História Aposta (Camren) - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Amber Heard, Camila Cabello, Charlie Heaton, Fifth Harmony, Harry Styles
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Visualizações 203
Palavras 1.493
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - O grande dia


3 anos depois


O homem andava pelo beco com um capuz preto, a barba estava bem maior e os olhos carregavam um brilho obscuro.


-Você tá horrível - Brad disse ao observar o homem chegar mais perto, ele o empurrou no carro segurado seu colarinho com raiva - Hey, calminha aí.


Austin apertou mais com a respiração ofegante.


-5 anos, Bradley - rosnou - 5 malditos anos naquele inferno.


-Eu sei disso, agora me solta - Brad o empurrou e ela bufava - Você está aqui agora, não está!? Eu te tirei de lá e você me deve isso.


-Eu te devo isso? Não fode, Brad - disse bufando, olhou em volta, não havia ninguém ali.


Brad tinha pago o advogado que o tirou da cadeia, mas isso era só uma obrigação dele segundo Austin. Ele não via Brad como um aliado, e sim como um traidor que passou anos livre quando ele foi privado de viver a sua vida.


-Você está livre por minha causa - disse entre dentes ajeitando a camisa e Austin riu debochado.


-Eu fui parar lá por causa da idiota da sua namorada - acusou - E agora, ela vai pagar caro por isso.


-Você não vai fazer nada com ela, cara - disse chegando mais perto e Austin arqueou a sobrancelha ironicamente - Eu estou te avisando, Mahone, fique longe dela.


Austin tinha outros planos, entre eles se vingar de Lauren, e Brad era só a pedra no caminho no momento. Ele colocou a mão nas costas puxando a arma sorrateiramente.


-Obrigada por me tirar da cadeia, mas agora.. - apontou a arma para Brad que se afastou suando frio, o rapaz levantou a mão com os olhos assustados - Eu vou fazer do meu jeito e meu jeito inclui acabar com a vadia da Jauregui. Adeus, Brad!


-Não faz is-


O primeiro tiro acertou o peito e quando ele foi ao chão gemendo, Austin apontou para a cabeça. Os olhos de Brad imploravam misericórdia.


-Mandarei lembranças suas! - o segundo tiro acertou a cabeça, ele sorriu satisfeito, desde que saiu da cadeia, seu único intuito era vingança, e agora que o primeiro da lista tinha sido eliminado - A próxima é você, Jauregui.


Entrou no carro e saiu abandonando o corpo de Brad ali. Era o primeiro passo da sua segue de vingança. E o próximo era, matar Lauren Jauregui.



Camila estava se vestindo, era a sua formatura e ela estava terrivelmente nervosa. Lauren já havia passado por isso no ano anterior, e tentava acalmar a namorada a todo custo.


-Você vai fazer um buraco no chão, Camila - disse brincalhona vendo Camila lançar um olhar irritado - Você vai se sair bem - garantiu e ela fez uma cara de choro.


-E se eu congelar? Se eu esquecer o discurso? Gaguejar? Se eu tropeçar no palco, Lolo? - a cada frase, seu subconsciente ia formando imagens dela dando vexame no dia mais importante da vida dela, e isso apavorava a garota de um jeito - Eu vou desmaiar!


Dramaticamente ela se escorou na cômoda e Lauren andou até ela, estavam morando em um loft perto da faculdade provisoriamente, pois assim que Camila se formasse e tudo fosse resolvido, voltariam a Miami.


-Amor, você é maravilhosa e vai ser maravilhosa hoje, não fala isso - disse segura de si, muito bem vestida em seu vestido vinho escuro, o cabelo estava preso em um coque chique, Camila estava com um vestido preto longo, o cabelo parcialmente preso deixando o rosto livre de qualquer fio, a maquiagem destacava os olhos. Lauren segurou seu rosto e sorriu beijando os lábios dela de leve - Fica calma.


Os lábios desceram pelo pescoço fazendo Camila suspirar baixo.


-Desse jeito você não vai acalmá-la, Lauren - as duas pularam levemente quando Harry entrou no cômodo acompanhado de Dinah, Normani e Ally.


-Eu disse que elas estavam transando - Dinah acusou e Lauren revirou os olhos.


Normani sentou elegantemente na cama encarando Camila que ajeitava o cabelo em frente ao espelho.


-Estamos aqui para evitar isso, não passamos o dia no cabeleireiro pra isso, Camila! - disse e Ally concordou.


-Camila quase nos deixou louca, Lauren. Sorte a tua ter se arrumando aqui - Lauren riu e Camila a olhou feio.


Ally e Lauren tinham feito as pazes a muito tempo. E agora todos viviam perfeitamente bem em amizade. Harry tentava convencer a garota que ela iria arrasar e ela só resmungava coisas desconexas.


