para casa. 

Negan podia ser tudo, mas era um bom amigo e era ótimo para desabafar, a conversa com ele era tão boa que nem percebi anoitecer, chego em casa e estava tudo silêncioso, tomo um banho e vou para o meu quarto onde os dois estavam dormindo, Tae estava quase escorregando da cama e tremendo de frio, me ajoelho na frente da cama e fico mexendo em seu cabelo moreno e que ja estava tapando os olhos de tão cumprido, o mesmo abre os olhos assustado mais quando me vê deita a cabeça no travesseiro de novo e fica me olhando e fazendo a mesma coisa que eu... 

Th: Por que demorou tanto? 

S/N: Eu estava conversando com o Negan.. 

Th: Tentei te esperar mais fiquei cansado! 

S/N: Não tem problema... 

Th: Vem..- diz batendo do outro lado da cama. 

Subo e me deito, abraço o mesmo e durmo, achei que teria uma madrugada tranquila mas muito pelo contrário o pior aconteceu.... 




Notas Finais


Espero que gostem, desculpa os erros!!



Kiss😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...