História Apocalypse - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Exo
Visualizações 8
Palavras 797
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A música dessa fanfic é: apocalypse do cigarettes after sex ( https://youtu.be/sElE_BfQ67s ), soundcloud: https://m.soundcloud.com/cigarettesaftersex/apocalypse-3
Acho que a essência da história não é a mesma sem a música, então ouçam a música enquanto lêem.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Death


O sino da praça que havia ali por perto tocava, anunciando que já eram seis horas. Chanyeol não tinha certeza, pois sua atenção continuava voltada para a lápide de mármore negro, a qual indicava que ali havia sido enterrado alguém. Um alguém muito importante para si, Byun Baekhyun.

Todos já haviam ido embora, o velório já havia acontecido, e o caixão sido enterrado a algumas horas. Mas Chanyeol ainda estava lá. Era apegado de mais a Baekhyun, e não conseguiria deixá-lo só. O ruivo não havia chorado em nenhum momento desde que soube que Baekhyun havia o deixado, ou melhor, desde que Baekhyun fora obrigado a o deixar, num infeliz acidente de carro.

Os familiares mais próximos e os poucos, porém fiéis, amigos do falecido, tinham comparecido. Alguns ficaram um tanto preocupados com o jovem alto e orelhudo, que não chorava ou dizia qualquer coisa e nem sequer desviava o olhar do caixão em nenhum momento, já outros, estavam tristes de mais para prestarem atenção.

Park deu um passo adiante, se abaixou e colocou a única margarida que tinha em mãos sobre as outras flores. Eram as preferidas de Baekhyun. Ele gostava de amarelo. Não era uma cor muito adorada, mas Baekhyun não gostava de coisas clichês. Baekhyun era diferente de tudo que o rapaz já havia conhecido, era esse um dos motivos por ter sido, e ser, tão especial para Chanyeol. Baekhyun sempre fora uma caixa de surpresas. Mas o que mais surpreendeu Chanyeol, foi o fato de ter ido embora, sem se quer dizer seu costumeiro "te vejo na próxima, grandão".

O sol começava a sumir, deixando a coloração do céu maravilhosa. Cheio de tons de laranja, azuil, roxo e rosa. Seria perfeito se Baekhyun ainda estivesse ali, então o ruivo poderia tirar uma foto sem que o menor percebesse, enquanto este observava as poucas nuvens em meio aquele mar de cores agradáveis que infeitavam o céu no final do dia. Baekhyun era o tipo de pessoa humilde, cheio de mistérios e sempre atraía olhares curiosos.
Fora em desses momentos de curiosidade que Chanyeol beijara Baekhyun, um beijo que para sempre estaria no topo da lista de melhores beijos que o ruivo já havia dado nele.

Chanyeol se sentia vazio. Tudo parecia ruim sem Baekhyun. Tudo parecia ser nada sem Baekhyun.

E foi quando o sino do relógio ali perto começou a tocar novamente que Chanyeol resolveu ir pra casa. O jovem queria entrar em seu apartamento e ver que Baekhyun havia o invadido, e estaria deitado no tapete da sala, ouvindo Cigarettes After Sex, como geralmente fazia. Baekhyun adorava o ritmo melancólico da música deles, e Chanyeol achava que combinava perfeitamente com Baekhyun. Mas, apesar de querer muito, não foi isso que encontrou.

Quando abriu a porta, Chanyeol percebeu outra vez, o quão difícil seria ficar sem Baekhyun, naquele apartamento o qual praticamente dividiam, porque o mais baixo sempre estava ali, ou quase sempre. Haviam coisas de Baekhyun espalhadas por todos os cômodos daquele lugar frio, até mesmo uma escova de dentes, apenas para ele. Era assustador não tê-lo mais ali.

A primeira coisa que o rapaz fez, foi colocar, no volume mais alto que sua televisao suportava, Apocalipse - que era definitivamente a favorita de Byun. Sentou-se no sofá e fechou os olhos, e por um instante ouviu a voz alheia acompanhar a música, então abriu os olhos novamente, e para sua surpresa, ele estava ali, como de costume, deitado no tapete, com os olhos fechados, cantarolando ao ritmo da melodia.
Chanyeol deixou escapar uma lágrima solitária, acompanhada de mais outra e mais outra, enquanto admirava o quão bonita e serena era a figura do moreno.

-Eu sabia que não iria me deixar sozinho.

Baekhyun então levantou-se parcialmente e olhou para Chanyeol, um sorriso pequeno se formou em seus lábios, um sorriso parcialmente triste. E Chanyeol chorou mais.

-Eu te amo, Baekhyun. Fique comigo.

Chanyeol não conseguia dizer adeus. Talvez nem Baekhyun.

"Quando você estiver sozinho

Eu vou aparecer pra você 

Quando você estiver se sentindo pra baixo

Eu vou estar lá também"


Após esse verso, Chanyeol derramou todas as lágrimas que haviam se acumulado desde o dia anterior. Desde o dia que Baekhyun havia sido obrigado a o deixar. E foi em meio aquele choro que o rapaz notou que a figura alheia ja não estava mais ali, mas sabia que ele apareceria para si sempre que precisasse de companhia, especialmente de Baekhyun. Porque mais uma vez ele não dissera o costumeiro "te vejo na próxima, grandão".

-Essa música foi feita para você Baek.

Comentou consigo mesmo limpando as lágrimas que pareciam não ter fim.
Chanyeol sabia que jamais seria capaz de dizer adeus à Baekhyun, então preferia acreditar que ele sempre estaria consigo.

Porque Baekhyun lhe prometera através da música, e ele nunca quebrava uma promessa.


Notas Finais


perdoem os erros e obrigada por lerem. aproveitem esse hino.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...