Sinu estava com o namorado, um publicitário francês que ela conheceu em uma exposição de artes no ano passado.


O local estava todo decorado com flores brancas. As meninas e Harry estavam nas primeiras fileiras ao lado de Sinu e John.


A turma de Camila entrou, Blake estava ao lado da garota e agora Lauren não implicava com ela, tinham uma confiança que poucos casais teriam e ninguém jamais poderia estar entre elas nesse sentido, o amor era mais forte que tudo. 5 anos juntas e ainda se olhavam da mesma maneira, o amor era visto a quilômetros.


O discurso da latina foi perfeito e a final estavam todos em pé aplaudindo a garota com orgulho pelas palavras. Camila sentia o peito transbordar de felicidade.


Ao descer do palco, ela olhou entre os convidados e por um momento ela franziu o cenho pensando ter visto alguém, mas quando seus olhos voltaram ao lugar não tinha nada.


-Tudo bem, Mila? - Blake indagou olhando pro mesmo lugar que ela.


Lauren estava chegando perto, sorria largo e ela resolveu deixar pra lá.


-Não foi nada - sorriu para a amiga que ainda tinha uma expressão preocupada - Você vai a festa conosco, não é!?


Mudou de assunto e ela esqueceu o acontecido. Lauren abraçou a garota por trás apertadamente.


-Claro, só vou chamar o Pit - Camila concordou - Sua namorada foi incrível hein, Lauren.


Lauren estufou o peito com orgulho.


-Foi mesmo, minha namorada é o máximo!


Camila riu beijando a garota e Blake aproveitou para sair dali, foi até o namorado o convidando para a festa. O evento aconteceria na universidade mesmo, o caminho até lá era rápido, e durante o caminho, Camila tinha a sensação de estar sendo observada e uma agonia no peito.


Afastou aqueles pensamentos ao entrar no local. Seu pai que estava na cerimônia de formatura mas bem longe de Sinu, caminhou até ela enquanto ela dançava com Lauren, ele pigarreou fazendo Lauren soltar a garota meio repentinamente.


-Posso dançar com a minha filha? - disse sério e Lauren olhou para a namorada que assentiu - Obrigada.


Camila sorriu para o pai, podia contar no dedo a quantidade de vezes que falou com o pai nos últimos anos, ligações no natal e só.


-Você estava ótima no seu discurso, hija - disse orgulhoso - Vai ser uma ótima advogada, e logo vai estar à frente dos negócios da família.


Camila o encarou incrédula, já tinham tido aquela conversa e deixou claro que não iria trabalhar com ele, tinha outros planos, mas ele parecia não entender.


-Papa, eu já disse que não pretendo me envolver na sua empresa - frisou o sua e ele riu - Não passei 5 anos me matando de estudar, e antes dei tudo de mim para entrar aqui e agora sair direto pra empresa do meu pai.


-Aquilo vai ser seu um dia - ela revirou os olhos - Quando você se casar, o seu marido pode assumir os negócios e-


Ela parou na mesma hora se afastando dele com uma cara de decepção. Mais uma vez ele não a aceitava.


-Você é inacreditável, pai, na minha formatura, sério!? - rosnou não querendo fazer escândalo ali - Eu vou me casar com aquela mulher maravilhosa ali - apontou para Lauren que estava na mesa com os amigos dela, ela ria de algo que Sinu dizia, olhou brevemente para camila e sorriu dando uma piscadela - E se você não entender isso, não se assuste se não receber o convite. Com licença.


Deixou o homem ali e rumou para o banheiro, as lágrimas se acumulavam no canto dos olhos dela. Alejandro não iria mudar nunca.


O homem olhou para Lauren e bufou.


-Só no dia que eu estiver morto!


Foram suas palavras antes de deixar o local.


Lauren olhou em volta e viu o homem indo para a saída e nada de Camila. Franziu o cenho confusa.


-Viu a Camz, Hazza? - perguntou baixo e ele olhou em volta procurando também.


-Ela tava ali com o Alejandro.. ué..


A morena levantou imediatamente tentando não chamar atenção de ninguém. Seu peito martelava com a mesma sensação de anos atrás, o dia do acidente. Começou a suar frio.


-Eu vou procurar por ela - disse ao ouvido de Harry que levantou com ela.


-Vou com você - olhou para Normani sorrindo - Já voltamos - avisou saindo com Lauren pelo salão.


Ao chegar no banheiro ela entrou secando o rosto e tentando não borrar a maquiagem, suspirou se encarando, precisava ser forte, não chegou tão longe sendo fraca aos desafios, e seu pai era um desafio a ser enfrentado.


-Calma, respira, não deixa ele acabar com a sua noite - disse a si mesma no espelho - Você é forte.


-Eu sempre achei isso também.


Ela se virou com a mão no peito assustada.


Notas Finais


Quem será esse ser misterioso?

Beijos de luz!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...