1. Spirit Fanfics >
  2. Após as ondas >
  3. Capítulo único

História Após as ondas - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Assim que eu vi essa capa para doação no jornal da @taellspe2 veio a ideia para essa fic na minha mente, então eu resolvi fazer.

Eu gostei do resultado, então, espero que também gostem.

Capa por: @taellspe2

Só digo que, como todas as minhas outra fics, essa é triste e com muito drama.

Capítulo 1 - Capítulo único


Todos os dias, sem exceção de nenhum, eu ia para a praia, esperar por ela, pela minha sereia, que sempre as 10:00 aparecia, para alegrar meu dia, me fazer mais feliz.

 

Infelizmente, ela não podia ficar ao meu lado o dia todo, por isso sempre voltava para o mar, depois de uma hora na terra. 

 

Eu me acho muito egoísta, egoísta por querer que ela fique para sempre comigo, que ela vá morar comigo, para nunca mais ter que sentir aquela dor de me separar dela, por mais que sejam por poucas horas, já que ela sempre volta no outro dia, eu não devia querer nada disso, Rosé tem família no mar, eu não devia querer que ela se separe de todos que conhece só porque eu sou dramática ao ponto de dizer que não consigo passar nem mais uma hora longe dela.

 

Hoje provavelmente será o último dia em que a verei, em que a terei em meus braços, eu sei que Rosé faz muito esforço para poder vir até aqui, seus pais quase a proibiram de fazer isso, sinto que eu devia a deixar ir de uma vez, não quero mais ver ela sofrer tanto por causa de mim, eu devia ter a afastado de mim desde a primeira vez em que nos vimos, mas eu, Kim Jennie, sou fraca e não consegui resistir aos encantos da bela moça, e agora, por causa disso, eu e ela estamos sofrendo, se fosse apenas eu, tudo bem, mas ela também está envolvida nesta história, ela também não aguenta mais tudo o que passamos, por isso, hoje, eu irei terminar com ela, porque não quero mais ver Rosé daquele jeito, triste e abalada…

 

{...}

 

— Rosé… — a chamo, vendo a loira vir até mim, com um lindo sorriso no rosto, que quase me faz desistir de fazer aquilo, quase… — Antes de tudo quero que você me prometa que depois do que eu falar você não vai mais vir me ver, ok?

 

— Como assim? Eu não vou fazer isso! — disse ela desfazendo o sorriso do rosto.

 

— Rosé, você tem que fazer isso, vai, promete — confesso que fazer ela me prometer isso dói muito, mas não tem outra opção além dessa.

 

— Eu não vou prometer isso, Jennie!

 

— Rosé, pela última vez, promete isso logo, não temos muito tempo.

 

— Tá, eu prometo — disse ela já com lágrimas nos olhos, provavelmente Rosé já está ciente do que vai acontecer a partir de agora.

 

— Antes de tudo quero dizer que te amo, tá? Te amo mais que tudo, porém, eu não posso ficar mais com você — falo e ela fica em silêncio

 

— Você tá de brincadeira, né? — nego e vejo ela chorar ainda mais, e eu, como sou muito sensível, choro junto com ela.

 

Rosé saiu correndo, de volta ao mar, dói ver isso, sabendo que depois disso nunca mais a verei, nunca mais poderei ficar junta a ela, nunca mais poderei a beijar, nem nada disso.

 

Antes dela definitivamente ir, eu falo:

 

— Não se esqueça da sua promessa, Rosé, minha sereia. EU TE AMO!

 

Depois disso nunca mais nos vimos, eu ainda sinto falta dela, o que mais dói é se lembrar que ela não disse que me amava quando foi embora, quando desapareceu...


Notas Finais


Gostaram?
Comentem a sua opinião.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...